4.3.10

OLIVE GARDEN


Imagine um restaurante que oferece pratos deliciosos da rica e variada culinária italiana em um ambiente familiar e muito acolhedor, que lembra toda a hospitalidade dos nativos do país da bota. Isto é exatamente o que consumidores encontram em qualquer unidade da rede de restaurantes casuais OLIVE GARDEN, que com um crescimento invejável nos Estados Unidos virou exemplo de inovação em segmento tão competitivo. 

A história 
A história começou no final da década de 1970 quando a tradicional empresa alimentícia americana General Mills, fundada em 1886, resolveu diversificar sua área de atuação. A missão para encontrar novas oportunidades de negócios ficou a cargo de Blaine Sweatt, então vice-presidente de desenvolvimento de novos produtos da empresa. Percebendo que o segmento de restaurantes casuais tinha um potencial de crescimento enorme e a comida tipicamente italiana era popular, ele resolveu investir nisso. Finalmente, no dia 13 dezembro de 1982 foi inaugurado na cidade de Orlando, estado americano da Flórida, a primeira unidade do THE OLIVE GARDEN (que mais tarde perderia o THE no nome), um restaurante casual especializado em comida italiana. O novo restaurante, localizado pouco ao norte da Sand Lake Road, foi construído em um lugar estratégico, não somente para atrair os milhões de turistas da cidade, como também as famílias de trabalhadores da fábrica de mísseis Martin Marietta.


Com um ambiente aconchegante, decoração que reproduzia com perfeição os antigos campos de oliva da região italiana da Toscana, incluindo lareira e música ambiente, e um cardápio recheado de pratos com ingredientes de alta qualidade e sempre frescos, como entradas, carnes, frutos do mar, além das tradicionais massas (espaguete á bolonhesa, lasanha e ravioli, elaborados com receita caseira e preparadas na cozinha do restaurante) e uma boa taça de vinho, o restaurante, que oferecia a experiência de um jantar tipicamente italiano, com direito á um atendimento alegre e caloroso, se tornou um verdadeiro sucesso entre os turistas e as famílias americanas da região. O sucesso foi tanto que, em apenas cinco anos, a rede já tinha inaugurado outras 50 unidades.


No final desta década, em 1989, já eram 145 unidades espalhadas pelo país, fazendo da OLIVE GARDEN uma das redes de restaurantes casuais que cresciam mais rapidamente. Em 1994, a empresa que possuía quase 500 unidades em funcionamento, inaugurou o então esperado enorme restaurante de três andares na região do distrito da badalada Times Square em Nova York. Nesta época, algumas unidades estratégicas da rede, como as localizadas em Orlando, passaram por reformas radicais para oferecer ainda mais conforto aos clientes.


Em junho do ano seguinte, a General Mills resolveu tornar sua divisão de restaurantes uma empresa independente, criando a Darden Restaurants, Inc. Em 1999, a enorme paixão pela culinária italiana levou a rede a criar, no coração da pitoresca região de Toscana na Itália, o OLIVE GARDEN CULINARY INSTITUTE of TUSCANY, um instituto de culinária em parceria com dois famosos produtores de vinhos chianti, onde centenas de funcionários da rede são treinados por grandes chefs italianos para preparar os melhores pratos da região e proporcionar aos clientes a melhor experiência de um jantar tipicamente italiano. Até hoje, mais de 1.200 funcionários da rede já passaram por esses treinamentos.


Nos anos seguintes, baseada no conceito Hospitaliano (que significa oferecer através da típica hospitalidade italiana 100% de satisfação aos seus clientes com uma experiência genuína de um jantar italiano), a rede OLIVE GARDEN continuou crescendo, inaugurou unidades no Canadá e incrementou ainda mais seu cardápio com pratos deliciosos e uma respeitada carta de vinhos. Mesmo com a crise econômica de 2009, onde muitos restaurantes americanos ficaram literalmente às moscas, a OLIVE GARDEN prosperou como nenhuma outra, crescendo 7,2%. Mais recentemente, após inaugurar a primeira unidade no México, em 2012, abrir seus primeiros restaurantes no Oriente Médio (Kuwait e Emirados Árabes), em 2013, a rede inaugurou em 2014 sua primeira unidade no Brasil, localizada no novo terminal do Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo. No Brasil a rede repete o mesmo cardápio que já arranca suspiros dos americanos há mais de três décadas. Foi também em 2014, que a rede apresentou sua nova identidade visual, incrementou seu cardápio com 20 novos itens (incluindo porções menores) e adotou um novo layout interno para seus restaurantes, criando assim uma nova atmosfera.


O fato de oferecer preços baixos (US$ 20 é o valor médio de uma refeição) não explica todo o fenômeno, pois outros concorrentes com cardápios populares continuam a ter problemas. O que fez da OLIVE GARDEN um caso à parte no segmento foi a forma com que seus proprietários inovaram na gestão do negócio, copiando da indústria automobilística modelos de controle de custos, produção e estoques de setores. Isto porque, os executivos da OLIVE GARDEN desenvolveram um programa sofisticado capaz de analisar dados como meteorologia, período do mês e do ano e até a programação cultural dos arredores de cada estabelecimento para prever a quantidade de clientes que os restaurantes irão receber em cada dia. A margem de erro dificilmente supera os 4%, o que gerou uma economia de 40% em horas extras e reduziu os custos com desperdício de comida em 10%.


Delícias italianas 
Outros fatores de sucesso da rede são: as fartas porções, a grande variedade de massas, sempre servidas com uma entrada que pode ser sopa ou salada fresca (com pão quente e temperado) e a opção To Go (para viagem), onde o cliente escolhe uma entrada, o prato principal e a sobremesa. Um dos pratos de maior sucesso da rede é a Zuppa Toscana, uma sopa picante de calabresa, batatas e espinafre. Outros itens populares do cardápio são: as tradicionais Bruschettas (tomates romanos, manjericão fresco e azeite de oliva extra virgem, servidas com pão italiano torrado), Chicken Alfredo (peito de frango grelhado com fettuccine no molho Alfredo fresco), Calamari (lulas levemente empanadas e fritas, servidas com molho á base de queijo parmesão, pimenta verde e tomate), Tour of Italy (que trás a clássica lasanha, frango á parmegiana e cremoso fettuccine) e Steak Gorgonzola Alfredo (medalhões de filé mignon regados com azeite balsâmico e fettuccine com espinafre, gorgonzola e molho Alfredo). Mais recentemente, em 2009, a rede lançou a promoção “Never Ending Pasta Bowl”, onde os consumidores podem comer as massas que quiserem (sem limite de quantidade) por apenas US$ 9.99. Em 2013, durante o período da promoção foram servidos mais de 13 milhões de pratos de massa.


A evolução visual 
O tradicional logotipo da rede passou por algumas modificações ao longo dos anos. Em 1989 foi acrescentada a frase “Italian Restaurant” ao logotipo. Em 1998 ocorreu outra modificação quando a rede passou a se chamara apenas OLIVE GARDEN, perdendo a palavra “The”. Além disso, o logotipo ganhou uma imagem acolhedora típica das paisagens do interior da Itália, incluindo um cacho de uva. No ano seguinte uma nova alteração: a identidade visual ganhou um fundo representado por uma parede de pedra. Mas foi em julho de 2014 que ocorreu a modificação mais radical. A marca apresentou uma identidade visual com uma nova tipografia de letra, ramos de oliveira e a frase “Italian Kitchen”.


Os slogans 
We’re all family here. (2013) 
When you’re here, you’re family. (1998) 
Good Times, Great Salad, Olive Garden. (1982) 
Aqui estás en casa. (México) 
Aqui você é da família. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 13 de dezembro de 1982 
● Fundador: General Mills, Inc. 
● Sede mundial: Orlando, Flórida 
● Proprietário da marca: Darden Restaurants, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● CEO: Clarence Otis, Jr. 
● Presidente: David George 
● Faturamento: US$ 3.6 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Restaurantes: 830 
● Presença global: 9 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 96.000 
● Segmento: Restaurante casual 
● Principais produtos: Massas, saladas, frango, carnes e frutos do mar 
● Concorrentes diretos: Carrabba’s Italian Grill, Romano’s Macaroni Grill, Maggiano’s Little Italy e Buca di Beppo 
● Ícones: A fachada de pedra dos restaurantes 
● Slogan: We’re all family here. 
● Website: www.olivegarden.com 

A marca no mundo 
A rede de restaurantes casuais OLIVE GARDEN, líder no segmento especializado em comida italiana no mercado americano, possui atualmente mais de 830 unidades espalhadas pelos Estados Unidos e outras poucas em grandes cidades canadenses mexicanas, além de Peru, El Salvador, Kuwait, Emirados Árabes e mais recentemente no Brasil. Empregando mais de 96 mil pessoas e faturamento anual superior a 3.6 bilhões, cada restaurante da rede tem uma receita de US$ 4.8 milhões todos os anos. Todas as semanas a rede OLIVE GARDEN oferece uma típica comida italiana, simples e saborosa, para mais de 3.3 milhões de clientes. 

Você sabia? 
Como a rede OLIVE GARDEN não aceita reservas, as filas de espera chegam a durar mais de 1 hora em algumas unidades. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 8/9/2014

2 comentários:

Roberta disse...

Trabalhei no Olive Garden da Intl Drive em Orlando, durente 8 meses. Comecei enrolando guardanapos nos talheres e logo passei a ser hostess. Esperiencia incrível, num ambiente super agradável de se trabalhar. Sinto muita falta do fetuttini alfredo e do bread stick!! Olive Garden pra mim é com certeza o melhor restaurante do mundo!!

Clau M J disse...

Amo e mega-recomendo a todos que visitam os EUA. São sensacionais do atendimento ao que servem. Os preços são honestos!