9.8.12

SKIL


A SKIL foi extremamente importante para a construção da América e sua história se confunde com a da indústria de ferramentas elétricas. Hoje em dia é uma das marcas mais fortes e reconhecidas do mercado mundial, projetando ferramentas elétricas, desde serras circulares a lixadeiras e furadeiras, que asseguram o mais alto desempenho e a maior durabilidade, facilitando assim as tarefas, quer seja dentro de casa, na garagem, no jardim ou em uma grande obra.

A história
Tudo começou em 1924 quando o imigrante francês Edmond Michel garantiu a patente de sua invenção, a serra circular portátil, e juntamente com Jospeh W. Sullivan fundou a Michel Electric Handsaw Company na cidade de Chicago, estado americano de Illinois. A ideia para essa revolucionária invenção ocorreu após ele presenciar as enormes dificuldades que os fazendeiros e plantadores de cana tinham em cortar troncos e caules com machados, facões ou serrotes. Essa invenção mudaria a indústria da construção e rapidamente atraiu a atenção dos empreiteiros e foi adotada por inúmeras construtoras em uma América que estava em franco desenvolvimento. Já em 1926 a empresa adotou o nome de Skilsaw Inc. Esse nome foi sugerido pela mulher de Sullivan depois que ela comentou sobre a habilidade (“skil” em inglês) necessária para utilizar uma serra circular.


O impulso para que a nova empresa se transformasse no que é hoje, ocorreu no ano de 1928 com o desenvolvimento da serra circular Skilsaw modelo E. Este avanço foi pioneiro no uso de uma carcaça de motor de alumínio fundido no molde e definiu no que deveria ser a referência em serras circulares portáteis, a Skilsaw modelo 77. E depois de mais de sete décadas, uma Skilsaw 77 pode ser encontrada em qualquer local de construção e reconhecida como uma das ferramentas que mais ajudaram a construir a América. Demonstrando toda sua vocação para inovar e revolucionar o mercado, em 1949 a SKIL desenvolveu e lançou a função de torque múltiplo nas serras circulares, que evitava assim os constantes solavancos e trepidações causados durante a utilização, proporcionando assim muito mais precisão.


Nos anos 50, além de adotar oficialmente o nome de SKIL COPORATION, a empresa ingressou no mercado canadense, iniciando assim sua expansão internacional. Pouco depois foi a vez dos produtos da marca desembarcar na Europa. Nesta época a SKIL já havia ingressado no segmento do consumidor final e, em 1959, disponibilizava uma completa linha de ferramentas destinadas ao mercado Do It Yourself (DIY), ou faça você mesmo. A primeira fábrica da empresa no continente europeu foi instalada em 1961 na cidade holandesa de Breda. Outra grande novidade da década foi a invenção, em 1964, do interruptor de velocidade variável, que permitia permite realizar o trabalho mais rápido e com eficiência.


Os anos 70 foram marcados por grandes inovações, como por exemplo, a invenção do controle automático de cinta (que impedia a cinta de se deslocar para fora da ferramenta) e a invenção da furadeira portátil (1976). No desta década a SKIL foi adquirida pela Emerson Electric. A década de 80 foi marcada por dois grandes acontecimentos: a invenção e lançamento do sistema auto scroll (Serra Tico-Tico), e o lançamento pioneiro da parafusadeira a bateria (1985). Em 1996, a SKIL foi novamente adquirida, desta vez pelo tradicional Grupo Bosch, e nos anos seguintes ganhou força de distribuição, ingressou em novos mercados mundiais e investiu no desenvolvimento de novos produtos (como a serra tico-tico com ação orbital, lançada em 1997).


Além de toda a qualidade e equipamentos que a SKIL produz, a marca criou o PROGRAMA SKIL MAESTRO, um treinamento altamente especializado para transformar seus clientes em verdadeiros profissionais. Com a ajuda desse programa, é possível tirar dúvidas, dar sugestões e receber orientações sobre como exercer um trabalho mais profissional e completo, tornando-se um verdadeiro maestro. Ao longo de todos esses anos, através do pioneirismo, inovação e ampliação de sua linha de ferramentas, a SKIL se tornou extremamente popular especialmente entre os profissionais autônomos.


Atualmente a SKIL, que se tornou sinônimo de ferramentas elétrica no mundo inteiro, oferece uma completa linha de produtos com aproximadamente 1.000 itens, que inclui furadeira, martelo, parafusadeira, lixadeira, plaina, serra circular, serra tico-tico, serra sabre, tupia, esmerilhadeira, tesoura para múltiplos cortes, grampeador e produtos à bateria. Além das ferramentas é possível também encontrar no mercado, acessórios, como por exemplo, jogo de lâminas, kits de bits e brocas, jogos de fixar e aparafusar, kit de soquetes para parafusadeira, kit de brocas chatas, jogo de instalação de fechaduras, kit de afiar e esmerilhar e kit de polir e lixar.


A evolução visual
A identidade visual da marca passou por algumas alterações ao longo dos anos. Além de perder o tradicional losango, ganhou uma nova tipologia de letra e assumiu a cor vermelha, mas manteve como principal característica a “perna alongada” da letra K.


Os slogans
The power to perform.
Do it right. Do it with Skil.
The saw that built America.


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação: 1924
● Fundador: Edmond Michel e Jospeh W. Sullivan
● Sede mundial: Mt. Prospect, Illinois
● Proprietário da marca: Robert Bosch Tool Corporation
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● CEO & Presidente: Terry Horan
● Faturamento: US$ 1 bilhão (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Fábricas: 5
● Presença global: 80 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 4.000
● Segmento: Ferramentas
● Principais produtos: Furadeiras, plainas, lixadeiras e serras
● Concorrentes diretos: Black & Decker, DeWalt, Makita e Würth
● Ícones: A serra circular portátil
● Slogan: The power to perform.
● Website: www.skil.com

A marca no mundo
A SKIL, que oferece o mais amplo portfólio de ferramentas (elétricas e tradicionais) e acessórios do mercado mundial, comercializa seus produtos em mais de 80 países através de home centers, lojas de ferragens, hipermercados e grandes varejistas. A SKIL tem fabricas em Campinas (Brasil), Chicago (Estados Unidos), Breda (Holanda), Miskolc (Hungria) e Hangzhou (China).


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 9/8/2012

Um comentário:

BEERRE - Marcas e Patentes disse...

Ótima matéria! Muito bem elaborada! Parabéns!
Aproveito e indico o site http://www.beerre.com.br
pra quem procura registrar sua marca ou patentear suas idéias! A BEERRE já está no mercado há mais de 30 anos no mercado e possui uma equipe de profissionais extremamente capacitados! Recomendo!