5.6.06

CINZANO


O tradicional vermute CINZANO é uma mistura perfeita entre vinho, álcool, açúcar e uma infusão de ervas e especiarias que garantem seu sabor único e inconfundível, apreciado em bares e restaurantes de todo o mundo quer seja puro, com gelo ou em uma centena de drinques. 

A história 
A origem da marca remonta ao ano de 1757 quando no dia 6 de junho os irmãos Carlos Stefano e Giovanni Giacomo Cinzano, após receberem seus diplomas de mestres destiladores, começaram a produzir em um pequeno estabelecimento na vila de Pecetto, próxima a cidade de Turim, algumas misturas aromáticas de vinhos com ervas aromáticas provenientes dos Alpes Italianos. A tradicional Casa Cinzano produzia, entre as várias misturas, uma bebida muito semelhante a um vinho aromático e fortificado, que continha 35 ingredientes, que pouco depois viria a ser conhecida como vermute, introduzida oficialmente no mercado em 1786 com o nome de CINZANO ROSSO (chamado assim devido a sua coloração avermelhada). Foi neste mesmo ano que a pequena empresa foi nomeada fornecedora oficial de bebidas da Casa Real de Savóia. Rapidamente o CINZANO ROSSO se tornou a bebida preferida da classe média de Turim.


Mas foi somente em 1787, quando o filho de Giovanni assumiu a administração da empresa que o produto ganhou fama e passou a ser conhecido como “Vermute de Torino”, tornando-se assim um ícone da cultura italiana. Em 1840, a empresa foi a primeira a produzir os tradicionais vinhos espumantes italianos (CINZANO ASTI), que foram criados para rivalizar com os famosos champanhes franceses à pedido da Casa Real de Savóia. Continuando sua escalada de inovações, a empresa introduziu os rótulos impressos e coloridos em 1853, em substituição aos artesanais. Isto aconteceu porque a empresa percebeu que precisava tornar suas garrafas mais brilhantes e atraentes. Além de adicionar cor, eles decidiram incorporar os prêmios conquistados por seus produtos nos rótulos. A partir de 1878 CINZANO começou a ser exportado para outros países, como por exemplo, Argentina, Brasil, Índia e Estados Unidos, além de várias partes da Ásia e África.


Em 1887, a marca iniciou uma das primeiras e mais duradouras campanhas de publicidade e comunicação. A primeira propaganda de CINZANO apareceu no jornal Il Telegrafo na cidade de Livorno nos dias 8 e 9 de dezembro. O slogan dizia: “Vino Vermouth della rinomata Casa F. Cinzano” (em português “Vinho de Vermouth da famosa casa de F. Cinzano”). Dois anos depois, em 1889, Adolf Hoeinstein, o fundador da publicidade impressa italiana, foi encarregado de apresentar o primeiro design de cartaz colorido da marca. Isso marcou o início da associação entre a CINZANO e os famosos ilustradores contemporâneos.


Na virada do século, com a popularização e invenções de novos drinques e coquetéis, o vermute CINZANO se tornou ainda mais popular pelo mundo afora. Com tanto sucesso, a empresa inaugurou sua primeira subsidiária na França em 1902. Uma década depois, em 1912, na cidade de Paris, a marca CINZANO se tornou a primeira a anunciar em painéis de néon. O tradicional logotipo vermelho e azul foi introduzido em 1925 com uma nova estratégia de mercado. A cor vermelha representava a paixão, vivacidade e orgulho; enquanto a azul representava a nobreza e a tradição do mediterrâneo. Rapidamente este logotipo se tornou um verdadeiro ícone no segmento de vermutes. O período entre a Grande Depressão Americana (1929) e a Segunda Guerra Mundial, foi o mais difícil na história da empresa. Mesmo assim, suas bebidas continuaram a serem produzidas e a marca CINZANO esteve presente na vida de milhões de pessoas nesta época tão difícil para o mundo. Com o término da Segunda Guerra Mundial a marca CINZANO começou a utilizar os mais variados tipos de mídia, como por exemplo, rádio, cinema e televisão, além de inúmeras campanhas publicitárias para atingir o máximo de pessoas em todos os cantos do mundo. Com isso, na década de 1960, a famosa cantora italiana Rita Pavone emprestou sua bela voz para muitos jingles da marca, como por exemplo, “Cin cin Cinzoda/una voglia da morir”, que se tornou um clássico.


Na década de 1970 a empresa começou a lançar variações de seu tradicional vermute, como a versão BIANCO em 1978, seguida pela EXTRA DRY (mais seca e forte) e posteriormente pela ROSÉ. A empresa se manteve familiar até 1985, quando a família Marone começou a adquirir participações da CINZANO, culminando em 1992, com a formação da Cinzano International S.A. Em 1997, como resultado da fusão da empresa Grand Metropolitan, então proprietária da marca, a CINZANO passou a fazer parte do grupo inglês Diageo. Mais de dois séculos após seu lançamento, a bebida se tornou a segunda mais vendida em sua categoria no mundo, passando a fazer parte do tradicional Grupo Campari em 1999.


Nos anos seguintes, sob nova gestão a marca CINZANO ressurgiu com força total, modernizou suas garrafas e lançou novos produtos, como por exemplo, a linha Mediterranean (com mistura de sucos naturais), introduzida em 2003 e composta pelas versões Orancio (laranja com caramelo, frutas confitadas e baunilha), Limetto (limão) e Rosé (laranja com canela, cravo e baunilha); e o relançamento em 2009 do CINZANO SODA (que já havia sido introduzido nos anos de 1960), um aperitivo à base de vermute pronto para beber que já vem misturado com soda, disponível nas versões Bianco e Rosso. Uma das mais recentes novidades da marca é o CINZANO COCKTAIL ITALIANO (lançado em 2012), um aperitivo frizante de cor vermelha que combina vermute com chás de ervas e aromas cítricos, pronto para beber.


Pouco depois, em 2014, a marca lançou no mercado a linha CINZANO 1757, vermutes de qualidade superior engarrafados para homenagear os irmãos fundadores da empresa, Giovanni Giacomo e Carlo Stefano. Os vermutes dessa linha são produzidos em pequenos lotes, com garrafas numeradas e elaborado artesanalmente com um blend delicado de ervas. Apesar de ser popular por seus vermutes a marca CINZANO também é conhecida por seus espumantes de castas nobres e sabor inconfundível, como o Prosecco Cinzano, Asti Cinzano e Pinot Chardonnay Cinzano, todos de regiões demarcadas.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por inúmeras remodelações ao longo dos anos. O logotipo retangular vermelho e azul, que se tornou uma poderosa ferramenta de reconhecimento da marca, surgiu em 1925 e ao longo dos anos passou por algumas modificações. A primeira delas ocorreu em 1935 com a inversão das cores, uma nova tipografia de letra (com o Z em destaque), o nome em amarelo e bordas também amarelas.


Em 1957 esse logotipo foi simplificado, perdendo as bordas amarelas e com o nome da marca escrito em branco. Já em 1966, o logotipo passou a adotar somente o nome da marca na cor vermelha. Em 2000, o logotipo voltou a ganhar bordas amarelas e as cores vermelha e azul. A mais recente mudança ocorreu em 2010, quando o logotipo ganhou uma curvatura, passando assim um efeito visual de 3D, além de uma nova tipografia de letra e bordas na cor cinza.


Além disso, a tradicional garrafa de CINZANO também ganhou novo design em 2010, adquirindo uma imagem mais atual e elegante com um formato mais esguio e com curvas de fácil escoamento do conteúdo.


Os slogans 
Delivering unpretentious enjoyment! 
Irresistible True Spirit. (2008) 
Be original, be yourself. (2002) 
Mix with Cinzano and you mix with the best. (1964) 
Vino Vermouth della rinomata Casa F. Cinzano. (1887) 
A sparkling aperitif moment. (Cinzano Soda)


Dados corporativos 
● Origem: Itália 
● Fundação: 6 de junho de 1757 
● Fundador: Carlos Stefano e Giovanni Giacomo Cinzano 
● Sede mundial: Turim, Itália 
● Proprietário da marca: Davide Campari-Milano S.p.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Chairman: Luca Garavoglia 
● CEO & Presidente: Bob Kunze-Concewitz 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 130 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Bebidas alcoólicas 
● Principais produtos: Vermutes e espumantes 
● Concorrentes diretos: Martini, Carpano Punto e Mes, Campari, Aperol, Dolin, Cocchi e Cynar (Brasil) 
● Ícones: O tradicional logotipo azul e vermelho 
● Slogan: Delivering unpretentious enjoyment! 
● Website: www.cinzano.com 

A marca no mundo 
Atualmente os produtos que levam a marca CINZANO são comercializados em mais de 130 países ao redor do mundo, tendo 80% de sua produção originária na cidade de Turim. A marca é a segunda mais consumida no mundo na categoria de vermutes e possui boa participação no segmento de espumantes, onde oferece uma completa gama de produtos. Seus principais mercados são Itália, Argentina, Rússia, Brasil, Alemanha, Espanha e Estados Unidos. 

Você sabia? 
A marca CINZANO se tornou extremamente popular pelo mundo afora muito em virtude de seus patrocínios a eventos esportivos, especialmente a Fórmula 1 e o mundial de motociclismo. 
A história do rabo de galo, um dos aperitivos mais consumidos do Brasil, está ligada à chegada da fábrica da CINZANO a cidade de São Paulo, nos anos de 1950. Sempre mirando a comunidade italiana, a marca rapidamente percebeu que nos balcões dos bares o paulistano bebia cachaça e não vermute. A marca então resolveu estimular a mistura de vermute e cachaça. Fez isso criando um copo exclusivo, com linhas da marcação das doses: “Até aqui, vermute. Daqui pra cima, cachaça”


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), jornais (Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 21/8/2017

6 comentários:

MARIO ARAUJO NETO disse...

ACHO QUE NA AMERICA DO SUL NAO EXESISTE UM APAIXONADO PELA FAMILIA CINZANO COMO EU , POISMEUS PAIS SE CONHERAO QUNDO TRABALHAVAO NA INDUSTRIA DE BEBIDAS CINZANO EM SAO ROQUE SAO PAULO BRAZIL , ONDE NASCI CRECI DENTRO DA EMPRESA EHOJE CONTINUO COM UMA PAIXAO MUITO GRANDE PELA CINZANO , COISAQUERO SENTEI ATE OS ULTIMOS DIAS DE VIDA.

Gláucia disse...

Sou mais uma apaixonada com a bebida e sua história, já que meu pai foi gerente da Indústria de Bebidas Cinzano em São Roque - SP, por 28 anos. Ele era Técnico Químico e Enólogo. Lá foi o lugar onde meu pai Hildo Picagli e minha mãe, Janete Picagli, que também trabalhava lá, como secretária, se conheceram. Se casaram e tiveram 2 filhos, Ricardo Picagli, em 1963, e Gláucia Picagli, em 1966. Fomos criados praticamente dentro da Fábrica, além de meu pai e minha mãe, meu avô materno também trabalhava na Cinzano, onde se aposentou, Sr. Rivadávia Pedrone, que administrava as lavouras de uvas. Aprendi a amar a Cinzano com meus pais e é por isso, que deixo aqui minha homenagem ao meu pai, que tanto amava e que terminou sua jornada nesta encarnação em 21/12/2008.

Gláucia Picagli

andre disse...

Engraçado, herdei do meu avô um cinzeiro da marca, porém não sabia da importancia dessa marca para meu clube de coração, o náutico.
Vamos a historia, em 1934 de baixo de muita chuva e perdendo do seu principal adversario. um diretor do clube no intervalo da partida achou por bem servir aos atletas algunas doses de cinzano, era para combater o frio naquela tarde invernosa, a torcida adversária não perdeu a oportunidade. da multidão, começaram os gritos: timbu! Timbu!... o jeito foi assumir e o timbu passou a ser o símbolo querido de todos os alvirrubros. hoje guardo esse cinzeiro como a voz do meu avô gritando o nosso grito de guerra.

samuel disse...

boa noite
tenho duas garrafas de cinzano com 40 anos alguem pode me dizer o valor das mesmas...
cumprimentos

Anônimo disse...

Excelente bebida!!!!!!!

Fa Waughan disse...

Minha bebida preferida com gelo