31.1.17

LE LIS BLANC


Apesar do pomposo nome francês, a Le Lis Blanc é genuinamente brasileira. Em quase três décadas, não somente se tornou referência nacional em termos de sofisticação, estilo e qualidade em moda feminina, como expandiu seu conceito para moda masculina e infantil, cosméticos e até objetos de decoração. 

A história 
Tudo começou em 1982 quando a Restoque Comércio de Roupas Ltda. foi fundada na cidade de São Paulo como um outlet de marcas famosas (com o nome de Estoque) por Rahyja Calixto Afrange (que comprava e revendia roupas) e Waltraut Guida (uma ex-balconista), mas ambas com vasta experiência nesse setor. Em 1988, Waltraut, responsável pela parte de estilo e desenvolvimento de produtos, e Rahyja, responsável pela área comercial, resolveram criar a marca Le Lis Blanc Deux (inicialmente batizada assim) com o objetivo de desenvolver um negócio de moda feminina direcionada ao público de alto padrão aquisitivo. As duas já começaram arriscando com uma loja no sofisticado Shopping Iguatemi, em São Paulo. Não demorou muito para o pequeno ponto (apenas 46 m²), localizado no último andar de um dos maiores e mais badalados shoppings da cidade, ficar cheio e chamar a atenção do público feminino.


Rapidamente a marca conquistou uma clientela formada por mulheres com alto poder aquisitivo, de diferentes faixas etárias, que procuravam produtos elegantes e femininos, inspirados nas últimas tendências internacionais. Cinco anos depois, em 1993, como fruto da boa aceitação dos produtos da Le Lis Blanc, a empresa inaugurou três novas lojas, localizadas em áreas nobres na cidade de São Paulo, expandindo a sua área total de vendas para 466 m². Sua expansão para os demais estados deu-se também rapidamente, a partir de 1997, iniciando por Curitiba no Paraná e no ano seguinte, inaugurando uma loja licenciada em Fortaleza.


Em 2001 a Le Lis Blanc passou também a vender seus produtos a selecionadas lojas varejistas multimarcas, localizadas em cidades que apresentavam população com alto poder aquisitivo. Essas lojas multimarcas não recebiam o direito de exploração da marca Le Lis Blanc, mas adquiriam seus produtos para revendê-los. Ainda este ano, atenta às movimentações globais do mundo da moda, onde grandes grifes têm um perfume exclusivo para ambientes, a marca investiu na criação de sua linha própria: a Le Lis Aromas. O portfólio da linha era composto inicialmente pelo aroma Alecrim (em 2009 seria lançado o Âmbar) que surgiu da necessidade de criar uma identidade única e diferenciada para suas lojas. Algo como uma lembrança olfativa da marca. Atualmente essa linha é vendida em home spray, kit difusor, velas aromatizantes, sabonete líquido e água para perfumar roupas. Pouco depois, em 2003, lançou sua própria revista com o objetivo de consolidar a marca, reforçar a fidelidade de seus clientes e transmitir ao seu público-alvo as tendências de moda e de estilo de vida associadas à marca Le Lis Blanc. No ano seguinte, a marca inaugurou sua loja âncora no Shopping Iguatemi, um espaço de 500 m² com atmosfera diferenciada e uma arquitetura atraente e acolhedora.


No ano de 2005, inaugurou a primeira loja exclusiva da Linha Casa (conhecida como Le Lis Blanc Casa), visando assim a diversificação da linha de produtos, ampliar o conceito premium e reforçar a associação da marca com um estilo de vida desejado e sofisticado, também dentro de casa. A nova marca oferecia móveis, tapetes, lustres, porcelanas, vasos, copos, almofadas, talheres, cristais, artigos de cama, mesa e decoração. Além disso, inaugurou lojas licenciadas em diversas cidades do país, ampliando assim sua atuação geográfica. Em 2007, o fundo de investimento Artesia adquiriu a marca Le Lis Blanc. Logo depois, em 2008, a empresa realizou a sua abertura de capital (IPO, em inglês) na Bolsa de Valores e utilizou os recursos principalmente para expandir sua base de lojas próprias, recomprar lojas licenciadas e iniciar o processo de expansão de marcas. Com isso, ainda esse ano, a Le Lis Blanc adquiriu a Bo.Bô (abreviação de Bourgeois Bohême), uma marca feminina criada em 2006 pelas estilistas Flávia Viacava e Carla Di Palma e focada em mulheres jovens, de alto poder aquisitivo e que têm estilo próprio, independente de tendências. A Le Lis Blanc possuía, no início deste ano, 11 lojas próprias, finalizando com 33 lojas. Não demorou muito para a empresa voltar a usar seu nome antigo (Restoque), com a Le Lis Blanc se tornando apenas uma marca.


Em 2009 a novidade foi o lançamento de uma linha feminina de roupas, sapatos e acessórios infantis (Le Lis Petit), direcionada para crianças de 2 a 10 anos. Já a linha masculina infantil é batizada de Noir, Petit. Outra grande novidade foi o lançamento da Água de Colônia 21 em comemoração aos 21 anos da marca. Em abril de 2012 a marca expandiu seu segmento de atuação com o lançamento da Noir, Le Lis, especializada em moda masculina. A nova marca surgiu do pedido de clientes da Le Lis Blanc, dos shoppings centers e do próprio mercado de moda masculina, que exigia renovação. Focando homens clássicos, mas de estilo mais contemporâneo, a nova marca oferecia roupas para trabalhar, para ficar em casa, viajar e sair no fim de semana. Para estampar sua primeira campanha publicitária, a marca escolheu o ator americano Matthew McConaughey. Além disso, esse ano foi lançado no mercado a linha de cosméticos e produtos de beleza Le Lis Beauté, que engloba itens de maquiagem e bem-estar. Outra novidade deste ano foi a aquisição da Rosa Chá, marca focada na moda praia. A Le Lis Blanc fechou este ano com mais de 80 lojas espalhadas pelo país.


No final de 2014, mais uma grande jogada de mercado: a empresa adquiriu a Dudalina, fundada em 1957 e focada na produção e comercialização de camisas. No decorrer de todos esses anos a Le Lis Blanc construiu uma imagem premium através do glamour de suas campanhas publicitárias com astros de Hollywood e belas modelos (como Kendall Jenner, Penélope Cruz, Lindsay Ellingson, Jerry Hall e Georgia May Jagger) ou flashes de colunas sociais que tomam conta dos coquetéis de inaugurações de suas lojas. Com atendimento diferenciado, acabamento impecável e posicionamento premium, a Le Lis Blanc possui equipes de estilistas divididas por produtos, atualizando suas coleções de acordo com as tendências da moda, sempre respeitando as preferências da mulher brasileira. A marca conta ainda com artigos de decoração para casa e acessórios. Cada uma de suas coleções chega a três mil itens diferentes. No segmento feminino, a marca é conhecida por ser capaz de atender todas as necessidades da mulher, do dia a dia à roupa de festa.


O nome e a evolução visual 
A grife brasileira tem nome francês, cujo significado é “O lírio branco”, demonstrando desde o princípio a inocência, delicadeza, sofisticação, feminilidade que envolve a marca. A pronúncia causa confusão porque, em francês, algumas letras finais são omitidas. Nesse caso, porém, o “s” de Lis é pronunciado normalmente. O correto, assim, é falar Le Lis Blã. Já em relação à identidade visual as mudanças foram poucas. As principais delas aconteceram mais recentemente com a retirada da palavra “deux” do nome e do lírio, um símbolo da marca (que ainda é utilizado ocasionalmente).


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1988 
● Criador: Waltraut Guida e Rahyja Afrange 
● Sede mundial: São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Marcelo Moojen Epperlein 
● Faturamento: R$ 420 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 99 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Segmento: Moda 
● Principais produtos: Roupas, calçados, bolsas, acessórios e objetos de decoração 
● Concorrentes diretos: Zara, Les Filós, Animale, Farm, Brooksfield Donna, Arezzo, Letage e Mob 
● Website: www.lelis.com.br 

A marca no Brasil 
Hoje em dia somente a marca Le Lis Blanc conta com 95 lojas próprias em 18 estados brasileiros. A marca inda possui 3 lojas da Le Lis Blanc Casa e uma da Noir, Le Lis. A Le Lis Blanc, que fatura aproximadamente R$ 420 milhões por ano, pertence à Restoque, detentora de marcas como Bo.Bô, John John, Rosa Chá e Dudalina. Além disso, o Grupo tem 5 unidades fabris nos Estados de Santa Catarina e Paraná e dois centros de distribuição nos Estados de São Paulo e Santa Catarina. 

Você sabia? 
Em 1996, a Le Lis Blanc foi a primeira marca de moda do mercado brasileiro a inserir manequins com cabelo e rosto e vitrines com cenário. 
Todas as unidades possuem um layout semelhante, com os produtos selecionados por tema e cor, além de ocasiões de uso. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), jornais (Valor Econômico, Estadão e Folha), portais (UOL), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 31/1/2017

Nenhum comentário: