8.6.06

BLACK & DECKER


Se existe uma marca que possa ser considerada a melhor amiga do lar essa é a americana BLACK & DECKER. Desde suas famosas ferramentas elétricas, como as tradicionais furadeiras ou cortadores de grama na cor laranja, até eletrodomésticos portáteis, como aspiradores, ferros de passar, liquidificadores e batedeiras, a B&D está sempre à disposição para tornar as tarefas, e também reformas domésticas, uma ação simples e segura. Por isso se tornou sinônimo de confiança, respeito e qualidade. 

A história 
A história da marca teve origem em 1906, ano em que Samuel Duncan Black e Alonzo G. Decker se conheceram na Rowland Telegraph Company, onde eram empregados. Quatro anos mais, em 27 de setembro de 1910, fundaram uma pequena empresa de máquinas chamada Black & Decker Manufacturing Company, na cidade de Baltimore, estado americano de Maryland, com investimento inicial de apenas US$ 1.200. A primeira máquina de fazer tampas para garrafas de leite foi comercializada no ano seguinte. Em 1912, a empresa viria a adotar o hexágono como símbolo e somente em 1916 venderia o primeiro produto no mercado sob a marca BLACK & DECKER: o compressor de ar “Lectrofator”. Seguem-se, depois, alguns produtos que foram construindo a história desta marca e revolucionando todo o mercado, como por exemplo, em 1917, data em que os fundadores registraram a patente da primeira furadeira elétrica portátil de ¼, com motor universal tipo pistola e interruptor gatilho, que revolucionaria o segmento, inaugurando uma fábrica na cidade de Towson, estado de Maryland, para a produção em massa da grande novidade. A partir daí, o crescimento da empresa foi vertiginoso.


Já em 1918 a empresa nomeou representantes na Inglaterra, Canadá, Rússia, Austrália e Japão. Paralelamente começou a fabricar a furadeira elétrica de ⅜. Apenas nove anos depois de ser fundada a empresa atingia faturamento de US$ 1 milhão. Pouco depois, em 1921, um anúncio de página inteira no jornal Evening Post da edição de sábado sinalizava o início do uso das comunicações em massa pela empresa. No ano seguinte estabeleceu sua primeira subsidiária no Canadá, onde construiu um armazém e uma pequena linha de montagem, iniciando as atividades de vendas fora dos Estados Unidos. Neste mesmo ano, a empresa também introduziu uma parafusadeira elétrica em sua crescente linha de produtos. No ano de 1923, introduziu a primeira furadeira elétrica com braço de sustentação total, à preço popular. Dois anos mais tarde, inovando os métodos comerciais existentes na época, a empresa equipou um ônibus com uma pequena sala de aula para demonstração dos produtos BLACK & DECKER. E em 1929, preparou um avião monomotor - também com uma sala de aula - para demonstrações no ar das ferramentas elétricas usadas no recondicionamento de motores radiais de aeronaves. Essas ações ousadas foram fundamentais para fixar a marca na mente dos consumidores e clientes. Ainda este ano a BLACK & DECKER deu seus primeiros passos no segmento de eletrodomésticos com o lançamento da lavadora Cinderella.


Com o início da Segunda Guerra Mundial, a partir de 1941 a BLACK & DECKER começou a fabricar produtos bélicos para os países aliados. Durante estes anos, a atenção foi, sobretudo, canalizada para o mercado profissional, sendo lançadas ferramentas inovadoras. Contudo, logo após o término do conflito, quando surgiu nos Estados Unidos à onda do “faça você mesmo”, a empresa lançou em 1946 a primeira linha de acessórios e furadeiras chamada “Home Utility”, composta de ferramentas para serem utilizadas no ambiente doméstico. Neste período a atenção passou a estar distribuída entre dois segmentos de mercado: profissional e amador (doméstico), sob a mesma marca.


A ideia para a criação de uma linha para amadores surgiu depois de se ter estudado porque é que, geralmente à sexta-feira, desapareciam muitas ferramentas elétricas das fábricas, que voltavam a reaparecer na segunda-feira seguinte. Chegou-se à conclusão que os operários as levavam para casa, aproveitando o fim de semana para fazer alguns reparos e pequenos trabalhos domésticos. Se assim acontecia, porque não criar uma linha de ferramentas elétricas especialmente desenhadas para o consumidor doméstico: mais leves, com um design mais agradável, com menos potência e adequada às suas necessidades? Era o início de um enorme sucesso para a marca BLACK & DECKER. As furadeiras se popularizaram, e, em 1951, a empresa atingiu o recorde histórico de um milhão de unidades vendidas. No final desta década a empresa inaugurou inúmeras fábricas no continente europeu em países como Bélgica, Alemanha e Holanda. Neste período, em 1957, a empresa lançou no mercado os primeiros cortadores de grama elétricos e aparadores de cerca viva, especialmente projetados para o consumidor doméstico.


Mesmo com o enorme sucesso de suas linhas de ferramentas, a BLACK & DECKER não parou de revolucionar o mercado e surpreender seus consumidores, lançando nos anos seguintes as primeiras furadeiras elétricas sem fio alimentadas por bateria com células níquel-cádmio (1961); aparador sem fio, deixando o incômodo do cabo fora da área de trabalho (1962); furadeiras industriais com total isolação (1963); e até mesmo uma furadeira sem fio para ser utilizada em condições de voo fora da ação da gravidade. Em 1965 foi ampliada a linha industrial com a produção de ferramentas a ar. Aprimorando sua tecnologia, a BLACK & DECKER participou mais uma vez, em 1971, de um programa espacial, desenvolvendo desta vez uma furadeira lunar para o projeto Apolo. Pouco depois, em 1973, as bancadas de trabalho retráteis e fixas Workmate® foram introduzidas no mercado inglês, conquistando importantes prêmios de design. No ano seguinte, introduziu o famoso programa de um ano de satisfação garantida (one-year customer satisfaction guarantee) para seus produtos nos Estados Unidos. Até esta década a marca BLACK & DECKER era sinônimo de ferramentas elétricas.


Vislumbrando um futuro brilhante para os eletrodomésticos portáteis, a empresa começou a diversificar sua linha de produtos com o lançamento, em 1979, do Dustbuster, um aspirador sem fio compacto de mão, criando uma nova categoria no segmento de equipamentos domésticos, que vendeu em seu primeiro ano mais de um milhão de unidades. Porém, a maior mudança em sua linha de produtos aconteceria na década seguinte, quando, em 1984, como parte de um plano de reestruturação, que incluiu o fechamento de fábricas, a BLACK & DECKER adquiriu a pequena divisão de eletrodomésticos portáteis da GE, composta por uma linha de ferro de passar, batedeiras, liquidificadores, entre outros produtos. Essa divisão passou a se chamar BLACK & DECKER PRODUCTS. Em 1985, a tecnologia patenteada Piranha, lâmina de dente de carboneto para serra circular trouxe um novo e revolucionário desempenho para o segmento de acessórios. Ainda nesse mesmo ano, lançou no mercado o primeiro ferro elétrico com desligamento automático. No final desta década, em 1989, com a aquisição da Emhart Corporation, a empresa agregou a sua linha de produtos fechaduras, torneiras e acessórios de fixação.


Na década seguinte a empresa introduziu novos produtos no segmento de eletrodomésticos portáteis, como grills, cafeteiras e abridores elétricos, lanternas, iluminadores flexíveis (lançados em 1994), lixadeiras com formato de mouse de computador (1998), além de lançar a nova linha de equipamentos e ferramentas profissionais sob a marca Dewalt, adquirida pela empresa na década de 1960. Em 2008, com o respaldo de quase um século construindo ferramentas profissionais de qualidade, a B&D lançou no mercado sua nova e moderna linha de ferramentas profissionais elétricas. No início de 2010, ocorreu a fusão da fabricante de ferramentas e serviços de engenharia Stanley Works com a BLACK & DECKER por meio de uma troca de ações avaliada em US$ 4.5 bilhões, formando assim a Stanley Black & Decker, que já nasceu como a maior companhia de soluções em ferramentas do mundo, com faturamento global de US$ 8.4 bilhões. A partir deste momento a BLACK & DECKER deixou de ser uma empresa para se tornar apenas uma marca.


A evolução visual 
O tradicional logotipo da BLACK & DECKER sofreu algumas alterações durante os anos. Criada em 1921, a tradicional figura geométrica de seis lados (hexágono), uma referência a porcas e parafusos, símbolo que representava as ferramentas da época, adotou sua cor laranja somente em 1926, e até 1960, continha as iniciais B&D. A última reformulação ocorreu no ano de 2000, quando a figura geométrica ganhou ares mais modernos. Em 2014, com a apresentação de sua nova identidade visual, este símbolo foi aposentado.


Já em relação à tipografia de letra o logotipo também passou por diversas alterações ao longo dos anos. Até que em 2014 a marca apresentou sua nova identidade visual: o hexágono foi eliminado, a fonte da letra ficou mais limpa e moderna e o & foi substituído pelo sinal de +. Com isso a marca passou a ser escrita assim: BLACK + DECKER. Apesar das mudanças radicais e ousadas, as cores laranja e preta foram mantidas em sua comunicação visual. O novo logotipo representa a capacidade única da marca em transformar uma tarefa difícil em um sentimento de realização.


Os slogans 
Powering People. (2014) 
Powerful Solutions. 
Black and Decker. Powerful Solutions Ideas at work. 
Soluções inovadoras. (Brasil) 
Para Tudo Tem Solução. (2005, Brasil) 
O presente que põe o homem no seu devido lugar. (Brasil) 
A fera de passar. (Ferro elétrico, Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 27 de setembro de 1910 
● Fundador: Samuel Duncan Black e Alonzo G. Decker 
● Sede mundial: Towson, Maryland 
● Proprietário da marca: Stanley Black & Decker Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Chairman & CEO: John Lundgren 
● Presidente: James Loree 
● Faturamento: US$ 6 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: + 110 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Equipamentos elétricos 
● Principais produtos: Eletrodomésticos e ferramentas elétricas domésticas 
● Concorrentes diretos: Bosch, Makita, Porter Cable, Karcher, Philips e Arno (Brasil) 
● Ícones: A furadeira portátil e as cores laranja e preta 
● Slogan: Powering People. 

A marca no Brasil 
No Brasil, a empresa iniciou as operações em 1946, com a instalação de um escritório de vendas e um pequeno depósito. Em 1972, graças ao franco desenvolvimento do mercado local, surgiu a possibilidade de estabelecer uma unidade fabril no país. Assim foi fundada a BLACK & DECKER do Brasil, o primeiro passo para a industrialização de produtos. Sete anos depois começou a operar a segunda unidade industrial, o que possibilitou, logo em seguida, a total nacionalização da primeira furadeira elétrica da marca, hoje exportada para toda a América Latina. Em 29 de abril de 1984, adquiriu mundialmente os direitos da GENERAL ELECTRIC DO BRASIL S/A para fabricação de eletrodomésticos. Já naquela época a empresa dava ênfase ao aperfeiçoamento do pessoal, por meio da implantação de cursos de especialização e do aprimoramento do programa de integração a novos funcionários.


A empresa criou um canal de comunicação, o programa de integração organizacional, onde os próprios empregados dão sugestões sobre o trabalho, higiene, saúde, questões sociais, entre outros assuntos. Novos produtos foram lançados no mercado, tais como: fornos elétricos, secadores de cabelo, circuladores de ar, esmerilhadeiras e parafusadeiras elétricas. O mesmo aconteceu com modelos na linha de ferramentas, linhas de ferros de passar roupa com sistema de autolimpeza. Até o começo de 1991, a produção de ferramentas elétricas estava concentrada nas categorias de uso doméstico e profissional, mas com o lançamento de vários produtos naquele ano, a BLACK & DECKER passou a atender também a área industrial. Em 1995, trouxe para o Brasil a DeWalt, marca do grupo líder no mercado americano de ferramentas nos segmentos profissional e industrial. Em dezembro, a empresa encerrou suas atividades manufatureiras em Santo André e, em fevereiro de 1996, iniciou a produção em Uberaba, Minas Gerais, numa operação que exigiu investimentos de US$ 25 milhões. Em abril de 2000, a fábrica da BLACK & DECKER recebeu a certificação ISO 9001, que certifica a qualidade desde o projeto, manutenção, venda e pós venda. Nesse mesmo período iniciou o processo de nacionalização das linhas de ferramentas Hobby e DeWalt, com um investimento inicial de US$ 5 milhões. Em 2006, a empresa iniciou um novo rumo em seus negócios com a introdução de novas linhas de produtos, compostas por metais sanitários e acessórios, fechaduras e cadeados. Mais recentemente, em 2009, a marca ingressou fortemente no segmento de lavadoras de pressão. Atualmente a empresa é líder no segmento de ferros elétricos e ferramentas para uso doméstico, profissional e industrial, esta última com a marca DeWalt.


A marca no mundo 
A marca, líder mundial no setor de ferramentas elétricas, está presente em mais de 110 países e além da produção de ferramentas (furadeira, cortador de grama, parafusadeira e plaina), a BLACK &DECKER produz uma grande linha de eletrodomésticos como liquidificador, processador, aspirador, centrífuga, cafeteira, ferro de passar, filtro torradeira, miniforno, batedeira, abridor de lata elétrico, entre outros produtos. A linha BLACK & DECKER é composta por aproximadamente 550 produtos diferentes e mais de 2.600 tipos de acessórios. 

Você sabia? 
Em 1984 a BLACK & DECKER foi nomeada fornecedora oficial de ferramentas elétricas e acessórios para a renovação da Estátua da Liberdade. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 29/1/2014

Um comentário:

Carolina Gomes disse...

Gostei dessa marca e dos produtos, um bom custo-beneficio.