5.4.11

LIVRARIA NOBEL

A rede Nobel é muito mais que uma simples livraria, é um centro de entretenimento e cultura. Afinal, além de vender livros, CDs, DVDs, revistas e artigos de papelaria, suas lojas foram projetadas para serem verdadeiros centros de lazer e entretenimento, onde são organizados constantemente eventos culturais, infantis e noites de autógrafos, além de disponibilizar espaços de convívio como Cyber Cafés e áreas de leitura.

A história
A Livraria Nobel foi fundada no ano de 1943 pelo imigrante italiano Cláudio Milano. A primeira loja ficava localizada na Rua da Consolação, número 49, bem no centro de São Paulo, muito próxima a biblioteca Mário de Andrade, um dos principais pontos culturais da cidade na época. Na época a livraria comercializava livros, materiais de papelaria e principalmente encadernação e elaboração de apostilas mimeografadas o que lhe rendeu o apelido de “Casa das Apostilas” entre os estudantes da época. Neste período foi criada a Editora Nobel, que hoje com cinco selos editoriais (Nobel, Marco Zero, Studio Nobel, Conex e Zastras) e coleciona mais de 1.600 autores e mil obras em seu portfólio. Com grande reconhecimento por sua qualidade no atendimento e principalmente de seus serviços, a Livraria Nobel abriu sua segunda unidade na Rua Maria Antônia, muito próxima a Universidade Presbiteriana Mackenzie, o que a tornou mais popular entre estudantes e jovens da época.


Até o início dos anos 90 a rede possuía sete lojas na capital paulista. O rápido crescimento da rede começou a partir de 1992, quando a empresa, agora administrada pelo filho e neto do fundador da Nobel, adotou o sistema de franquia para expandir seus negócios. Uma decisão pioneira na América Latina, fundamentada na constatação de que a presença do “dono” franqueado na loja aumenta a fidelidade da clientela e a produtividade dos funcionários, gerando maiores vendas e lucros. No ano seguinte foram inauguradas as três primeiras unidades franqueadas.


Em 1998, seguindo uma tendência mundial e procurando sempre repensar seu negócios para se manter na vanguarda do mercado, a Nobel abriu sua primeira unidade dentro do conceito “Mega Store”. Eram lojas com maior área física que tinham como principal objetivo proporcionar às pessoas mais do que uma livraria: um local com diversas opções de lazer e cultura, além de um completo mix de produtos, como livros, CDs, DVDs, revistas, papelaria (incluindo itens como tesouras, colas, réguas, cadernos, canetas, estojos, malas, agendas, conjuntos de lápis de cor e tintas) e presentes.


Em 2000, a rede já possuía 40 lojas espalhadas pelo Brasil. Mas as inovações não pararam por aí. Para adequar seu modelo de franquia ao potencial de cada região, a Nobel criou em 2001 um modelo de loja compacta que pode funcionar em pontos alternativos tais como hospitais, lojas de conveniência, postos de gasolina, grandes condomínios, clubes, empresas, universidades, hipermercados, entre outros estabelecimentos. Em 2005, a empresa iniciou sua expansão internacional com a inauguração de uma loja em Portugal. Em 2006, além de inaugurar várias novas unidades, incluindo a primeira loja na Espanha, a Livraria Nobel apostou em um novo conceito: livrarias 24 horas. A primeira livraria da rede que funcionava 24hs foi inaugurada em São Paulo, contando também com a primeira loja do Vanilla Caffé, um café gourmet, que oferecia cafés quentes e gelados além de refeições leves e saudáveis.


Em fevereiro de 2009, a rede se tornou a primeira a inaugurar uma loja dentro de um estádio de futebol, no Morumbi em São Paulo. No ano seguinte, com o objetivo de incrementar o faturamento da rede, a Nobel colocou no ar um canal de vendas pela Internet; além disso, inaugurou sua primeira unidade na cidade de Bogotá na Colômbia, dando um importante passo para sua expansão na América Latina.


A evolução visual
O logotipo da marca passou por algumas modificações visíveis ao longo dos anos. A atual identidade visual é bem mais moderna e “clean” que a anterior.


Dados corporativos
● Origem: Brasil
● Fundação: 1943
● Fundador: Cláudio Milano
● Sede mundial: São Paulo, Brasil
● Proprietário da marca: Franchising Ventures
● Capital aberto: Não
● Presidente: Ary Kuflik Benclowicz
● Diretor geral: Sérgio Milano Benclowicz
● Faturamento: R$ 150 milhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Lojas: 230
● Presença global: 6 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 70 (excluindo franqueados)
● Segmento: Livrarias
● Principais produtos: Livros, revistas e artigos de papelaria
● Slogan: A maior rede de livrarias do Brasil.

A marca no mundo
A maior rede de livrarias do Brasil conta atualmente com mais de 230 lojas, distribuídas por 110 cidades e 23 estados do país, incluindo também unidades em Portugal, Espanha, México, Angola e Colômbia. A empresa conta ainda com cinco selos editoriais: Nobel, Marco Zero, Studio Nobel, Zastras e Conex, que publicam livros sobre as mais diversas áreas do conhecimento.

Você sabia?
A livraria foi batizada com esse nome em homenagem ao prêmio Nobel.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Isto é Dinheiro, Época Negócios e Exame), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Última atualização em 5/4/2011

Nenhum comentário: