9.7.07

BEN & JERRY'S


Sorvetes com nomes divertidos como Cherry Garcia, Berry N’ice, Karamel Sutra, Chocolate Therapy e Chunky Monkey. Sabores diferentes e deliciosos, conhecidos mundialmente pela massa cremosa com pedaços de algo mais, como por exemplo, brownies, cookies, bananas ou amêndoas. Embalagens coloridas e exóticas. Uma imagem descontraída e hippie. Essa é a marca de sorvetes BEN & JERRY’S, que com seu espírito inovador de “divertir-se fazendo delícias geladas e ajudando o próximo”, sabe como nenhuma outra empresa ser responsável socialmente com suas ações beneficentes. 

A história 
Tudo começou quando os hippies Ben Cohen e Jerry Greenfield, amigos de infância, e fanáticos por sorvetes, resolveram desenvolver sua própria linha de produto por não estarem satisfeitos com nenhum sorvete disponível no mercado americano suficientemente gostoso para satisfazer seus refinados paladares. Depois de Ben ser despedido de vários trabalhos temporários e Jerry falhar pela segunda vez na admissão da faculdade de medicina, os dois amigos então gastaram irrisórios US$ 5 em um curso de fabricação de sorvetes por correspondência, oferecido pela universidade Penn State. Com o que aprenderam e mais US$ 12 mil, sendo US$ 4 mil conseguidos por empréstimo, inauguraram a primeira sorveteria no dia 5 de maio de 1978 na esquina das ruas St. Paul e College no centro da cidade de Burlington, estado americano de Vermont, dentro de um posto de gasolina reformado com o nome de Ben & Jerry’s Homemade Ice Cream Parlor.


Os sorvetes, inicialmente vendidos em 12 sabores diferentes, eram feitos com o melhor leite proveniente de produtores locais e ingredientes naturais especialmente selecionados, e rapidamente se tornaram famosos na comunidade local. Como Ben não tinha paladar confiava naquilo que é conhecido como “sentido da boca”. E assim, grandes pedaços de chocolate, fruta e frutos secos se transformam na principal característica dos sorvetes. Começava então a nascer uma marca que iria revolucionar o mercado americano nesta categoria. Suas tradicionais ações de marketing começaram muito cedo, quando, por exemplo, no verão deste mesmo ano, a dupla organizou o primeiro festival de filmes gratuitos, que eram projetados na parede externa da sorveteria. Em comemoração ao primeiro aniversário da empresa, os proprietários, em outra grande ação de marketing, introduzem no dia 5 de maio o famoso Free Cone Day, um dia inteiro de sorvete grátis para todos os consumidores. O que era uma simples comemoração se transformou em uma tradição da marca BEN & JERRY’S que atualmente, em sua 36º edição, distribui mais de 1 milhão de sorvetes gratuitamente.


Em 1980, além de lançar novos sabores (menta com tradicionais pedacinhos de bolachas Oreo e baunilha com chocolate), eles alugaram um espaço em uma antiga fábrica de tambores e bobinas na cidade e começaram a embalar seus sorvetes em pequenos potes de cerca de meio litro. A razão? Os sorvetes começaram a serem distribuídos em pequenas mercearias, lojas de conveniência e restaurantes da região. A distribuição era feita em uma velha perua Volkswagen Squareback pelos próprios donos da empresa. Em 1981, o sucesso levou a inauguração de uma loja, no sistema de franquia, na Route 7 em Shelbourne, também no estado de Vermont. No ano seguinte, a sorveteria mudou de endereço, já que o posto de gasolina onde estava instalada iria ser demolido para a construção de um estacionamento. Foi neste mesmo ano que a marca lançou seu sorvete de chocolate que tanto sucesso iria fazer. Em 1983 a primeira loja fora do estado foi inaugurada na cidade de Portland no Maine. Nesta época os potes de sorvetes BEN & JERRY’S começaram a ser distribuídos na cidade de Boston através de sorveterias independentes.


A nova fábrica da empresa foi inaugurada em 1985 e começou a oferecer visitação aos consumidores interessados em conhecer todo o processo de produção dos deliciosos e exclusivos sorvetes da marca no ano seguinte. As primeiras lojas internacionais da rede foram inauguradas em 1988 na cidade de Montreal no Canadá e em Israel. Ao final deste ano já eram mais de 80 sorveterias BEN & JERRY’S espalhadas por 18 estados americanos. Na década de 1990, a rede iniciou um forte processo de expansão internacional com inauguração de lojas na Rússia (1992) e a distribuição de seus produtos na Inglaterra (1994), França (1995), Japão (1998) e Peru (1999).


No ano 2000 a empresa foi vendida por US$ 348 milhões para a anglo-holandesa Unilever, que se comprometeu a manter o estilo e todos os projetos sociais lançados e engajados pela BEN & JERRY’S. Nos anos seguintes a marca iniciou o lançamento de novos produtos em suas sorveterias como milkshakes, sundaes, smoothies e bolos gelados, criando assim novas opções aos consumidores. Além disso, a cada ano são desenvolvidos novos e exclusivos sabores, alguns deles comercializados somente em determinados mercados onde a marca está presente.


No final de setembro de 2014, a marca inaugurou sua primeira loja no Brasil, localizada na badalada rua Oscar Freire, no bairro dos Jardins em São Paulo. Maior loja da rede no mundo, com 318 m² divididos por dois andares e capacidade para acomodar 80 pessoas sentadas, vende 16 dos mais de 50 sabores de sorvetes do portfólio da marca, entre os quais o Chocolate Chip Cookie Dough (sorvete de creme com massa de biscoito e flocos sabor chocolate) e Cherry Garcia (com pedaços de cereja). As delícias estão disponíveis em casquinhas ou copinhos. Se o consumidor quiser degustar o sorvete em um cone de waffle feito na hora, terá que pagar uma quantia extra. Também é possível encontrar milk-shakes, sundaes, bolos decorados e café espresso (uma adaptação ao mercado brasileiro). Pouco depois, a marca irá expandir sua atuação ao segmento de autosserviço, iniciando a venda de potes de sorvetes em empórios e supermercados.


Aqueles que ainda não degustaram estão perdendo a oportunidade de viciar-se nos mais diversos sabores que a marca oferece. Afinal, os sorvetes BEN & JERRY’S são conhecidos pela cremosidade e pelos grandes pedaços de brownies, cookies, frutas ou amêndoas que os acompanham. Aliando qualidade de ingredientes, práticas corporativas responsáveis com a preocupação de cuidado com as comunidades onde está presente, a BEN & JERRY’S se transformou em uma potência nacional, e posteriormente internacional, ao vender sabores não convencionais a preços altos, pelo seu modelo de negócios com valores econômicos e sociais e fazendo uma boa dose de filantropia.


A linha do tempo 
1979 
Lançamento do DASTARDLY MASH (sorvete de chocolate com pecãs, amêndoas, passas e pedaços de chocolate). O sabor foi aposentado em 1991. 
1985 
Lançamento do NEW YORK SUPER FUDGE CHUNK (sorvete de chocolate com nozes, amêndoas com cobertura sabor chocolate e flocos sabor chocolate ao leite e chocolate branco). Este novo sabor foi desenvolvido por Ben depois da sugestão de um escritor da cidade de Nova York. 
1986 
Lançamento do COFFEE HEALTH BAR CRUNCH (sorvete de café) introduzido como mais um novo sabor da marca vendido em pote. 
Lançamento do FRESH GEORGIA PEACH, delicioso sorvete de baunilha com pêssegos frescos, cultivados no estado da Geórgia. O sabor foi aposentado em 1991. 
1987 
Lançamento do CHERRY GARCIA (sorvete de creme com cerejas em calda e flocos sabor chocolate). O sorvete foi batizado em homenagem ao falecido líder da banda de rock Grateful Dead. A sugestão partiu de dois fãs da cidade de Portland. 
Lançamento do BEN & JERRY’S BROWNIE BAR (duas bolachas de brownies recheadas com sorvete de baunilha). 
1988 
Lançamento do CHUNKY MONKEY (sorvete de banana com pedaços de nozes e flocos de chocolate). O sabor foi sugerido por dois estudantes de New Hampshire. 
Lançamento do STRAWBERRY, delicioso sorvete de morango da marca; e do MINT CHOCOLATE CHUNK (sorvete de menta com flocos de chocolate). 
1989 
Lançamento do RAINFOREST CRUNCH (sorvete de baunilha com manteiga de castanhas do Pára). As vendas deste sorvete indiretamente beneficiavam projetos de preservação das florestas no mundo. No ano seguinte o sabor foi lançado nacionalmente em potes. Atualmente este sabor não é mais produzido. 
1990 
Lançamento do CHOCOLATE FUDGE BROWNIE (sorvete de chocolate com pedaços de brownies de chocolate). Os brownies eram fornecidos pela padaria Greyston Bakery da cidade de Yonkers, Nova York, que empregava pessoas menos favorecidas da comunidade local. 
Lançamento do SWEET CREAM & COOKIES (sorvete de creme com cookie sabor chocolate recheado com creme sabor baunilha). 
Lançamento do LIGHT VANILLA, sorvete de baunilha light. Outros sabores de sorvetes foram também introduzidos para compor sua linha light. 
1991 
Lançamento do LOW FAT FROZEN YOGURT (linha de sorvetes de iogurte com baixo índice de gordura). Composta por 8 sabores, foi introduzida como teste de mercado nas cidades de Seattle, Denver e Houston. A linha seria lançada nacionalmente em potes no ano seguinte. 
Lançamento do CHOCOLATE CHIP COOKIE DOUGH (sorvete de baunilha com pedaços de bolachas e chocolate especiais). Este sabor foi introduzido depois de cinco anos de intensas pesquisas. 
1992 
Lançamento do MIZ JELENA’S SWEET POTATO PIE (sorvete de gengibre com calda doce). O sabor seria aposentado no ano seguinte. 
1993 
Introdução de quatro novos sabores, entre eles o WAVY GRAVY (sorvete de caramelo com castanha de caju, com cobertura de chocolate, creme de avelã e amêndoas torradas), em homenagem ao homem, que ficou famoso depois do Festival de Woodstock, por ajudar crianças carentes. O sabor foi aposentado em 2001. 
1994 
Introdução de 8 sabores da linha SMOOTH, NO CHUNKS!, apoiada por uma campanha publicitária que contou com a participação de oito artistas como Spike Lee (que dirigiu o comercial), o guitarrista Carlos Santana, Pete Seeger, Buffy Sainte-Marie, Bobby Seale, Dolores Huerta, Daniel Berrigan e Michelle Shocked. 
1995 
Lançamento do CHUBBY HUBBY (sorvete de baunilha com manteiga de amendoim e pretzels cobertos de chocolate). 
1996 
Introdução da linha de SORBET (sorvete sem gordura, sem lactose e sem colesterol, feitos com as melhores frutas orgânicas), composta por inúmeros sabores, como DOONESBERRY SORBET (de frutas vermelhas) nomeado em homenagem ao personagem das tirinhas de quadrinho “Doonesbury”. 
Lançamento do PURPLE PASSION FRUIT (sorvete de framboesa e maracujá com outros sabores naturais). O sabor saiu de cena em 2001. 
Lançamento do COFFEE COFFEE BUZZ BUZZ BUZZ (sorvete de café com flocos sabor café com chocolate). 
1997 
Lançamento do PHISH FOOD (sorvete sabor chocolate com marshmallow, calda de caramelo e flocos sabor chocolate). O nome do sabor era em homenagem a uma banda do estado de Vermont. 
Lançamento da linha BEN & JERRY’S LOW FAT ICE CREAM (sorvete com apenas 3 gramas de gordura). 
1998 
Lançamento do BOVINITY DIVINITY (sorvete de chocolate ao leite com cobertura de chocolate branco e pedaços de chocolate amargo). O sabor foi retirado do mercado em 2001. 
Lançamento do TRIPLE CARAMEL CHUNK (sorvete de caramelo com calda de caramelo e flocos sabor chocolate recheados com caramelo). 
1999 
Introdução dos sabores PISTACHIO PISTACHIO (sorvete de pistache) e ORANGE & CREAM (sorvete de creme com pedaços de laranja). 
Lançamento da edição limitada da linha SPECIAL BATCHES composta por três sabores. 
2001 
Lançamento do KABERRY KABOOM (sorvete de frutas vermelhas com pedaços de bolacha e coberto com calda de Blueberry). Este sabor foi retirado do mercado dois anos depois. 
Lançamento do BERRY BERRY EXTRAORDINARY™ SORBET (sorvete de blueberry, framboesa e amora). 
2002 
Introdução dos sabores MAKIN’ WHOPPIE PIE, PEANUT BUTTER TRUFFLE, S’MORES (sorvete de chocolate com marshmallow derretido e pedaços de fudge), THE FULL VERMONTY (sorvete de Maple, espécie de seiva de uma árvore canadense, com pedaços de nozes e calda de caramelo), HONEY I’M HOME! (sorvete de baunilha e mel com pedaços de bolacha cobertos com calda de caramelo) e HALF BAKED FROZEN YOGURT
2003 
Lançamento do KARAMEL SUTRA (metade sorvete de caramelo e metade de chocolate, repleto de caramelo e pedaços de fudge no meio). 
2004 
Lançamento de uma linha de sorvetes orgânicos, inicialmente disponível nos sabores de morango, chocolate e baunilha. 
2005 
Lançamento do EUPHORI-LOCK, uma espécie de trava de proteção com segredo para a embalagem dos sorvetes da marca, servindo para que nenhum desavisado ataque o precioso sorvete na geladeira. O acessório pode ser comprado em suas lojas e também via internet por US$ 5.50. 
Lançamento do FOSSIL FUEL (sorvete cremoso de nata com pedaços de biscoito de chocolate, pequenos dinossauros de chocolate e calda de chocolate). O sabor saiu de cena em 2010. 
Lançamento do STRAWBERRY CHEESECAKE (sorvete sabor cheesecake com morango em calda). 
2006 
Lançamento do CHOCOLATE THERAPHY (sorvete de chocolate com pedaços de cookie de chocolate). 
Lançamento do primeiro sorvete de baunilha do mundo com certificação Fairtrade (que significa “Comércio Justo” em inglês). Este sorvete modificou o dia-a-dia dos produtores de baunilha e açúcar, da Índia e do Paraguai. Isto porque a empresa paga preços justos por estes ingredientes, contribuindo assim para que os agricultores, suas famílias e comunidades locais possam ter acesso a melhores cuidados de saúde, educação e habitação. 
2007 
Lançamento do BOHEMIAN RASPBERRY (sorvete de baunilha com fudge brownie e raspas de framboesa). O nome do novo sabor era em homenagem a banda Queen, onde parte das vendas era revertida em favor da fundação de luta contra a AIDS Mercury Phoenix Trust. 
2008 
Lançamento do BAKED ALASKA (sorvete de baunilha com calda de marshmallow e pequenos pedaços de chocolate branco em formato de ursos polares). 
Lançamento do MANGO MANGO SORBET (sorvete de manga). 
Lançamento do COCONUT SEVEN LAYER BAR (sorvete de coco com calda de caramelo, flocos de chocolate, cookies e nozes). 
2010 
Lançamento do FAIRLY NUTS (sorvete de caramelo com pralinês de amêndoas e calda de caramelo). Este sorvete foi criado por Toni Gunnison como parte de uma campanha global para a criação de um novo sabor, denominada “Do The World a Flavour”. Foram mais de 100.000 sugestões de todas as partes do mundo. 
Lançamento do BONNAROO BUZZ (sorvete de café, calda de caramelo e uísque e pedacinhos de bala toffee). 
2011 
Lançamento do LATE NIGHT SNACK (sorvete de baunilha com calda de caramelo levemente salgada com pequenos pedaços de batata frita). 
2012 
Lançamento da linha GREEK FROZEN YOGURT, composta por deliciosos sorvetes feitos com o mais puro e verdadeiro iogurte grego, em uma seleção épica de sabores especialmente cremosos, cheios de pedaços de frutas e caldas. 
Lançamento da edição limitada COW POWER (sorvete de creme doce com pedaços de biscoito de chocolate, pedaços de chocolate amargo e calda de chocolate).


As coloridas embalagens 
Desde o seu lançamento em 1980 os tradicionais potes dos sorvetes BEN & JERRY’S evoluíram, tornando-se um verdadeiro ícone da marca. Em 1998 a embalagem foi totalmente remodelada, ganhando um visual mais moderno e atrativo. Para comemorar este novo visual foram introduzidos cinco novos sabores. Em novembro deste mesmo ano a marca introduziu embalagens feitas com papelão 90% biodegradável e reciclável, batizadas de “Eco-Pint”. Em 2001 as embalagens ecológicas foram adotadas para todos os produtos da marca. Essas embalagens, além de utilizarem tintas à base de água para impressão de seus rótulos, não utilizam PVC em seus lacres. As embalagens de papelão contam com certificação pelo Conselho de Administração de Florestas (FSC), que indica que a polpa do papelão vem das florestas que são gerenciadas para a proteção do habitat de vidas selvagens, manutenção da biodiversidade e outros critérios de sustentabilidade florestal.


A fábrica gelada 
A fábrica da BEN & JERRY’S, localizada nas verdes montanhas de Worcester Range, a poucos quilômetros da pequena cidade de Waterbury, estado de Vermont, é uma das principais atrações turísticas da região. Aberta a visitação pública guiada, é possível conhecer todo o processo de produção dos deliciosos sorvetes. O tour de aproximadamente 30 minutos começa em um teatro onde um filme de sete minutos conta a história da marca e o sucesso da BEN & JERRY’S junto aos empregados, consumidores e comunidade. Logo depois é apresentado todo processo de fabricação do sorvete e em seguida, é a vez do FlavoRoom (quarto dos sabores) onde são distribuídas amostras grátis dos mais variados sabores da marca. Na saída encontra-se o Hall of Flavors onde estão expostos os grandes sorvetes da marca (os mais vendidos).


O visitante também pode conhecer uma réplica do “Cowmobile”, um trailer modificado cuja principal função é distribuir sorvete de graça pelos Estados Unidos. A fábrica conta ainda com uma loja temática onde se pode comprar cerca de 50 sabores de sorvetes e muitas lembranças com a marca BEN & JERRY’S, como por exemplo, colheres, toalhas, imãs de geladeira, camisetas, bonés, canecas e bichos de pelúcia. Além de um ambiente fantástico, uma das principais atrações da fábrica é o cemitério de sabores (Flavor’s Graveyard) onde lápides estão colocadas em um bem cuidado gramado mostrando os sabores que não são mais fabricados pela marca. Próximo ao cemitério existe um parquinho de diversão onde as crianças pequenas podem brincar a vontade. A visitação da fábrica custa US$ 4.00 para adultos, US$ 3 para aposentados e crianças não pagam.


Os sabores de sorvetes, como tudo na vida, tem um início e um fim. Alguns dos sabores da marca mantiveram uma vida longa e feliz, enquanto outros foram descontinuados antes de seu tempo (ou, em alguns casos, bem em tempo). Por isso, não somente na fábrica, mas também no site da empresa tem um curioso cemitério dos sabores, onde é possível conhecer as dezenas de sorvetes e seus excêntricos sabores, que a BEN & JERRY’S lançou e depois descontinuou. Para cada sabor, é explicado por que o produto não vingou. Eles já lançaram até um sabor chamado Amazônia Crocante, feito com castanhas do Pará, que teve o mesmo fim melancólico de tantos os outros. Alguns sabores conseguiram até retornar do além, como por exemplo, o White Russian que foi enterrado em 1996, mas ressuscitou no final de 2013.


A vaca móvel 
O primeiro Cowmobile, um trailer adaptado e pintado com simpáticas vacas malhadas para distribuir sorvetes de graça, surgiu no ano de 1986. Em uma ação inédita de “marketing drive”, o veículo era inicialmente dirigido pelos próprios fundadores da empresa, Ben e Jerry. Quatro meses depois o veículo pegaria fogo próximo a cidade de Cleveland, estado de Ohio. Ninguém se machucou no acidente. O episódio não desanimou a dupla, que no ano seguinte introduziu um segundo veículo, chamado “Cow II”, que viajou pelos Estados Unidos distribuindo os deliciosos sorvetes gratuitamente. Em 19 de outubro deste ano, o veículo foi para Nova York, durante o chamado Crash da Bolsa de Valores para distribuir sorvetes gratuitamente, dando uma demonstração de solidariedade da empresa com o momento difícil e dramático pelo qual passava a economia do país.


Um exemplo social 
Quem disse que uma empresa de sorvete não pode ser socialmente responsável? A marca BEN & JERRY’S se tornou uma das primeiras empresas a divulgar o conceito de responsabilidade social e incorporá-lo de maneira sistemática em suas práticas corporativas. Apesar de seu espetacular crescimento, os amigos Ben e Jerry, não esqueceram seus valores e estabeleceram para sua empresa, a seguinte máxima: O negócio tem que ter a responsabilidade de devolver a comunidade, parte do que a comunidade está lhe dando! E tudo começou em 1985, quando foi criada a BEN & JERRY’S FOUNDATION, uma fundação com o objetivo de apoiar projetos dirigidos à comunidade. Ficou estabelecido que 7.5% do lucro líquido da empresa seria destinado a fundação. Surgia assim uma empresa politicamente correta e comprometida com o respeito ao meio-ambiente. Antes disso, poucas empresas falavam sobre responsabilidade social. O compromisso de defender causas desafiantes e o recurso a ingredientes éticos é tão importante como os sorvetes deliciosos com nomes divertidos. Outras ações sociais marcaram a história da BEN & JERRY’S, como por exemplo, em 2001, quando desafiou os estudantes das universidades americanas a doar sangue em troca de sorvetes grátis. Outra ação ocorreu em 2007, quando a Food & Drugs Administration declarou que acreditava que carne e leite dos animais clonados eram seguros para ingestão. Para demonstrar o descontentamento com a decisão da FDA – e para incentivar os americanos a assumirem uma posição contra clonagem – a empresa enviou uma manada de pessoas fantasiadas de vaca para Washington, D.C. Em 2013 a empresa doou aproximadamente US$ 1.8 milhões para causas sociais. Adicionalmente as doações em dinheiro a marca cede anualmente de forma gratuita significante quantidade de produtos para instituições e comunidades em vários estados americanos.


Mais de metade da composição de um potinho de sorvete da BEN & JERRY’S é constituída por leite e nata. Por isso, a empresa se preocupa com a proveniência destes ingredientes e se orgulha de poder tratar pelo nome suas vacas e os seus criadores, através do programa de sustentabilidade batizado de “Caring Dairy”. Cada pote de sorvete da marca carrega a mensagem “Apoia a Farm Aid”, uma organização sem fins lucrativos cuja missão é manter as famílias dos produtores agrícolas nas suas terra.


A evolução visual 
O logotipo da BEN & JERRY’S evolui muito ao longo dos anos. O original era bastante diferente e, já nos anos de 1980, sofreu a primeira alteração. Esses dois primeiros logotipos possuíam símbolos que remetiam a produção artesanal dos sorvetes da marca.


Porém, como os logotipos ovais não eram tão práticos para serem aplicados foi criado, nos anos de 1990, o tradicional logotipo na horizontal, depois acrescido com o símbolo de um sorvete de casquinha, que acabou sendo adotado como imagem pouco tempo depois. O logotipo atual é apenas uma evolução, sendo constituído pelo nome da marca dentro de um retângulo preto curvado.


Os slogans 
Peace, Love & Ice Cream. 
Different Ice Cream Make a Difference. 
Great Ice Cream & So Much More!


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 5 de maio de 1978 
● Fundador: Ben Cohen e Jerry Greenfield 
● Sede mundial: South Burlington, Vermont 
● Proprietário da marca: Ben & Jerry’s Homemade Holdings, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Unilever N.V.) 
● CEO: Jostein Solheim 
● Faturamento: US$ 600 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: + 600 
● Presença global: 35 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Reino Unido e Canadá 
● Funcionários: 2.000 
● Segmento: Sorveterias 
● Principais produtos: Sorvetes e doces gelados 
● Concorrentes diretos: Häagen-Dazs, Mövenpick, Swensen’s, Bacio di Latte e Gelato Diletto (Brasil) 
● Ícones: Os nomes espirituosos de seus sorvetes e as vacas malhadas 
● Slogan: Peace, Love & Ice Cream. 
● Website: www.benjerry.com.br 

A marca no mundo 
Hoje em dia a BEN & JERRY’S têm mais de 600 sorveterias (incluindo quiosques) espalhadas pelo mundo, distribuindo seus sorvetes em mais de 35 países. Além da fábrica de Waterburry a empresa conta com outras 6 unidades, sendo duas delas localizadas no exterior. Somente nos Estados Unidos detêm 36% do mercado de sorvetes premium, sendo a 2º maior marca mundial em seu segmento, com faturamento superior a US$ 600 milhões. Aproximadamente 2/3 de suas vendas são feitas dentro dos Estados Unidos. Os maiores mercados da marca fora da América do Norte são Reino Unido, Alemanha e países nórdicos. A BEN & JERRY’S tem por norma comprar o leite de pequenas empresas familiares ao invés de grandes multinacionais. O objetivo é ajudar a gerar dinheiro para manter essas microempresas. A marca possui uma loja dentro de quase todos os transatlânticos da Royal Caribbean International. 

Você sabia? 
Buscar tentações para o paladar é a principal função dos Gurus de Sabor da BEN & JERRY’S. Esse grupo passa dias e noites testando os melhores alimentos do mundo e misturam, combinam, trituram, batem e experimentam, experimentam, experimentam até chegarem a uma mistura incomparável e eufórica de sorvete. De batatas fritas a maracujá, nenhum ingrediente passa despercebido para o próximo sabor irresistível e completamente inesperado de sorvete da marca. 
Os sabores mais vendidos e populares da marca são: Cherry Garcia (campeão disparado), Chocolate Chip Cookie Dough, Chocolate Fudge Brownie, Chunky Monkey, Half Baked, Phish Food e New York Super Fudge Chunk. Atualmente a marca conta com mais de 50 sabores de sorvetes em seu cardápio. 
Todos os produtos da marca trazem o selo Fairtrade (comércio justo, em português), cuja prática estabelece que parte da matéria-prima utilizada nos sorvetes seja comprada de pequenos produtores de países em desenvolvimento, a um preço justo, e que alguns fornecedores de alimentos empreguem pessoas com dificuldades de inserção no mercado de trabalho. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 29/9/2014

7 comentários:

parolamia06 disse...

http://lodireicosi.splinder.com/post/13036219/Aziende+guidate+dai+valori

lucas disse...

Blog muito bom!!!Conte sempre com minha presença a partir de hoje!!

Chico disse...

ótimo seu blog...

Muito útil.

JãoOoOOOOOOOOOOO............... disse...

Cara blog de belissima qualidade!!
materias muito boas!
e conteudo altamente util!
li dezenas de artigos em 3 dias!!
legal que ainda tem varios pra ler!
se tem algo que me interessa é historias de grandes marcas!
conteudo é bem vasto e tras fatores otimo como oS apendiceS marca no mundo e marca no brasil!!
boa sorte cara!!


uma sugestão...
gostaria de ver a historia das marcas gibson (marca de guitarra)
e tagina(melhor marca brasileira de instrumentos musicais!!)
outra que gostaria era a CCE (pra compara com a historias da gradiente) as 2 maiores amrcas de eletronicos no brasil creio eu!

desde ja agradeço!!

Marcinha disse...

Aiiii como eu queria Ben & Jerry's no Brasil. É o melhor sorvete do mundooooo !!!

Anônimo disse...

Eu tambem marcinha.......

Anônimo disse...

Eu experimentei Ben&Jerri's no Shopping Morumbi aqui em São Paulo. Cherry Garcia sem duvida amei esse sabor, nao a toa vende tanto. Vale a Pena!