6.8.06

GIRAFFAS


A rede GIRAFFAS tem como principal objetivo oferecer aos seus clientes produtos com sabor especial e segurança alimentar. A rede oferece um cardápio variado que agrada à todos os públicos e bolsos, com diversas opções de sanduíches e pratos prontos, saladas, deliciosas sobremesas, milk-shakes e o irresistível petit gâteau. Para as crianças, diferente de outras redes de alimentação rápida, o cardápio traz opções de pratos saudáveis com arroz, feijão, um tipo de carne e salada. Há mais de 35 anos a rede GIRAFFAS é sabor, é alegria, é diversão, é tradição, é novidade, é gostoso, é bom preço. E é brasileira. 

A história 
Aliar a qualidade e o padrão das grandes redes de alimentação rápida ao sabor e a diversidade de cardápio que os brasileiros gostam. Com esta ideia a rede GIRAFFAS foi criada por dois jovens universitários, o estudante de engenharia elétrica Carlos Alexandre Guerra (foto abaixo) e seu amigo e cunhado Ivan Aragão, que com dinheiro emprestado pelos pais compraram uma lanchonete e a batizaram com o simpático nome de GIRAFFAS. Os dois jovens reabriram o estabelecimento no mês de agosto de 1981 na Asa Sul, área nobre de Brasília. Para se diferenciar da concorrência, os dois resolveram dar uma nova abordagem ao modelo de alimentação rápida, resgatando, por exemplo, o sabor original dos alimentos, preparados na hora do consumo. A nova lanchonete inicialmente vendia sanduíches, crepes, sucos e também sorvetes. Alguns desses sanduíches, como o Brutus (hambúrguer 100% carne bovina com 100g, queijo, ovo, bacon, alface americana, tomate, maionese temperada ou molho a escolher) e o Galo de Briga (peito de frango compactado, queijo, ovo, bacon, alface americana, tomate e maionese) existem no cardápio da rede até hoje. Não demorou muito para o local virar ponto de encontro do pessoal da faculdade, que passava por lá antes e depois das festas. A lanchonete chegou à funcionar 24 horas – o pico do movimento era sempre de madrugada.


Dois anos depois era inaugurada uma segunda loja também em Brasília. No ano seguinte as lojas passaram à funcionar 24 horas por dia. Em 1987 a rede veiculou seu primeiro comercial na televisão. Nesta época, o segmento de fast food no mercado brasileiro resumia-se basicamente ao Bob’s e ao McDonald’s, que vendiam apenas sanduíches. Por isso, no final desta década, em 1989, a rede então com cinco lojas, inovou ao lançar pratos grelhados acompanhados pelo tradicional arroz com feijão e salada - mais uma opção para os clientes que necessitavam de atendimento rápido e preferiam uma refeição completa com um delicioso tempero caseiro. Isso deu origem a um conceito que não existia: o fast food de comida caseira. Esse conceito fez tanto sucesso que foi adotado por outras redes de alimentação rápida no mercado brasileiro.


No início da década de 1990 foi inaugurada a primeira unidade dentro de um shopping center em Brasília. Após a instalação de sete lojas no Distrito Federal, a rede iniciou seu processo de expansão para outros estados brasileiros em 1991 através do sistema de franquias, sempre fiel à estratégia de oferecer refeições rápidas a preços justos, além de deliciosos sanduíches. A primeira loja franqueada foi inaugurada no ano de 1992 em Sobradinho, cidade-satélite de Brasília, mesmo ano em que a rede abriu sua primeira unidade fora do Distrito Federal, localizada no shopping Flamboyant em Goiás. Este sistema permitiu a instalação de unidades em outros estados, como por exemplo, São Paulo (a primeira loja foi inaugurada em 1994 na cidade de Bauru) e Minas Gerais (em Uberlândia).


A rede enfrentou enormes dificuldades em meados desta década, depois da implantação do Plano Real. A empresa, cujo nome leva duas letras “efes” porque tinha dois sócios, havia crescido rapidamente e verticalizado quase toda a produção dos ingredientes utilizados na preparação dos sanduíches e dos pratos. Com a queda da inflação, os ganhos financeiros diminuíram e o modelo utilizado até então pelos sócios tornou-se inviável. Resultado: a rede entrou em concordata e, em 1996, necessitou da ajuda financeira de três amigos da dupla fundadora, os empresários Felipe Barreto, Luciana Morais e Luciana Vasconcelos, todos sem experiência no ramo.


Outra mudança significativa realizada na rede após a entrada dos novos sócios foi apostar exclusivamente no sistema de franquias para crescer e conquistar mercado. Por isso, em 1998, a nova administração decidiu se desfazer das dez lojas próprias. Finalmente em 1999 a rede inaugurou sua primeira loja na cidade de São Paulo. Nesta época, a rede já contava com mais de 60 lojas espalhadas pelo país. Em 2002, foram inauguradas 37 novas lojas, o maior crescimento proporcional no segmento nacional, o que ampliou o total de franquias para 120 unidades. Ainda este ano, com a inclusão do GiraPrato no cardápio foi a vez do público infantil ganhar sua própria opção de refeição balanceada e nutritiva. Já em 2003, apesar da conjuntura econômica difícil, a rede registrou crescimento de 21% em número de restaurantes, ampliou seu faturamento e lançou novos produtos de sucesso, fincando bandeira em duas novas praças: Espírito Santo e Paraná.


Os anos de 2004 e 2005 foram marcados pela inovação no mix de produtos e nos pontos-de-venda. Saladas, sorvetes light, pratos leves e novos sanduíches passaram a compor o cardápio da rede. Tudo para garantir novos sabores e adequação às mudanças de paladar dos consumidores. Os pontos-de-venda passaram por uma reformulação de layout objetivando melhorar a comunicação com o cliente. Foi criado também o quiosque para venda exclusiva de sorvetes. O bom desempenho da rede hoje em dia é atribuído à expansão feita em 2008, quando o GIRAFFAS inaugurou 41 lojas e chegou a sete estados onde não atuava: Alagoas, Piauí, Rondônia, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Ceará. Os lançamentos de novos produtos também promoveram o crescimento nas vendas, com destaque para o sanduíche Gringo (dois hambúrgueres, queijo, bacon, picles, cebola e molho barbecue), segundo item mais vendido pela rede; o Croc (peito de frango empanado, alface americana e maionese); e a linha de pratos Giraffas Brasileirinho (carne da preferência do cliente acompanhada por arroz, feijão, batatas fritas e molho vinagrete).


Em 2011 a rede inaugurou sua primeira loja nos Estados Unidos, localizada na cidade de Miami no estado da Flórida, ingressando assim no maior mercado consumidor do mundo. Nos anos seguintes outras unidades foram inauguradas no estado da Flórida nas cidades de Coral Springs, Doral, Ft. Lauderdale, Pompano Beach e Orlando. As unidades americanas funcionam no conceito de fast casual, que oferece atendimento de alimentação rápida, porém com o conforto e os serviços de um restaurante, incluindo atendentes que levam as refeições às mesas após o pedido ser feito no balcão. O cardápio americano possui o tradicional arroz e feijão, cortes de carne tipicamente brasileiros, como a picanha, massas como spaghetti ao sugo, estrogonofe, além de pão de queijo e cafés. Hoje em dia, aproximadamente 30% dos clientes dos restaurantes nos Estados Unidos são americanos, e o restante, latinos, incluindo brasileiros.


Com a experiência adquirida no mercado americano através do conceito fast casual, cujas lojas estão localizadas na rua, a rede resolveu importar esse modelo para o mercado brasileiro. Já são algumas unidades trabalhando com esse conceito desde 2013. O diferencial destas lojas está em atender melhor o cliente, com a agilidade do fast food, servindo-lhe um produto mais elaborado, em um ambiente mais confortável e acolhedor. Serviços como refil de bebidas e espaço infantil integram esse formato. Mais recentemente, em 2017, a marca, em parceria com a multinacional argentina Arcor, lançou o Frozen Tortuguita, versão do tradicional Frozen da marca, que atingiu mais de 2.4 milhões de unidades vendidas desde março de 2016. A sobremesa é preparada com massa mista de sorvete (baunilha e chocolate), calda de brigadeiro e cobertura de granulado, com a Tortuguita Brigadeiro colocada por cima da cobertura.


Em 2018, a empresa retomou seu projeto, iniciado em 2015 e interrompido pela crise econômica dos dois últimos anos, de ampliar o número de unidades em aeroportos e terminais rodoviários. Com isso, a marca desembarcou em 10 aeroportos do país e alguns terminais rodoviários do sudeste. Além disso, visando expandir sua capilaridade em cidades menores, mas com grande potencial econômico a rede inaugurou um novo modelo de loja que funciona por meio de containers. Batizado de GIRAFFAS CONTAINER, o cardápio reduzido tem todas as linhas da rede, mas com menos opções para otimizar a armazenagem e a produção. Ao longo de três décadas e meia de história, a rede aprimorou o cardápio, revolucionou a alimentação infantil, resgatou as melhores lembranças ao redor da mesa e ainda se preocupa em oferecer refeições que só o GIRAFFAS tem.


A linha do tempo 
1993 
Lançamento dos primeiros combos (sanduíche + batata-frita + refrigerante) chamados TRI LEGAL e TRI POSSANTE
1995 
Lançamento do combo infantil KID + (conhecido atualmente como GIRALANCHE). A partir de 2007, o combo passou a vir acompanhado de uma GiraSurpresa (geralmente um brinquedo). 
A linha de grelhados passa a fazer parte do cardápio de todos os restaurantes da rede. 
1997 
Lançamento do sanduíche CLONE, composto por pão, dois hambúrgueres de 56 gramas cada, dois queijos, alface americana e maionese. Esse sanduíche ganharia a versão MEGACLONE (pão de hambúrguer, dois hambúrgueres 100% carne bovina com 100g cada, dois queijos, alface americana, maionese ou um molho a escolher), um dos mais pedidos do cardápio nos dias de hoje. 
1998 
Lançamento dos primeiros quiosques da rede. 
2000 
Inauguração da primeira loja no Rio de Janeiro, localizada no bairro de Copacabana. 
Lançamento da linha GIRAFFAS DO BRASIL (hoje conhecida como LINHA BRASIL), composta por pratos que combinam arroz, feijão, farofa, salada e um tipo de carne bovina, suína ou de frango. 
2001 
Lançamento da linha de pratos à parmegianas (carne e frango). 
2002 
Lançamento do GiraPrato (pratos infantis compostos por arroz, feijão, salada ou batata-frita e quatro opções de carne como hambúrguer, linguiça, carne bovina e frango) e dos sorvetes soft, com porções adequadas, reunindo carboidratos, proteínas, sais minerais, vitaminas e fibras importantes para uma dieta equilibrada nessa fase da vida. O destaque é que o arroz vem com formato de uma carinha sorrindo, tornando assim a refeição ainda mais alegre para a criançada. 
2004 
Lançamento de uma linha de saladas. 
2005 
Lançamento da sobremesa petit gâteau. Hoje em dia é oferecida em três sabores: doce de leite, Ovomaltine, além do tradicional chocolate. 
2007 
Lançamento dos pratos de peixe e a linha de estrogonofe (camarão, frango e filé mignon). 
2008 
 Lançamento da linha GiraCone (massa vitaminada fina e crocante recheada com alface, queijo, picles, cebola picada e molho barbecue com as opções frango e filé mignon). 
Lançamento do GIRAFFÃO BURGUER (hambúrguer de carne bovina de 150g, 2 fatias de queijo, 2 fatias de bacon e maionese). 
Lançamento do sanduíche GRINGO, composto por pão, dois hambúrgueres de 56 gramas cada, bacon, queijo, picles em fatia, cebola picada na chapa e molho barbecue. Esse sanduíche chegou a ser vendido em uma versão mais robusta (MEGAGRINGO), com dois hambúrgueres de 120 gramas cada. 
2012 
Lançamento da linha Brasileirão, desenvolvida com o objetivo de oferecer ao consumidor uma refeição completa, com sabor de comida caseira e legitimamente brasileira, marca registrada da rede. Essa linha é composta por cortes de carne nobres, como a picanha suína e a maminha, além do hambúrguer de picanha e coxa de frango. Arroz, feijão, salada, farofa e fritas são os acompanhamentos que compõem esse prato de 550 gramas, em média. 
2013 
Lançamento em edição especial do milk-shake Paçoquita, que possui o delicioso sabor do tradicional doce de amendoim. 
Lançamento de um novo posicionamento para sua linha de hambúrgueres. A linha passou por uma reformulação que incluiu desde a mudança no pão até o tamanho do sanduíche, que passou a ser servido no prato, e não mais na caixa de papelão. 
2016 
Lançamento em seu cardápio da CREPIZZAS e porções para o happy hour. A primeira opção é apresentada nos sabores marguerita, bolognesa, calabresa, chocolate, bananildo (banana fatiada, mussarela e canela) e creme de avelã. Enquanto, na segunda, é possível encontrar porções de frango a passarinho, iscas de frango à milanesa, contra-filé em fatias, calabresa acebolada, batata frita caseira e batata frita caseira com cheddar e bacon, além de cervejas geladas. 
2017 
Lançamento do GIRAFFÃO. O tradicional sanduíche ganhou ainda mais suculência e sabor com um blend de carnes de 150 g – o contra-filé e o bife do vazio -, além de queijo, bacon e maionese especial. 
2018 
Lançamento de um novo ingrediente para hambúrguer no cardápio, o pão artesanal. O novo produto apresenta textura e aspecto de pão francês, bem crocante e sequinho. 
Lançamento do GIRAFFÃO BRUTUS, sanduíche composto por hambúrguer de 150 gramas, queijo, alface, tomate, ovo, bacon e maionese. 
Lançamento dos spaghettinis, uma versão mais fina do famoso spaghetti, nos sabores frango com molho ao sugo, iscas de carne ao molho de ervas com alho e camarão com molho especial.


As mascotes 
Em 2002 a marca GIRAFFAS, tendo como objetivo uma maior proximidade e exposição junto ao público infantil, criou a GiraTurma, uma turma divertida composta pelas giraffas (mascotes da marca), o menino Luã (um gênio que gosta de estudar matemática e brincar de detetive ), sua irmã Estela (muito amiga de todo mundo, gosta de estudar língua portuguesa e brincar de pular corda), o cachorrinho Tatá e Iara (é esperta e sabida, gosta de estudar a natureza e brincar de esconde-esconde), um menina que mora na mata com sua arara de estimação chamada Ari.


No ano de 2017, as mascotes da marca (duas simpáticas girafas, representadas por fantoches) voltaram a fazer parte das campanhas publicitárias (onde apareceram pela primeira vez em 2008) e ter presença constante nas redes sociais (onde a dupla faz sucesso pela divertida interação com os seguidores). A volta dessa dupla dinâmica foi a pedido dos consumidores.


Além disso, a marca identificou que as mascotes ganharam enorme relevância no ambiente digital. Com isso, foi a primeira marca brasileira a ter emojis personalizados de suas mascotes. Ao todo foram criadas 11 expressões das mascotes: amei, anjo, careta, chorei de rir, feliz, irônico, óculos, pisca, sono, tímido e triste.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. O primeiro logotipo da marca possuía no lugar das duas letras “efes” duas girafas. A primeira mudança acorreu em 1991, quando as cores amarela e vermelha foram adotadas oficialmente, além de uma nova tipografia de letra.


Em 2002, ocorreu a criação do logotipo que passou a contar com as letras “efes” no nome, as tradicionais girafas como símbolos e a frase “Sanduíches e Grelhados”. Em 2008, o logotipo passou por uma pequena alteração: ganhou um fundo circular na cor amarela. Pouco depois, em 2011 a rede apresentou sua nova identidade visual, que perdeu o fundo circular e ganhou novas cores, como por exemplo, a laranja no nome da marca. O atual logotipo da marca foi lançado em 2016 e adotou definitivamente as cores laranja e branca. Além disso, as tradicionais girafas ganharam um novo design (com traços mais simples) e foram posicionadas a esquerda do nome da marca. O design flat foca em imagens planas, tipografia e cor, simplifica elementos e faz uma abordagem minimalista.


Para o mercado americano a marca utiliza uma identidade visual um pouco diferente: o nome da marca em laranja e a frase “Brazilian Grill”. A arquitetura e decoração das lojas para o mercado americano também é diferente, em virtude do modelo adotado de fast casual.


Os slogans 
Igual não tem. (2017) 
Gostinho brasileiro. (2015) 
Comer bem é coisa séria. (2013) 
Sabor e alegria. (2011) 
Giraffas é muito bom! Ai, ai! (2009) 
É divertido comer no Giraffas. 
É uma delícia, é divertido, é de verdade. 
Vem pro Giraffas. 
Sanduíches Incríveis. (1981)


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: Agosto de 1981 
● Fundador: Carlos Guerra e Ivan Aragão 
● Sede mundial: Brasília, Distrito Federal, Brasil 
● Proprietário da marca: Giraffas Administradora de Franquias S.A. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente do conselho: Carlos Guerra 
● CEO: Alexandre Guerra 
● Faturamento: R$ 790 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 410 
● Presença global: 3 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 12.000 
● Segmento: Alimentação rápida 
● Principais produtos: Sanduíches, pratos grelhados e saladas 
● Concorrentes diretos: Subway, McDonald’s, Burger King, Bob’s, KFC, Pizza Hut e Habib’s 
● Mascotes: As Giraffinhas 
● Slogan: Igual não tem. 
● Website: www.giraffas.com.br 

A marca no mundo 
Atualmente a rede GIRAFFAS, quarta maior no segmento de alimentação rápida no país, possui mais de 410 unidades (entre restaurantes e quiosques instalados em ruas, shopping centers, rodoviárias e aeroportos) espalhadas por mais de 160 cidades brasileiras em 26 estados, além do Distrito Federal. No mercado brasileiro, a rede tem mais de 70% dos pontos nas praças de alimentação de shopping centers. A rede ainda conta com cinco unidades instaladas no estado americano da Flórida e uma loja na Ciudad del Este, no Paraguai (inaugurada em 2011). A rede, que fatura R$ 790 milhões anualmente, oferece ainda o serviço de Delivery. Todos os anos a rede atende aproximadamente 25 milhões de clientes. De acordo com dados divulgados pela rede, anualmente são vendidos 33 milhões de refeições, sendo 26 milhões de pratos e sete milhões de sanduíches. A rede oferece um cardápio variado com 18 opções de sanduíches, mais de 40 opções de pratos prontos, além de saladas, porções, bebidas e sobremesas. 

Você sabia? 
A rede utiliza aproximadamente sete milhões de ovos por ano no preparo de refeições e sanduíches.  
Em 2006, ano em que completou 25 anos, como forma de agradecimento ao primeiro cliente, o brasiliense, onde toda essa história começou, foi realizado o Giraffestival: evento que promoveu a renovação do rock de Brasília através de concurso de bandas culminando em um mega show na Esplanada dos Ministérios, no dia 6 de maio. 
Foi o “casamento” de um casal de girafas (o macho proveniente do Rio de Janeiro e chamado Raio de Luz) no zoológico de Brasília que inspirou os amigos a batizar o empreendimento da dupla com o nome GIRAFFAS. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame, Época Negócios e Veja), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 8/6/2018

5 comentários:

DALMY disse...

sou cliente giraffas desde a suas primeiras lojas e permaneço fiel pois gosto dos produtos e valoriso o meu país comprando em uma rede 100%BRASILEIRA!!!!!(um conselho divulguem essa brasileires e confiram os resultados,pois muitos ainda tem dúvidas de que o BRASIL seja capaz de possuir empresas e pessoas competentes para vencer).

Anônimo disse...

sou brasiliense e me orgulho muito de ver uma loja giraffas em outros estados do brasil.

é uma delicia!!!!

Anônimo disse...

Somos de Brasilia e nos sentimos felizes por saber
que hoje,26-06-2011 temos o primeiro,
de uma série que está por vir, de Giraffas na terra do tio Sam
Amei ver como está tudo muuuuito bonito.
Já deu vontade de comer um arrozinho com feijão na
Biscayne Boulevard- Miami - Fl

Sucesso para vcs.
Tetê, Gui e Mauro

Ivan Aragão disse...

Ótimo artigo, parabéns.

Vera Meyer disse...

Bom Dia!!
Parabéns!!!

Gostaria de uma informação, quais as carnes q compõem a feijoada.

Obrigada
Grande abraço
Vera Helda