6.8.06

CANON


Pioneira desde a captura de imagem à impressão, transmissão e partilha, passando pela manipulação e gestão de imagens, a CANON propõe tecnologias de elevada qualidade para todos os setores de atividade em todo o mundo. 

A história 
A história da empresa teve origem no ano de 1933 quando foi inaugurado o Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos (em inglês Precision Optical Instruments Laboratory), localizado no terceiro andar de um apartamento da cidade de Tóquio, por um jovem apaixonado por fotografia de nome Goro Yoshida e seu cunhado Saburo Uchida. O principal objetivo dos dois jovens era fazer manutenção e fabricar máquinas fotográficas de alta qualidade a um preço muito menor do que as existentes no mercado, até então exclusivamente importadas e muito caras. No mês de junho do ano seguinte a empresa produziu a primeira máquina fotográfica de 35 mm japonesa com foco plano, batizada de “Kwanon”, nome que teve origem na Deusa da Misericórdia da religião budista, chamada Kuan Yin. Essa câmera foi construída com a ajuda de um grande amigo de Uchida, o Dr. Takeshi Mitari, que depois viria a se tornar presidente da empresa.


O nome CANON foi registrado como marca exatamente no dia 26 de junho de 1935. A palavra foi alterada em virtude da pronúncia, por ter um som semelhante ao nome do primeiro produto da empresa, e pelo significado de “Kwanon” implicar em precisão, representando exatamente os ambiciosos objetivos da empresa no que se referia ao desenvolvimento de tecnologias avançadas. Dois anos depois, no dia 10 de agosto, a empresa mudou de nome, surgindo assim à antecessora da CANON: Seiki-Kōgaku Kenkyūsho. O Dr. Takeshi Mitari se tornou o presidente da nova empresa, que reunia um pequeno grupo de inventores e cientistas do antigo Laboratório de Instrumentos de Precisão Ópticos. No ano de 1940 a empresa fabricou a primeira câmara de raios-x japonesa. A primeira sucursal nos Estados Unidos foi inaugurada em 1955, iniciando assim a internacionalização da marca. No ano seguinte lançou a Canon Cine 8T, primeira câmera 8mm para cinema do país, com avançada tecnologia, ingressando assim no milionário segmento do cinema; criou a subsidiária europeia em 1957; e pouco depois, em 1958, a primeira lente objetiva de foco variável estreou no mercado.


No final desta década, a CANON introduziu uma linha de equipamentos para escritórios, composta por aparelhos como as copiadoras e acessórios para máquinas de escrever. Na década de 1960 a CANON introduziu no mercado várias novidades como a primeira calculadora com 10 teclas, o Canofax eletrônico (em 1965) e a primeira fotocopiadora de papel normal (1968). Mais tarde, diversificou-se e expandiu suas atividades com o lançamento das impressoras a laser (LBP) e bubble jet (conhecidas como impressoras BJ) nos anos de 1980. Após a introdução da EOS D30 em 2000, uma época em que a propagação das câmeras digitais SLR estava em pleno andamento, a CANON desenvolveu tecnologias avançadas, tais como sensores de propriedade CMOS e processador de imagem digital de alto desempenho, o DIGIC. Além disso, desenvolveu também uma extensa linha de lentes EF, em um esforço para cumprir os novos conceitos-chave de alta velocidade, facilidade de uso e alta qualidade de imagem.


Em 2005 a CANON lançou uma nova campanha publicitária com o slogan imageANYWARE, que simbolizava um ambiente sem fronteiras de pessoas, dispositivos, imagens e informações, o que permitia viver e trabalhar da forma que quiser, a qualquer hora e em qualquer lugar. Era uma afirmação à própria empresa e aos seus clientes de que a CANON não era simplesmente uma empresa de copiadoras e câmeras, mas também capaz de oferecer soluções de imagens totalmente integradas para o ambiente de negócios e doméstico. No mês de março de 2014 a empresa celebrou marcos de grande importância. Primeiro, atingiu o número de 250 milhões de câmeras digitais fabricadas, incluindo modelos compactos e SLRs. Depois também comemorou o 11º ano consecutivo como líder do mercado no segmento de câmeras digitais SLRs. Em fevereiro deste ano a empresa já havia anunciado a produção de 70 milhões de câmeras da série EOS.


Mais recentemente a marca japonesa lançou o Canon Camera Connect, um aplicativo para transferir imagens gravadas com câmeras CANON compatíveis para smartphones/tablets. Ao ligar a câmera ao Wi-Fi (ligação direta ou através de router wireless) é possível transferir e guardar as imagens da câmera para um smartphone ou também disparar à distância com visualização ao vivo da câmera de um smartphone. Em 2018, a CANON anunciou o encerramento das vendas da sua última câmera analógica, chamada EOS-1V, e que havia sido lançada em 2000, sendo a última SLR com compatibilidade com filmes de 35 milímetros.


Atualmente a CANON se destaca pelo desenvolvimento de tecnologias de gerenciamento de documentos e de imagem e pela fabricação de uma ampla variedade de produtos que vão desde câmeras, copiadoras, fax e impressoras, até equipamentos óticos para a indústria de semicondutores e lentes profissionais para broadcasting. Em cada linha de produtos que desenvolve a CANON considera como desafio próprio nada menos que atingir seu padrão de excelência de tecnologia em todo o mundo, quase sempre resultando em destacadas posições de liderança nos mercados onde atua. A CANON é uma das raras marcas que pode se orgulhar de sua presença nos segmentos profissional e amador. A vasta gama de soluções de impressão e de gestão de documentos destina-se a uma clientela muito diversificada, desde empresas multinacionais e governos, passando pelos trabalhadores independentes ou meros amantes amadores da fotografia.


A linha do tempo 
1952 
Lançamento da CANON IVSb, primeira câmera de 35mm com flash sincronizado. 
1954 
Desenvolvimento, em parceria com o NHK Science and Technical Research Laboratories, de uma câmera especificamente para gravações de televisão. 
1958 
Lançamento das primeiras lentes objetiva com foco variável. 
1961 
Lançamento da primeira máquina fotográfica CANONET, equipada com um novíssimo mecanismo de exposição automática. 
1964 
Lançamento da CANOLA 130, primeira calculadora eletrônica de dez teclas do mundo. 
1965 
Lançamento do CANOFAX 1000, primeiro aparelho de fax da marca. 
1970 
Lançamento da NP1100, primeira fotocopiadora da marca. 
1973 
Lançamento da primeira copiadora colorida. 
1979 
Lançamento da LBP-10, impressora que utilizava um semicondutor a laser. 
1981 
Lançamento do sistema de vídeo CVC. 
Lançamento da copiadora NP-8500 SUPER, capaz de fazer 135 cópias por minuto. 
1982 
Lançamento das primeiras copiadoras com cartuchos recarregáveis. 
Lançamento das primeiras máquinas de escrever eletrônicas. 
1983 
Lançamento do My Card, calculadora do tamanho de um cartão de crédito. 
1985 
Lançamento da BJ-80, primeira impressora inkjet que utilizava tecnologia jato de tinta. 
1987 
Lançamento da CLC-1, uma copiadora digital totalmente colorida. 
Lançamento da linha de câmeras EOS (que significa em português “Sistema Óptico Elétrico” e leva também o nome da deusa grega do amanhecer). Essa nova geração de câmeras AF SLR incorporava o primeiro sistema de baionetas com contatos eletrônicos, alcançando controle completo, não apenas entre a lente e o corpo, mas em todo o sistema da câmera. 
Apresentada pela primeira vez em março, juntamente com o sistema de câmeras EOS SLR, a lente CANON EF incorporou, ao longo dos anos, uma série de tecnologias inovadoras inicialmente desenvolvidas pela CANON, como a lente Ultrasonic Motor-powered (USM); o Estabilizador de Imagem (IS), que compensa os efeitos da trepidação da câmera; tecnologia anti-reflexo, Subwavelength Structure Coating (SWC); e o elemento ótico difrativo de múltiplas camadas (DO). A atual linha de lentes CANON EF é composta por mais de 65 modelos, que variam desde lentes grandes angulares, lentes equipadas com estabilizador de imagem, até as super-telefotos zoom. 
1989 
Lançamento da câmera profissional EOS-1, que utilizava os conceitos-chave de alta velocidade e facilidade de uso. 
1990 
Lançamento de uma linha de impressoras do tamanho de um computador portátil. 
1992 
Lançamento da PowerShot 600, primeira câmera digital da empresa japonesa. 
1993 
Lançamento da câmera compacta EOS KISS, que ganhou a aceitação de muitos usuários. 
1995 
Lançamento da EOS DCS 3, primeira câmera digital SLR. 
1997 
Lançamento de suas primeiras filmadoras digitais, ingressando assim no segmento de vídeo digital. 
2000 
Lançamento da IXUS DIGITAL, a menor e mais leve máquina com 2.0 megapixels do mercado na época. 
2005 
Lançamento de sua primeira filmadora de alta definição. 
2010 
Lançamento pela primeira vez no mundo, da lente com zoom olho de peixe, que captura imagens circulares e retangulares. 
2013 
Lançamento do monitor 4K de 30 polegadas DP-V3010 para uso profissional, ingressando assim no mercado de exibição de produção de vídeo 4K. 
2018 
Lançamento da CANON EOS R, sua primeira câmera mirrorless full frame (que não usa o sistema de espelhos e têm sensores equivalentes ao das tradicionais máquinas de filme, com 35mm) com o novo sistema de montagem RF com quatro lentes.


A filosofia corporativa 
Desde sua constituição, a CANON destaca-se pelo alto grau de motivação de seus colaboradores, resultado da bem sucedida implantação de planejamento corporativo apoiado em três pilares básicos: 
● Uma filosofia de gerenciamento, representada pela expressão japonesa “Kyosei” resumida em “viver e trabalhar unidos para o bem-estar comum”, que acredita que todas as pessoas, independente de raça, religião ou cultura podem trabalhar juntas em harmonia contribuindo para um futuro melhor. 
● A aplicação anual de pelo menos 10% do resultado das vendas em Pesquisa & Desenvolvimento (a empresa foi a terceira maior dos Estados Unidos em número de patentes em 2017 e sustenta um investimento diário de US$ 6 milhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias). 
● A proteção contra instabilidades locais, traduzida por forte presença global.


Á serviço dos fotógrafos 
O Canon Professional Services existe desde 1973, criado sob o nome de Canon Salon. É um programa que apoia fotógrafos profissionais alugando ou emprestando equipamentos para a cobertura de grandes eventos esportivos. Em todos esses eventos, os profissionais da CANON levam os melhores equipamentos para que o fotógrafo tenha a melhor experiência possível. Afinal, quem vive de boas imagens sabe a importância de se registrar fotos perfeitas. A mensalidade deste programa também dá direito a limpeza e verificação de equipamento, acesso a lançamentos, treinamentos e descontos. Por exemplo, nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro, os fotógrafos cadastrados no programa podiam pegar o equipamento emprestado, sem custo adicional. Eram 78 profissionais da CANON trabalhando no evento e atendendo mais de 1.600 fotógrafos que foram credenciados para a cobertura através desse programa. Atualmente, o CPS está presente em aproximadamente 40 países ao redor do mundo.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. O primeiro logotipo adotado pela marca japonesa era a imagem da Deusa Budista da Misericórdia: Kwanon, que possuía 1.000 braços e cuspia fogo, o que justifica as chamas que faziam parte da identidade visual. Em 1935, não somente o logotipo, mas também o nome da empresa foi modificado para CANON. O logotipo, que representava as perspectivas globais da empresa, foi desenhado por um designer especializado em publicidade, onde a letra C ganhava enorme destaque. Uma nova e sutil mudança ocorreu em 1953. Pouco depois, em 1956 surgiu o logotipo atual da marca CANON. Atualmente, este logotipo com sua coloração vermelha viva é reconhecido nos quatro cantos do mundo.


Os slogans 
Live for the story. (2017) 
Canon See Impossible. (2014) 
Power to your next step. (2013) 
Delighting You Always. (2008) 
Advanced Simplicity. (2007) 
We speak image. (2006) 
ImageANYWARE. (2005) 
Canon. Yes, you can. (2003) 
You can. (2002) 
Imaging across networks. (2000) 
Cameras in the right hand, business machines in the left. (1967) 
Make it possible with canon.


Dados corporativos 
● Origem: Japão 
● Fundação: 10 de agosto de 1937 
● Fundador: Takeshi Mitarai, Goro Yoshida e Saburo Uchida 
● Sede mundial: Tóquio, Japão 
● Proprietário da marca: Canon Incorporated 
● Capital aberto: Sim (1949) 
● Chairman & CEO: Fujio Mitarai 
● Presidente: Masaya Maeda 
● Faturamento: US$ 36.6 bilhões (2017) 
● Lucro: US$ 2.1 bilhões (2017) 
● Valor de mercado: US$ 41 bilhões (outubro/2018) 
● Valor da marca: US$ 10.380 bilhões (2018) 
● Presença global: 200 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 197.700 
● Segmento: Fotografia e Imagem 
● Principais produtos: Câmeras, copiadoras, scanners e impressoras 
● Concorrentes diretos: Nikon, Kodak, Konica Minolta, Leica, Sony, Panasonic, Olympus, Fujifilm, Ricoh, Xerox, Brother, Epson e HP 
● Slogan: Live for the story. 
● Website: www.canon.com.br 

O valor 
Segundo a consultoria britânica Interbrand, somente a marca CANON está avaliada em US$ 10.380 bilhões, ocupando a posição de número 55 no ranking das marcas mais valiosas do mundo em 2018.

A marca no Brasil 
Desde 1974 no país, a CANON atua no fornecimento de equipamentos e soluções de tecnologia de imagem, visando atender o público nacional com competência e know-how de uma marca líder mundial no segmento. Atualmente é responsável pela distribuição de equipamentos e soluções na linha de impressão, controle e gerenciamento de documentos, com equipes especializadas para atendimento de pequenas, médias e grandes empresas e revendedores autorizados espalhados por todo o território nacional. A distribuição das linhas de consumo, como por exemplo, câmeras digitais, filmadoras, scanners e impressoras de uso pessoal, são comercializadas por distribuidores exclusivos da marca.


A marca no mundo 
Atualmente a CANON, que fabrica além das tradicionais câmeras fotográficas, filmadoras fax, copiadoras, scanners, impressoras e equipamentos médicos (como aparelhos de ultrassom, ressonância magnética e tomografia computadorizada), comercializa seus produtos em mais de 200 países, empregando mais de 197 mil pessoas. Mais de 60% do faturamento mundial da empresa superior a US$ 36 bilhões em 2018 provém de soluções destinadas ao mercado corporativo. 

Você sabia? 
Pronuncia-se “Canon” e não “Cânon” como muitos falam, pois a marca é japonesa e não americana. 
Localizado na sede da empresa, em Tóquio, o Museu da Canon, inaugurado em 30 de setembro de 1996, reúne alguns dos modelos (máquinas e lentes) mais importantes da história da marca e, por consequência, da história fotografia. 
Em 2003, o primeiro aparelho de raio-x portátil do mundo produzido pela empresa foi utilizado para reconstruir a face de uma múmia egípcia, que acredita-se ser da Rainha Nefertiti. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 17/10/2018

2 comentários:

Anônimo disse...

Looking for information and found it at this great site...
» »

Unknown disse...

Top. Parabéns!