14.6.06

LIVRARIA SICILIANO

Durante mais de 80 anos a tradicional LIVRARIA SICILIANO se tornou respeitada em todo o Brasil pela excelência dos produtos e prestação de serviços, comercializando desde clássicos da literatura até os mais recentes lançamentos.
-
A história
Tudo começou no ano de 1928, quando surgiu na cidade de São Paulo, pelas mãos de Pedro Siciliano, ex-distribuidor das publicações de Roberto Marinho e Assis Chateuabriand, um pequeno negócio dedicado, exclusivamente, à distribuição de jornais e revistas. Alguns anos mais tarde, a empresa, que só vendia essas publicações na loja de São Paulo, passou também a distribuí-las nas cidades de Santos e Belo Horizonte, começando, assim, um longo processo de expansão. Com a experiência adquirida na distribuição de periódicos como O Cruzeiro, A Cigarra entre outros títulos, a empresa iniciou a importação de revistas dos Estados Unidos, tais como a popular Saturday Evening Post. Os rumos do pequeno negócio começaram a mudar em 1942, sob o comando de Oswaldo Siciliano, filho do fundador, com a importação de livros de bolso em inglês para o Brasil e com a inauguração da primeira livraria no centro da cidade de São Paulo, iniciando-se assim a construção do que seria alguns anos mais tarde a maior rede de livrarias do país. Nas décadas seguintes a SICILIANO inaugurou inúmeras lojas, experimentando um enorme crescimento no mercado nacional. Em 1982, a empresa decidiu expandir suas atividades no campo editorial, criando a Editora Siciliano, se dedicando a partir de então à publicação de livros infantis e literatura em geral. Poucos anos depois, a Editora já se destacava entre as melhores e maiores do país.
-
-
Acreditando no desenvolvimento do mercado de usuários de informática, a LIVRARIA SICILIANO adquiriu, em 1994, a Berkeley Brasil Editora, empresa líder neste segmento. Em 1996 a editora se dividiu em cinco novos selos: Editora Arx, que publica livros de ficção e não-ficção; a Editora Futura, que publica livros de negócios; a Editora Berkeley, que publica livros para área de informática e tecnologias; e a Editora Caramelo, que publica livros infantis; e recentemente a Arxjovem, que publica livros de ficção e não-ficção para adolescentes. Pouco depois, em 1997, a empresa passou a atuar com um novo segmento, iniciando a comercialização de CDs musicais.
-
-
Ainda neste ano, a SICILIANO inaugurou sua livraria virtual na Internet, criando mais uma opção de canal de venda para seus clientes, comercializando além de livros, DVDs, CDs, games e itens de papelaria. A partir de 2004, a SICILIANO iniciou seu sistema de franquia, aumentando consideravelmente seu número de lojas nos anos seguintes com inaugurações de unidades em Caxias do Sul (RS), Rio Claro (SP), Jundiaí (SP), São Carlos (SP) e Natal (RN). Apesar disso, a situação financeira da empresa se tornou crítica por vários motivos, entre os quais, As intermináveis brigas familiares e a negligência de mercados importantes – deixou, por exemplo, de vender CDs e DVDs.
-
-
No dia 6 de março de 2008 a Livraria Saraiva comprou a totalidade das ações da SICILIANO por R$ 60 milhões, passando a ser proprietária das 63 lojas em 13 estados brasileiros da tradicional rede de livrarias. Rapidamente, muitas lojas da SICILIANO foram reformadas, algumas fechadas e muitas transformadas em unidades da SARAIVA. A grande dúvida daqui para frente é saber se a marca SICILIANO continuará existindo.
-
-
Dados corporativos
● Origem:
Brasil
● Fundação:
1928
● Fundador: Pedro Siciliano
● Sede mundial: São Paulo, Brasil
● Proprietário da marca: Saraiva e Siciliano S.A.
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Presidente do conselho:
Jorge Eduardo Saraiva
● Presidente (livrarias):
José Luiz Machado Alvim de Próspero
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Lojas: 17
● Presença global: Não (presente somente no Brasil)
● Funcionários: 290
● Segmento: Varejo (livraria)
● Principais produtos: Livros, jornais, revistas e DVDs
● Slogan:
Ler ou não ser.
● Website:
www.siciliano.com.br
-
A marca no Brasil
Atualmente a LIVRARIA SICILIANO conta com apenas 17 lojas, localizadas em cidades como São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Vitória, Uberlândia e São José dos Campos.
-
-

As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing), e Wikipedia (informações devidamente checadas).
-
Última atualização em 17/5/2010

Nenhum comentário: