22.5.06

CARTOON NETWORK


Sua programação é a moradia predileta e oficial do atrapalhado Scooby-Doo e do medroso Salsicha; do Zé Colméia e de seu inseparável amigo Catatau; das Meninas Superpoderosas; dos hilariantes personagens do Looney Tunes; das famílias Flinstones e Jetsons; dos eternos inimigos Tom & Jerry; do cientista mirim Dexter; além de muitos outros personagens marcantes do divertido universo dos desenhos animados. Em suas telinhas sempre há muita diversão e momentos de lazer inesquecíveis. O canal CARTOON NETWORK é um verdadeiro paraíso para os clássicos e modernos desenhos que povoam nossas mentes e imaginação. 

A história 
Tudo começou no final dos anos de 1980, quando o conglomerado de TV por assinatura de Ted Turner (Turner Broadcasting System) tinha comprado a vasta biblioteca de filmes do MGM (que incluía o catálogo antigo dos desenhos da Warner Bros.), e o seu canal de televisão por assinatura Turner Network Television (mais conhecido como TNT) tinha conquistado uma considerável audiência com sua biblioteca de filmes. Em 1991, a empresa comprou por US$ 320 milhões o estúdio de animação Hanna-Barbera Productions e com isso, seu enorme conteúdo de desenhos animados, a maioria deles grandes clássicos que divertem milhões de pessoas. Com todo esse acervo valioso em mãos, a empresa, com a ajuda de Betty Cohen, resolveu criar o canal CARTOON NETWORK, como uma saída para o considerável número de desenhos animados no catálogo da Turner. O canal foi ao ar pela primeira vez nos Estados Unidos em 1º de outubro de 1992, transmitindo desenhos e séries animadas 24 horas por dia. O primeiro desenho transmitido pelo canal foi Pernalonga (conhecido em inglês como Bugs Bunny). A programação original do canal consistia exclusivamente de reprises de desenhos clássicos e filmes infantis dos acervos da Warner Bros. e da MGM Cartoon, com inúmeros desenhos de televisão da Hanna-Barbera usados para preencher a grade de programação. Nesta época o canal tinha em sua biblioteca mais de 8.500 horas de desenhos animados.


No ano seguinte o canal foi lançado na Europa em cinco idiomas (inglês, espanhol, sueco, francês e italiano). Ainda neste ano o CARTOON NETWORK também foi lançado na América Latina em três idiomas (inglês, espanhol e português). Em 1996, a Time Warner comprou a Turner Broadcasting System e o CARTOON NETWORK acabou vindo junto com o pacote de aquisição. Isto ofereceu ainda mais opções de desenhos animados para o canal, que passava a ter acesso a animações da Warner Bros. dos anos de 1950 e 1960. No ano de 1997 foi introduzido no Japão como primeiro canal exclusivo de desenhos para a região da Ásia e do Pacífico. Em meados desta década o canal passou também a produzir desenhos animados que além de fazerem muito sucesso, começaram a preencher boa parte de sua programação. Foi então, que no ano de 2000, o CARTOON NETWORK resolveu agregar todos os desenhos clássicos, principalmente os produzidos pela Hanna-Barbera, em um novo canal, lançando no dia 1º de abril o BOOMERANG, que originalmente era um bloco diário de quatro horas de programação com desenhos clássicos do CARTOON NETWORK.



O CARTOON NETWORK também começou a atrair telespectadores fora de sua audiência principal (crianças), como por exemplo, o bloco de desenhos noturno chamado Toonami (introduzido originalmente em 1997), uma palavra para designar Cartoon e Tsunami, sugerindo “um maremoto” de desenhos animados, que exibia os tradicionais desenhos japoneses (animes), como Dragonball Z, Samurai X, One Piece e Naruto, sendo voltado para o público adolescente e divulgado com o slogan “Building you a better cartoon show” (em português “Trazendo a você os melhores desenhos”); e um bloco chamado Adult Swim (introduzido em 2001) que exibia desenhos de comédia norte-americanos e desenhos com temática japonesa como Cowboy Bebop, direcionados para adolescentes mais velhos e adultos.


No dia 18 de dezembro de 2006, após receber a notícia da morte de Joseph Barbera, o canal, em demonstração de respeito ao mestre, prestou uma última homenagem a seu criador. Exibiu uma foto de Joseph em um fundo preto com a legenda: “Quando falamos de personagens como Scooby-Doo, Os Flintstones, Os Jetsons e Tom e Jerry, você só sente estes personagens quando os criamos. A magia estava ali e funcionou. Sentiremos a sua falta”. No dia 15 de outubro de 2007 o CARTOON NETWORK começou a transmitir sua programação em alta definição (HD). A partir de 2010, o canal adotou um novo posicionamento, retomou o tradicional xadrez no logotipo, mas com um novo significado, para ressaltar um amadurecimento da programação e do seu público, que agora contava, além das tradicionais animações e desenhos clássicos, com uma boa dose de atrações em live-action. Atualmente o CARTOON NETWORK também distribuiu vídeos online e oferece jogos através de sua página na internet. Desde seu lançamento no mercado o canal está entre os mais assistidos dos Estados Unidos em seu segmento.


As pratas da casa 
Apesar de exibir desenhos, muito deles clássicos, o CATOON NETWORK produz desenhos animados em seus estúdios (o Cartoon Network Studios, formado em 1994). E muitos deles se tornaram verdadeiros ícones do segmento: 
Dexter’s LaboratoryO Laboratório de Dexter (1996), série animada criada pelo cartunista russo-americano Genndy Tartakovsky, e produzido, em suas primeiras temporadas, pelo estúdio americano Hanna-Barbera exclusivamente para o canal. O episódio piloto foi exibido pela primeira vez no programa What-A-Cartoon! que mostrava vários curtas animados, e depois acabou se tornando uma série. Trata-se de um desenho cujo foco é um menino gênio chamado Dexter, que possui um imenso laboratório secreto conectado ao seu quarto. O garoto está constantemente em conflito com sua endiabrada irmã mais velha, Dee Dee. A quarta e última temporada foi produzida em 2002 e 2003. 
Cow and ChickenA Vaca e o Frango (1997), série de desenho animado do CARTOON NETWORK, criada por David Feiss em 15 de dezembro de 1995, com o lançamento de um episódio piloto. O desenho contava a história de dois irmãos nada convencionais, uma Vaca de 7 anos e um Frango de 11, filhos de pais superprotetores. Junto com O Laboratório de Dexter, foram os primeiros grandes sucessos de desenhos animados produzidos pelo canal. 
Johnny Bravo (1997), desenho animado criado por Van Partible que estreou no canal em 7 de Julho de 1997, exibindo um total de 65 episódios em 4 temporadas. O desenho mostra as desventuras amorosas do egomaníaco Johnny Bravo, um rapaz loiro, alto e bombado, fazendo de tudo para conquistar toda e qualquer mulher bonita que ele vê pela frente. Além de sua inclinação narcisista, Johnny também se mostra um típico “loiro burro”, apesar de ter um lado bonzinho e cheio de carinho com sua mãe Bunny e a vizinha Suzy. Os óculos escuros e o grande topete loiro são suas principais características
.
The Powerpuff Girls - As Meninas Superpoderosas (1998), série de animação criada por Craig McCracken, dirigida por Genndy Tartakovsky e produzida inicialmente por Hanna-Barbera em 1998, e mais tarde em 2001 pelo CARTOON NETWORK. A série mistura elementos dos super-heróis americanos com os Sentai japoneses. Ao todo foram produzidos 78 episódios, divididos em 6 temporadas, somando mais um longa-metragem. O desenho relata a história de três meninas chamadas Blossom (no Brasil, Florzinha), Bubbles (Lindinha) e Buttercup (Docinho) cujo objetivo é salvar o mundo e a cidade de Townsville de terríveis criminosos e criaturas perigosas, entre os quais se encontra Mojo Jojo (Macaco Loco). Recentemente o canal anunciou que a série teria novas vozes para as personagens principais. A nova fase da série estreou nos Estados Unidos no dia 4 de abril de 2016. 
Ben 10 (2005), uma animação produzida pelo CARTOON NETWORK STUDIOS, baseada nos tradicionais desenhos japoneses (anime). A série, com aproximadamente 150 episódios, conta a história de um garoto de 10 anos que pode virar mais de 10 super-heróis alienígenas diferentes. Fez tanto sucesso que ganhou continuação em filmes e jogos de computadores.



A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. O logotipo de pré-lançamento do canal era um círculo vazado com o nome CARTOON NETWORK. Dentro dele poderia ser inserido os principais personagens do canal. Porém, este logotipo nunca foi ao ar. Quando o canal foi lançado adotou o logotipo original quadriculado (conhecido em inglês como “Checkboard”). Em 14 de junho de 2004 o CARTOON NETWORK apresentou um novo logotipo formado por dois cubos com as letras “C” e “N” e o nome do canal abaixo. O novo design ganhou profundidade e dinamismo, garantindo mais flexibilidade para novas formas de aplicação no ar, na internet e na comunicação dirigida ao consumidor. O canal mudou radicalmente toda sua identidade visual novamente em 2010. A marca trouxe de volta o famoso tabuleiro de xadrez. A ideia do xadrez inclusive era evidenciada no novo e inteligente slogan: “Check it!”. No entanto, formalmente, o quadriculado ficou restrito somente às iniciais e a tipografia perdeu o aspecto pontiagudo de algumas letras como o “N” e o “A”.


Os slogans 
Are You CN What We’re Sayin’? (2014) 
CHECK it. (2010) 
Let’s go. (2008) 
Fall is Just Something That Grown-Ups Invented. (2007) 
Funny For Your Face. (2007) 
Cartoon Network - Yes! (2006) 
This is Cartoon Network. (2004) 
The best place for cartoons. (original) 
Agora ainda mais engraçado! (2014, Brasil) 
Agora ainda mais personagens! (2014, Brasil) 
Só os Melhores Personagens. (2010, Brasil) 
O melhor lugar para cartoons. (1993, Brasil)



Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1 de outubro de 1992 
● Fundador: Ted Turner e Betty Cohen 
● Sede mundial: Atlanta, Geórgia, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Turner Broadcasting System, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Time Warner Inc.) 
● CEO: John Martin 
● Presidente: Christina Miller 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Assinantes: 160 milhões 
● Presença global: 120 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 2.000 
● Segmento: Canais de televisão 
● Principais produtos: Desenhos animados, séries e licenciamento de produtos 
● Concorrentes diretos: Disney Channel, Discovery Kids e Nickelodeon 
● Ícones: Os clássicos desenhos animados 
● Slogan: Are You CN What We’re Sayin’? 
● Website: www.cartoonnetwork.com.br

A marca no Brasil 
O canal CARTOON NETWORK está presente no Brasil desde 30 de abril de 1993. Durante anos o canal se dedicou exclusivamente a exibição de desenhos animados produzidos nos Estados Unidos. O primeiro desenho exibido foi o cachorro Droopy. Na década de 2000 o canal passou por muitas mudanças na composição de sua grade de programação, momento em que os desenhos americanos começaram a ceder espaço aos animes japoneses. Febre em todo o Brasil, animes como Pokémon e Dragon Ball Z chegavam antes ao canal, elevando a audiência e consagrando o CARTOON NETWORK no país. Quando a audiência da televisão por assinatura brasileira começou a ser medida anos atrás pelo Ibope, foi constatado que o canal era e ainda é um dos mais assistidos da televisão paga brasileira. Com estes dados, a alta audiência e o forte interesse em anunciar no canal fizeram com que a filial brasileira se transformasse em uma das maiores depois da matriz americana. No ano de 2015, em termos de audiência, o canal ficou em 6º lugar no geral entre os canais pagos e no 2º lugar entre os canais infantis. Já seu site na internet é o lugar de desenhos favoritos, episódios completos, vídeos, aplicativos e jogos grátis. É possível jogar gratuitamente com seus personagens favoritos como Clarêncio, O Otimista, Jovens Titãs em Ação, Hora de Aventura com Finn e Jake, Apenas Um Show, O Incrível Mundo de Gumball, Steven Universo, Titio Avô, Ursos Sem Curso e muito mais.


A marca no mundo 
Atualmente o canal, exibido para mais de 120 países em vários idiomas, incluindo inglês, português, japonês, espanhol, holandês, francês, italiano, polonês, húngaro, romeno e hindu; está disponível em mais de 160 milhões de casas, 97.5 milhões somente nos Estados Unidos. Em 2015, pela primeira vez em sua história, o CARTOON NETWORK terminou o ano como o canal com intervalos comerciais mais assistido por crianças na faixa dos 6 aos 11 anos de idade nos Estados Unidos. Parte do feito deste sucesso se deve, e muito, a sua mais nova e popular série animada, o desenho "Ursos sem Curso", além do crescimento triplo de suas aplicações em mídia, propaganda e marketing. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 7/6/2016

Nenhum comentário: