18.7.12

FOX SPORTS


Em sua programação é possível assistir emocionantes jogos de futebol americano, grandes clássicos do futebol sul-americano, disputadas partidas da principal liga americana de baseball, corridas frenéticas da Nascar, os mais talentosos golfistas em ação e incríveis combates do UFC. Não, não sintonize na ESPN, assista a tudo isso e muito mais na FOX SPORTS, que ousou desafiar a mais tradicional mídia esportiva americana pela preferência de milhares de fãs.

A história
Tudo começou em 1994 quando a NEWS CORPORATION, conglomerado de mídia e proprietário de vários canais de TV, através do tradicional canal FOX, adquiriu os direitos de transmissão, por um período de quatros anos no valor de US$ 1.58 bilhões, dos jogos de futebol americano da NFL, principal liga profissional do país. Com os direitos de transmissão do mais popular esporte americano em mãos a empresa resolveu lançar no mercado um canal de TV por assinatura com programação exclusivamente esportiva, 24 horas por dia. O novo canal foi batizado de FOX SPORTS e tinha como objetivo entreter o enorme público americano aficionado por esportes. Não demorou muito para o novo canal alcançar expressivos índices de audiência com a transmissão dos emocionantes jogos de futebol americano. Com o objetivo de aumentar audiência, atrair novos espectadores e preencher ainda mais sua grade de programação, o canal adquiriu os direitos de transmissão dos jogos profissionais de hóquei no gelo (NHL), ainda em 1994.


Em 1995 o canal foi lançado na Austrália, terra natal de Rupert Murdoch, fundador da NEWS CORPORATION. Além disso, foi introduzido em vários países da América Latina. A versão do canal em espanhol (conhecida atualmente como FOX DEPORTES) foi lançada em 1996, mesmo ano em que o canal adquiriu os direitos de transmissão da MLB, principal liga de baseball profissional americana. Nos anos seguintes o FOX SPORTS, além de montar uma competente equipe de narradores, jornalistas e comentaristas, foi introduzido em muitos países ao redor do mundo, especialmente latino-americanos. Com a chegada do novo milênio, o canal resolveu expandir ainda mais seu alcance ao lançar, no dia 28 de agosto de 2000, a FOX SPORTS RADIO, uma emissora de rádio especializada em programas e transmissões esportivas, disponível inicialmente no mercado americano e canadense. Além disso, garantiu a partir de 2001 os direitos de transmissão de corridas da Nascar, categoria mais popular do automobilismo americano. Ainda este ano, o canal lançou o Foxsports.com, um portal com notícias, estatísticas, placares e vídeos para os fãs de esportes. Hoje em dia, o portal recebe mais de 30 milhões de visitantes únicos todos os meses.


Em 2002 foi lançado o FOX COLLEGE SPORTS (FCS), um canal exclusivamente dedicado as principais ligas americanas universitárias, cujo intuito era atingir um público mais jovem. Nos últimos anos a FOX SPORTS investiu bilhões de dólares na compra dos direitos de transmissões de grandes eventos esportivos, como por exemplo: Fórmula 1 (2007); Liga dos Campeões da UEFA (2010), que marcou o primeiro grande torneio de futebol transmitido pelo canal; Liga Inglesa de Futebol (2011); e as lutas do UFC (2011). Mais recentemente o canal de expandido seu conteúdo para plataformas móveis e redes sociais. A rede ainda conta com o FOX SPORTS REGIONAL NETWORKS, ou simplesmente FOX SPORTS NET (conhecido popularmente como FSN), uma rede de 19 canais regionais disponíveis somente nos Estados Unidos.


Após muita polêmica e intermináveis discussões com as principais operadoras de TV a cabo, o FOX SPORTS foi finalmente lançado no Brasil no dia 5 de fevereiro de 2012. A primeira transmissão do canal no país foi uma partida de futevôlei: o Desafio Fox Sports de Futevôlei (exclusivo) na praia de Copacabana no Rio de Janeiro, aonde os jogadores disputavam o título de “Rei da Rede”. O FOX SPORTS chegou com enorme força no Brasil, incluindo os direitos de transmissão de eventos como a Copa Sul-Americana, Copa Santander Libertadores, Campeonato Inglês, Brasil Open (tênis), ATP (principais torneios de tênis do mundo), NASCAR e Campeonato Italiano, anteriormente transmitido pela ESPN Brasil. E não demorou muito para se tornar o segundo canal esportivo mais assistido da TV paga no horário nobre, ficando apenas atrás do SporTV, pertencente a Globosat.


A evolução visual
A identidade visual do FOX SPORTS passou por grandes reformulações ao longo dos anos. O tradicional logotipo oval foi adotado a partir de 1999 e recentemente foi modernizado, ganhando um efeito 3D.


Apesar de manter uma identidade visual coesa na grande maioria dos países onde atual, o canal utiliza um logotipo diferente na Austrália.


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação: 1994
● Fundador: News Corporation
● Sede mundial: Los Angeles, Califórnia
● Proprietário da marca: News Corporation
● Capital aberto: Não
● Chairman: David Hill
● Presidente: Eric Shanks
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Assinantes: + 180 milhões
● Presença global: 75 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 1.500
● Segmento: Canal de TV a cabo
● Principais produtos: Eventos e programas esportivos
● Concorrentes diretos: ESPN, CBS Sports, NBC Sports e SPORTV (Brasil)
● Slogan: Torcemos Juntos!
● Website: www.foxsports.com.br

A marca no mundo
Atualmente o FOX SPORTS e seus diversos canais esportivos estão presentes em mais de 75 países ao redor do mundo, com forte presença na América do Norte, Caribe, América Latina e Austrália. Segundo dados da empresa o canal possui mais de 180 milhões de assinantes no mundo. Somente nos Estados Unidos, o FOX SPORTS é capaz de atingir aproximadamente 100 milhões de telespectadores em uma única semana.

Você sabia?
Desde seu lançamento a FOX SPORTS conquistou 76 Emmy Awards pela excelência na produção de programas e documentários.
O canal adquiriu os direitos de transmissão da Copa do Mundo de Futebol da FIFA de 2018 e 2022.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 18/7/2012

Nenhum comentário: