30.7.09

DUFRY DUTY FREE

Se viajar é uma experiência que agrada a maioria dos consumidores, comprar durante este momento de lazer completa a satisfação das pessoas. E nada melhor, que ao embarcar ou desembarcar nos aeroportos, praticamente “cair” dentro de um lugar onde produtos de grifes como Gap, Banana Republic, Victoria’s Secret, Bulgari, Hermès e Mont-Blanc, podem ser comprados com isenção de impostos. Bem vindo às lojas da DUFRY DUTY FREE, um mundo onde produtos de marcas consagrados estão sempre ao alcance de qualquer viajante.

A história
As origens da empresa datam de 1865 quando foi fundada na cidade suíça da Basiléia como uma pequena loja varejista de tabaco pela família Weitnauer. Na virada do século, a empresa já era uma das maiores importadoras e distribuidoras de tabacos da Suíça. Porém, somente depois da Segunda Guerra Mundial, a empresa suíça começou a trabalhar como atacadista de produtos isentos de tarifas, especialmente após o surgimento da primeira loja no formato “Free Shop” no aeroporto de Shannon na Irlanda, fundada pelo Dr. Brendan O’Regan. Inicialmente a empresa suíça era uma fornecedora destes formatos de lojas.


Mas, em 1952, resolveu ingressar no setor de varejo deste segmento inaugurando sua primeira loja no aeroporto de Le Bourget na cidade de Paris com o nome de DUTY FREE SHOP, onde era possível aos viajantes comprar produtos de marcas consagradas com redução ou isenção de impostos. A loja do aeroporto de Bâsle-Mulhouse foi inaugurada em 1962, e, em 1969, a empresa iniciou suas atividades na Itália com a inauguração de uma loja dentro do aeroporto de Linate na cidade de Milão. No decorrer dos anos, um dos principais símbolos da empresa foi, e ainda é, sua sacola de compra, que acabou se transformando em um ícone de status para quem carrega, passando a informação de que a pessoa viajou para o exterior.


No início do novo milênio, em 2002, a empresa já possuía lojas em 59 aeroportos de 31 países ao redor do mundo. Pouco depois, em 2003, a empresa oficialmente mudou seu nome para DUFRY, e posteriormente passou a ser controlada pelo fundo de pensão Advent International. Nesta época, além do México (mercado no qual a empresa havia ingressado dois anos antes), Nicarágua e vários países do Caribe, a DUFRY tinha ainda uma presença discreta na América Latina. Sob o comando de Frédéric Gauchet, a empresa daria início a um enorme processo de reformulação, assumindo uma postura extremamente agressiva no segmento, principalmente através de aquisições milionárias. Em 2005 a DUFRY, além de apresentar sua nova identidade visual, deu início a padronização e reforma de todas as suas lojas no mundo. Em março de 2006, a controladora indireta da DUFRY na América do Sul, adquiriu por US$ 500 milhões a operação no Brasil, com o objetivo de expandir sua presença no crescente mercado de varejo do setor de viagens da América do Sul.


Depois da aquisição, as lojas brasileiras rapidamente adotaram o mesmo padrão dos “free shops" que o grupo possuía no mundo inteiro. Pouco depois, em 2007, dando continuidade ao processo de internacionalização da marca, a DUFRY comprou a operação das lojas de free shop em Porto Rico e alguns outros países do Caribe. Porém, sua mais ousada aquisição aconteceria em 2008 quando a DUFRY adquiriu a empresa americana Hudson Group, que possuía mais de 550 lojas em 69 aeroportos e terminais de passageiros nos Estados Unidos e Canadá. Com esta aquisição a DUFRY incorporou mais de 42.400 m2 de área de vendas ao seu lucrativo negócio, se tornando uma verdadeira gigante do setor.


A empresa ainda opera lojas no conceito DUTY PAID, focado em passageiros domésticos, cujo comportamento é baseado no impulso e na compra por conveniência, ao invés de procurar por uma marca específica a um bom preço. O sortimento principal neste conceito de varejo é jornais, revistas e livros, que são complementados por uma vasta gama de produtos de conveniência (como comestíveis e eletrônicos de viagens) que representam por volta de 45% das vendas nestas lojas. Estas lojas estão localizadas predominantemente nos Estados Unidos e no Canadá. A partir de 2009, a empresa passou a introduzir esse conceito de lojas em outras partes do mundo, inaugurando unidades em Porto Rico, na República Dominicana, Itália, Suíça e Egito. Recentemente, em 2011, a empresa adquiriu varejistas na Argentina, Equador, Uruguai, Martinica e Armênia, que consistem 21 lojas duty free distribuídas por 10 aeroportos.


A operação brasileira é uma das mais importantes da DUFRY, e muitas das ações implantadas aqui são exportadas para outras lojas da empresa no mundo. Uma dessas ações ocorreu em 2005, quando com o intuito de convencer o cliente a realizar uma compra no exato momento em que surge o estímulo de consumo, exigindo uma comunicação ostensiva no ponto-de-venda, a DUFRY apostou em uma mudança nas campanhas das lojas aeroportuárias DUTY FREE. As campanhas de merchandising meramente decorativas foram substituídas por ações de “Dress ups” para impactar ainda mais o consumidor. A proposta era utilizar todo o espaço dos aeroportos internacionais e fazer com que o viajante percebesse as vantagens em consumir produtos nas lojas DUTY FREE com redução e até isenção de impostos. A empresa passou a ambientar desde o desembarque até as próprias lojas, colocando adesivos pelo aeroporto com campanhas das próprias marcas comercializadas no DUTY FREE, como Johnnie Walker e Absolut. A iniciativa eliminou o custo do merchandising no ponto-de-venda e aumentou as vendas em até 20%, atraindo outras categorias como chocolates e cosméticos.


Dados corporativos
● Origem:
Suíça
● Fundação:
1865
● Fundador:
Família Weitnauer
● Sede mundial:
Basiléia, Suíça
● Proprietário da marca:
Dufry AG
● Capital aberto: Sim (2005)
● Chairman:
Juan Carlos Torres Carretero
● CEO:
Julián Díaz González
● Faturamento: US$ 2.84 bilhões (2010)
● Lucro: US$ 127.2 milhões (2010)
● Valor de mercado: US$ 3 bilhões (fevereiro/2012)
● Lojas: 1.178
● Presença global:
46 países
● Presença no Brasil: Sim (36 lojas)
● Funcionários:
13.500
● Segmento: Varejo
● Principais produtos:
Perfumes, bebidas, cosméticos, eletrônicos e alimentos
● Concorrentes diretos:
World Duty Free e Dubai Duty Free
● Ícones:
Suas tradicionais sacolas de compra
● Slogan: Vamos longe para ficar mais perto de você. (Brasil)
● Website: www.dufry.com

A marca no Brasil
Durante quase três décadas, desde 1979, a principal empresa no Brasil a explorar esse serviço foi a Brasif. A empresa começou o negócio em uma época em que era difícil comprar produtos importados e os consumidores davam listas de compras para quem fosse viajar para o exterior. Em 2006, as lojas da Brasif foram vendidas para a empresa suíça DUFRY, e passaram a se chamar oficialmente DUFRY DUTY FREE. Atualmente as lojas no Brasil comercializam nos embarques e desembarques dos aeroportos internacionais do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Florianópolis, Recife, Fortaleza, Brasília e Salvador, mais de 6.000 produtos importados e nacionais, com a qualidade e a tradição de marcas mundialmente consagradas. Além disso, a empresa possui unidades de lojas DUTY PAID que vendem importados (com impostos) para quem não está viajando. A DUFRY também atende às missões estrangeiras e aos seus membros credenciados no Brasil, através do exclusivo Serviço a Diplomatas, além de atender aos navios de bandeira brasileira ou estrangeira em viagens internacionais. Com o objetivo de oferecer comodidade em seus serviços, a DUTY FREE DUFRY também disponibiliza em seu site na Internet a reserva dos produtos de suas lojas. Através deste serviço, o cliente reserva, antes das viagens e pela Internet, os produtos importados de sua preferência e recebe no momento de seu embarque ou desembarque.


A marca no mundo
A DUFRY, presente em 46 países, opera mais de 1.170 lojas localizadas em aeroportos, navios, portos e pontos turísticos. Suas lojas estão localizadas na África (Gana, Costa do Marfim, Argélia, Marrocos e Tunísia), Europa (especialmente na França, Itália, Grécia, Holanda e Suíça), Ásia (Cingapura, China e Camboja), Oriente Médio (Emirados Árabes Unidos e Israel), América Latina (Brasil, Argentina e Bolívia), América Central e Caribe (Aruba, Barbados, Bahamas, Jamaica e Nicarágua), e Estados Unidos, México e Canadá, onde estão localizadas mais da metade de suas unidades. A DUFRY oferece a seus consumidores mais de 174.000 m2 de área de compras. A empresa conta com mais de 1.000 fornecedores para oferecer a seus consumidores as melhores e mais prestigiadas marcas do mundo em diversas categorias. Em 2010, perfumes e cosméticos corresponderam a 23% de suas vendas, seguidos por doces e alimentos (17%) e vinhos e bebidas (15%).


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 15/2/2012

Um comentário:

F.ponto disse...

Que blog excelente. Congratulações