20.6.06

TROPICANA


Ela é especialista em sucos de frutas. Naturais. Enriquecidos com cálcio e vitaminas. Misturados com iogurte. Sem açúcar e com calorias reduzidas. Sem carboidratos. Quando o assunto é suco natural a marca TROPICANA é a maior especialista, proporcionando ao consumidor bebidas sempre fresquinhas como se tivessem sido feitas na cozinha de casa. 

A história 
Tudo começou em 1947 quando Anthony Talamo Rossi, um imigrante italiano da região da Sicília, adquiriu a fábrica Overstreet Packing Company na pequena cidade de Palmetto, estado americano da Flórida, mudou seu nome para Manatee River Packing Company e começou a comprar e empacotar frutas frescas diretamente dos produtores locais. Em 1949 a empresa se mudou para a cidade de Brandenton, também no estado da Flórida, trocou seu nome para Fruit Industries, ingressou como forma de expandir seus produtos no segmento de sucos naturais concentrados e congelados e registrou oficialmente a marca TROPICANA. Inicialmente a empresa fornecia seus sucos e frutas frescas para hotéis e restaurantes da região, entregues em caminhões refrigerados para garantir a máxima qualidade dos produtos. Um de seus primeiros clientes foi o renomado e luxuoso Hotel Waldorf Astoria, localizado em Nova York, que recebia cerca de mil galões de suco por semana.


No ano de 1954 a empresa desenvolveu o processo de pasteurização que permitia aos sucos naturais serem acondicionados em garrafas de vidro, fazendo com que fosse possível serem guardados ou expostos nas lojas sem a necessidade de refrigeração ou congelamento. Em virtude deste processo a empresa introduziu no mercado o suco de laranja natural pronto para beber TROPICANA PURE PREMIUM. Pela primeira vez, os consumidores podiam desfrutar o doce sabor do puro suco de laranjas da Flórida em uma embalagem conveniente e pronto para beber. Com esse novo produto as vendas explodiram e rapidamente o suco de laranja se tornou o carro-chefe da empresa. Em 1955 os sucos com a marca TROPICANA já estavam disponíveis em 1.500 escolas americanas, sendo vendidos através de máquinas automáticas.


Dois anos depois, a empresa passou oficialmente a se chamar TROPICANA PRODUCTS INC., refletindo a enorme popularidade da marca entre os consumidores americanos. Em 1958, numa tentativa de diversificar a gama de produtos, a empresa introduziu no mercado o café com sua marca. Essa expansão não foi bem sucedida e anos depois o café foi retirado do mercado. Nessa época a empresa despachava mais de 1.5 milhões de galões de suco natural de laranja somente para a região de Nova York. Em 1965, o suco de laranja em embalagem de vidro começou a ser exportado para o mercado francês. O primeiro pedido internacional chegou a 14 mil caixas. O sucesso era tanto que a empresa abriu seu capital na Bolsa de Valores em 1969, o que permitiria uma forte expansão na década seguinte.


Durante a década de 1970 a empresa investiu pesado em fábricas e distribuição, iniciando um processo de internacionalização da marca TROPICANA com a exportação de seus produtos para Bahamas, Bermuda, Índias Ocidentais e alguns países do continente europeu. Foi neste período que teve início a chamada “Juices War” (“Guerra dos Sucos”), uma verdadeira batalha pelo mercado americano de sucos naturais entre as marcas TROPICANA e MINUTE MAID, esta última pertencente à The Coca-Cola Company. Nas próximas três décadas a guerra se acirrou chegando muitas vezes aos tribunais. No final desta década, em 1978, a empresa foi vendida para a Beatrice Foods Company por cerca de US$ 490 milhões. Depois de passar pelas mãos da canadense Seagram Company, em agosto de 1998, a empresa foi finalmente comprada pela poderosa PepsiCo por US$ 3.3 bilhões.


Começava então, uma nova fase para a marca TROPICANA, com forte expansão nos canais de distribuição e novos produtos lançados no mercado, a marca se tornou a líder mundial em seu segmento. Em 2001 a TROPICANA anunciou que fecharia sua fábrica de vidros na Flórida, passando somente a utilizar embalagens cartonadas e de plástico. Nos anos seguintes foram introduzidas várias novidades no mercado, dentre as quais o suco com iogurte pronto para beber, o suco natural com baixa acidez, sucos com redução de açúcar e calorias e sucos orgânicos.


Nos últimos anos, com vendas em declínios e concorrência cada vez mais crescente no mercado americano a TROPICANA enfrentou um cenário desafiador, obrigando assim a intensificação de suas ações para não perder território nessa disputa. Para se manter na liderança do segmento, a marca teve que inovar, por exemplo, quando resolveu diluir o suco concentrado, em um esforço para aumentar as margens de lucro. Ou ainda quando lançou uma linha de sucos que utiliza a Stevia, um adoçante natural de baixa caloria. No entanto, um dos avanços mais significativos ocorreu em 2012, quando foi lançado uma linha de sucos de vegetais não açucarados, com o objetivo de voltar a atrair consumidores que se afastaram das misturas de frutas adoçadas artificialmente.


A linha do tempo 
1985 
Introdução no mercado do suco com polpas TROPICANA PURE PREMIUM HOME STYLE
1987 
Os sucos com a marca TROPICANA começam a ser vendidos em garrafas de vidros com 16 oz em lojas de conveniência. 
1988 
Lançamento do TROPICANA TWISTER, uma linha de bebidas geladas prontas para o consumo com combinações de sabores de frutas como laranja e pêssego; maçã, pera e uva; ou morango, raspberry e cranberry. A versão light com calorias reduzidas foi introduzida três anos depois. 
1999 
Lançamento dos sucos fortificados com cálcio da linha TROPICANA PURE PREMIUM. 
Lançamento da TROPICANA FRUIT SMOOTHIE, uma linha de sucos de frutas combinadas com água. 
2001 
Lançamento do TROPICANA PURE PREMIUM LOW ACID, tradicional suco de laranja natural com menos acidez. 
Lançamento do TROPICANA SMOOTHIES, uma linha de deliciosas e nutritivas combinações de sucos de frutas com iogurte, comercializada em convenientes garrafas plásticas. 
2002 
Lançamento do TROPICANA PURE PREMIUM HEALTHY, uma linha de sucos naturais especialmente desenvolvidas para crianças com adição de vitaminas A, C e E, além de cálcio. 
2004 
Lançamento da TROPICANA LIGHT N’ HEALTHY, linha de sucos com menos açúcar e calorias, além de conter apenas um terço de carboidratos do que a versão original. 
Lançamento da TROPICANA TROPICS, uma linha de sucos naturais que mistura frutas tropicais como laranja, pêssego e manga; abacaxi com laranja; e laranja, banana e morango. 
2006 
Lançamento da TROPICANA PURE, uma nova linha premium (com preços mais elevados) de sucos de frutas 100% natural. 
2007 
Lançamento do TROPICANA HEALTHY HEART with OMEGA-3s, primeiro suco de laranja do mercado americano enriquecido com Omega 3. 
Lançamento do TROPICANA FRUIT SQUEEZE, bebida pronta para o consumo com apenas 20 calorias feita com suco de frutas natural. 
Lançamento da TROPICANA ORGANIC, uma linha de sucos naturais orgânicos de laranja e na combinação maçã com pera. 
2009 
Lançamento do TROPICANA TROP50, uma linha com 42% de sucos naturais e 50% menos açúcar e calorias, sem adição de adoçantes artificiais. 
2010 
● Lançamento do TROPICANA TROPOLIS, uma espécie de purê de frutas especialmente desenvolvido para o público infantil, comercializado em saquinhos com cores brilhantes. Inicialmente o produto estava disponível nos sabores maçã, uva e cereja. 
Lançamento do TROPICANA PURE PREMIUM ORANGE CREATIONS, uma linha de sucos que mistura laranja com outras frutas, como por exemplo, manga, tangerina, limão e melancia. 
2012 
Lançamento do TROPICANA FARMSTAND, uma linha de sucos que mistura frutas naturais com vegetais.


A evolução visual 
O primeiro logotipo da marca era verde. E suas embalagens carregavam, a partir de 1951, a figura da personagem Tropic-Ana, uma simpática menininha vestida de índia com uma cesta lotada de laranjas na cabeça, que virou um ícone daquela época e ajudou a popularizar a marca TROPICANA entre os americanos.


Ao longo dos próximos anos a identidade visual da marca passou por algumas modificações. A principal delas foi a volta da cor verde (que havia sido substituída pelo laranja), além de novas tipografias de letra. Em todas as modificações, a tradicional folhinha verde que substituiu o pingo da letra “i” foi mantida por ser um símbolo de identificação da marca.


Em 2009 a marca tentou fazer uma remodelação em sua identidade visual, mas, após dois meses de quedas acentuadas nas vendas e muitas críticas por parte dos consumidores, voltou a utilizar seu logotipo anterior. Mais recentemente, em 2013, a marca apresentou uma nova identidade visual com nova topografia de letra e a tradicional folhinha totalmente estilizada e com maior destaque.


Os slogans 
It’s Good to be Alive. (2014) 
Tap Into Nature. (2012) 
We put the good in morning. (2011) 
Have a Tropicana morning. 
Made by oranges, squeezed by Tropicana. 
Squeeze, it's a natural. (2009) 
So pure. So alive. Tropicana Pure Premium. 
Tropicana. Straight from the fruit. 
Orange juice direct from oranges, not from concentrate. 
100% pure squeezed sunshine. 
Feel pure good. Everyday. 
If it tasted any fresher it would still be on the tree. 
Tropicana’s got the taste that shows on your face.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1947 
● Fundador: Anthony T. Rossi 
● Sede mundial: Chicago, Illinois 
● Proprietário da marca: Tropicana Products, Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da PepsiCo, Inc.) 
● CEO: Indra K. Nooyi 
● Presidente: Debra Crew 
● Faturamento: US$ 6 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Maiores mercados: Estados Unidos e Canadá 
● Funcionários: 5.000 
● Segmento: Bebidas não alcoólicas 
● Principais produtos: Sucos de frutas naturais 
● Concorrentes diretos: Minute Maid, Ocean Spray, Simply Orange, Florida’s Natural e Odwalla 
● Slogan: It’s Good to be Alive. 
● Website: www.tropicana.com 

A marca no mundo 
Hoje em dia a marca TROPICANA, que pertence ao grupo PepsiCo, detém 31% do mercado de sucos dos Estados Unidos e 55% do mercado canadense. Com presença em mais de 80 países na América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia-Pacífico, a TROPICANA compra quase 1/4 da produção de laranja do estado da Flórida, processando 60 milhões de laranjas e produzindo mais de 1 milhão de litros de suco diariamente. Somente no mercado americano a marca oferece mais de 65 diferentes opções de sucos. O faturamento estimado da marca é de US$ 6 bilhões anuais. 

Você sabia? 
A TROPICANA também utiliza em seus sucos naturais laranjas provenientes do Brasil. 
A bela tenista russa Maria Sharapova foi entre 2007 e 2008 a principal garota-propaganda da linha de sucos TROPICANA. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek e BusinessWeek), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 18/9/2014

Um comentário:

João Novelo disse...

Boa noite!
Claro que sabia!Adorei o treinamento de degustação pela empresa Citrosuco em cima das exigência da Tropicana!
Foi uns dos melhores treinamentos de degustação!