14.6.06

BERLITZ

Há mais de um século pessoas de todas as partes do mundo procuram os centros BERLITZ para uma experiência de aprendizado eficiente, duradoura e agradável em diversos idiomas. Quer seja um alto executivo, um adolescente ou até mesmo uma criança, o padrão de excelência em ensino de idiomas da BERLITZ prepara os alunos para o futuro em um mundo cada vez mais globalizado.

A história
A organização que agora se conhece como BERLITZ INTERNATIONAL foi fundada no mês de julho de 1878 na cidade de Providence, estado americano de Rhode Island, por Maximilian D. Berlitz, descendente de uma larga linhagem de professores e matemáticos. Ele cresceu na região da Floresta Negra na Alemanha. Imigrou para os Estados unidos em 1872 e estava habilitado para ensinar grego, latim e outros seis idiomas europeus de acordo com o restrito e tradicional enfoque de gramática e tradução direta. Após brilhante carreira como professor particular, ingressou na “Warner Polytechnic College” como professor de francês e alemão. No entanto, a universidade era menos famosa que seu nome e, de repente, ele tornou-se o dono, diretor e único membro do professorado.


Maximilian necessitava de um assistente para o ensino da língua francesa e contratou um homem que parecia ser o candidato mais promissor, possivelmente pelo francês impecável que vinha na sua carta de apresentação. Quando Nicholas Joly chegou a Providence encontrou seu superior doente e com febre por causa do excesso de trabalho, situação que se complicou quando Maximilian descobriu que Joly não falava nada de inglês. Desesperado para manter a escola em funcionamento, com muita dificuldade devido à doença e com muito esforço para se manter em pé, ele instruiu seu novo assistente a simplesmente apontar para objetos e a utilizar linguagem corporal para representar verbos em sala de aula da melhor maneira que conseguisse. Berlitz, então, voltou para sua cama.


Após seis semanas, Maximilian apareceu ansiosamente preparado para enfrentar alunos que haviam sido negligenciados durante a sua ausência. Ao invés disso, ele encontrou os alunos dialogando animadamente com o professor, utilizando um francês perfeito. A formalidade de uma sala de aula tradicional não se fazia presente e, o que é mais importante, os alunos de Joly progrediram mais nessas seis semanas do que quaisquer outros alunos que ele tinha ensinado. Ele rapidamente concluiu que essa medida emergencial continha a semente de uma técnica de ensino moderna. Substituindo-se a rota de aprendizado por um processo de perguntas e respostas que mantinha os alunos sempre interessados e ativos, muitos dos problemas que, até então, cercavam o aprendizado de idiomas foram resolvidos. Depois de experimentar a nova técnica e observar que era eficaz e consistente, ele desenvolveu um sistema de ensino de idiomas que é ainda hoje a base dos reconhecidos cursos da BERLITZ.


Os princípios desenvolvidos eram aparentemente básicos: na aula só se falaria no idioma estrangeiro, desde o cumprimento inicial ao professor. Dar-se-ia ênfase à palavra escrita, com os alunos aprendendo a ler e a escrever unicamente aquilo que já tinham aprendido a falar e a compreender. Não se optaria pelo ensino gramatical de uma maneira formal; no seu lugar, os alunos absorveriam a parte gramatical de uma maneira natural, usando-a nas conversas sem que percebessem. O inovador enfoque para o ensino de idiomas de Maximilian Berlitz foi um êxito quase imediato na cidade de Providence, e, em 1880, ele decidiu abrir um novo centro de idiomas em Boston, seguido rapidamente por outros centros em Nova Iorque e na capital Washington.


O êxito conseguido mais tarde permitiu-lhe inaugurar inúmeros centros em outras cidades americanas e também na Europa, onde a popularidade da técnica de ensino BERLITZ se espalhou ainda mais rapidamente. Depois do falecimento de Maximilian Berlitz, em 1921, seu genro e sócio, Victor Harrison, assumiu a liderança da empresa. À medida que a empresa avançava no século XX, o comércio internacional aumentava e o surgimento de empresas multinacionais estimulava um novo período de crescimento para a BERLITZ. Na Europa, América Latina e algumas zonas do Oriente, a procura pelo inglês subia vertiginosamente, substituindo o francês como o idioma por excelência no mundo dos negócios. Ao mesmo tempo, a procura de novos idiomas aumentou em países de língua inglesa e a BERLITZ se beneficiou disso. Na década de cinqüenta, a empresa abriu seu primeiro centro de línguas latino-americano, no México, seguido pouco depois de centros no Brasil, Venezuela, Argentina, Colômbia, e Chile.


O centro de idiomas de Tóquio abriu suas portas em 1966, tendo sido o primeiro dos aproximadamente 50 que existem atualmente na Ásia. A década de 80 foi marcada pelo lançamento, em 1982, do programa BERLITZ JR., seguido depois pelo BERLITZ KIDS: uma variedade de produtos com materiais e atividades voltados para o aprendizado de idiomas para crianças e adolescentes. A expansão se acentuou ainda mais depois do ano de 1996 com a introdução do sistema de franquia. Em 2001, a BERLITZ foi adquirida pela Benesse Corporation, empresa japonesa de cursos por correspondência e outros materiais educativos. Mais recentemente, em 2008, a BERLITZ adquiriu a Training Management Corporation (TMC), empresa líder no mercado de treinamento em eficiência e diversidades globais. Em 2010, a empresa mudou seu nome para BERLITZ CORPORATION para enfatizar sua transformação em uma empresa de treinamento em liderança global e de educação com um portfólio abrangendo serviços em treinamento de idiomas, desenvolvimento de comunicação em um ambiente de negócios, competência intercultural e treinamento em liderança.


O método
Ao apresentar um vocabulário prático e a gramática dentro de um contexto em situações do dia-a-dia, o MÉTODO BERLITZ focaliza toda a fala e o aprendizado no idioma alvo. Os instrutores utilizam o método comunicativo baseado na compreensão auditiva e na fala, com suporte de leitura e de exercícios escritos, de forma que os alunos aprendam um novo idioma da mesma forma que aprenderam o primeiro — com uma facilidade natural. Os centros BERLITZ disponibilizam vários cursos de acordo com a necessidade dos alunos:
BERLITZ TEENS: Compõem-se de um currículo apropriado enfatizando conversação com assuntos relevantes do mundo dos adolescentes (12 aos 19 anos) o que faz com que o programa seja agradável e eficaz. Através de atividades práticas e complementares como música, filmes e teatro, o programa pratica e amplia os conhecimentos adquiridos na escola regular.
SESAME ENGLISH: A BERLITZ e os criadores do Sesame Street se associaram e desenvolveram um programa especial com multimídia para crianças com idade entre 4 e 7 anos. O programa de instrução, eficaz para as escolas, grupos e alunos individuais, utiliza um alegre personagem chamado Tingo, criado pela Jim Henson Company e o Sesame Workshop, que encantou o mundo com a Vila Sésamo e seu elenco de personagens divertidos por mais de 30 anos, e um dos nomes mais respeitados em entretenimento educacional para crianças. Através do personagem o aluno faz da aprendizagem do idioma uma experiência gratificante e divertida, através de vídeos, livros, e outros materiais.
BERLITZ KIDS: Para crianças de 4 a 11 anos foi desenvolvido um programa eficaz e divertido. Personagens especialmente criados interagem com o material didático como vídeo, CD e Flash Card, compondo um programa dinâmico e cheio de motivação. O programa enfatiza as habilidades da fala para construir um domínio prático do idioma.
IMERSÃO TOTAL: É comprovadamente a maneira mais rápida e eficaz de se aprender um novo idioma. O método, introduzido pela BERLIZ em 1964, é ideal para quem precisa aprender um novo idioma o mais rapidamente possível, proporcionando ao aluno vantagens como se comunicar na maioria das situações sociais e de negócios no período de 2 a 3 semanas; e falar, ouvir e pensar em seu novo idioma o dia todo — até mesmo durante o almoço.
SOLO: Programa de aula individual, uma excelente opção para profissionais
que necessitem de uma atenção personalizada e de horários de aulas flexíveis.
DUO: Aulas em dupla flexíveis e personalizadas ideal para colegas de trabalho, casais, ou amigos que estejam planejando viajar para o exterior ou que tenham o desejo de aprender um novo idioma em companhia de pessoas com quem se sintam mais confortáveis.
TRIO: oferece um ambiente de aprendizado com no máximo 3 alunos, sendo ideal para pessoas que buscam programas dinâmicos e atenção personalizada.
BERLITZ STUDY ABROAD: Uma forma estimulante de aprender um idioma passando algum tempo no país onde o idioma é falado. A imersão em uma cultura e idioma autêntico permite adquirir vocabulário, pronúncia e compreensão em situações cotidianas. Durante uma viagem através desse programa, o aluno passa o tempo aprendendo o idioma todos os dias além de explorar o país.
ELS LANGUAGE CENTERS: Através do ELS o aluno pode estudar inglês em universidade americana, morar no campus ou em uma casa de família e viver uma experiência cultural e lingüística muito produtiva.
BERLITZ SELF-STUDY: Em parceria com a Auralog, fornece um excelente programa de treinamento para executivos e empresas que necessitam de curso on-line rápido, custo reduzido e para um grande número de funcionários. Com este programa de assinatura anual, os usuários poderão escolher dentre 7 idiomas e com até 2.000 horas de aprendizado. O aluno é que determina o ritmo- a qualquer hora em qualquer lugar.
BERLITZ CULTURAL CONSULTING: Programas que fortalecem as habilidades de gerenciamento intercultural focando em re-locados no exterior (expatriados), repatriados, consultoria, integrações pós-fusões, estilos de comunicação e coaching. O conteúdo do programa pode incluir desde uma simples etiqueta profissional até habilidades complexas como “team-building”. Esse método foi introduzido em 1994.
BERLITZ CROSS CULTURAL (Orientação Intercultural da Berlitz): Criado em 1994 com a finalidade de complementar a aprendizagem de idiomas com a experiência cultural, oferece opções de cursos no exterior em campus nos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra e Austrália, e produtos de publicações da marca.
BERLITZ VITUAL CLASSROOM: Lançado em 2003, oferece aulas à distância, ministradas em tempo real através da Internet por instrutores, proporcionando a mesma instrução de alta qualidade das aulas presenciais.


A evolução visual
A identidade visual da marca passou por algumas modificações no decorrer de sua história.


Os slogans
A Global Education Company.
(2010)
130 years of innovations. (2008)
Helping the world communicate. (2006)
The one that Works.
Language for life.
Teaching the world to speak.
(1979)
Futures are made here. (BERLITZ KIDS)


Dados corporativos
● Origem:
Estados Unidos
● Fundação: 1878
● Fundador:
Maximilian D. Berlitz
● Sede mundial: Princeton, New Jersey e Tóquio, Japão
● Proprietário da marca:
Berlitz Corporation
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman & CEO: Yukako Uchinaga
● Faturamento: US$ 585 milhões (estimado)
● Lucro:
Não divulgado
● Centros de ensino: 550
● Presença global:
+ 70 países
● Presença no Brasil: Sim (20 escolas)
● Maiores mercados:
Estados Unidos, Alemanha e Japão
● Funcionários:
6.200
● Segmento: Ensino
● Principais produtos:
Cursos idiomas e treinamento em liderança
● Principais concorrentes:
Sylvan Learning Systems e SDL
● Ícones:
Seu método de ensino
● Slogan:
A Global Education Company.
● Website: www.berlitz.com.br

A marca no mundo
A BERLITZ tem uma forte presença na Europa, com mais de 200 centros e, claro, na América do Norte, com mais de 75 centros. O número atual de centros BERLITZ em todo o mundo é superior a 550, distribuídos por mais de 70 países, e este número encontra-se em franco crescimento devido à expansão contínua para novos mercados que vão surgindo. O Brasil é o quinto mais importante mercado da BERLITZ, depois dos Estados Unidos, Alemanha, Japão e México. Com sólida presença global e contando com uma equipe de instrutores especializados, a BERLITZ oferece o ensino de qualquer idioma falado no mundo, dos mais procurados aos mais exóticos, incluindo africano, alemão, árabe, armênio, cantonês, coreano, espanhol, francês, grego, hebraico, hindu, holandês, inglês, iraniano, italiano, japonês, mandarim, português, russo, sueco, tailandês, turco, urdu e zulu, entre outros.

Você sabia?
A empresa possui uma gama de produtos diferenciados como publicações, com mais de 1.200 títulos lançados, programas para autodidatas, serviço de tradução, editoração eletrônica, adaptação de qualquer tipo de material multimídia e serviços de intérprete.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Time e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 18/1/2012

Nenhum comentário: