18.7.06

CMT (Country Music Television)


O canal CMT, também conhecido como COUNTRY MUSIC TELEVISION, foi um dos principais responsáveis por disseminar a popular música country americana, exibindo vídeos-clipes e programas que reproduzem o estilo de vida deste popular gênero musical. Cavalos, banjos, chapéus de caubói, botas, além de uma boa música, documentários e séries são figuras constantes na tela do CMT, que se tornou uma autoridade no entretenimento country. 

A história 
O canal foi oficialmente lançado no dia 5 de março de 1983 às 18 horas e 19 minutos, criado e fundado por Glenn D. Daniels para concorrer com o The Nashville Network (TNN), com transmissões a partir das instalações da produtora “Video World Productions” na cidade de Hendersonville, estado americano do Tennessee. O primeiro vídeo-clipe a ir ao ar no novo canal foi o hit clássico da música country “It’s Four in the Morning” de Faron Young, e o novo canal bateu em audiência seu principal concorrente por dois dias seguidos. No início Glenn D. Daniels, um popular dj de música country, acumulava as funções de diretor de programas e presidente da nova rede, que foi chamada originalmente de CMTV, mas desde o início foi sempre conhecida como COUNTRY MUSIC TELEVISION, afinal, a letra V acrescentada na nomenclatura foi retirada meses depois em resposta a uma denúncia apresentada pela concorrente MTV por infringir direitos de marca registrada. O novo canal foi posicionado no mercado oferecendo vídeos-clipes de música country 24 horas por dia, sete dias por semana, enquanto seu principal concorrente, o TNN, era voltado para uma programação que pregava um estilo de vida country.


Em 1991, a empresa Gaylord Entertainment Company, também proprietária da The Nashville Network, adquiriu o canal CMT em um negócio estimado em US$ 34 milhões. Nas mãos de uma nova administração, o CMT foi ao ar internacionalmente no mês de setembro de 1992, com seu lançamento na Europa como parte do pacote de múltiplos canais BSkyB. Porém, com perdas milionárias, o canal ficou no ar no continente europeu apenas por tempo e foi definitivamente encerrado seis anos depois. O canal foi lançado no mercado canadense no mês de outubro de 1996. Pouco depois, em 1997, o CMT foi vendido para a empresa Westinghouse, também proprietária do popular canal CBS.


No final desta década, em 1999, a Viacom ao adquirir a rede CBS, assumiu também à propriedade do canal CMT. Gradativamente a nova proprietária iniciou um processo de mudança no formato do CMT, aumentado e criando novas opções aos telespectadores, que passou a incluir, além dos tradicionais vídeos-clipes de música country, shows, filmes, séries e documentários biográficos de grandes estrelas da música country do presente e do passado. Em 2002, o canal criou o CMT Flameworthy Video Music Awards, agora conhecido como CMT MUSIC AWARDS, que premia os melhores vídeos-clipes, cantores e performances da música country americana.


Nos anos seguintes o número de vídeos-clipes de música country diminuiu drasticamente em detrimento aos novos programas, como a tradicional série “The Dukes of Hazzard” e reality shows, o que culminou com o lançamento, em 2006, do CMT Pure Country, um canal com programação exclusiva de músicas e do universo country. Uma das séries de maior audiência do canal atualmente é Nashville. A programação atual do CMT consiste em programas de entretenimento geral, filmes e reality shows, uma parte significativa relacionada ao universo country. O vasto conteúdo e programação do CMT também podem ser encontrados em diversas plataformas digitais.


A evolução visual 
A identidade visual do canal CMT passou por radicais mudanças no decorrer dos anos. O primeiro logotipo do canal (inicialmente chamado de CMTV) possuía uma rosa vermelha como símbolo, mas rapidamente foi substituído poucos meses depois por uma identidade visual com o nome do canal por extenso. Esse logotipo seria substituído por um mais moderno em 1987. Mas durou pouco. Em 1988, um novo logotipo totalmente remodelado foi apresentado, com as letras CMT dentro de quadrados coloridos.


Em 2004, o logotipo se tornou preto (com manchas brancas) e adotou uma nova tipografia de letra. Em 2009 o logotipo se tornou completamente preto e, em 2017, uma nova versão foi apresentada.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 5 de março de 1983 
● Fundador: Glenn D. Daniels 
● Sede mundial: Nashville, Tennessee, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Viacom Media Networks 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Presidente: Frank Tanki 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 10 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Funcionários: 120 
● Segmento: Comunicação 
● Principais produtos: Canal de TV a cabo musical 
● Concorrentes diretos: MTV, Fuse, Music Choice e Great American Country 
● Slogan: Get Country. 
● Website: www.cmt.com 

A marca no mundo 
Atualmente o CMT é um canal de televisão por assinatura musical e de entretenimento especializado em música country, operado pela Viacom e disponível em mais de 92 milhões de lares nos Estados Unidos e em 10 outros países ao redor do mundo. 

Você sabia? 
O canal CMT foi lançado no Brasil em março de 1995 através de uma joint-venture entre a Gaylord Entertaiment e o Grupo Abril, e resistiu às mudanças de propriedades da matriz americana. Mas quando a Viacom adquiriu a CBS Corporation em 1999, então proprietária do CMT, colocou fim na última filial do CMT fora da América do Norte em 2002. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 18/2/2018

Um comentário:

Kelina Saldanha disse...

Queria tanto ver esse canal por aqui...! Adoro múcia cowntry.