5.6.06

CINZANO

O tradicional vermute CINZANO é uma mistura perfeita entre vinho, álcool, açúcar e uma infusão de ervas e especiarias que garantem seu sabor único e inconfundível, apreciado em bares e restaurantes de todo o mundo quer seja puro, com gelo ou em uma centena de drinques.

A história
A origem da marca remonta ao ano de 1757 quando os irmãos Carlos Stefano e Giovanni Giacomo Cinzano, após receberem seus diplomas de mestres destiladores, começaram a produzir em um pequeno estabelecimento na vila de Pecetto, próxima a cidade de Turim, algumas misturas aromáticas de vinhos com ervas aromáticas provenientes dos Alpes italianos. A tradicional Casa Cinzano produzia, entre as várias misturas, uma bebida muito semelhante à um vinho aromático e fortificado, que continha 35 ingredientes, que pouco depois viria a ser conhecida como Vermute, introduzido oficialmente no mercado em 1786 com o nome de CINZANO ROSSO (chamado assim devido a sua coloração avermelhada). Foi neste mesmo ano que a pequena empresa foi nomeada fornecedora oficial de bebidas da Casa Real de Savóia. Rapidamente o CINZANO ROSSO se tornou a bebida preferida da classe média de Turim.


Mas foi somente em 1787, quando o filho de Giovanni assumiu a administração da empresa que o produto ganhou fama e passou a ser conhecido como “Vermute de Torino”, tornando-se assim um ícone da cultura italiana. Em 1840, a empresa foi a primeira a produzir os tradicionais vinhos espumantes italianos (CINZANO ASTI), que foram criados para rivalizar com os famosos champanhes franceses. Continuando sua escalada de inovações, a empresa introduziu os rótulos impressos e coloridos em 1853. A partir de 1878 CINZANO começou a ser exportado para outros países, como por exemplo, Argentina, Brasil, Índia e Estados Unidos, além de várias partes da Ásia e África. Na virada do século, com a popularização e invenções de novos drinques e coquetéis, o vermute CINZANO se tornou ainda mais popular pelo mundo afora. Com tanto sucesso, a empresa inaugurou sua primeira subsidiária na França em 1902. Uma década depois, em 1912, na cidade de Paris, a marca CINZANO se tornou a primeira a anunciar em painéis de neon.


O tradicional logotipo vermelho e azul foi introduzido em 1925 com uma nova estratégia de mercado. A cor vermelha representava a paixão, vivacidade e orgulho; enquanto a azul representava a nobreza e a tradição do mediterrâneo. Rapidamente este logotipo se tornou um verdadeiro ícone no segmento de vermutes. O período entre a Grande Depressão Americana (1929) e a Segunda Guerra Mundial, foi o mais difícil na história da empresa. Mesmo assim, suas bebidas continuaram a serem produzidas e a marca CINZANO esteve presente na vida de milhões de pessoas nesta época tão difícil para o mundo. Com o término da Segunda Guerra Mundial a marca CINZANO começou a utilizar os mais variados tipos de mídia, como por exemplo, rádio, cinema e televisão, além de inúmeras campanhas publicitárias para atingir o máximo de pessoas em todos os cantos do mundo.


Na década de 70 a empresa começou a lançar variações de seu tradicional vermute, como a versão BIANCO em 1978, seguida pela EXTRA DRY (mais seca e forte) e posteriormente pela ROSÉ. A empresa se manteve familiar até 1985, quando a família Marone começou a adquirir participações da CINZANO, culminando em 1992, com a formação da Cinzano International S.A. Em 1997, como resultado da fusão da empresa Grand Metropolitan, então proprietária da marca, a CINZANO passou a fazer parte do grupo inglês Diageo. Mais de dois séculos após seu lançamento, a bebida se tornou a segunda mais vendida em sua categoria no mundo, passando a fazer parte do tradicional Grupo Campari em 1999. Sob nova direção a marca CINZANO ressurgiu com força total, modernizou suas embalagens e lançou novos produtos como a linha Mediterranean (com mistura de sucos naturais), introduzida em 2003 e composta pelas versões Orancio (laranja) e Limetto (limão). Uma das recentes novidades da marca foi o relançamento do CINZANO SODA (que já havia sido introduzido nos anos 60), um aperitivo à base de vermute pronto para beber que já vem misturado com soda, disponível nas versões Bianco e Rosso.


A evolução visual
O logotipo vermelho e azul, que se tornou uma poderosa ferramenta de reconhecimento da marca, surgiu em 1925 e ao longo dos anos passou por algumas modificações. A mais recente mudança ocorreu em 2010, quando o logotipo ganhou uma curvatura, passando assim um efeito visual de 3D.


Além disso, a tradicional garrafa de CINZANO também ganhou nova forma, adquirindo uma imagem mais atual e elegante com um formato mais esguio e com curvas de fácil escoamento do conteúdo.


Os slogans
Irresistible True Spirit.
(2008)
Be original, be yourself. (2002)


Dados corporativos
● Origem:
Itália
● Fundação:
6 de junho de 1757
● Fundador:
Carlos Stefano e Giovanni Giacomo Cinzano
● Sede mundial:
Turim, Itália
● Proprietário da marca:
Davide Campari-Milano S.p.A.
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman:
Luca Garavoglia
● CEO & Presidente:
Bob Kunze-Concewitz
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Presença global: 180 países
● Presença no Brasil:
Sim
● Segmento:
Bebidas alcoólicas
● Principais produtos:
Vermutes e espumantes
● Concorrentes diretos:
Martini, Carpano Punto e Mes, Cynar (Brasil)
● Ícones:
O tradicional logotipo azul e vermelho
● Slogan:
Irresistible True Spirit.
● Website: www.cinzano.com

A marca no mundo
Atualmente os produtos que levam a marca CINZANO são comercializados em mais de 180 países ao redor do mundo, tendo 80% de sua produção originária na cidade de Turim. A marca é a segunda mais consumida no mundo na categoria de vermutes e possui boa participação no segmento de espumantes, onde oferece uma completa gama de produtos. Seus principais mercados são Itália, Rússia, Brasil, Alemanha, Espanha e Estados Unidos.

Você sabia?
A marca CINZANO se tornou extremamente popular pelo mundo afora muito em virtude de seus patrocínios à eventos esportivos, especialmente a Fórmula 1 e o mundial de motociclismo.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 11/3/2012

6 comentários:

MARIO ARAUJO NETO disse...

ACHO QUE NA AMERICA DO SUL NAO EXESISTE UM APAIXONADO PELA FAMILIA CINZANO COMO EU , POISMEUS PAIS SE CONHERAO QUNDO TRABALHAVAO NA INDUSTRIA DE BEBIDAS CINZANO EM SAO ROQUE SAO PAULO BRAZIL , ONDE NASCI CRECI DENTRO DA EMPRESA EHOJE CONTINUO COM UMA PAIXAO MUITO GRANDE PELA CINZANO , COISAQUERO SENTEI ATE OS ULTIMOS DIAS DE VIDA.

Gláucia disse...

Sou mais uma apaixonada com a bebida e sua história, já que meu pai foi gerente da Indústria de Bebidas Cinzano em São Roque - SP, por 28 anos. Ele era Técnico Químico e Enólogo. Lá foi o lugar onde meu pai Hildo Picagli e minha mãe, Janete Picagli, que também trabalhava lá, como secretária, se conheceram. Se casaram e tiveram 2 filhos, Ricardo Picagli, em 1963, e Gláucia Picagli, em 1966. Fomos criados praticamente dentro da Fábrica, além de meu pai e minha mãe, meu avô materno também trabalhava na Cinzano, onde se aposentou, Sr. Rivadávia Pedrone, que administrava as lavouras de uvas. Aprendi a amar a Cinzano com meus pais e é por isso, que deixo aqui minha homenagem ao meu pai, que tanto amava e que terminou sua jornada nesta encarnação em 21/12/2008.

Gláucia Picagli

andre disse...

Engraçado, herdei do meu avô um cinzeiro da marca, porém não sabia da importancia dessa marca para meu clube de coração, o náutico.
Vamos a historia, em 1934 de baixo de muita chuva e perdendo do seu principal adversario. um diretor do clube no intervalo da partida achou por bem servir aos atletas algunas doses de cinzano, era para combater o frio naquela tarde invernosa, a torcida adversária não perdeu a oportunidade. da multidão, começaram os gritos: timbu! Timbu!... o jeito foi assumir e o timbu passou a ser o símbolo querido de todos os alvirrubros. hoje guardo esse cinzeiro como a voz do meu avô gritando o nosso grito de guerra.

samuel disse...

boa noite
tenho duas garrafas de cinzano com 40 anos alguem pode me dizer o valor das mesmas...
cumprimentos

Anônimo disse...

Excelente bebida!!!!!!!

Fa Waughan disse...

Minha bebida preferida com gelo