24.11.08

WOLFORD


Peças confortáveis, sofisticadas e de alta qualidade são tudo que uma mulher precisa para se sentir poderosa e irresistível, fazendo com que todos os homens caiam aos seus pés. Esses são os resultados comprovados por quem usa WOLFORD, geralmente mulheres que despertem o poder de atração, fascínio, bom gosto e elegância. Ao longo dos anos a marca austríaca vem criando produtos inovadores e estéticos para mulheres que possuam um forte senso de estilo. 

A história 
Inovadora e original, a WOLFORD foi fundada como uma fabricante de meias-calças no ano de 1949 na cidade de Bregenz, localizada nas belas encostas do lago Constance, na Áustria, pelo comerciante Walter Palmers e pelo industrial Reinhold Wolf. A empresa inicialmente fabricava essas peças de forma pioneira, utilizando o náilon, uma grande inovação para época, e distribuía para outras marcas. O nome WOLFORD seria registrado como marca em 1950. Desde o início a WOLFORD sempre esteve preocupada com a qualidade e a inovação de suas peças, ditando a tendência do segmento. Já em 1954 a empresa apresentou de forma pioneira a Perlons, uma meia-calça sem emenda que causou uma grande revolução para a época. Produzidas em máquinas de confecções inovadoras, foram justamente estas meias que projetaram a WOLFORD em seu segmento dando início a uma constante pesquisa e desenvolvimento para a descoberta de novas malhas e fios para confeccionar meia-calça.


Na década de 1960 a empresa estabeleceu uma parceria com a DuPont para o desenvolvimento de materiais exclusivos. Em 1969, essa parceria desenvolveu o Cantrece, material resistente e extremamente elástico. O novo material foi perfeito para o lançamento, em 1971, de uma nova coleção de meia-calça. Os testes de novos materiais continuaram, e, em 1975, foi introduzido o Touchlon, um tecido sintético muito similar a seda. Nesta época a WOLFORD lançou no mercado a Luxor, uma meia-calça justa com grande resistência ao desfiamento, utilizando um processo patenteado que soldava o fio em sua fabricação. Pouco depois, em 1977, apresentou a MISS WOLFORD, meia-calça que possuía uma área de modelagem de calcinha e compressão de malha. Durante a década de 1980, a marca melhorou a textura do tecido de suas meias-calças, lançando no mercado a “Satin Touch” e “Opaque de Luxe”. As misturas destes tipos de Lycra nas malhas deram um brilho de cetim e seda as suas novas coleções.


No ano de 1983, em parceria com Chantal Thomas, a WOLFORD deu início ao lançamento de coleções assinadas por grandes designers e estilistas. Foi ainda nesta década que a WOLFORD introduziu suas primeiras coleções de bodies, que se tornariam um grande sucesso da marca nos anos futuros. Na década seguinte, além de inaugurar sua primeira loja própria em 1992 na cidade de Nova York, a marca começou a ampliar sua linha de produto com a primeira coleção de moda praia lançada em 1996. O Stay-hip Wolford foi o nome da inovação da marca para a linha hosiery (meia-calça). Lançado em dezembro de 1998, consistia em duas meias individuais que se uniam no quadril, sobrepostas através do ajuste da fita elástica, que a tornava tão confortável quanto as especiais malhas usadas pelos acrobatas. Stay-hip possui uma extensa numeração e variação quanto ao comprimento das pernas.


No ano seguinte a marca lançou no mercado suas primeiras peças de lingeries, que vieram complementar as linhas de meia-calça e bodies. Nesta época a WOLFORD possuía no mercado a imagem de uma marca de luxo quando o assunto era roupa íntima, com seus produtos presentes nas prateleiras das mais sofisticadas lojas de departamento do mundo. Na última década, fotógrafos famosos como Helmut Newton, Howard Schatz, Marino Parisotto, entre outros, já apresentaram suas interpretações em coleções da grife com efeitos impressionantes. A competência criativa da WOLFORD é refletida na coleção de grandes estilistas que complementam suas linhas com meias e lingeries, apresentadas nos desfiles internacionais de Milão, Paris e Nova York. Também ingressou em colaborações prósperas com coleções assinadas por grandes estilistas como Valentino, Giorgio Armani, Jean Paul Gaultier, Alexander MacQueen, Vivienne Westwood, Kenzo, Zac Posen, Karl Lagerfield e Emilio Pucci, que registram a inovação e sensualidade que a moda pede todos os dias.


Foi nesta época que a WOLFORD expandiu sua linha de produtos com o lançamento de novas peças de lingeries, moda praia (biquínis e maiôs), uma coleção de roupa íntima masculina, e mais recentemente, em 2006, uma linha de acessórios composta por bolsas, carteira e cintos de couro; além da primeira coleção de roupa, introduzida em 2007, composta por vestidos, malhas, calças, camisas e casacos. Hoje, A WOLFORD se estabeleceu como produtora de peças tradicionais que transformaram-se em puro luxo, englobando meias-calças, bodies, lingeries, malhas em viscose e lãs de merino, para atender um público exclusivo e exigente.


Os produtos 
Os produtos da marca WOLFORD são desenvolvidos para um público exclusivo, tanto no projeto, quanto no material e no acabamento. Quem escolhe a marca, prioriza o ajuste perfeito dos produtos criativos. Suas linhas de produtos são divididas em três: Classics, Luxury Classics e Second Skin. A concepção de legwear é classificada em opaca, transparente, fibras naturais, support e fatal. A coleção traz estampas exclusivas de anagramas ou florais. Algumas estampas da meia-calça são coordenadas com o body. Suas meias apresentam diferentes graus de compressões, e, de acordo com a finalidade de uso, modelam barriga e bumbum.


Finalizados por 200 artesãos na fábrica de Bregenz, na Áustria, os bodies são as vedetes da WOLFORD. Encontrados em mais de quarenta modelos, eles são tingidos naturalmente e podem custar até R$ 1.500. A cada coleção todos os produtos recebem uma nomenclatura. O body Festa possui um boá de penas negras acoplado à peça, podendo ser destacado durante o dia e colocado à noite, apresentado em duas variações: com a peça preta ou com a peça marfim. O body suit assinado por Jean Paul Gaultier possui sutiã stand-up collar (tipo coleira), que dá suporte à peça. A WOLFORD também possui swim (moda praia) e uma pequena coleção de roupas íntimas masculinas. Várias peças se tornaram marca registrada da WOLFORD: as meias-calças básicas opacas como a Velvet de luxe 50 (introduzida em 1988); a meia-calça mais fina do mundo batizada de Áurea 5 (introduzida em 1993); e as lingeries básicas e com rendas de St. Gallen, que apresentam maior variação de tamanhos que as concorrentes.


Dados corporativos 
● Origem: Áustria 
● Fundação: 1949 
● Fundador: Walter Palmers e Reinhold Wolf 
● Sede mundial: Bregenz, Áustria 
● Proprietário da marca: Wolford AG 
● Capital aberto: Sim (1995) 
● Chairman: Emil Flückiger 
● CEO: Axel Dreher e Thomas Melzer 
● Faturamento: €156.6 milhões (2012/2013) 
● Lucro: - €2.8 milhões (2012/2013) 
● Valor de mercado: €118.3 milhões (julho/2014) 
● Lojas: 270 
● Presença global: 70 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Maiores mercados: Alemanha, Estados Unidos, França e Áustria 
● Funcionários: 1.600 
● Segmento: Moda de luxo 
● Principais produtos: Meias-calças, lingeries, bodies, corpetes, moda praia e roupas 
● Concorrentes diretos: La Perla, La Senza, Chantelle, Intimissimi, Victoria’s Secret e Agent Provocateur 
● Ícones: As meias-calças 
● Website: www.wolford.com 

A marca no mundo 
A austríaca WOLFORD, uma marca luxuosa voltada para a beleza, qualidade e o conforto, vende seus produtos através de mais de 270 lojas (incluindo 122 unidades próprias, 28 outlets e 33 concessões shop-in-shops) espalhadas por 70 países ao redor do mundo, além de estar presente em mais de 3.500 pontos de vendas como lojas de departamento e lojas especializadas. No Brasil a marca tem duas lojas. O comércio online da empresa está disponível em aproximadamente 20 países. O segmento de meias-calça representa 53% do faturamento da empresa. A marca desenvolve seus produtos com materiais nobres e de alta resistência como seda e cashmere. Pois, qualidade, durabilidade, sofisticação e conforto são as palavras-chave para descrever o poder que a WOLFORD tem na transformação da feminilidade moderna. 

Você sabia? 
A primeira-dama Michelle Obama é uma das famosas admiradoras da marca. Mais recentemente ela adotou a faixa de cabelo da WOLFORD como acessório fashion. Seu modelo preferido é o preto de veludo com detalhes em joia, que a acompanha em compromissos de trabalho até passeios com looks mais descontraídos. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 2/7/2014

3 comentários:

GEOGRAFIA NO VESTIBULAR disse...

ja acompanho este blog a algum tempo....esta de parabéns sempre
um abraço

Lucas Oliveira da Matta disse...

Este Blog é muito bom! Me ajuda em meus estudos.

**Alana** disse...

Tem alguma loja dela no Rio de Janeiro?