16.7.06

CAROLINA HERRERA


Os valores da marca CAROLINA HERRERA podem ser transmitidos em apenas quatro palavras: elegância, atemporalidade, sofisticação e luxo. Tantos suas coleções de roupas e acessórios, quanto seus cobiçados perfumes, são originais e marcantes, utilizados por pessoas chiques e modernas que buscam algo único. De Jacqueline Onassis à atriz de Hollywood Renée Zellweger, sua clientela atravessou décadas. O gosto refinado transformou suas roupas clássicas e atemporais em sucesso garantido entre as pessoas que procuram luxo e discrição. 

A história 
A estilista Maria Carolina Josefina Pacanins y Niño (foto abaixo), conhecida simplesmente como Carolina Herrera, nasceu no dia 8 de janeiro de 1939 na cidade de Caracas, filha de um casal, descendente de uma família aristocrática venezuelana. Quando tinha 13 anos, a avó levou-a a uma viagem à Paris, onde ela descobriu e se encantou com o trabalho de um dos gênios da moda, o estilista espanhol Cristóbal Balenciaga, que lhe serviria de inspiração no seu trabalho. Aos 25 anos, começou a trabalhar como relações públicas na tradicional Casa Pucci, na Venezuela. Conheceu então Maria Teresa Herrera, mãe de Don Reinaldo Herrera Guevara, editor da revista Vanity Fair, com quem se casaria em 1968 e herdaria o sobrenome Herrera. Este foi o segundo casamento de Carolina. Após ter, durante anos, feito parte da lista das mulheres mais bem-vestidas dos Estados Unidos, em setembro de 1980, ela apresentou como teste seu primeiro trabalho no mundo da moda.


Muito bem recebido pela crítica especializada, conseguiu o apoio de um investidor venezuelano, Armando de Armas, para fundar sua empresa no ano seguinte. Nessa altura, mudou-se permanentemente com a família para Nova York. Estabelecida na cidade, foi somente em abril, encorajada pela lendária editora da revista Vogue, Diana Vreeland, que ela apresentou oficialmente sua primeira coleção prêt-à-porter no Metropolitan Club, com sobreposição de tecidos diferentes em comprimentos variados, e rapidamente conquistou clientes importantes, entre as quais a rainha dos cosméticos Estée Lauder e a ex-primeira dama Jacqueline Kennedy Onassis, que encomendou à Carolina Herrera o vestido de casamento de sua filha Caroline. Imediatamente suas criações elegantes ganharam as araras das grandes lojas de departamentos. Fez com facilidade a transição para os modelos mais enxutos de meados da década de 1980 e se tornou famosa por suas elegantes roupas para o dia e para a noite. Uma de suas peças mais famosas é a universal e democrática camisa branca. Usada à exaustão por Carolina e seu séquito de seguidoras, a peça se transformou em uma espécie de cartão de visitas e levou a grife para o patamar das mais adoradas entre as mulheres da alta sociedade.
 

Carolina Herrera começou também a fazer coleções de vestidos de noiva, mas foram os perfumes que contribuíram para divulgar o seu nome no mundo inteiro. Isto aconteceu em 1988, quando a empresa espanhola de perfumaria Antonio Puig criou o famoso perfume feminino CAROLINA HERRERA. A partir deste momento a estilista construiria um verdadeiro império que se consolidou com lançamento de sucessos como o Herrera for Men, primeiro perfume masculino da marca, inspirado nos dois homens com principal participação na vida da estilista, o marido Reinaldo Herrera e o pai Guillermo Pacanins, lançado em 1991; e o 212, uma das fragrâncias de maior sucesso da grife, inspirada em um estilo vanguardista nova-iorquino e lançada no mercado em 1997 em sua versão feminina. Seus primeiros perfumes se transformaram, em menos de uma década, em verdadeiros clássicos do mundo das fragrâncias e continuam atuais como no dia de seus lançamentos. Sem contar nos milhões de dólares que trouxeram para os cofres a empresa.


Depois vieram os acessórios, como malas, bolsas, sapatos, óculos, artigos de couro, lenços e a maior novidade, a coleção masculina. Depois de quase duas décadas vendendo seus produtos em sofisticadas lojas de departamentos, a primeira loja própria da marca CAROLINA HERRERA NEW YORK foi inaugurada somente no ano de 2000, na célebre Madison Avenue, em plena Nova York. Nos anos seguintes a marca introduziu produtos em inúmeros segmentos, inclusive uma segunda linha de roupas e acessórios com preços mais em conta. Além disso, em 2006 inaugurou mais uma luxuosa loja em Melrose Place na cidade de Los Angeles.


Em 2008, a estilista e sua filha Carolina Adriana (responsável pela elaboração do bem sucedido 212, a primeira fragrância de sua criação) participaram de um jantar em comemoração aos 20 anos da primeira fragrância de sua grife, realizado na Casa Fasano, em São Paulo. A celebração foi acompanhada por uma mostra de vestidos e perfumes lançados pelas marcas CAROLINA HERRERA NEW YORK e CH CAROLINA HERRERA. A estilista explicou o motivo da escolha do Brasil, e principalmente da cidade de São Paulo para essa celebração: “Escolhi lançar a exposição em São Paulo, porque o perfume tem sido um hit (de vendas) aqui por 20 anos”, disse a venezuelana. A exposição ocupava a primeira sala do espaço, alugado para eventos de luxo. Textos contavam a história de cada fragrância, com sua inspiração e descrição das notas, ao lado de pôsteres das campanhas publicitárias, dos produtos em suas diferentes embalagens ao longo dos anos.


Em 2010, a marca inaugurou sua primeira loja no Brasil, situada no badalado Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. A loja oferece todos os produtos que fazem a fama internacional da marca: perfumes, acessórios, moda feminina e masculina. Apesar do espírito cosmopolita que cerca a loja, a decoração imita uma casa de campo, com ar intimista. A linha infantil, assinada por uma das filhas da estilista que dá nome a grife, atende dos pés à cabeça tanto meninos quanto meninas, com sapatos, vestidinhos e camisas pólo. Para quem gosta de ser fashion em todos os momentos, vale a pena garimpar entre a infinidade de acessórios produzidos pela marca: é possível encontrar até mesmo selas para cavalo. A marca CAROLINA HERRERA é conhecida principalmente por seus modelos chiques de um ombro só, vestidos de noiva e longos de gala, usados por celebridades nos tapetes vermelhos mundo afora. Por isso, até os dias de hoje, sua clientela se mantém estrelada, e inclui algumas das mulheres mais elegantes do show business, como Katie Holmes, Meryl Streep, Penélope Cruz, Dita von Teese e Renée Zellweger.


A linha do tempo 
1987 
Lançamento de sua primeira coleção de vestidos de noiva. 
1989 
Lançamento de uma linha de roupas mais esportivas. 
1990 
Lançamento da primeira coleção de joias. 
1994 
Lançamento do perfume FLORÉ, com acentuados aromas florais. 
1996 
Lançamento do perfume AQUAFLORE
1997 
Lançamento do icônico perfume 212 na versão feminina. 
Lançamento de sua primeira coleção de acessórios que incluía bolsas e outros artigos de couro, lenços e gravatas. 
1999 
Lançamento da versão masculina do perfume 212 MEN
2001 
Lançamento da marca CH CAROLINA HERRERA, composta por acessórios e roupas (para mulheres, homens e crianças) mais esportivas e acessíveis, que custam aproximadamente 1/3 da marca CAROLINA HERRERA NEW YORK. A primeira loja da marca foi inaugurada na cidade de Madri. 
Inauguração de quatro novas lojas da marca CH Carolina Herrera nas cidades de Houston, Nova York, Las Vegas e Coral Gables (Flórida). Atualmente a marca possui mais de 100 lojas ao redor do mundo. 
2002 
Lançamento do perfume feminino CHIC. A versão masculina foi lançada dois anos depois. 
2004 
Lançamento do perfume 212 SEXY, sucesso de vendas no mundo inteiro e que, no Brasil, se esgotou em apenas um mês após sua estreia, fazendo com que a marca alcançasse o primeiro lugar entre os perfumes femininos mais vendidos. 
2005 
Lançamento do perfume masculino HERRERA ACQUA
2007 
Lançamento do perfume CH CAROLINA HERRERA, uma fusão entre o contemporâneo e o tradicional, também em seu frasco, que utilizava materiais como couro e prata. 
Lançamento da edição especial de verão do famoso perfume chamado 212 SPLASH. O já clássico frasco (agora em tons aquáticos) da fragrância normal foi colocado dentro de uma embalagem transparente no formato de uma lata de refrigerante. 
2008 
Inauguração de uma loja âncora na cidade de Dallas. 
2009 
Inauguração de uma loja âncora na cidade Miami. 
2010 
Lançamento do perfume 212 VIP. Frases como “Você está na lista?” e “Esta é uma festa privada” fizeram parte da campanha destacando que quem usa o perfume está em evidência ou no centro das atenções. A fragrância foi desenvolvida pelo renomado perfumista Alberto Morillas, Carolina Herrera e sua filha. 
Para ajudar na divulgação da importância do auto-exame na prevenção do câncer de mama a Lojas Renner firmou parceria com a estilista e lançou com exclusividade a fragrância CH Ser. O perfume ganhou frasco em versão rosa e combinava a leveza do floral com o exotismo das notas orientais. 
2011 
Lançamento da primeira coleção de óculos. 
2013 
Lançamento do perfume CH EAU DE PARFUM SUBLIME. Para completar o lançamento, a marca apresentou uma coleção cápsula de acessórios (cinto, luvas, sapatos, faixa de cabelo) em tons de roxo, para seguir a linha do perfume. 
2015 
Lançamento da fragrância CH MEN AFRICA, com notas exóticas, frasco moderno (com padrão camuflado) e inspirado no pôr-do-sol da savana africana. 
Lançamento da HERRERA CONFIDENTIAL, uma série de novas fragrâncias e óleos criados a partir de infusões inspiradas nas tradições do Oriente Médio, tendo como base única o óleo de Uod, que vem da madeira da árvore tropical Agar e é conhecido como ouro líquido por sua raridade e dificuldade de extração.


A criação da primeira fragrância 
O perfume nasceu de um encontro social em Nova York, cidade eternamente ligada à estilista venezuelana. Caminhando entre convidados, Carolina Herrera passou perto de Don Mariano Puig, diretor da empresa de perfumaria espanhola Antonio Puig, que percebeu um aroma de grande personalidade e perguntou a sua origem. Ela explicou que não se tratava de nenhuma fragrância, senão de um resultado experimental com óleo e essências de jasmim e cravo, flores muito presentes em recordações de sua vida na Venezuela. Dois anos depois, a difícil tarefa de traduzir um universo emocional em uma fragrância resultou no lançamento do primeiro perfume da marca CAROLINA HERRERA. A empreitada mudou o rumo dos negócios e a linha de perfumes ganhou papel fundamental no faturamento milionário da marca.


A nova musa dos perfumes 
A filha da estilista, Carolina Adriana Herrera, começou a trabalhar com a mãe em 1997, depois de ter estudado bioquímica e biologia em Nova York. A oportunidade de se envolver na área dos perfumes surgiu por acaso, quando em um verão lhe pediram ajuda para desenvolver um aroma, nascia, então, o perfume feminino 212 que, dois anos depois, chegaria ao mercado na versão masculina para, em seguida, dar início a uma completa linha de produtos que consagraram a marca. A jovem participou desde então do desenvolvimento dos aromas, das embalagens, imagem e conceito dos perfumes, que têm sido a “bandeira” da marca por mais de 20 anos. Ela costuma dizer “que o sucesso dos perfumes CAROLINA HERRERA resultam da combinação do aroma, de quem o vende e do marketing”. Todos os perfumes têm uma imagem ou uma identidade: uma ideia do que é a mulher/homem que o usa.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1981 
● Fundador: Carolina Herrera 
● Sede mundial: New York City, New York, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Carolina Herrera Ltd. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Puig Beauty & Fashion Group S.L.) 
● CEO & Presidente: François Kress 
● Estilista: Carolina Herrera 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 130 
● Presença global: 120 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 500 
● Segmento: Moda de Luxo 
● Principais produtos: Roupas, acessórios e perfumes 
● Concorrentes diretos: Chloé, Céline, Cacharel, DVF e Donna Karan 
● Ícones: O perfume 212 

A marca no mundo 
Atualmente os produtos (linha ready-to-wear, noivas, óculos, acessórios em couro e fragrâncias) da marca CAROLINA HERRERA são vendidos em mais de 120 países ao redor do mundo através das mais badaladas lojas de departamento e lojas especializadas. Além disso, as marcas CH CAROLINA HERRERA e CAROLINA HERRERA NEW YORK possuem mais de 130 lojas próprias em países como Estados Unidos, Brasil (5 lojas), Venezuela, Espanha, Colômbia, Emirados Árabes, Panamá, França, Inglaterra e Catar. A marca conta ainda com lojas âncoras, localizadas em cidades como Nova York, Los Angeles, Las Vegas, Miami e Dallas, e uma loja dedicada especialmente a noivas na Cidade do México. A CAROLINA HERRERA pertence à espanhola Puig, proprietária de marcas famosas como Nina Ricci, Paco Rabanne e Jean Paul Gaultier

Você sabia? 
Para o aguardado casamento entre os personagens da saga Crepúsculo, Edward Cullen e Bella Swan, vividos pelos atores Robert Pattinson e Kristen Stewart, Carolina Herrera foi convidada a criar o belo vestido usado em cena pela noiva. Avaliado em US$ 35 mil, o vestido integrou o figurino do filme Amanhecer Parte 1, lançado em 2011, e logo seu desenho discreto e sofisticado na frente com transparência e bordados nas costas foi copiado por jovens noivas mundo afora. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Vogue, Elle, Veja, View, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Valor Econômico e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 9/11/2016

4 comentários:

dorilda disse...

É UMA HONRA TER O MESMO SOBRENOME DE UMA PESSOA FAMOSA, É SINAL QUE SUA CRIAÇÃO DE ROUPAS E PERFUMES SEMPRE FORAM DA MELHOR QUALIDADE, A PROVA ESTÁ VIVA, QUEM NÃO GOSTARIA DE USAR UM PERFUME DA MARCA CAROLINA HERRERA.

Sds

DORILDA INÁRA LIMA HERRERA

Anônimo disse...

Sou fã desta fabulosa estilista.
Considero-a sinônimo de bom gosto e elegância.
Jussara Garcia.

Anônimo disse...

Ela é uma grande estilista, e a mulher mais elegante que eu já vi.
Ela tem um porte aristocrático e ao mesmo tempo com um forte quê latino.
Adoro CH!!!

Carla de Andrade disse...

Carolina Herrera, uma grande mulher e uma artista, não é atoa que as fragrâncias dela são as mais vendidas! Amo os perfumes, e aqui vai a minha dica pra quem gosta de perfumes importados: Americos.

Adorei o post!
Beijoss