17.7.06

MASSEY FERGUSON


Se você estiver em um avião, em qualquer lugar do mundo, e avistar enormes pontos vermelhos nos campos de plantações, não se assuste. Trata-se de tratores e colheitadeiras da tradicional MASSEY FERGUSON, uma das mais famosas marcas de equipamentos agrícolas do mundo, que disponibiliza produtos dotados de avançadas soluções operacionais para oferecer máxima eficiência aos agricultores. 

A história 
A história da marca tem suas origens no ano de 1847 quando Daniel Massey fundou a Newcastle Foundry and Machine Manufactory, então uma pequena oficina para fabricar e reparar instrumentos agrícolas para fazendeiros da cidade de Newcastle, província de Ontário no Canadá. A nova empresa começou a fabricar uma das primeiras debulhadoras mecânicas do mundo, primeiramente com peças importadas dos Estados Unidos, e posteriormente com fabricação própria. Uma década depois, o canadense Alanson Harris inaugurou na cidade de Beamsville uma fundição para fabricar e reparar maquinários agrícolas. Em 1875, Massey comprou a patente e começou a fabricar ancinhos (também conhecido como rastelo), um instrumento utilizado na agricultura e na jardinagem para coletar materiais como folhas, grama solta, palha e feno e também em hortas para preparar a terra para o plantio.


Pouco depois, em 1887, ele inaugurou uma subsidiária na Inglaterra. Em 1891 ocorreu a fusão das duas empresas de maior sucesso do mercado canadense nesse segmento, a Massey Company e a A. Harris Son & Company, para formar a Massey-Harris Co. Depois da virada do século, em 1902, a empresa inaugurou um escritório na França, incrementando consideravelmente suas vendas. Em 1910, a empresa adquiriu a Johnson Harvester Company, localizada no estado de Nova York, se tornando uma das primeiras multinacionais canadenses e ingressando oficialmente no mercado americano. Em 1918 a empresa introduziu o trator Massey-Harris 1, que se tornaria um grande ícone da marca nos anos seguintes. Em 1926 na Inglaterra, o engenheiro Harris Ferguson aperfeiçoa o Sistema Ferguson de integrar tratores e implementos.


Em 1930 foi lançado o primeiro trator com tração nas quatro rodas. No final desta década, em 1938, a Massey-Harris introduziu a primeira colheitadeira automotriz, facilitando assim o trabalho nos campos em época de colheita. Foi neste mesmo ano que Henry Ford começou a produzir os tratores Ford-Ferguson, firmando uma parceria com a empresa, que seria encerrada pouco anos depois, em 1947, após a produção de 300 mil tratores. Durante a Segunda Guerra Mundial, a empresa produziu equipamentos para o exército, incluindo tanques e armas. Finalmente, em 1953, ocorreu a fusão da Massey-Harris e a Harry Ferguson Limited da Inglaterra, formando assim a Massey-Harris-Ferguson Limited. Inicialmente, os parceiros decidiram continuar a comercializar tratores sob marcas distintas - Massey-Harris e Ferguson. Mas isso resultou em confusão para consumidores e revendedores, bem como conflitos em relação a futuros projetos de equipamentos. Foi então, que em 1958, os equipamentos agrícolas passaram a ostentar o nome MASSEY FERGUSON, surgindo assim uma das marcas de tratores mais famosas do mundo, com o lançamento do modelo MF 35. Nesse mesmo ano a marca ganharia reconhecimento mundial quando Sir Edmund Hillary utilizou um trator da empresa em uma expedição terrestre ao Pólo Sul. Um ano antes, em 1957, a empresa se instalou oficialmente no Brasil, sendo parte do plano de expansão industrial do então presidente da República Juscelino Kubitschek. No Brasil, a marca ficou conhecida pelo popular slogan “A Gente Faz a Terra Crescer”.


Na década seguinte a empresa ingressou em vários mercados mundiais e expandiu sua linha de produtos com novos modelos de tratores e equipamentos agrícolas. Além disso, o modelo 50 X (conhecido popularmente com Cinquentinha, em homenagem ao então presidente Juscelino Kubitschek) passou a ser fabricado localmente no Brasil em 1961. Com 36 cavalos de potência foi o primeiro trator da marca fabricado no país e acabou se tornando referência no campo e símbolo de pioneirismo. Ainda no Brasil, a colheita de grãos foi bastante positiva nos anos de 1970 e para dar conta da empreitada, a MF aumentou a potência de seus tratores e desenvolveu a linha MG 200, com nove opções de modelos adaptados a diferentes culturas e tipos de terreno. O modelo MF 275 rapidamente se destacou, tornando-se o mais vendido de todos os tempos. Em 1978 apresentou o primeiro trator compacto da marca. A década de 1980 foi marcada pelo lançamento dos tratores da Série 300, que durante anos foram os mais vendidos no mundo devido a sua força e confiabilidade.


Desde 1988, a empresa vem investindo e aprimorando o que hoje é o mais avançado, testado e comprovado sistema de agricultura de precisão: o FIELDSTAR, um sistema revolucionário que, instalado em um trator ou uma colheitadeira, permite monitorar e controlar, com precisão, as tarefas agrícolas, desde o preparo do solo, os índices de produtividade, a quantidade adequada de insumos aplicados nas lavouras e até mesmo a produtividade de cada metro quadrado na colheita. No ano de 1994 a AGCO Corporation adquiriu a MASSEY FERGUSON, que a partir deste momento passava a ser uma subsidiária da empresa americana, também proprietária de diversas marcas de equipamentos agrícolas, com destaque para Valtra e Challenger. Mesmo assim, os tratores, colheitadeiras e implementos agrícolas continuaram sendo construídos de acordo com os mesmos rigorosos padrões que os fundadores sempre defenderam. Com essa aquisição a MASSEY FERGUSON ganhou ainda mais força para manter a inovação e a modernidade como diretrizes para desenvolver as soluções para os desafios no campo.


A MASSEY FERGUSON foi a primeira empresa no mundo a trabalhar com o sistema de agricultura de precisão. Isto foi acelerado nos anos de 2000, quando para atender as necessidades de melhoria no monitoramento e precisão das práticas agrícolas, a marca equipou suas máquinas com a mais moderna tecnologia. Com isso, a empresa desenvolveu comandos que, com apenas um toque, estabeleceram a comunicação entre componentes do trator e implementos, monitorando em tempo real todas as operações, tanto das ações no campo quanto das máquinas. Nesta época, a subsidiária da empresa no Brasil começou a ganhar enorme importância ao exportar tratores para o mercado americano. Em 2005, a empresa lançou no mercado brasileiro o trator MF 250 XE, conhecido como o Brasileirinho, voltado para pequenas propriedades e agricultura familiar. No ano seguinte, os tratores da nova Série MF 200 Compacto, foram lançados no mercado voltado especialmente para a fruticultura brasileira.


Sempre na vanguarda, a MASSEY FERGUSON tem a inovação como um dos seus principais pilares, desenvolvendo soluções do plantio à colheita com muito mais produtividade e rentabilidade. Como por exemplo, a transmissão Dyna-VT, seguindo o mesmo conceito que leva conforto e economia de combustível aos carros mais modernos vendidos no mercado. Os tratores ainda contam com piloto automático de série e função DTM, que auxilia a melhorar o desempenho do trabalho, gerando economia de combustível. São mais de 160 anos de experiência, amplo conhecimento em propriedades agrícolas e máquinas necessárias para que o trabalho seja realizado corretamente - em qualquer lugar do mundo. Assim é a MASSEY FERGUSON, um exemplo de pioneirismo no segmento agrícola. Afinal, a empresa criou o primeiro engate de três pontos do mundo. E adicione a isto, às gerações de experiência global e será possível ter a comprovação necessária de que ela é a marca que se pode confiar. Por isso, não é surpreendente que a MASSEY FERGUSON tenha conquistado a fidelidade de agricultores em todo o mundo.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. Apesar das origens da empresa datem de 1847, a marca MASSEY FERGUSON surgiu somente em 1958 com um logotipo composto por três triângulos interligados, as iniciais MF e um trator como símbolo. Este logotipo passou por mais duas modernizações nos anos seguintes, adquirindo uma imagem mais simplificada. Além disso, passou a conter o nome da marca.


Os slogans 
A world of experience. Working with you. 
Once a Pioneer, always a Pioneer. 
Machinery the world relies on. (2008) 
Pedigree, power & performance. (2003) 
Helping the human race to help itself. (1970) 
Pulsa forte no campo. (Brasil, 2016) 
Um mundo de experiências. Trabalhando com você. (Brasil) 
A Gente Faz a Terra Crescer. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Canadá 
● Fundação: 1847 (empresa) e 1958 (marca) 
● Fundador: Daniel Massey 
● Sede mundial: Duluth, Georgia, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Massey Ferguson Limited 
● Capital aberto: Não (subsidiária da AGCO Corporation) 
● Chairman & CEO: Martin Richenhagen 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Concessionárias: 3.000 
● Presença global: 140 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 7.000 
● Segmento: Agricultura 
● Principais produtos: Tratores, colheitadeiras, pulverizadores e implementos agrícolas 
● Concorrentes diretos: John Deere, New Holland, Caterpillar, JCB, Valtra, Komatsu e Kubota 
● Ícones: Os tratores vermelhos 
● Slogan: A world of experience. Working with you. 

A marca no mundo 
Atualmente a MASSEY FERGUSON, subsidiária da empresa AGCO Corporation, uma das maiores fabricantes mundiais de equipamentos agrícolas e peças de reposição relacionadas, comercializa seus produtos (tratores, colheitadeiras de grãos, pulverizadores e implementos diversos) em mais de 140 países através de uma rede de 3.000 concessionárias e distribuidores independentes. A empresa possui atuação destacada nos Estados Unidos, Brasil, Argentina, Venezuela, Chile e África do Sul, além do continente europeu. As fábricas da empresa no Brasil estão localizadas no estado do Rio Grande do Sul (Canoas, Santa Rosa e Ibirubá) e São Paulo (Ribeirão Preto). 

Você sabia? 
A MASSEY FERGUSSON continua se baseando nos princípios que Daniel Massey, Alanson Harris e Harry Ferguson adotaram. Esse espírito de tradição é um dos grandes motivos pelos quais se tornou a marca de tratores mais vendida nos últimos 40 anos, principalmente no Brasil. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 27/3/2018

Um comentário:

nivaldo disse...

QUANDO ADOLESCENTE TRABALHEI MUITO TEMPO COM UM MF 50X...BONS TEMPOS..TRACIONANDO CARRETAS , ROÇANDO , PLANTANDO MILHO , ETC...QUE ÓTIMO TRATOR...NUNCA VI UMA MAQUINA CONSUMIR TÃO POUCO OLEO DIESEL...QUE SAUDADE DO "MEU CINQUENTINHA".....