29.8.14

THERANOS


A empresa é pouco conhecida do grande público, mas considerada uma das mais inovadoras e revolucionárias do mundo. Um modelo de sucesso, a THERANOS criou uma tecnologia que permite fazer exames de sangue sem utilizar agulhas, seringas ou grandes tubos de coleta. E tudo isso com apenas algumas poucas gotas de sangue, diminuindo assim o trauma de milhões de pessoas na hora de pegar uma veia. A inovação criada pela THERANOS pode ser vista como o ápice de um processo de automação dos laboratórios no mundo todo. 

A história 
Considerada na atualidade uma das empresas mais inovadoras do mundo, sua história começou com uma jovem bonita, Elizabeth Holmes (foto abaixo), que aos 19 anos resolveu largar os cursos de engenharia elétrica e química na tradicional e conceituada universidade de Stanford para perseguir seus objetivos como empreendedora. No outono de 2003 ela fundou a THERANOS na cidade californiana de Palo Alto, conhecida por abrigar a sede de empresas revolucionárias como HP, Tesla Motors e Skype. O nome da nova empresa surgiu da junção de sílabas de duas palavras: “therapy” (terapia) e “diagnosis” (diagnósticos). E a jovem planejava uma revolução no setor da saúde: criar testes de sangue baratos e que podiam ser rapidamente popularizados, pois sempre acreditou que diagnósticos são direitos humanos básicos.


Foi então que a empreendedora montou uma competente equipe de cientistas e pesquisadores, incluindo seu professor de química Channing Robertson, para simplificar e baratear diagnósticos através da tecnologia. Afinal, agilidade e baixo custo significam acessibilidade para o paciente, que poderá fazer exames com mais frequência. E o resultado de tanto trabalho é considerado inovador: após a punção do dedo (através de lancetadores, dispositivos normalmente usados por diabéticos para exames de glicose), o sangue é coletado em um tubo chamado Nanotainer, de apenas 1,29 centímetros – o convencional pode ter quase dez centímetros –, e colocado em um recipiente resfriado. Depois disso, essas pequenas amostras são enviadas para análise laboratorial sem qualquer tipo de manipulação humana. Segundo a empresa, isso reduz o percentual de erros nos resultados e, por consequência, a necessidade de refazer testes.


O segredo criado pela THERANOS está em um pequeno coletor, que retira apenas uma gota de sangue do paciente. E mais, o laboratório de alta tecnologia criado pela empresa é capaz de divulgar, em poucas horas, uma infinidade de tipos de exames com base em somente 1% da quantidade de sangue exigida por uma central de diagnósticos comum. Outros grandes benefícios do processo são a agilidade e o custo, que a empresa afirma ter cortado em menos da metade. Os preços dos mais de 1.000 testes oferecidos pela THERANOS estão todos disponíveis para consulta no site da empresa. Por exemplo, um hemograma custa US$ 3.26, a tipagem sanguínea US$ 2.05 e a medição de sódio US$ 3.31. E os custos são realmente menores: um exame metabólico abrangente em laboratório comum custa, em média, US$ 46, e a THERANOS oferece o mesmo serviço por US$ 7.27.


Após quase dez anos de intensas pesquisas para desenvolver a tecnologia, guardada como um segredo de estado pela empresa, finalmente no mês de setembro de 2013 a THERANOS anunciou a novidade. “Ao possibilitar exames laboratoriais a partir de pequenas amostras, crianças, idosos e aqueles com doenças crônicas ou medo de agulhas poderão participar de uma nova experiência”, diz orgulhosamente Elizabeth. Pouco depois, como forma de acelerar o processo e atingir seu público, a THERANOS fechou um importante acordo para fornecer seus testes nas farmácias da Walgreens, considerada a maior rede americana de drogarias, com 9.700 unidades. Através do THERANOS WELLNESS CENTER, é possível realizar um exame de sangue e receber os resultados por e-mail em até 24h, cujos preços podem variar, de acordo com a especificidade do exame. A empresa já está oferecendo o serviço em algumas lojas da rede de farmácias nos estados da Califórnia e Arizona. Antes de trabalhar diretamente com drogarias, a THERANOS oferecia seus serviços a grandes empresas farmacêuticas, como por exemplo, Pfizer e GlaxoSmithKline. Conseguia reduzir os custos na fase de testes de medicamentos, o estágio mais caro da pesquisa, que requer um grande número de exames de sangue.


Investidores privados recentemente anunciaram mais recursos para a empresa, que até hoje já recebeu investimentos de US$ 400 milhões. Os próximos passos da THERANOS são incluir seus inovadores testes no sistema hospitalar e ainda levar a tecnologia para a rede europeia de farmácias Alliance Boots, na qual a Walgreens tem participação. O potencial de crescimento da empresa é tamanho que atrai homens importantes do mundo dos negócios e da política. O ex-secretário de Estado americano Henry Kissinger, por exemplo, tem uma cadeira no Conselho de Administração.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou recentemente por uma pequena atualização. O tradicional símbolo verde-água, que representa a letra O no nome da marca, ganhou um visual mais moderno e com maior destaque.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 2003 
● Fundador: Elizabeth Holmes 
● Sede mundial: Palo Alto, Califórnia 
● Proprietário da marca: Theranos, Inc. 
● Capital aberto: Não 
● Chairman & CEO: Elizabeth Holmes 
● Presidente: Ramesh Balwani 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: Não (presente somente nos Estados Unidos) 
● Funcionários: 500 
● Segmento: Saúde e medicina 
● Principais produtos: Exames laboratoriais 
● Concorrentes diretos: MTM Laboratories, Hansen Medical , LabCorp e Quest Diagnostics 
● Website: www.theranos.com 

A marca nos Estados Unidos 
Atualmente a THERANOS, que segundo analistas de mercado está avaliada em US$ 9 bilhões, oferece cerca de 1.000 exames laboratoriais através da coleta de poucas gotas de sangue, urina ou outros fluídos, como por exemplo, saliva. A empresa possui 36 laboratórios, tem parcerias com farmacêuticas para testar drogas e recentemente iniciou a abertura de novos pontos de coleta. Isso tudo coloca a THERANOS como uma das mais promissoras empresas do setor. 

Você sabia? 
Elizabeth Holmes conseguiu um feito impressionante ao se tornar a primeira mulher a conseguir uma fortuna acima de US$ 1 bilhão graças ao seu espírito empreendedor, sem ter se beneficiado de uma polpuda fortuna herdada. Segundo a revista Forbes ela é uma das mais novas bilionárias do Vale do Silício, com uma fortuna avaliada em US$ 4.5 bilhões. 
De acordo com uma conceituada revista americana, se todos os testes forem feitos com os preços cobrados pela THERANOS, a saúde pública dos Estados Unidos economizaria cerca de US$ 100 bilhões na próxima década. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Exame e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 29/8/2014

2 comentários:

Diogenes Prado de Almeida disse...

PARABENS A CRIATIVIDADE E INOVAÇAO DE ELIZABETH HOLMES.

Anônimo disse...

Em 1975 operei-me e na ocasião exigiam cerca de 12ml de sangue para testes pré-operatórios. Hoje um laboratório exige talvez uma décima parte disso para testes convencionais. Porém, uma gota de sangue é necessária, não mais que isso, ou seja cerca de 0,5ml, se tanto, o que mostra que em 40 anos o respeito ao corpo humano e aos seus componentes tem aumentado consideravelmente por parte do setor médico. Mesmo assim as pessoas, talvez as menos inteligentes, não percebem que a pele de seus corpos é um desses componentes orgânicos, e teimam em serem rabiscados, desenhados, pintados e perfurados por motivos e razões mais sombrias que estéticas. A Educação é o que falta a essas pessoas, lamento constatar.