29.5.06

PEPTO-BISMOL


Com sua coloração rosa forte e um sabor diferente, PEPTO-BISMOL oferece alívio contra cinco sintomas gastrointestinais: azia, má digestão, náusea, diarréia e mal-estar estomacal. Milhões de lares no mundo inteiro têm sempre no armário do banheiro o pote com um líquido rosa que há mais de um século é um “santo remédio” para aliviar males estomacais. 

A história 
Tudo começou no começo do século XX quando os padrões de higiene e saneamento não eram tão difundidos como atualmente, e uma doença que afetava principalmente crianças e causava forte diarréia e vômito, chamada Cholera Infantum, responsável por aproximadamente 20% das mortes de crianças com menos de 4 anos, preocupava muito os sanitaristas e médicos da época. Foi então que um médico do estado de Nova York criou em 1901 uma fórmula caseira para combater esta doença, chamando-a de Mixture Cholera Infantum (em português algo como Mistura Cólera Infantil). A fórmula derivava da mistura de pepsina, bismuto salicílico, sais de zinco, óleo e um corante que dava a coloração rosa ao líquido. O sucesso da Mistura Cólera Infantil foi tão grande que sua produção, até então caseira, passou a não atender a demanda e o produto foi vendido para a empresa Norwich Pharmacal Company.


A empresa Norwich acrescentou, em 1918, a fórmula do medicamento (Salicilato de Bismuto Monobásico) ao catálogo de medicamentos enviado aos profissionais da área médica com o nome de Bismosal Mistura Cólera Infantil, tendo sido o primeiro medicamento realmente eficaz no tratamento da cólera infantil. Curiosamente, o primeiro registro do catálogo indicava Bismosal também para o tratamento de úlceras, embora a prova científica para este fim tenha ocorrido apenas em 1990. Em 1919 o nome do produto foi oficialmente trocado para PEPTO-BISMOL, tornando mais fácil promover o produto para o uso em adultos também.



Não demorou muito para o produto se tornar o remédio sem prescrição médica (venda livre sem a necessidade de receita) mais vendido da cidade. A invenção desta fórmula aliada a alguns avanços na área da saúde, como por exemplo, a pasteurização do leite e campanhas de incentivo para se lavar as mãos com frequência, ajudaram a combater a diarréia, reduzindo em torno de 2/3 a mortalidade infantil no período de 1870 a 1920. Nos anos seguintes o medicamento se tornou eficiente e popular no combate à males gastrointestinais, pois revestia a mucosa gástrica formando uma camada protetora. Isto significava proteção contra o contato de substâncias irritantes e agressivas. Sua ação também reforçava a camada protetora natural do estômago, pois estimulava a produção de protetores naturais.


Rapidamente o remédio se tornou extremamente popular entre os adultos também e um atrativo na hora de ser ingerido pelas crianças devido a sua forte coloração rosa. O PEPTO-BISMOL passou a ser vendido na década de 1920 em farmácias popularizando assim seu uso entre a população americana de um modo geral. Nas décadas seguintes PEPTO-BISMOL ganhou novas versões com o lançamento dos comprimidos e das pastilhas mastigáveis, tornando seu uso mais prático e em qualquer lugar. Além disso, o medicamento ganhou a versão no sabor cereja, que se tornou extremamente popular entre as crianças. O medicamento também foi introduzido em outros países, entre eles o Reino Unido, onde começou a ser vendido em 1979. Pouco depois, em 1982, a poderosa empresa americana Procter & Gamble passou a ser proprietária da marca com a aquisição da Norwich Eaton Pharmaceuticals.


Nas mãos dos novos proprietários, PEPTO-BISMOL reforçou sua presença internacional com a introdução do medicamento em vários países. A P&G também desenvolveu e lançou outras versões, como por exemplo, o PEPTO MAX, medicamento que combate os males gastrointestinais de uma forma mais rápida devido a sua fórmula mais poderosa; e a versão específica para crianças. A mais recente novidade da marca atende pelo nome de PEPTO-BISMOL INSTACOOL, com sabor hortelã/menta (peppermint) e que causa uma sensação de gelado ao ser ingerido.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por inúmeras remodelações ao longo dos anos. Depois de adotar a cor amarela para o nome da marca, em 2009, o logotipo foi modernizado dando mais destaque para a palavra PEPTO e a cor rosa característica do produto, assumindo um visual mais descontraído. Em 2013 o logotipo passou por uma nova remodelação, adotando uma nova tipografia de letra.


O tradicional pote de vidro de PEPTO-BISMOL também evoluiu com o passar dos anos, como é mostrado na imagem abaixo. A atual embalagem (à direita) foi adotada em 2013.


Os slogans 
Go ahead. Live life. Pepto-Bismol has you covered. (2015) 
Pink does more than you think. (2011) 
Eat, drink & be covered. (2010) 
No matter what you throw in your stomach, Pink’s got you covered. (2008) 
Yup, You’re Covered. (2007) 
Nausea, heartburn, indigestion, upset stomach, diarrhea.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1901 
● Criador: Um médico do estado de Nova York 
● Sede mundial: Cincinnati, Ohio, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Procter & Gamble Co. 
● Capital aberto: Não 
● CEO & Presidente: David Taylor 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Medicamentos 
● Principais produtos: Antiácidos e digestivos 
● Concorrentes diretos: Alka-Seltzer, ENO, Gaviscon, Mylanta, Rolaids e Phillips' (leite de magnésia) 
● Ícones: A forte coloração rosa 
● Slogan: Go ahead. Live life. Pepto-Bismol has you covered. 
● Website: www.pepto-bismol.com 

A marca no mundo 
Atualmente PEPTO-BISMOL, consumido para combater dor de estômago, indigestão, náusea e diarréia, é comercializado em mais de 80 países, com forte presença nos Estados Unidos e Canadá. O medicamento é extremamente popular entre as crianças, muito em virtude de sua coloração rosa e sabor marcante. 

Você sabia? 
Desde 2011, fora da América do Norte, PEPTO-BISMOL passou a fazer parte da PGT Healthcare, uma joint-venture entre a P&G e a israelense Teva, líder global em medicamentos genéricos e uma das 15 principais empresas farmacêuticas do mundo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 


Última atualização em 24/5/2016

3 comentários:

Jean magrinho disse...

Maneiríssima as informações prestadas por vocês.
Saibam que eu só ouvi falar deste medicamento (que álias calculei que fosse medicamento pelo nome) através do seriado " THE BIG BANG THEORY" em que para o personagem Sheldon é a bebida mas gostosa para ele, só ganhando do "NESQUICK".Com certeza será um medicamento que não vai faltar no meu armário devido principalmente à razão dos meus dois filhos zoarem o plantão.

Muito grato

Tiago Arruda Pontes disse...

Poxa, lembro quando era criança que já tomei este remédio, mas havia esquecido. Só agora, que vim passar uns dias em NY, foi que revi este remédio. Tive uma baita diarréia e a senhora da pousada me deu as pastilhas. Fui pesquisar e vi o quando ele era familiar.
Muito bom ter relembrado de uma parte da minha infância e por ter mais uma vez melhorado da diarreia com ele de novo!

Vida longa ao Pepto-bismol e muito lucro pra quem possuir a patente do mesmo!!!

tom leão disse...

Uso desde os 80s. descobri em nova York. nos anos 90, um filme do spike lee, clockers, ajudou a popularizar (um dos personagens usava direto). há dois anos, comprei em Londres, e vi que, lá, eles ainda usam uma das embalagens antigas. tenho sempre pastilhas na mochila. não sei pq nunca entrou no brasil. sera alguma coisa com a formula ou a concorrencia? curioso que, ate há pouco, tínhamos aqui os sachets de gaviscon e, de repente, eles saíram d mercado. curioso.