20.8.06

The Simpsons - Uma Sátira Milionária


Os Simpsons (The Simpsons) se transformaram em uma verdadeira mina de ouro. Altamente satírico, o seriado critica a sociedade americana como um todo. Tem como alvos principais a classe média e a mediocridade americana. Os Simpsons já se tornaram uma lenda - uma série pra lá de cult, que não pára de arrebatar fãs pelo mundo à fora. Além de ser o desenho animado que há mais tempo é apresentado em horário nobre, os Simpsons derrubaram a concorrência e, atualmente, lideram o ranking das comédias com maior número de temporadas, também, é claro, em exibição no horário de maior audiência da TV. Atualmente é uma das marcas de maior sucesso no mudo do entretenimento. Tudo começou em 1987, quando americano Matt Groening produzia tiras (Cartoons), intituladas de "Life in Hell", que eram publicadas em diversos jornais dos Estados Unidos. Um dia foi chamado por James Brooks, para participar do conhecido programa de TV a cabo chamado "The Tracey Ullman Show". Quando foi se encontrar com James Brooks, Matt aguardava a reunião na sala de espera, pensando no que ia apresentar, pois inicialmente iria levar seus personagens do Life in Hell e fazer sua versão animada dos quadrinhos. Enquanto esperava pensou que isso poderia dar errado e preferiu não arriscar usar seus personagens e colocar tudo a perder. Então, nos quinze minutos em que estava na sala de espera criou a família, que mais tarde iria se tornar o desenho animado mais bem sucedido da história: Os Simpsons (The Simpsons).
--
Para nomear seus personagens recém criados usou nomes de seus familiares: Homer seu pai, Margaret (Marge) sua mãe, Lisa e Maggie suas irmãs, e Bart era um anagrama de "Brat", que significa "Pirralho, Fedelho". O sobrenome Simpson é uma escolha natural para a família, pois o nome Simpson se traduz literalmente como "filho de um Simpleton". Com o contrato assinado começou a desenvolver e criar as vinhetas que demoravam cerca de um mês para ficarem prontas. Cada episódio tinha apenas 30 segundos. A equipe de animadores dos curtas era formada por: David, Wesley Archer, Bill Kopp e Tim Berglind. Os curtas do The Tracey Ullman Show, duraram 3 "temporadas", num total de 48 episódios, de 1987 até 1989. O primeiro episódio de longa metragem de Os Simpsons, foi "Simpsons Roasting on an Open Fire (no Brasil o episódio foi intitulado de "O Prêmio de Natal") e foi exibido pela primeira vez em 17 de dezembro de 1989, um especial de Natal de meia hora. O episódio rendeu tanta audiência, que o canal Fox decidiu que Os Simpsons poderiam dar uma boa série de televisão, e então fecharam contrato para a produção da primeira temporada em 1990. Os Simpsons se tornaram uma série regular em 14 de janeiro de 1990 com "Bart the Genius" (no Brasil "Bart o Gênio"), seguido de mais 11 episódios de aproximadamente 20 minutos. Com o fim da primeira temporada Groening e sua equipe começaram a bolar a próxima temporada. A série estreou no Brasil em 1991, no Rede Globo, e era exibido nas tardes de sábado. Os Simpsons moram em Springfield. Homer, o chefe da família, trabalha como inspetor de segurança numa usina de energia nuclear, enquanto Marge, sua esposa, tenta manter a paz no lar e zelar pelos três filhos: Bart (travesso o bastante para os seus 10 anos de idade), Lisa (a filha inteligente e vegetariana que toca saxofone) e Maggie (que expressa suas emoções através da chupeta). Além da família Simpsons, a série conta com um rico e, por vezes peculiar, universo de personagens que habita Springfield. Springfield é um lugar fictício. Matt Groening disse que escolheu esse nome porque é um dos nomes mais comuns de cidades americanas (existem 121 Springfields nos Estados Unidos). Mas também se deve ao fato de Groening, quando criança, achar que Springfield era a cidade mais próxima da sua casa em Portland, Oregon. O humor inteligente, que satiriza os fatos do cotidiano contribuiu para que a série fosse aclamada pela crítica, obtendo diversos prêmios ao longo de sua história. E são um sucesso total depois de tanto tempo.
-
Você Sabia?
* Os Simpsons é o desenho animado de maior longevidade na história da televisão nos Estados Unidos. Tem, ao todo, 17 temporadas e mais de 340 episódios desde sua estréia. A Fox garantiu por mais dois anos (até maio de 2008), assegurando a produção da 18ª e 19ª temporada da série. Com a renovação, Os Simpsons deverá ultrapassar a marca dos 400 episódios, se tornando a segunda comédia a mais tempo no ar (perdendo apenas para Ozzie & Harriet, que teve 435 episódios).
* Em 14 de janeiro de 2000, a série ganhou uma Estrela na Calçada da fama em Hollywood.
* A série é vista em mais de 100 países.

3 comentários:

Cristi e Jorge disse...

Foda-se!Eu queria que terminasse em 2007!Vou ter mais 2 anos de inferno autentico

pedro disse...

prefiro FAMÍLIA DA PESADA

O Mundo d'Anita disse...

adoro os Simpson... o meu primeiro contacto com a língua inglesa foi com os simpson. quando eu era mais nova lembro-me de um primo meu ver e eu que estava perto dele olhava também e fazia a conjugação do que eles diziam com as legendas.
adoro a forma sarcástica e irónica como a série retrata a nossa sociedade e adoro ainda mais a forma como todos os envolvidos na série troçam de eles mesmos com algumas situações ou frases engraçadas dos personagens. sem dúvida um ícone cultural, quer se queira, quer não.