27.7.06

JOCKEY


Elas são companheiras perfeitas para o dia-a-dia. E inseparáveis durante as noites. Maleáveis, confortáveis, coloridas, justas ou largas, ousadas ou comportadas, grandes ou pequenas. Quando o assunto é conforto em roupas íntimas a marca americana JOCKEY é a maior especialista. 

A história 
A história da famosa marca de roupas íntimas JOCKEY começou em 1876 quando Samuel Thrall Cooper, ex-ministro norte americano, fundou a empresa na cidade de St. Joseph, estado do Michigan, com o objetivo de ajudar as pessoas que sofriam com as bolhas e infecções causadas pela utilização de meias de lãs. Iniciou a produção de meias em um improvisado estábulo, não demorando muito para que os consumidores aprovassem a qualidade de seus produtos, feitos pela S.T. Cooper & Sons. Já em 1878, a empresa produzia mais de 2.500 pares de meias por dia. Em 1898, os filhos do fundador, Charles, Henry e Willis, começaram a mudar os rumos da empresa ao iniciarem a produção de roupas íntimas masculinas. Nesta época, a Black Cat, marca de meias masculinas, femininas e infantil da empresa, era uma das mais conhecidas do mercado americano. Na virada do século começou a produzir lingeries e roupas íntimas com a marca White Cat. Em 1912 foi patenteado e introduzido no mercado o revolucionário Kenosha Klosed Krotch, uma espécie de macacão para dormir, que possuía aberturas com botões nas partes da frente e de trás para facilitar a higiene íntima.


Durante a Grande Depressão americana de 1930, a empresa passou por grandes dificuldades, mas conseguiu se reorganizar, mantendo-se ativa. A empresa revolucionou o mercado mundial de roupas íntimas masculinas em 1934 ao apresentar a primeira cueca, conhecida como The Brief, muito semelhante com as que existem hoje em dia. Esta peça íntima masculina, projetada pelo engenheiro Arthur Kneibler, proporcionava todo conforto e suporte que o homem necessitava, somente encontrado em roupas íntimas atléticas, chamadas na época de Jock Strap. O novo produto foi então batizado de JOCKEY. Era o surgimento de uma marca emblemática no segmento de roupas íntimas. No ano seguinte o produto podia ser encontrado em quase todas as lojas especializadas e grandes varejistas do país, lançado oficialmente no dia 19 de janeiro na famosa loja de departamento Marshall Field’s em Chicago, tornando-se um verdadeiro sucesso, chegando a vender 12.000 unidades em poucas semanas.


Foi neste momento que a marca começou sua internacionalização através dos primeiros contratos de licenciamento para o Canadá e pequenas exportações para o continente europeu. E o sucesso internacional não tardou: em 1938 quando as cuecas foram lançadas no Reino Unido, vendiam 3.000 unidades por semana. Durante o período da Segunda Guerra Mundial a empresa produziu roupas íntimas para as tropas americanas e para os paraquedistas das forças aliadas. Nesse período a marca JOCKEY começou a ser conhecida no exterior. A década de 1950 começou com a marca promovendo a “Fashion Underware”, incentivando o homem a usar roupas íntimas ousadas, confortáveis e úteis, através de campanhas publicitárias como “Why not have fun with underware?”, tornando as roupas íntimas masculinas peças de moda com modelos coloridos e estampados. A cueca tipo “tanga” foi introduzida no mercado em 1959, mostrando toda a inovação e ousadia da marca.


Na década de 1960 a JOCKEY desenvolveu roupas íntimas para os astronautas da NASA, confeccionadas com elásticos e tecidos especiais. A atitude gerou um grande reconhecimento da marca perante o público. O sucesso de seus produtos era tamanho, que em 1971 a empresa adotou o nome de Jockey Menswear, Inc. Conhecida essencialmente como uma marca masculina, a JOCKEY começou a mudar sua imagem no ano de 1982 quando lançou sua primeira linha completa de lingeries e peças íntimas em cotton para mulheres. A linha JOCKEY FOR HER (conhecida atualmente como JOCKEY INTIMATES), se tornou o maior sucesso da empresa desde a introdução das cuecas conhecidas como The Brief em 1934. Nas décadas seguintes a marca desenvolveu linhas completas de lingeries e roupas íntimas para homens, mulheres, adolescentes e crianças, além de meias, camisetas e outros produtos relacionados a esse segmento. Outras inovações foram lançadas como o programa de fidelidade da marca, que desde 1996, conquistou milhões de consumidores, especialmente no mercado americano.


Em 1999 a marca passou a vender seus produtos diretamente pela sua página na internet, criando mais uma comodidade para seus consumidores. Outra inovação ocorreu em 2005 quando a marca introduziu sua divisão de vendas diretas com pessoas treinadas e altamente capacitadas, chamadas Comfort Specialist Consultants (algo como Consultoras Especializadas em Conforto) para vender sua linha feminina. Em 2010, a Casa das Cuecas U/W começou a vender os produtos com a marca JOCKEY no Brasil.


A linha do tempo 
1929 
Lançamento da JOCKEY SHORT, uma cueca confortável muito semelhante á uma tradicional samba-canção. 
1935 
Lançamento da JOCKEY Y-FRONT, uma cueca revolucionária para a época que possuía um suporte frontal sem abertura, proporcionando muito mais conforto. 
Lançamento da JOCKEY MIDWAY, uma cueca mais comprida, justa e extremamente confortável. 
1947 
Pela primeira vez o nome JOCKEY aparecia escrito no elástico das cuecas. 
1976 
Lançamento da linha JOCKEY ELANCE, composta por cuecas mais maleáveis, confortáveis e coloridas, vendidas em revolucionários tubos plásticos transparentes. 
1981 
Obtém sua primeira licença para produzir roupas íntimas femininas para a grife francesa Yves Saint Laurent. 
1988 
Lançamento das primeiras meias-calças femininas. 
1999 
Lançamento da linha JOCKEY SPORT, composta por cuecas confeccionadas por material maleável e de rápida secagem, proporcionando mais maleabilidade e movimento, principalmente para a prática de atividades esportivas. 
2001 
Lançamento da linha NO PANTY LINE PROMISE, composta por calcinhas sem costura. 
2004 
Lançamento da linha JOCKEY 3D-INNOVATIONS, composta por roupas íntimas mais modernas, confortáveis, justas e com design inovador. As peças são projetadas com a análise do corpo em três dimensões e com um tecido elástico exclusivo. 
2007 
Lançamento do primeiro catálogo da marca. 
2011 
Lançamento da inovadora linha JOCKEY STAYCOOL, composta por roupas íntimas para homens e mulheres que apresentam tecidos que estimulam a regulação da temperatura corporal, criado originalmente para a indústria aeroespacial e NASA. 
2012 
Lançamento da JOCKEY BRIEF BRIEF, cuecas descartáveis feitas com 100% de papel reciclável. Assim, é possível jogar no lixo quando não quiser usar mais, permitindo aos amantes da marca usar cuecas novas todos os dias, poupando lavagem, tempo e com uma consciência “eco-friendly” moderna.


Um marketing ousado 
A JOCKEY sempre foi conhecida pelas suas ousadas ações de marketing, como por exemplo, em 1946 quando o jogador de beisebol Babe Ruth, um dos maiores astros do esporte americano na época, passou a endossar seus produtos; ou em meados da década de 1970 quando contratou como garoto-propaganda o galã e jogador de beisebol do Baltimore Orioles Jim Palmer, que aparecia em anúncios somente de cueca.


A ousadia de suas ações só iria aumentar nas décadas seguintes, como aconteceu em 1998 com o lançamento da campanha “Let ‘Em Know You’re Jockey” (algo como “Deixe-os saber que você está de Jockey”), que ganhou reconhecimento internacional ao mostrar fotografias de grupos de pessoas como médicos, bombeiros, artistas de teatro e atletas com as calças arreadas até os tornozelos, exibindo orgulhosamente suas cuecas e calcinhas JOCKEY; ou mais recentemente com a nova versão dessa campanha de sucesso, batizada SHOW YOU’RE JOCKEY, onde uma variedade de homens e mulheres de diferentes nacionalidades, repletos de confiança, revelam suas roupas íntimas JOCKEY.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas alterações ao longo dos anos. Apesar da figura de um jóquei fazer parte do universo da marca desde 1940, especialmente nos materiais de divulgação nos pontos de venda, foi somente em 1961 que o logotipo adotou uma nova tipografia de letra e o símbolo estilizado de um jóquei (apenas do dorso para cima), popularmente batizado de JOCKEY HALF-BOY. Em 2005, a marca JOCKEY passou por uma grande reformulação visual, que atingiu, além das embalagens e material de pontos de venda, também o logotipo, que ganhou ares mais modernos com a introdução do famoso Swirl Icon, um símbolo que representa todas as características da marca como inovação, energia, inovação, movimento e beleza. Atualmente a marca também utiliza como logotipo somente a palavra JOCKEY (aplicado nas cores preta ou azul).


Os slogans 
Supporting Greatness. (2014) 
Jockey or Nothing. (2011) 
The next best thing to naked. (2004) 
We know what makes you feel good. (2000, JOCKEY FOR HER) 
Let ‘em Know You’re Jockey. (1998) 
A commitment to quality and value. (1984) 
A sign you’ve got style. (1981) 
The first name in underwear. (1980) 
A Tradition of Comfort Since 1876.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1876 
● Fundador: Samuel Thrall Cooper 
● Sede mundial: Kenosha, Wisconsin 
● Proprietário da marca: Jockey International, Inc. 
● Capital aberto: Não 
● Chairman & CEO: Debra Waller 
● Presidente: Byron Norfleet 
● Faturamento: US$ 450 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: + 100 
● Presença global: 140 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 5.400 
● Segmento: Vestuário 
● Principais produtos: Roupas íntimas, meias e camisetas 
● Concorrentes diretos: Hanes, Fruit of the Loom, Joe Boxer e Calvin Klein 
● Ícones: As cuecas 
● Slogan: Supporting Greatness. 
● Website: www.jockey.com 

A marca no mundo 
A empresa, com sede na cidade de Kenosha, estado americano do Wisconsin, emprega atualmente mais de 5 mil funcionários e está presente em 140 países ao redor do mundo. Os produtos são vendidos em 18 mil lojas de departamentos e lojas especializadas, além de serem encontrados em mais de 100 lojas próprias, localizadas somente nos Estados Unidos. A empresa também fabrica produtos para gigantes como Walmart e Target. Atualmente a marca oferece mais de 600 modelos de roupas íntimas, camisetas, roupas para dormir e meias. 

Você sabia? 
A marca JOCKEY é responsável por nada menos que 40% do mercado americano de roupas íntimas masculinas. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 21/8/2014

Nenhum comentário: