11.5.06

YAHOO!


Nele você pode encontrar de tudo, desde notícias, salas de conversação, vídeos e músicas, verificar e-mails e até mesmo fazer uma simples busca do que desejar. O nome é complicado de pronunciar, mas tenha certeza que todas as pessoas que navegam pela internet o conhecem. O YAHOO! é a principal “porta de entrada” da internet para milhões de internautas espalhados pelo mundo, mudando a forma como as pessoas se comunicam, compartilham, consomem e criam informações. 

A história 
A ideia para concepção do portal YAHOO! começou em janeiro 1994 como hobby de dois estudantes, candidatos a p.h.d em engenharia elétrica na renomada universidade de Stanford, sendo desenvolvido dentro do campus da própria universidade. Os estudantes David Filo e Jerry Yang, este último nascido em Taiwan, iniciaram fazendo uma lista de suas páginas preferidas na internet. Passaram a dedicar-se mais tempo ao seu hobby do que aos seus estudos, culminando com um dos negócios mais extraordinários da rede mundial de computadores. Como a lista de sites favoritos estava enorme, os dois estudantes resolveram dividi-la em categorias e depois em subcategorias, organizadas em hierarquia e pastas, a exemplo do que se fazia naquela época com os arquivos pessoais no computador. Estava criado um novo conceito. O novo site, primeiro realmente popular a catalogar endereços para consulta, foi ao ar com o nome de “Jerry’s Guide to the World Wide Web” (“O Guia de Jerry para a Web”). De um grupo de amigos, a fama logo se espalhou, e rapidamente se formou uma significativa e fiel audiência englobando toda a comunidade da internet. No outono de 1994, o site celebrou seu primeiro milionésimo acesso, equivalentes a quase 100 mil visitantes únicos. Nesta época as páginas ainda eram indexadas manualmente.


Em janeiro de 1995 o domínio foi registrado e não demorou muito para que seu nome fosse trocado por YAHOO!, que significa “Yet Another Hierarchical Officious Oracle”, apesar dos fundadores insistirem que o nome foi inspirado no povo Yahoo, inventado por Jonathan Swift na clássica obra “As viagens de Gulliver”, que tem como definição geral: rude, sem sofisticação ou simples. No oeste dos Estados Unidos, é uma interjeição usada pelos vaqueiros para demonstrar animação e entusiasmo. Os mais atentos devem perceber que todo material oficial da marca usa o sinal de exclamação logo após o nome (YAHOO!) e a explicação é simples: a marca YAHOO já existia em pelo menos três segmentos diferentes. A solução encontrada pelos dois jovens estudantes foi usar a exclamação, cientes de que na informalidade ninguém iria se lembrar.


Em virtude do enorme volume de tráfego e da entusiástica recepção que o YAHOO! estava tendo, os dois jovens perceberam que eles tinham um negócio em potencial em suas mãos. No dia 1 de março de 1995, eles fundaram oficialmente a empresa e começaram a receber dinheiro de vários fundos de investimentos. Tendo em vista o grande potencial do novo negócio, a empresa começou a recrutar profissionais experientes para se desenvolver ainda mais rapidamente. Começaram a surgir então outros serviços e o YAHOO! se tornou mais global com o lançamento de páginas locais no Japão, Canadá, Reino Unido, Alemanha e França. Logo em seu primeiro ano rompeu a barreira de um milhão de acessos diários. Em 1996, foi exibido o primeiro comercial da marca na televisão com o slogan que ficaria famoso: Do you Yahoo!?.


Enquanto a popularidade do YAHOO! crescia, novos serviços iam surgindo, transformando o site em uma parada obrigatória para todas as novas tendências da internet. Já em 1997, a empresa lançou sites em países como Coréia do Sul, Austrália, Dinamarca, Suécia e Noruega. Em novembro deste mesmo ano, atingia a incrível marca de 25 milhões de usuários, transformando-se no site mais visitado do mundo. Finalmente em junho de 1999 foi lançado o YAHOO! Brasil. Na época, o portal já tinha se espalhado pela Europa, Ásia, Oceania e América. Esta época foi marcada por importantes aquisições como a compra do GeoCities, especializado em hospedagem de páginas da internet, por impressionantes US$ 3.6 bilhões. Após a aquisição do Inktomi em 2003, o YAHOO! passou a desenvolver sua nova tecnologia de busca, que seria finalmente lançada no mês de fevereiro de 2004. Ela era muito mais rápida, precisa e eficiente.


Ainda em 2004, em resposta à criação do Gmail pelo Google, a empresa fez um upgrade das suas contas de e-mail para 1 Gb de capacidade e adquiriu o provedor de e-mail Oddpost, o que lhe permitiu alterar a sua interface nas contas de e-mail. Outra ação importante foi um acordo firmado com a Microsoft, que permitiu ao Yahoo! Messenger e o MSN Messenger funcionarem de forma conjunta. Nos anos seguintes, o YAHOO! continuou sua estratégia de crescimento e aumentou a oferta de serviços oferecidos, quer através de parcerias ou aquisições de outras empresas. No início de 2008 sofreu uma agressiva tentativa de aquisição por parte da Microsoft, a qual viria a fracassar por oposição dos fundadores da empresa que rejeitaram o montante de US$ 44.6 bilhões.


Nos anos seguintes, sofrendo voraz concorrência, o YAHOO! iniciou uma reorganização de seus negócios, vendendo ativos e adquirindo novas empresas para se tornar mais dinâmico e competitivo. Entre as ações vale destacar a parceria com a Zynga, produtora de jogos para redes sociais como o FarmVille, que passou a oferecê-los no site do YAHOO!; a aquisição da Associated Content, uma editora online que oferece artigos e vídeos criados por uma rede de freelancers; e da Koprol, especializada em serviço de geolocalização; além de um contrato de 10 anos com a Microsoft para economizar centenas de milhões de dólares anuais em despesas, ao transferir as funções de indexação, enquanto o YAHOO! se concentrava em aprimorar as pesquisas. Nem todas essas ações foram suficientes para que a empresa revertesse uma situação desconfortável: enorme queda de faturamento e principalmente de lucratividade.


Porém, em julho de 2012, Marissa Mayer (foto abaixo), uma loura de traços finos e olhos azuis e então musa do Google, largava a gigante de buscas para se arriscar como principal executiva do YAHOO! E a tarefa não era nada fácil: o descrédito da marca no mercado, a baixa moral dos funcionários e o peso da vida pessoal. Afinal ela estava grávida de seu primeiro filho (resolveria o problema construindo um pequeno berçário ao lado de sua sala de trabalho). Porém, um ano depois, foi possível afirmar que a contratação valeu a pena. Seu maior feito foi melhorar a reputação da empresa, fazendo com que o Vale do Silício enxergasse um caminho promissor para o YAHOO!, e seus funcionários já não sentissem mais vergonha de trabalhar por lá. Outro grande feito foi utilizar o dinheiro em caixa para aquisições estratégicas. Neste período, Marissa comandou pessoalmente a aquisição de nada menos que 21 startups e empresas, agregando ainda mais tecnologia, conhecimento e funcionários de qualidade ao YAHOO! E uma das aquisições mais importante foi a do Tumblr (uma popular plataforma de blogging), pelo qual a empresa pagou US$ 1.1 bilhões.


Se por um lado, Marissa foi às compras, ela também eliminou divisões que traziam pouco retorno para a empresa. Em seu primeiro ano, nada menos que uma dúzia de serviços foram encerrados. Ela ainda iniciou um dos principais projetos da empresa: o redesenho dos apps. Seu maior objetivo era transformar a empresa em uma organização móvel. Com isso, se focou em modernizar o acervo de aplicativos, que incluem o Yahoo Mail, Sportacular e o app geral do YAHOO!. Essa estratégia começou a render frutos: 16% dos usuários de iPhone já contavam com um novo app da empresa. Em relação à liderança, Marissa também conseguiu bons feitos. Elevou o grau de satisfação dos funcionários em poucos meses como chefe, ao oferecer mimos, como por exemplo, comidas grátis, novos smartphones e acessórios para prática de esportes. Além disso, em julho de 2013, pela primeira vez em dois anos, o YAHOO! ficou em primeiro lugar no ranking das páginas mais visitadas dos Estados Unidos, superando os rivais Google e Microsoft. Este feito é o resultado em trazer novos produtos e serviços, conteúdo de alta qualidade e experiências inovadoras e personalizadas para seus usuários.


A linha do tempo 
1996 
Lançamento do Yahooligans!, um guia direcionado para crianças com ideias e ensinamentos para navegaram melhor pela internet. Atualmente o serviço se chama YAHOO! KIDS
1997 
Ao comprar o RocketMail, a empresa lança no dia 8 de outubro um de seus serviços mais famosos: o YAHOO! MAIL, um serviço gratuito de emails com 1GB de capacidade. Para se ter uma ideia do (mega) tamanho do Yahoo! Mail, basta imaginar que, todos os dias, o volume de emails supera em 16 vezes o número de cartas entregues pelos correios. Atualmente o serviço conta com mais de 285 milhões de contas de e-mail. 
Lançamento do YAHOO! SPORTS (seção de informações e notícias esportivas), YAHOO! TRAVEL (seção dedicada ao turismo e viagens, oferecendo serviços de reservas e dicas), YAHOO! CLASSIFIEDS (seção de classificados), YAHOO! CHAT (seção de bate-papo) e MY YAHOO! (serviço de personalização da página do portal, que permitia escolher quais serviços e informações o usuário desejava visualizar). 
1998 
Lançamento dos serviços YAHOO! SHOPPING (seção de compras), YAHOO! AUCTIONS (seção de leilões que foi encerrada recentemente), YAHOO! GAMES (seção de jogos online), YAHOO! MOVIES (seção com informações de filme como trailers, resenhas de usuários, sinopse, elenco, fotos, críticas e notícias), YAHOO! REAL ESTATE (seção onde era possível anunciar imóveis para venda e locação), YAHOO! CALENDAR (conhecido no Brasil como YAHOO! AGENDA) e das versões locais em espanhol e chinês. 
1999 
Lançamento do YAHOO! MESSENGER (serviço de mensagem instantânea), YAHOO! MOBILE (um serviço móvel para receber e acessar a todas as informações do portal através do celular) e YAHOO! GREETINGS (serviço de cartões eletrônicos). 
2000 
Lançamento dos serviços YAHOO! PHOTOS (serviço de compartilhamento de fotos). Com a compra do Flickr o serviço foi descontinuado em 2007. 
2001 
Dê olho no mercado de recolocação profissional, a empresa adquire o HotJobs. O negócio foi vendido em 2010. 
Lançamento do YAHOO! GROUPS (serviço muito popular de criação de mailing lists por assunto de interesse). 
2002 
Aquisição em janeiro do site de buscas brasileiro Cadê?, fundado em 1995 por Gustavo Viberti e Fabio Oliveira. 
2004 
Lançamento do YAHOO! AUTO, (seção com informações como tendências e últimos lançamentos, e pesquisas sobre o mercado de automóveis novos e usados). 
2005 
Lançamento dos serviços YAHOO! PODCAST (seção para encontrar e assinar esses arquivos de áudio); YAHOO! ANSWERS (serviço que permite a todo usuário cadastrado no portal realizar perguntas ou responder aquelas feitas por outros usuários); YAHOO! 360° (serviço que integra produtos já existentes como mensagens instantâneas, fotos, músicas, grupos e busca local, além de novos produtos, como blogs e social networking), desativado em 2009; YAHOO! MAPS (serviço de mapeamento online); e YAHOO! MUSIC (serviço pago que oferece download de músicas com qualidade de CD, utilizando todos os recursos da internet). 
Na área de aquisições a empresa comprou o Flickr, um serviço de armazenamento e compartilhamento de fotografias e imagens; e o del.icio.us um serviço online que permite adicionar e pesquisar bookmarks sobre qualquer assunto, que foi recentemente vendido. 
2006 
Lançamento do YAHOO! VIDEO (seção que facilita a produção e compartilhamento de vídeos on-line). 
2008 
Lançamento do YAHOO! BUZZ (serviço para ajudar outras pessoas a acharem coisas legais, classificando histórias baseadas em resultados de pesquisa e votos de usuários). O serviço foi encerrado em 2011. 
2009 
Lançamento do YAHOO! MEME, serviço criado e desenvolvido para competir com o Twitter. Prometendo muita inovação em relação ao concorrente, o serviço conta com suporte para fotos, vídeos e até música, que podem ser inclusos nos artigos postados. E para quem detesta os 140 caracteres limitados pelo Twitter, adorou o Yahoo! Meme, pois ele vinha com campo ilimitado, onde o internauta podia escrever suas postagens na integra. 
Aquisição do portal Maktoob (que oferece serviços como pesquisa, pagamentos, rede social e leilões), o mais utilizado pelo mundo árabe, ingressando assim oficialmente na região do Oriente Médio. 
2012 
Apresentação do novo YAHOO MAIL, disponível em todas as plataformas, inclusive os sistemas móveis. A nova versão é mais mais rápida, intuitiva e fácil de navegar, permitindo ao usuário se concentrar no que mais importa: suas mensagens. 
Lançamento do YAHOO! WEATHER, um novo aplicativo para iPhone que exibe informações meteorológicas e previsões juntamente com fotos que coincidem com a localização do usuário.


Os gênios por trás da marca 
O YAHOO! é resultado de duas mentes brilhantes: Jerry Chih-Yuan Yang, 44 anos, um engenheiro elétrico nascido em Taipei, Taiwan; e David Filo, um engenheiro de computação de 47 anos, nascido no estado americano do Wisconsin. Ainda jovens fundaram o YAHOO!, quando eram colegas na universidade de Stanford. A empreitada se transformou em uma das marcas mais conhecidas e influentes da internet. Os jovens são figuras constantes em algumas listas mundiais bem interessantes. Ambos estão entre os homens jovens mais ricos do mundo. Mas, uma lista, em particular, deixa os jovens felizes: eles integram a relação de empreendedores sobreviventes da era das chamadas empresas pontocom, a explosão de companhias virtuais que transformou os jovens recém-formados em bilionários, mas também foi responsável pelo fracasso de milhares de projetos que pareciam revolucionários. Com o YAHOO! o caminho foi bem diferente. Ampliando a concepção original, a dupla conquistou na nascente economia da internet um peso equivalente ao de Henry Ford na indústria automobilística ou ao de Bill Gates no mundo dos computadores pessoais. O primeiro ímpeto dos jovens foi organizar o caos. É exatamente o que o YAHOO! vem fazendo desde o começo: pôr ordem na bagunça da internet, fazer um índice dinâmico da rede, colocar toda a tonelada de informação ao alcance de um clique do mouse. Ao contrário de David Filo, que observa o que acontece no YAHOO! mais a distância, Yang sempre esteve presente no dia-a-dia da empresa, ocupando o cargo de CEO até o final de 2008, quando foi substituído por Carol Bartz, em virtude da situação delicada da empresa perante seus concorrentes. Yang se afastou definitivamente da empresa em 2012.


A evolução visual 
No começo de tudo, o YAHOO! nada mais era do que uma pequena lista de sites organizados por assunto. Nada de e-mail, grupos, chat ou messenger, mas somente o diretório. Até a cor do logotipo era outra, e ainda exibia um engraçado saltitante “Y” em forma de homem (que ficou conhecido como “Jumping Y Guy”). Depois de assumir um visual com ares primitivos, em 1995 o logotipo adotou oficialmente a cor vermelha e uma nova tipologia de letra. A partir do mês de maio de 2009, o logotipo aos poucos foi adquirindo a cor roxa, tão presente ao longo da história da marca. Outra mudança foi a exclusão do sombreamento utilizado no logotipo anterior.


Em agosto de 2013 a empresa, como parte de seu novo posicionamento, anunciou que iria reformular sua identidade visual. Após brincar com um novo logotipo por dia durante um mês (imagem abaixo), o YAHOO! apresentou no dia 5 de setembro seu novo logotipo, a primeira modificação significativa na tradicional marca da gigante americana de internet em 18 anos.


O novo logotipo, que manteve a tradicional cor roxa e o ponto de exclamação, perdeu as serifas (extensões nas extremidades da fonte) e ganhou uma nova tipografia de letra. Um ar mais moderno, porém conservador.


No vídeo abaixo é possível ver a criação da nova identidade visual e as principais mudanças em detalhes.

   

Além disso, o Favicon (ícone que aparece ao lado do nome da página no navegador) também acompanhou a evolução visual da marca.


O design da página do YAHOO! também evoluiu bastante ao longo dos tempos. Desde os primórdios, onde a página ainda possuía um chapéu roxo de feiticeiro, o design esteve em constante evolução, sofrendo grandes reformulações que deixaram a página inicial não somente mais moderna, como também mais rápida de carregar, fácil de navegar, com destaque maior para os produtos e serviços e mais espaço para entretenimento.


Os slogans 
It’s you. (2009) 
Do you Yahoo!? (1996)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1994 
● Fundador: David Filo e Jerry Yang 
● Sede mundial: Sunnyvale, Califórnia 
● Proprietário da marca: Yahoo! Inc. 
● Capital aberto: Sim (1996) 
● Chairman: Maynard Webb Jr. 
● CEO & Presidente: Marissa Mayer 
● Faturamento: US$ 4.98 bilhões (2012) 
● Lucro: US$ 3.94 bilhões (2012) 
● Valor de mercado: US$ 28.8 bilhões (setembro/2013) 
● Valor da marca: US$ 3.851 bilhões (2012) 
● Sites locais: 45 (30 idiomas diferentes) 
● Acessos: 4º site mais visitado da internet 
● Presença global: + 130 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 11.700 
● Segmento: Internet 
● Principais produtos: Notícias, buscas, diretório web e serviços de e-mail 
● Concorrentes diretos: Google, Baidu, Bing (Microsoft), Facebook e AOL 
 ● Slogan: It’s you. 
● Website: www.yahoo.com.br 

O valor 
Segundo a consultoria britânica Interbrand, somente a marca YAHOO! está avaliada em US$ 3.851 bilhões, ocupando a posição de número 97 no ranking das marcas mais valiosas do mundo. A empresa também ocupa a posição de número 494 no ranking da revista FORTUNE 500 de 2013 (empresas de maior faturamento no mercado americano). 

A marca no mundo 
Atualmente o YAHOO!, com sede na cidade californiana de Sunnyvale, à apenas 8 quilômetros da sede do Google, é um dos líderes globais em comunicações na internet, possuindo mais de 45 sites internacionais em 30 línguas diferentes. Mais de 700 milhões de acessos mensais fazem da empresa uma das mais conhecidas e utilizadas da internet, cujo faturamento em 2012 atingiu US$ 4.98 bilhões. A principal audiência vem do acesso a e-mail (mais de 285 milhões de contas), compartilhamento de imagens e vídeos, blogs, bate-papo, grupos e jogos online. A empresa conta ainda com escritórios na Europa, Ásia, América Latina e Canadá. YAHOO! é o quarto site mais acessado da Internet, recebendo mais de 650 milhões de visitantes únicos todos os anos provenientes de mais de 130 países. 

Você sabia? 
Em Portugal a versão brasileira é usada visto não existir um portal local do YAHOO!. 
É absolutamente normal que tragédias mundiais elevem o tráfego na área de notícias na internet. Mas nada comparado ao aumento da audiência no YAHOO! logo após o dia 11 de setembro de 2001 e a tragédia do Tsunami na Ásia. Em ambos os casos, o tráfego subiu mais de 130% de uma semana para outra. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 6/9/2013

Nenhum comentário: