14.10.16

ORIFLAME


Pessoas que trabalham juntas, que partilham sonhos, acreditam na beleza e que obtêm resultados através da venda de cosméticos naturais de alta qualidade e confiabilidade para milhões de consumidores. Esta é a filosofia da marca sueca ORIFLAME, uma das maiores empresas de vendas diretas de cosméticos do mundo. 

A história 
A empresa foi fundada em um pequeno escritório na fria cidade de Estocolmo na Suécia pelos irmãos af Jochnick, Jonas e Robert, e o amigo Bengt Hellsten, para vender cosméticos naturais no mercado sueco e dinamarquês. O nome da empresa foi inspirado em uma bandeira real da França medieval aberta somente no campo de batalha. Nos primeiros anos as revendedoras da ORIFLAME não tinham catálogos e as vendas aconteciam através do sistema Party Plan, isto é, elas organizavam pequenas reuniões em sua casa ou em locais apropriados e faziam a demonstração dos produtos, promovendo assim a sua venda. Inicialmente elas vendiam cremes para a pele, batons e máscaras para cílios. Os produtos de cuidado da pele eram derivados de extratos de ervas e vegetais com origem na natureza sueca e eram ligeiramente aromatizados para diminuir a probabilidade de provocar alergias. Os fundadores foram pioneiros em definir desde o início que os produtos nunca seriam testados em animais. Essa filosofia permanece até os dias de hoje.


Nos três anos seguintes a empresa começou a vender seus produtos na Finlândia (1968), Noruega (1969) e no Reino Unido (1970). Foi somente em 1972 que a ORIFLAME começou a abandonar o sistema de vendas Party Plan, e decidiu adotar um sistema de vendas One-to-one, tendo como base um catálogo que exibia todos os produtos e as vantagens de cada um. O primeiro catálogo foi ilustrado por Robert, um dos irmãos fundadores da empresa, e era um pequeno folheto só com uma página impressa. Deste primeiro catálogo foram feitas aproximadamente 31.000 cópias e distribuídas para revendedoras da marca. Foi também neste ano que a empresa se expandiu para o mercado holandês. Depois de ingressar no mercado espanhol em 1978, no ano seguinte, como resultado constante do crescimento de suas vendas, os irmãos decidiram construir uma fábrica em Dublin, na Irlanda. Esta fábrica permitia-lhes ganhar mais controle sobre a qualidade dos produtos e sobre as entregas, reduzindo assim a dependência que tinham de seus fornecedores.


A década de 1980 foi marcada pela expansão e diversificação. Após o enorme sucesso no continente europeu, a ORIFLAME decidiu que havia chegado a hora de ingressar em mercados maiores e mais desafiadores, como por exemplo, a Ásia e a América Latina. Não só apostou na sua expansão geográfica, como ampliou a quantidade de produtos vendidos, incluindo perfumes, maquiagens, produtos para o cuidado dos cabelos e até uma pequena linha de joias. Os anos de 1990 foram marcados por um explosivo crescimento da empresa, que ingressou em novos mercados como República Checa, Turquia, Grécia, Peru, Índia, Equador, Marrocos, Egito e Colômbia. Apesar desta rápida expansão surgiram também diversos desafios, como por exemplo, a crise financeira da Rússia, em 1998. E a ORIFLAME, pressionada pelo enorme crescimento teve que rever sua cadeia produtiva para fabricar em maior escala. Com isso, fechou a fábrica em Dublin e mudou toda a sua produção para duas outras unidades, uma em Varsóvia (Polônia) e outra em Nova Deli (Índia). Em 2000 a ORIFLAME atingiu o número de 1 milhão de revendedoras independentes no mundo inteiro.


Em 2004, a ORIFLAME abriu seu capital na Bolsa de Valores, e o dinheiro levantado foi utilizado para mais um ciclo de expansão. Em 2006, quando a China voltou a permitir a venda direta em seu território, a ORIFLAME não perdeu tempo e conseguiu a licença para ingressar neste enorme mercado consumidor, sendo a primeira empresa europeia de venda direta a comercializar cosméticos naquele país. Contudo, a expansão desta marca para novos mercados foi bem maior, tendo ingressado em diversos outros países. Em 2008 a ORIFLAME ampliou sua linha de produtos com o lançamento de suplementos nutricionais. Nos anos seguintes suas vendas aumentaram consideravelmente, especialmente depois do ingresso em alguns países do continente africano. Depois de ter sido duramente atingida pela turbulência na Rússia, seu maior mercado, a empresa sueca anunciou sua chegada no mercado brasileiro a partir de março de 2017.


Geleia Real foi o primeiro produto da marca, sendo um dos mais vendidos até os dias de hoje. Inicialmente, foi  lançado como creme de contorno para os olhos, mas rapidamente começou a ser utilizado para hidratar as zonas secas da pele, pois o produto é conhecido pelas suas propriedades regeneradoras, cicatrizantes, nutritivas e suavizantes. Essa linha foi ampliada com a Geleia Real de Caramelo (2009), a Geleia Real de Baunilha e mais recentemente uma edição limitada de um produto campeão de vendas, a Geleia Real de Chocolate. Outra linha popular da marca é a EcoBeauty, que oferece produtos de cuidados nutritivos puros para a pele. Por isso, são selecionados alguns dos ingredientes e extratos mais sofisticados, naturais e orgânicos - repletos de benefícios da natureza e sem parabenos – oferecendo a pele o melhor que a natureza pode dar.


A vida de um produto ORIFLAME começa no Instituto de Pesquisa da Pele, localizado na cidade de Estocolmo, onde os mais recentes avanços científicos são utilizados para criar tecnologias exclusivas, e muitas das quais patenteadas, que colocam a marca um passo à frente da concorrência. Estas novas tecnologias são então repassadas aos cientistas do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, cujo papel principal é criar fórmulas que se adaptem a uma linha já existente ou que tenham potencial para criar novos produtos, acompanhando sempre as tendências da moda e respondendo às necessidades das consumidoras. Só então essas novas fórmulas e produtos são produzidos e vendidos. E o mais importante para ORIFLAME é criar um produto que os consumidores adorem.


A evolução visual 
A identidade visual da marca sofreu algumas alterações ao longo dos anos, como pode ser visto na imagem abaixo.


Os slogans 
Your Dreams, Our Inspiration. (2013) 
Natural Swedish Cosmetics.


Dados corporativos 
● Origem: Suécia 
● Fundação: 1967 
● Fundador: Jonas e Robert af Jochnick e Bengt Hellsten 
● Sede mundial: Schaffhausen, Suíça e Estocolmo, Suécia 
● Proprietário da marca: Oriflame Holding AG 
● Capital aberto: Sim (2004) 
● Chariman: Alexander af Jochnick 
● CEO & Presidente: Magnus Brännström 
● Faturamento: €1.21 bilhões (2015) 
● Lucro: €43.2 milhões (2015) 
● Valor de mercado: US$ 1.9 bilhões (outubro/2016) 
● Revendedoras: 3 milhões 
● Presença global: 62 países 
● Presença no Brasil: Sim (a partir de 2017) 
● Funcionários: 7.500 
● Segmento: Vendas diretas de cosméticos 
● Principais produtos: Maquiagens, produtos para a pele, perfumes e acessórios 
● Concorrentes diretos: Avon, Mary Kay, Amway, Aloette, Forever Living, L’Bel, Yves Rocher e Natura 
● Slogan: Your Dreams, Our Inspiration. 
● Website: www.oriflame.com 

A marca no mundo 
Atualmente a ORIFLAME, uma das maiores empresas de vendas direta do mundo, possui mais de 3 milhões de representantes (chamadas de Assessores de Beleza) em mais de 60 países ao redor do mundo. Com faturamento de €1.21 bilhões em 2015, a empresa comercializa um vasto portfólio com mil produtos no segmento de beleza para o cuidado da pele, cabelo e corpo, fragrâncias, maquiagens, acessórios, produtos de bem-estar e acessórios. A ORIFLAME disponibiliza um novo catálogo às suas revendedoras a cada 3 ou 4 semanas. A empresa possui cinco unidades de produção localizadas na Polônia, China, Rússia e Índia, além de um moderno Centro de Pesquisa com mais de 150 cientistas. 


Você sabia? 
A ORIFLAME foi uma das primeiras empresas do setor a utilizar extratos vegetais em produtos para a pele e usar ingredientes de fontes vegetais renováveis. Hoje em dia, muitos de seus produtos utilizam ingredientes derivados de frutas, flores e plantas. 
A empresa nunca perdeu de vista seu conceito de negócio original: Produtos Cosméticos Naturais Suecos vendidos de amigo a amigo


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), jornais (Valor Econômico, Folha e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 


Última atualização em 14/10/2016

Nenhum comentário: