13.8.09

CENTRUM


Se você já ouviu a famosa frase “completo de A à Zinco”, saiba que ela se refere ao complexo multivitamínico CENTRUM, especialmente desenvolvido para manter sua saúde equilibrada, contendo todas as vitaminas e minerais essenciais ao nosso organismo, incluindo o grupo de antioxidantes e micro-nutrientes. Quer seja um adulto, criança, idoso ou até mesmo uma grávida, CENTRUM é um suplemento completo de A à Zinco, pois contém os micro-nutrientes considerados essenciais, sendo aliado de uma alimentação equilibrada e saudável, auxiliando a ingestão das doses diárias recomendadas para estes nutrientes essenciais. Existe um CENTRUM especialmente desenvolvido para cada uma das suas necessidades. Descubra qual é o seu. 

A história 
Tudo começou em meados dos anos de 1970 quando os laboratórios Lederle, divisão farmacêutica e subsidiária da empresa química American Cyanamid, iniciaram pesquisas para o desenvolvimento e formulação de um suplemento multivitamínico. Finalmente em 1978 foi introduzido no mercado americano o CENTRUM, primeiro suplemento vitamínico-mineral com fórmula completa, indicado para casos de dietas restritivas e inadequadas, em períodos de crescimento acelerado, para auxiliar o sistema imunológico, além de ser antioxidante. Rapidamente CENTRUM foi adotado por atletas, convalescentes de doenças e, principalmente, para quem não tinha uma dieta balanceada para suportar com energia o dia a dia agitado.


Em 1981, foi lançada uma campanha publicitária, que além de reforçar o posicionamento da marca, tinha como principal objetivo educar e esclarecer os consumidores, dando ênfase à importância de consumir diariamente um suplemento vitamínico completo como CENTRUM. Nos primeiros anos, o produto era comercializado, além do mercado americano, em poucos países como Israel e Canadá. No final desta década, o aumento da divulgação de informações nutricionais de um modo geral, contribuiu para o conhecimento da marca em outros países, aumentado assim as vendas do produto. Em 1990, a marca ampliou sua linha de produto com o lançamento do CENTRUM SILVER, especialmente formulado para adultos com 50 anos ou mais, contendo níveis elevados de vitaminas B6, B12 e E, além de cromo e cálcio.


Pouco depois, foi a vez do CENTRUM KIDS, que em alguns outros mercados é conhecido como CENTRUM JUNIOR, um suplemento alimentar vitamínico mastigável (atualmente encontrado em sabores como laranja e cereja) cientificamente desenvolvido para suprir as necessidades nutricionais de crianças de 4 a 11 anos. Em 1994, a Wyeth, então uma das maiores indústrias farmacêuticas do mundo, comprou a American Cyanamid e suas subsidiárias, que contava em sua linha de produtos com a marca CENTRUM.


Após a aquisição, os novos proprietários, percebendo a força da marca e do produto em si, deram início a pesados investimento visando uma internacionalização de CENTRUM. Isto foi preciso, pois, para introduzir o produto em outros países era necessário se respeitar legislações diferentes, e, portanto, criar fórmulas específicas para cada mercado (por exemplo, em Portugal o produto foi lançado em 1986 como um medicamento que requeria prescrição médica, e somente em 2001 foi liberado sua venda sem receita). Nos próximos anos a marca CENTRUM foi introduzida em muitos países da Europa, América Latina e Ásia.


Com a chegada do novo milênio a linha de produtos da marca também foi ampliada com o lançamento do CENTRUM PERFORMANCE, em 2002, um suplemento vitamínico especialmente formulado com ginseng, ginkgo boloba e níveis mais elevados de cinco vitaminas B, essenciais para a vitalidade do corpo e mente, ajudando a manter o coração e a próstata saudáveis; CENTRUM MATERNA em 2006, especificamente formulado para o período de gestação e lactação, contribuindo para a satisfação das necessidades de vitaminas e minerais da mãe e do bebê, pois continha os micronutrientes mais importantes para este, como é o caso do ácido fólico, ferro, iodo e zinco; CENTRUM CARDIO em 2007, que possui em sua formulação os fitosteróis CoroWise, um ingrediente natural derivado da soja que pode reduzir de maneira significativa os níveis de colesterol, evitando assim os riscos de doenças coronárias; e, em 2009, o CENTRUM ULTRA WOMEN’S (um complexo vitamínico especialmente formulado para mulheres) e o CENTRUM ULTRA MEN’S (um complexo vitamínico especialmente formulado para homens).


Também em 2009, no final de janeiro, a PFIZER anunciou a compra da Wyeth por US$ 68 bilhões, o maior negócio do setor nesta década, passando a ser proprietária da marca CENTRUM. Ao longo de todos esses anos CENTRUM sempre buscou atualizar constantemente suas fórmulas seguindo os avanços nutricionais, visando atender as necessidades de ingestão diária de vitaminas e minerais que variam de acordo com a idade, sexo e nível de atividade física, como por exemplo, quando foi adicionado em sua fórmula, principalmente na versão SILVER, Licopeno, uma substância retirada do tomate que possui efeito antioxidante, e Luteína, substância extremamente benéfica para os olhos.


Além disso, a marca lançou em 2012 o CENTRUM PRONUTRIENTS, uma linha composta pelas versões Ômega 3 (cápsula de gel de ômega 3), Fruit & Veggie (cada tablete é equivalente a uma porção de misturas de frutas e legumes e 100% de origem natural a partir de uvas, amoras, framboesas, ameixas, cenouras e tomates) e Probiotic (pó para ser misturado a bebidas que contém dois dos probióticos mais estudados cientificamente); e a linha CENTRUM SPECIALIST, formada por multivitamínicos específicos como Energy (oferece mais energia para o dia a dia), Prenatal (especialmente desenvolvido para o período da gestação), Vision (especificamente desenvolvido para a saúde dos olhos) e Heart (desenvolvido para a saúde do coração). Outra novidade foi o lançamento, em 2013, do CENTRUM na versão efervescente no sabor de laranja.


Por tudo isso, CENTRUM tem uma fórmula balanceada, que foi desenvolvida buscando a harmonia entre cada nutriente. Este equilíbrio potencializa o aproveitamento das vitaminas e minerais pelo organismo, garantindo a entrega das quantidades recomendadas diariamente. Dessa forma, o consumidor aproveita todos os benefícios que uma alimentação completa pode fornecer.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas pequenas alterações ao longo dos anos. O logotipo com seu tradicional espectro de cores adquiriu novas tipografias de letras no decorrer dos anos. Em 2008, CENTRUM, totalmente identificado pelo espectro colorido presente em seu logotipo, e que se transformou em um ícone da marca, passou por uma reformulação visual em seu logotipo. O espectro colorido ganhou visual arredondado e passou a ser posicionado em cima da palavra CENTRUM. Por enquanto a mudança está restrita somente ao mercado americano e canadense.


Os slogans 
O único de A a Zinco. 
Se falta, Centrum completa. (2009, Brasil) 
Viva de A a Zinco. (2007, Brasil) 
Completo de A a Zinco. 
It’s Starts Now. (Canadá) 
Centrum. Personalised Science For You. (Reino Unido) 
Give your body key essentials with Centrum. (2009) 
Help unlock your energy. (2009, Centrum Performance) 
Good for your earth. Good for the rest of you. (2009, Centrum Cardio) 
Give your kidsmore of what they need. (2009, Centrum Kids) 
Complete from A to Zinc. (antigo)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1978 
● Criador: Laboratórios Lederle 
● Sede mundial: New York City, New York, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Pfizer, Inc. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Ian Read 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 90 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Canadá e Brasil 
● Segmento: Indústria farmacêutica 
● Principais produtos: Suplementos multivitamínicos 
● Concorrentes diretos: Sundown, GNC, DayVit, Caltrate, Gerovital e Pharmaton 
● Ícones: O espectro colorido do logotipo 
● Slogan: O único de A a Zinco. 
● Website: www.centrum.com.br 

A marca no Brasil 
CENTRUM foi introduzido no país em 1991, e já quatro anos depois era líder de mercado em sua categoria. Poucos anos atrás, o produto desapareceu por um curto período do mercado. Mas retornou pouco tempo depois com fórmula exclusivamente desenvolvida para a população brasileira. Durante poucos meses, encontrar o polivitamínico CENTRUM nas gôndolas das drogarias do país era missão quase impossível. Da noite para o dia, o produto líder no setor de suplementos alimentares desapareceu, sem deixar rastros. Nem mesmo os farmacêuticos sabiam explicar o repentino sumiço. Muitos chegaram a imaginar que o laboratório americano Wyeth havia perdido o interesse no mercado brasileiro. Afinal, o produto custava aproximadamente R$ 100, o que limitava o público consumidor.


Mas não se tratava disso. Por motivos operacionais, a fabricação do CENTRUM foi transferida do México, onde estava há quase três anos, para o Canadá. A mudança causou problemas de registro no Ministério da Saúde e de documentação para importação do produto. Resultado: durante 90 dias, o suplemento deixou de entrar no Brasil. O que seria um problema, porém, tornou-se peça-chave de uma importante mudança estratégica no país. A pausa na importação serviu para a Wyeth colocar em prática uma mudança na fórmula do CENTRUM, adaptando-o às necessidades do brasileiro. A “tropicalização” - a primeira experiência desse tipo no mundo - pretendia literalmente vitaminar as vendas no mercado e consolidar a marca no topo do ranking. O Brasil é hoje o terceiro maior mercado para o CENTRUM no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Canadá. Aqui, a marca detém quase o dobro dos 15% do segundo colocado, o Gerovital, e caminha há mais de uma década na liderança absoluta do mercado.


O “CENTRUM verde-amarelo” não tinha visual novo. Os ajustes estavam escondidos na fórmula. Depois de estudar durante quatro anos os hábitos de alimentação dos brasileiros, avaliar pesquisas nutricionais de universidades e compilar as estatísticas do IBGE, a subsidiária brasileira da Wyeth na época decidiu levar à matriz a proposta de alterar a fórmula do suplemento. As alterações começaram com a retirada de substâncias que já fazem parte do dia a dia do brasileiro, como silício, vanádio, cloro, estanho e níquel. Em compensação, foi ampliada em 50% a concentração de cálcio - em razão da grande incidência de problemas ósseos - e aumentada a quantidade de vitaminas K e A. Os nutrientes essenciais foram mantidos. O lançamento de um produto voltado especialmente para o consumidor brasileiro se justificava, afinal CENTRUM era o carro-chefe da farmacêutica americana no país. A mudança na fórmula também serviu como um laboratório para outros importantes mercados da empresa no mundo.


Em 2010, a marca lançou no mercado brasileiro CENTRUM SELECT, cuja fórmula foi desenvolvida com doses extras de 7 micronutrientes antioxidantes: vitamina A e E, além dos minerais de cobre, cromo, manganês, molibdênio e selênio. Também foi acrescida de um importante bioativo, a luteína, que tem ação antioxidante protegendo as células contra os radicais livres. Além disso, o novo produto continha níveis reduzidos de ferro, já que as necessidades deste mineral na idade madura são reduzidas, principalmente nas mulheres em menopausa. E as novidades não pararam por aí. Nos anos seguintes novas versões foram lançadas no mercado: CENTRUM CONTROL (enriquecido com fitoesterol, que auxilia na redução da absorção do colesterol), CENTRUM MULHER (especificamente formulado para mulheres), CENTRUM HOMEM (especificamente formulado para homens) e mais recentemente CENTRUM PRONUTRIENTS Ômega 3 (exclusivamente composto por ômega 3, ácido graxo essencial para o bom desempenho das funções do organismo).


A marca no mundo 
Os produtos CENTRUM, marca líder mundial na categoria de suplementos de vitaminas e minerais, são comercializados em quase 90 países ao redor do mundo, com forte presença nos Estados Unidos, Canadá, Brasil, Reino Unido, França, China e Itália. Atualmente, aproximadamente 50% das vendas do produto vem do mercado americano, que oferece 16 versões diferentes do mutivitamínico. 

Você sabia? 
A linha CENTRUM é comercializada em embalagens de 30, 60, 100, 130, 180 e 250 comprimidos. Na Itália o produto é comercializado com o nome de MULTICENTRUM
Na dose certa, as vitaminas não oferecem perigo. São 13 substâncias batizadas com letras. Esse clube das 13 é formado por A, B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9, B12, C, D, E e K. O grupo foi batizado com letras pelo bioquímico polonês Kazimiers Funk em 1912. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Time e Isto é Dinheiro), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 23/3/2015

5 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pela postagem!!! Ficou claro pra mim todos os aspectos do Centrum, pois de comentários ali e aqui eu não conseguia ter uma informação precisa.
Grata,

Marlene Martinez.

Layna disse...

Ótima postagem, clara, objetiva e sem ficar "puxando o saco" da marca como se fosse a próxima maravilha do mundo. Parabéns ao blog!
Abraços.

Anônimo disse...

Parabéns pela postagem! Através destas informações foi possível acompanhar a evolução do produto e tirar algumas dúvidas, principalmente para mim, que pretendo consumir Centrum. Valeu!!

osirene1 disse...

Excelente postagens , muito bom o esclarecimento da sua historia de produçao
Parabéns!

Unknown disse...

Uso Centrum desde meados da decada de 1990. Hoje uso o Centrum Silver devido a minha idade, 68 anos. Como vou anualmente aos USA, compro a embalagem com 220 comprimidos poraproximadamente USD$ 22,00, porque é inviável pagar mais de R$ 200,00 por apenas 130 comprimidos. Gostaria de saber porque desta diferença de preços. Não pode ser só a carga de impostos.