21.5.06

LA BASQUE


Saborear os sorvetes da LA BASQUE é sentir gosto de qualidade. Os ingredientes que fazem tanto sucesso incluem creme de leite, manteiga e gostosuras como amêndoas e pistaches importados, chocolates, frutas, nozes e coberturas especiais, resultando em sorvetes com textura e consistência inigualáveis e sabores incomparáveis, que conquistaram milhares de fãs no mercado brasileiro. 

A história 
A LA BASQUE foi fundada no mês de novembro de 1980, na cidade de Campinas, interior de São Paulo, por Aloysio de Andrade Faria, banqueiro paulista e então proprietário do Banco Real (que seria vendido ao holandês ABN Amro em 1998), com a intenção de produzir no Brasil um sorvete de altíssima qualidade, que, mesmo industrializado, conservasse características artesanais, semelhante aos melhores sorvetes do mundo, classificados como “Super Premium”. Ele resolveu criar a marca porque, como apaixonado por sorvetes, não conseguia encontrar no mercado brasileiro produtos de alta qualidade. Investindo pesadamente no novo negócio, chegou a contratar um técnico americano que criou a fórmula original do sorvete, rico em sua composição, originando um sabor único, consistência e textura especiais, promovendo misturas que agradassem ao paladar do brasileiro.


A LA BASQUE foi inspirada em uma marca de sorvete americano que não existe mais, chamada Howard Johnson (sim, a mesma da famosa rede de hotéis), que foi pioneira no mercado ao criar 30 sabores diferentes. Já o nome foi inspirado na região do País Basco, situada no extremo norte da Espanha e no extremo sudoeste da França, que conta com uma gastronomia bem conceituada. A primeira proposta para distribuir os produtos diretamente ao consumidor final surgiu com a inauguração de sua primeira loja própria, em São Paulo, no mês de maio de 1981. No mesmo ano foi aberta a primeira franquia na cidade de Belo Horizonte em Minas Gerais, dando início ao crescimento da marca para fora do estado de São Paulo. Em 1982, na trilha de sucesso de suas primeiras lojas, foi inaugurada a segunda loja própria também em São Paulo.


Nas décadas seguintes a LA BASQUE, que adotou o slogan “O melhor sorvete que existe”, aumentou sua linha de produtos, que além do tradicional sorvete super premium (cremoso e rico em proteínas), passou a incluir a linha sorbet (sorvetes elaborados com sucos e polpas de frutas naturais, apresentando menos calorias e livres de gordura e colesterol), no fat (sorvetes à base de iogurte desnatado), light (combinação perfeita da riqueza e da cremosidade dos sorvetes da marca, porém com qualidades nutricionais saudáveis, onde a gordura foi substituída por proteína de soro e o açúcar por sorbitol, resultando em um produto com baixo colesterol e com 50% das calorias dos sorvetes comuns), Picolé de frutas (refrescante e a base de água e suco de frutas, sendo perfeito para os dias mais quentes), Pic Basque (picolés Premium, cremosos por dentro e com uma casquinha de chocolate por fora) e Cone Basque (sorvetes em casquinhas).


No Rio de Janeiro, os sorvetes LA BASQUE foram comercializados por mais de 20 anos, com o nome BABUSKA. Em outubro de 2004, houve a troca de nome para LA BASQUE, como já era conhecido em todo Brasil. Foi neste mesmo ano que a marca se tornou pioneira no país ao introduzir o sorvete Light Menta com Fibras, primeiro com menos calorias e rico em fibras solúveis do mercado. Com o surgimento de várias marcas de sorvetes premium e o ingresso de tradicionais marcas internacionais, a LA BASQUE, que chegou a ter quase 50 lojas no país, se viu em uma situação delicada, com queda nas vendas e imagem ultrapassada, sendo obrigada a fechar quase metade de suas lojas.


Em 2007, um novo executivo assumiu a empresa promovendo um amplo processo de rejuvenescimento da marca e sua linha de produtos, além de promover mudanças nos ambientes e visuais das lojas. Entre elas o “Mix do Café”, espaço aconchegante e exclusivo dentro de suas lojas, assinado em parceria com a marca de café italiana Illy, que criou uma opção para aqueles que, em outras estações do ano, trocam o sorvete por uma bebida quentinha, inclusive com sorvetes, salgados e doces. Além dos sorvetes, o cliente pode escolher em suas lojas entre onze sobremesas, incluindo o tradicional petit gâteau de chocolate com sorvete de creme, brownie com sorvete de baunilha e o waffle com calda quente, marshmellow e sorvete. Também marcam presença milkshake, sundae e banana split. Além disso, começou a ampliar, mesmo que timidamente, sua presença no varejo, como restaurantes, bares e supermercados.


Nos últimos anos a LA BASQUE tem mudado sua estratégia, focando seus esforços em ampliar os pontos de venda em restaurantes, bares, supermercados e mercearias, em detrimento as lojas próprias. Em 2014 a marca lançou no mercado a Linha Especial La Basque, desenvolvida para agradar aos paladares mais exigentes e ousados através de sabores como Tiramisú, Chocolate Belga, Iogurte com calda de amora, Macadâmia Glaceada e Cheesecake com calda de framboesa.


A evolução visual 
Ao longo dos anos a identidade visual da marca passou por alterações, adquirindo uma imagem mais moderna e com forte personalidade.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: 1980 
● Fundador: Aloysio de Andrade Faria 
● Sede mundial: Campinas, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: La Basque Alimentos Ltda. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: José Alberto Ventura 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 15 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Funcionários: 300 
● Segmento: Sorveterias 
● Principais produtos: Sorvetes em massa, potes e picolés 
● Concorrentes diretos: Gelato Diletto, Häagen-Dazs, Ben & Jerry’s, Freddo, Bacio di Latte, Gelateria Parmalat e Freddissimo 
● Slogan: O melhor sorvete que existe. 
● Website: www.labasque.com.br 

A marca no Brasil 
Atualmente são 15 lojas, espalhadas pelo estado de São Paulo (capital e interior), Curitiba, Vitória, Rio de Janeiro, entre outras cidades. A marca disponibiliza uma ampla linha de produtos, nas apresentações massa (Food Service e Potes) regular e light e picolé regular, nos mais selecionados e variados sabores (são mais de 25 ao todo), que podem ser encontrados em mais de mil pontos de vendas em vários estados brasileiros. 

Você sabia? 
Os sabores campeões de venda são o chocolate com amêndoas, pistache, vanilla creme e menta Choco Chip. 
A empresa também produz uma linha popular (formulação diferenciada, mas de muita qualidade) com a marca Baden Baden, que oferece embalagens de 10 litros (a granel), potes de 2 litros e os picolés (de fruta, leite e também uma linha com cobertura de chocolate). 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Exame, Época Negócios, EmbalagemMarca e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 13/5/2016

7 comentários:

Anônimo disse...

boa noite , sou consumidora la basque , relamente é o melhor sorvete , estou enviando uma sugestão , gostaria de ver la basque em picolé tbm nos mercados e hipermercados seria muito bom , pois sei q ja existem de outras marcas .
È um grande prazer falar com vocês da la basque .
atenciosamente
lau

Meire disse...

Ola, procurando por franquia de sorveteia cheguei aqui, gostaria de receber informaçoes,
Meire

claudio-seguranca@hotmail.com disse...

Ola,eu tambem estou procurando por franquia de sorveteia cheguei aqui, gostaria de receber informaçoes,

andreia disse...

EU trabalhei na sorveteria la basque.foi a melhor época da minha vida!!
Não existe sabor melhor!!
Sorvetes finos LA BASQUE.

Anônimo disse...

Cara.....cada um, deve ser a tal inclusão digital!

Anônimo disse...

mas que povo burrinho hein?vcs sabem ler? ''O Mundo Das Marcas não é associado ou representa qualquer das marcas citadas.'' isso quer dizer que não adianta pedir informações sobre franquia,ou seja lá o que for suas bestas!prestem atenção porra!

Caio d´Arcanchy disse...

Esse choco chip é o melhor que existe. Bate qualquer Häagen-Dazs da vida.