1.9.15

SCOTCH TAPE


Por 85 anos, a marca SCOTCH cria grandes ideias que colam. A fita adesiva, produto mais conhecido da marca, tem uma infinidade de usos que auxiliam a resolver problemas de uma forma eficiente e prática. Existe uma fita para cada necessidade ou ocasião, incluindo uma ampla variedade de fitas transparentes, coloridas e à prova de luz; que esticam e rasgam sem deixar ponta; para alta temperatura ou frio extremo; ou que prendem pacotes e podem ser usadas para rótulos. Por esses motivos as fitas SCOTCH estão presentes no mundo todo e milhões de pessoas as consideram indispensáveis. 

A história 
Para contar a história de uma das marcas em que os americanos mais confiam é preciso voltar aos anos de 1920, mais precisamente para dentro dos laboratórios da 3M, uma das empresas mais inovadoras do mundo. Então especializada na produção de lixas de papel, a empresa voltou-se para solucionar o problema de cobrir a parte já laqueada de um automóvel a ser pintado em duas cores, um modismo da época. E coube ao jovem engenheiro químico Richard G. Drew começar a quebrar a cabeça para encontrar uma solução. Em 1923, ele finalmente apresentou uma espécie de fita crepe com cola apenas nas laterais, provavelmente por economia. Na prática, a aplicação não deu certo. Isto porque, o protótipo da fita foi enviado a um funileiro na cidade americana de St. Paul para testes. Este aplicou a fita ao longo da borda já pintada e quando estava começando a aplicar a segunda cor, a fita começou a se desprender. Com isso, os espaços sem cola deixavam a tinta vazar, estragando a pintura do carro. Foi então que ele, insatisfeito, devolveu a encomenda, gritando furioso: “Leve esta porcaria de volta para o escocês do seu patrão, e lhe diga para colocar mais cola!”, referindo-se ao pão-durismo do então presidente da empresa, William McKnight, nascido na Escócia. Assim nasceria, anos depois, a inspiração do nome da marca: SCOTCH (escocês, em inglês, e expressão utilizada para que designar “indivíduo econômico”). Coincidentemente, a 3M estava buscando uma forma de diversificar os negócios da empresa, e deram à Drew o tempo e o apoio financeiro que ele precisava para conduzir mais algumas experiências e aperfeiçoar o produto. Após dois anos, em 1925, nascia a fita crepe para resolver o problema dos funileiros.


Anos depois, no dia 31 de janeiro de 1928, surgiu outro problema que precisava de solução: um cliente desejava uma embalagem à prova de umidade para cabos de isolamento a serem utilizados em vagões refrigerados. Drew experimentou vários materiais, mas nenhum era suficientemente impermeável. Foi aí que teve a ideia de tentar com o celofane, um material então relativamente novo no mercado, mas com popularidade crescente entre os distribuidores alimentícios porque era à prova de umidade. A própria 3M o utilizava para embalar as fitas adesivas de crepe que produzia. Drew aplicou no celofane a cola utilizada naquelas fitas adesivas. O resultado não foi perfeito, mas animador, de forma que a empresa decidiu dar continuidade ao desenvolvimento da fita adesiva transparente. Foi uma decisão corajosa: as dificuldades em trabalhar o celofane eram tão grandes (a fita de celulose enrolava com o calor, rasgava na máquina e impedia que o adesivo se espalhasse uniformemente), que a empresa só as superou em 1930, quando foi lançada a Fita Scotch® Celofane. Foi uma inovação de grande peso para mercearias e padarias, para fecharem seus pacotes e caixas, e ajudou muitas pessoas durante a Grande Depressão a reparar produtos e utensílios em suas casas, prolongando assim a vida útil deles. Com o tempo, foram descobertas centenas de outras utilidades para a fita. E com isso, a fita se vendia praticamente sozinha.


Já em 1932, a marca apresentou ao mercado o primeiro dispensador de fitas. O produto, feito de ferro, pesava mais que 3 quilos. Com o aplicador, a fita podia ser desenrolada, cortada e aplicada em segundos, mantendo a ponta sempre pronta para a próxima aplicação. No final desta década, em 1939, a marca SCOTCH inovou mais uma vez, trazendo o suporte manual em forma de caracol, usado até hoje no mercado. A primeira versão foi feita com metal, sendo este substituído por plástico um ano depois. Durante a Segunda Guerra Mundial, quase todas as fitas e adesivos produzidos no mundo eram direcionados aos esforços militares. A 3M desenvolveu e produziu mais de 100 diferentes tipos de fitas para ajudar a solucionar problemas como selagem de equipamentos balísticos, identificação de materiais, suporte/fixação de objetos, proteção e isolamento. A 3M chegou a veicular comerciais se desculpando perante aos consumidores pela falta do produto, explicando que todos os suprimentos disponíveis de fita adesiva tinham sido desviados para os esforços de guerra. A fita Dupla Face Scotch® (revestida com adesivo em ambos os lados) surgiu nesse período. O ano de 1945 foi marcante, pois com o fim da guerra, além dos produtos voltarem a serem comercializados para usos doméstico, profissional e escolar, o famoso desenho xadrez foi adicionado as embalagens dos produtos, surgindo assim um ícone de identificação da marca SCOTCH.


Na década de 1950, Scotty McTape, a mascote da marca criada em 1944 e representada pelo desenho de um simpático menino vestido com roupas típicas da Escócia (com direito ao tradicional Kilt), surgia pela primeira vez nos comerciais de televisão e anúncios impressos. Em 1955, 67% dos domicílios americanos tinham TV, e a Fita Scotch® Celofane foi um dos maiores anunciantes desse novo meio de mídia. A mascote Scotty acompanhou e cresceu com a SCOTCH por duas décadas depois disso, aumentando assim o reconhecimento da marca perante os americanos. Em 1961, a marca lançou a chamada Fita Mágica Scotch®. A nova fita era invisível em papéis claros e envelopes, e ao contrário das fitas comuns, aceitava escrita de caneta e lápis. Nesta década, a 3M criou toda uma linha de fitas transparentes com a marca SCOTCH. A fita podia ser encontrada com adesivos permanentes e removíveis, colocados em um ou nos dois lados da fita. O acabamento da fita podia ser polido, de cetim e fosco, o que melhor combinasse com o papel em que a fita estava sendo aplicada. E a fita podia ser comprada em rolos tradicionais ou tiras picotadas que saiam de um aplicador uma de cada vez.


Em 1984, foi lançada a Fita Removível Scotch®, com um adesivo exclusivo que prendia o papel firmemente, mas ao mesmo tempo permitia que fosse removido facilmente. Mais tarde, em 1996, a fita removível de dupla face seria lançada. Em 1985, quando os produtos da marca já estavam disponíveis em muitos mercados mundiais, consumidores americanos apontaram a Fita Scotch® como o produto mais indispensável para se ter em casa, com 46% de respostas. Pela qualidade e tradição, a marca ganhou um respeito admirável com seu público, como mostrou essa pesquisa. Pouco depois, em 1986, fita SCOTCH foi homenageada por uma importante revista de consumo americana. Os editores escolheram a fita SCOTCH como uma das “50 pequenas maravilhas e grandes negócios que revolucionaram a vida dos consumidores”. Mais de uma década depois, em 1997, foi lançada a Fita Ultra Scotch®, com um acabamento exclusivo acetinado, e que desaparecia quando era colocada na maioria dos papéis de embrulho. Outra novidade foi o Aplicador Pop-Up Scotch®, em tiras de cinco centímetros, que podia ser utilizado preso ao pulso ou as mãos, conferindo rapidez e praticidade para embrulhar presentes, realizar trabalhos artísticos e projetos escolares.


Em 2004, a linha de fitas transparentes SCOTCH foi considerada uma “Humilde Obra de Arte” pelo respeitado Museu de Arte Moderna de Nova York. A exibição contava com 100 itens, incluindo as fitas SCOTCH, que são usadas diariamente como soluções simples, porém indispensáveis para o consumidor. Embora modestos em tamanho e preço, esses produtos foram descritos como obras-primas em design. No ano seguinte, a marca celebrou os 75 anos de suas fitas transparentes. Já o clássico suporte em forma de caracol ganhou sua maior transformação em 60 anos, apresentando um design polido e cheio de estilo. Nos anos seguintes a SCOTCH estendeu sua marca para outras categorias de produtos, como por exemplo, etiquetas adesivas, colas, spray adesivos e até tesouras. Além disso, lançou a linha SCOTCH EXPRESSIONS, fitas decorativas em mais de 100 cores e estampas diferentes; e a SCOTCH BLUE, fitas crepes ideais para pintura, facilitando assim o trabalho nas mais diversas superfícies como esquadrias, madeira, vidro, metais e superfícies pintadas.
 

Hoje em dia, as fitas adesivas da marca SCOTCH estão distribuídas em quatro áreas diferentes, de acordo com os mercados aos quais se destinam. Em Papelaria & Escritório estão fitas que são vendidas no segmento de consumo, para empacotamento de presentes, trabalhos profissionais e escolares. Em Construção & Melhoria do Lar estão fitas que podem ser aplicadas em pequenos reparos domésticos, como a conhecida Silver Tape, por exemplo. Na área de Produtos Elétricos, estão soluções em fitas isolantes e adesivos para este mercado. E a área de Adesivos e Fitas Industriais detém produtos destinados a necessidades específicas em processos industriais, sistemas completos para o empacotamento e o etiquetamento de mercadorias.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. Em 1981, o tradicional logotipo com fundo preto e o nome da marca em amarelo foi criado.


As embalagens das fitas, principalmente com o dispensador conhecido como “caracol” evoluíram ao longo dos anos, como mostra a imagem abaixo.


Os slogans 
Great ideas that STICK! 
Make Amazing. 
Tape beyond strong.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 31 de janeiro de 1930 
● Criador: Richard Drew 
● Sede mundial: St. Paul, Minnesota, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: 3M Company 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Inge Thulin 
● Faturamento: Não Divulgado 
● Lucro: Não Divulgado 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Papelaria 
● Principais produtos: Fitas adesivas, colas, etiquetas e tesouras 
● Concorrentes diretos: Sellotape, Duck Brand, Tesa, Pritt e Bic 
● Ícones: O xadrez 
● Slogan: Great ideas that STICK! 
● Website: www.scotch.com.br 

A marca no mundo 
A marca SCOTCH, presente em centenas de produtos que vão desde fitas adesivas destinadas ao consumo, etiquetas adesivas, colas até soluções em adesivos para o mercado industrial, está presente em mais de 80 países ao redor do mundo. A marca, avaliada em mais de US$ 2.5 bilhões, é uma das mais valiosas e importantes da 3M. 

Você sabia? 
Desde a invenção, em 1930, mais de 400 variedades de fitas adesivas foram introduzidas no mercado sob a marca SCOTCH. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 1/9/2015

26.8.15

PAÇOQUITA


Presença constante nas tradicionais festas juninas e lanches escolares. Um pequeno retângulo que esfarela na boca com um delicioso e irresistível sabor de amendoim de um típico doce brasileiro. Essa é a receita de sucesso da marca PAÇOQUITA, que se tornou líder no mercado brasileiro oferecendo o sabor do amendoim em várias formas de consumo. Além das deliciosas paçocas, balas e cremes de amendoim conquistaram milhões de aficionados fãs. 

A história 
Para contar a história da marca PAÇOQUITA é preciso voltar ao ano de 1942, quando José Marques Telles fundou a empresa Santa Helena na cidade de Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo. Com poucos equipamentos iniciou a produção de doces artesanais para venda ambulante, que era direcionada a pequenos estabelecimentos da cidade. Nas décadas seguintes a empresa cresceu, ampliou sua linha de produtos, passou a ser administrada pelos filhos do fundador e inaugurou uma nova fábrica já com foco quase que exclusivo em produtos à base de amendoim. Finalmente, em 1986, a empresa lançou um novo produto no mercado: paçoca (um típico doce brasileiro à base de amendoim) com a marca PAÇOQUITA.


Com o objetivo de se diferenciar pela alta qualidade em relação aos produtos do seu segmento na época, a marca PAÇOQUITA rapidamente agradou o consumidor brasileiro, se tornando ícone de tradição e brasilidade. Graças ao seu diferenciado sabor e um rigoroso controle de qualidade e de matéria-prima, o produto foi apreciado por consumidores de todas as idades. Nos anos seguintes, as paçocas da marca conquistaram milhões de consumidores, foram oferecidas em novas embalagens e passaram a serem vendidas em outros estados do país. Além disso, as paçocas começaram a ser exportadas para outros países. O resultado de tanto crescimento: PAÇOQUITA se tornou a marca mais importante da empresa Santa Helena. Além dos tradicionais retangulinhos, a paçoca também foi lançada em formato de rolha. Em 2007, seguindo as tendências dos consumidores por opções de doces mais saudáveis e igualmente saborosos, a marca lançou no mercado a PAÇOQUITA DIET, uma paçoca sem adição de açúcar.


Nos anos seguintes, aproveitando a força da marca a empresa iniciou a diversificação de sua linha com lançamentos de novos produtos, como por exemplo, a BALA PAÇOQUITA, que também foi a primeira bala mastigável sabor paçoca do país; em 2011, quando introduziu as balas PAÇOQUITA DIET, as primeiras mastigáveis sem adição de açúcar no mercado brasileiro; ou em 2012 com uma grande inovação, o primeiro ovo de chocolate ao leite com PAÇOQUITA, ingressando assim no rentável segmento da Páscoa. Além disso, a marca apostou no marketing, como por exemplo, em 2013 quando através de uma parceria com a rede de restaurantes Giraffas foi lançado o milk-shake Paçoquita em edição limitada. O sucesso da ação foi tamanho, que seria repetida em 2015 com a rede Bob’s através de um sorvete de chocolate com casquinha de baunilha recheada com PAÇOQUITA, além do tradicional milk-shake. Em 2014, um dos produtos preferidos dos brasileiros ganhou nova versão livre de açúcar e acrescida de aveia, ingrediente indicado por nutricionistas e médicos por ser uma rica fonte de fibras, com o lançamento de PAÇOQUITA ZERO COM AVEIA.


Ainda em 2014, percebendo o nível de atitude positiva para com a sua marca de paçocas, a empresa soube interpretar o seu mercado consumidor e criou um produto, acima de tudo, empolgante: a PAÇOQUITA CREMOSA. Com isso, criou uma nova forma de consumir o amendoim, em forma de pasta cremosa para ser passada em pães, biscoitos e frutas ou utilizada em muitas receitas, como recheio de bolos e doces. Além disso, o produto – disponível inicialmente em embalagem de 180g – oferecia benefícios à saúde e energia para toda a família, com boa quantidade de proteína e vitamina E, naturalmente presentes no amendoim. E apresentava um diferencial: com pedacinhos de amendoim era extremamente macia e fácil de espalhar. Com isso, a marca passou a disputar mercado com a italiana Nutella, reconhecida pelo seu tradicional doce de avelã cremoso. O novo produto se tornou um fenômeno em seu lançamento na primeira semana de julho. E vendeu 2.4 milhões de potes até o fim do ano.


Mais recentemente, em 2015, a marca apresentou a nova versão de PAÇOQUITA CREMOSA (com o rótulo em inglês e espanhol) na maior feira de doces e biscoitos do mundo, realizada em Colônia, na Alemanha, iniciando assim a entrada no mercado internacional do produto cremoso. A empresa também levou para o evento a PAÇOQUITA SPECIAL EDITION, uma versão exclusiva e limitada com embalagens diferenciadas contendo 16 unidades da paçoca tradicional, acompanhadas de um encarte sugerindo formas de consumo. Para o mercado nacional as novidades foram o lançamento de PAÇOQUITA CREMOSA ZERO (sem açúcar) e os novos tamanhos de embalagens do creme de amendoim (350g e 1,01kg).


Nos últimos anos a marca tem investindo bastante em marketing. Primeiro se tornou ativa nas redes sociais, angariando o engajamento de centenas de milhares de fãs. Depois criou uma mascote, um simpático amendoim animado, para impactar o público infantil. Ou como em 2014, quando anunciou o lançamento de uma versão cremosa de sua paçoca, e o desejo de comprar o produto acabou sendo maior que a expectativa de vendas da própria empresa. Resultado: consumidores usaram a internet para expressar sua vontade de comprar o produto e a frustração por não encontrá-lo nas prateleiras dos supermercados locais. A marca soube aproveitar esse momento e lançou a campanha “Caça ao Tesouro”, dando um ar de lenda urbana para o produto, incitando ainda mais o público a tentar encontrar o creme de amendoim. Surgiram até sites de fãs onde, dentro de uma janela do Google Maps, se indicava os locais onde o produto foi visto sendo vendido. Com tudo isso PAÇOQUITA está seguindo os passos das grandes marcas ao tratar o consumidor mais como um parceiro do que um simples cliente.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1986 
● Criador: Santa Helena 
● Sede mundial: Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Santa Helena Indústria de Alimentos S.A. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Renato Fechino 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 15 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Doces 
● Principais produtos: Paçocas, balas e cremes de amendoim 
● Concorrentes diretos: Amor, Skippy, Dadinho, Hershey’s Creamy e Nutella 
● Mascote: Um amendoim animado 
● Slogan: A mais amada do Brasil. 
● Website: www.pacoquita.com.br 

A marca no mundo 
Atualmente os produtos da marca PAÇOQUITA, líder nacional no seu segmento e que englobam desde a tradicional paçoca até pasta cremosa de amendoim e balas mastigáveis, são comercializados em quase todo território brasileiro. Além disso, os produtos são exportados para mais de 15 países na América do Sul, Europa e Ásia. A PAÇOQUITA pertence à empresa Santa Helena, líder do mercado nacional no segmento de doces e confeitos à base de amendoim, sendo a mais antiga e mais lembrada marca de paçoca do país. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e EmabalgemMarca), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 26/8/2015

19.8.15

MELIÁ


Hospitalidade, alto padrão de atendimento, experiências únicas e serviços fantásticos, muitos dos quais mais parecem verdadeiros mimos. Tudo para tornar a estadia em um dia relaxante ou em uma noite aconchegante. É isso que qualquer hóspede encontra em um dos hotéis da aclamada rede espanhola MELIÁ. 

A história 
A história da marca remonta ao ano de 1956 quando um jovem de apenas 21 anos, chamado Gabriel Escarrer Juliá, resolveu alugar o acanhado Altair Hotel, com apenas 60 apartamentos, localizado na paradisíaca Palma de Mallorca, situada nas Ilhas Baleares na Espanha. Gabriel, apesar de jovem, já tinha alguma experiência no segmento de turismo, pois trabalhou em Londres como agente de viagens na tradicional Thomas Cook. Inaugurado no dia 23 de fevereiro, o empreendimento definiu a filosofia básica da futura rede que iria surgir: a excelência no atendimento ao cliente, oferecendo serviços hoteleiros de qualidade superior, além de uma política intensa de recursos humanos. Um dos fatores iniciais para o sucesso do novo hotel foi saber aproveitar, nos anos seguintes, a crescente popularidade da ilha como um destino turístico, especialmente entre os britânicos, o que acrescentou novas propriedades para o portfólio da empresa, então batizada de Hoteles Mallorquines.


A empresa se expandiu geograficamente nos anos de 1960 e 1970 através de aquisições de hotéis nas paradisíacas Ilhas Canárias, bem como em outras regiões das Ilhas Baleares. Após o declínio da ditadura do general Franco, o turismo na Espanha se desenvolveu mais rapidamente e a rede Hoteles Mallorquines avançou agressivamente em direção ao continente espanhol, estabelecendo uma forte presença em grande parte do país no início dos anos de 1980 através de hotéis urbanos, sempre bem localizados.


Em 1984 a empresa adotou oficialmente o nome de HOTELES SOL, antes de estabelecer-se como a maior rede de hotéis do mercado espanhol, com a aquisição do grupo Hotasa, então com 32 unidades localizadas em grandes cidades do país, especialmente na costa. No ano seguinte a empresa iniciou sua expansão internacional com a inauguração do Hotel Bali Sol, na paradisíaca ilha de Bali na Indonésia. Outra fusão ocorreu no mês de junho de 1987 quando a empresa se uniu a sofisticada rede de hotéis MELIÁ, fundada por José Meliá Sinisterra e então com 22 unidades, cujo primeiro hotel foi inaugurado em 1955. A partir deste momento passou a atuar oficialmente como SOL MELIÁ. Com isso, o negócio cresceu no âmbito geográfico com hotéis no Caribe, Américas e em outras partes da Europa. No início da próxima década a empresa iniciou sua expansão para a América Latina. Foi assim, que em 1992, a rede espanhola desembarcou oficialmente em solo brasileiro. Pouco depois, em 1996, se tornou a primeira empresa espanhola de hoteleira a abrir seu capital na Bolsa de Valores, fato que impulsionou ainda mais sua expansão.


Em 2000 ocorreu uma nova aquisição que complementou ainda mais seu diverso portfólio: TRYP (hotéis localizados em grandes centros urbanos na Espanha, especialmente Madri), vendida em 2010 para a americana Wyndham Worldwide, mas que a empresa espanhola continua administrando os hotéis através de um acordo de licenciamento. Em 2004 a empresa ingressou em um novo e crescente segmento com o lançamento do Sol Meliá Vacation Club (atualmente conhecido como CLUB MELIÁ): uma espécie de clube de férias onde os membros têm direito a uma semana de hospedagem por ano em alguns hotéis da rede ou unidades afiliadas. Esse clube conta atualmente com mais de 28.000 sócios. Também em 2004 foram criadas gerências específicas por marca, para personalizar e aumentar a qualidade do atendimento da rede. Nos anos seguintes a empresa lançou novas marcas de hotéis como a Me by Meliá (2006), além de adquirir a rede alemã Innside (2007) e relançar a marca GRAN MELIÁ (hotéis de categoria super luxo), em 2008.


Graças a estas marcas poderosas e diferenciadas e ao alto nível de diversificação geográfica e de serviços, a empresa geriu com solvência a crise internacional que sacudiu o mercado de turismo a partir de 2008. No dia 3 de junho de 2011 a empresa adotou oficialmente um novo nome corporativo: MELIÁ HOTELS INTERNATIONAL. Nos últimos a empresa focou sua estratégia na expansão em mercados importantes, como por exemplo, China, Oriente Médio e Estados Unidos. A empresa ainda oferece o MeliáRewards, um programa de fidelidade que premia os clientes com vantagens exclusivas em todos os hotéis da rede. Além disso, MELIÁ oferece serviços exclusivos como o Programa Women Traveling Alone (presta um tratamento diferenciado para as mulheres que viajam sozinhas, garantindo assim que fiquem em apartamentos sem porta de comunicação, além de ganharem um kit especial de acessórios femininos e uma carta de boas-vindas, assinada por uma executiva do hotel) e Regalo Inolvidable (presenteia casais que escolhem os hotéis da rede para realizar sua festa de casamento com estadas gratuitas, que variam de acordo com o consumo do evento).


Hotéis para todos os gostos 
A MELIÁ oferece hotéis projetados para atender clientes com diferentes necessidades, desde quem está viajando a negócios ou férias em família até quem deseja luxo e sofisticação na hospedagem.


Suas oito marcas de hotéis garantem a alta qualidade através de seus programas personalizados de satisfação do cliente: 
GRAN MELIÁ 
Voltada para o público mais exigente, oferece serviços de alto luxo com uma arquitetura única. Os restaurantes dos hotéis oferecem pratos nacionais de cada região, além do cardápio internacional. Os onze hotéis estão localizados no centro urbano das principais cidades mundiais, assim como em espetaculares destinos turísticos, como Marbella, Tenerife, Porto Rico, Caracas, Jacarta e Xangai. Entre os serviços de alta qualidade prestados estão o RedGlove (combina o tradicional conceito de serviço luva branca - símbolo de serviço de primeira classe - com o conceito de tapete vermelho, para alcançar um atendimento de altíssimo padrão) e RedLevel (serviços personalizados e de luxo como por exemplo chá e café gratuitos o dia todo, open bar gratuito em self-service com bebidas não alcoólicas, check-in privado, um mordomo pessoal a disposição, além de wi-fi e telefones sem fio de cortesia). 
ME by Meliá 
Todos os oito hotéis (categoria de luxo) têm atributos comuns meticulosamente criados, exclusivos da marca, e são direcionados tanto para hóspedes de negócios como a lazer. Suas roupas de cama são de linho com qualidade de 300 fios, travesseiros de plumas e colchão box spring diferenciado. Ainda oferecem jornais de cortesia, fitness center e business center. 
INNSIDE by Meliá 
Hotéis definidos por um conceito de futuro, com foco na infraestrutura e nos instrumentos de comunicação. São 15 hotéis localizados em cidades como Berlim, Munique, Madri, Frankfurt, Bremen e Düsseldorf. 
MELIÁ HOTELS & RESORTS 
São mais de 110 hotéis e resorts na categoria upscale localizados em grandes centros urbanos e destinos paradisíacos. 
SOL HOTELS & RESORTS 
Possui unidades voltadas para família, com atenção especial para as crianças. As áreas de lazer são tematizadas com os Flintstones e há equipes para acompanhar desde bebês até adolescentes. A infraestrutura conta ainda com parede de escalada, cyber-café e aulas de spinning, além de restaurantes, bares, piscina e um extenso programa de atividades para todas as idades. 
PARADISUS RESORTS 
O diferencial desta marca, criada em 1995, é a localização dos fantásticos hotéis, normalmente em destinos exóticos. Os 13 luxuosos hotéis oferecem sistema all inclusive (tudo incluído), restaurantes com cardápios criados por grandes chefes internacionais, serviços diferenciados e sofisticados spas (sob a marca Yhi Spa). 
TRYP by Wyndham 
São mais de 110 hotéis da categoria midscale localizados em grandes centros comerciais e financeiros como Madri, Barcelona, Paris, Berlim, Lisboa, Frankfurt, Buenos Aires, São Paulo e Montevidéu. O público-alvo é o jovem executivo que busca agilidade no atendimento, conforto e tecnologia de ponta. 
MELIÁ CLUB 
É um clube de férias com tempo compartilhado voltado para famílias. Os empreendimentos que oferecem esse serviço estão localizados na Espanha, México, Panamá, Porto Rico e República Dominicana.


A evolução visual 
Em 2011 ocorreu uma profunda mudança na identidade visual da empresa. Isto porque a rede hoteleira adotou um novo nome: MELIÁ HOTELS INTERNATIONAL. Com isso foi apresentado um novo logotipo corporativo, que deixou o tradicional símbolo do sol estilizado de lado e adotou um visual mais limpo e moderno. O logotipo apresentou também um novo acento na letra A: agora um til (do latim titulus, significando título, acima da escrita).


Algumas de suas bandeiras de hotéis também evoluíram sua identidade visual, como por exemplo, a MELIÁ HOTELS & RESORTS.


Os slogans 
Everything is Possible. (global) 
Todo es posible. (espanhol) 
Tudo é Possível. (português)


Dados corporativos 
● Origem: Espanha 
● Fundação: 23 de fevereiro de 1956 
● Fundador: Gabriel Escarrer Juliá 
● Sede mundial: Palma de Mallorca, Espanha 
● Proprietário da marca: Meliá Hotels International, S.A. 
● Capital aberto: Sim (1996) 
● Chairman: Gabriel Escarrer Juliá 
● CEO: Gabriel Juan Escarrer Jaume 
● Faturamento: €1.46 bilhões (2014) 
● Lucro: €30.7 milhões (2014) 
● Valor de mercado: €2.6 bilhões (agosto/2015) 
● Hotéis: 365 
● Presença global: 40 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 40.000 
● Segmento: Turismo 
● Principais produtos: Hotéis e resorts 
● Concorrentes diretos: Marriot, Hilton, Sheraton, Sofitel, Hyatt, Radisson e Club Med 
● Slogan: Everything is Possible. 

A marca no mundo 
Atualmente a empresa, que está entre as 20 maiores redes de hotéis do mundo, possui mais de 365 hotéis em 40 países nos cinco continentes (Europa, Ásia, Américas, Oceania e África), que são operados sob oito marcas distintas e oferecem mais de 90 mil acomodações. MELIÁ é líder na Espanha tanto na categoria de hotéis urbanos de luxo como de resorts, onde possui 164 unidades. A empresa tem forte presença também na Alemanha, Cuba, Croácia, Portugal e Brasil, onde tem 14 empreendimentos com foco no segmento de negócios nas cidades de São Paulo, Brasília e Campinas, e resort em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. Com faturamento superior a €1.46 bilhões em 2014, a empresa emprega 40.000 pessoas de quase 100 nacionalidades diferentes, que falam mais de 25 idiomas. 

Você sabia? 
Anualmente os hotéis do grupo MELIÁ recebem aproximadamente 30 milhões de clientes. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 19/8/2015

13.8.15

LUKSCOLOR


Tendências, cores e alta tecnologia. Tudo para dar vida e deixar ambientes aconchegantes, protegidos e modernos. Essa é a missão da marca de tintas LUKSCOLOR. Investir constantemente em pesquisas e no desenvolvimento de novos produtos, gerar ideias e criar soluções para um consumidor moderno é a essência de uma marca genuinamente brasileira. Afinal, tinta sempre foi a paixão da LUKSCOLOR. Qualidade e inovação sempre fizeram parte de seu DNA. 

A história 
Para contar a história da marca é preciso voltar ao ano de 1949. Foi quando Domingos Potomati iniciou sua carreira como pintor de carros de luxo. Poucos profissionais dominavam como ele as técnicas de pintura metálica, o que fez dele um profissional respeitado no mercado. Aos 23 anos ele abriu uma pequena loja de tintas no tradicional bairro do Ipiranga na cidade de São Paulo. Foi o primeiro passo rumo à concretização do sonho de inaugurar uma fábrica de tintas. Ainda neste ano, colocou em operação a fábrica Oxford, que misturava e colocava tintas na cor certa. A marca de tintas Luxforde surgiria em seguida. A fábrica que funcionava em uma garagem se desenvolveu rapidamente, acompanhando o crescimento do mercado de pintura automotiva no Brasil. Em 1958, a marca Luxforde, reconhecida pela sua excelente qualidade, experimentou um crescimento exponencial. Some-se às razões do sucesso, o atendimento especial à clientela.


A década de 1960 marcou a consolidação da Oxford e o começo da distribuição da marca Luxforde em todo o território nacional. Além disso, foi inaugurada uma nova fábrica com 40.000 m² em São Bernardo do Campo, em São Paulo, e em pouco tempo as vendas se multiplicaram por dez. Nos anos de 1970, a marca Luxforde já detinha mais de 50% do mercado de repintura automotiva. O excelente desempenho não passou despercebido pelas grandes multinacionais, que começaram a espreitar o mercado brasileiro. Assim, a aquisição de empresas nacionais caracterizou a década. Apesar da dedicação e amor pela empresa, Domingos Potomati se viu em uma situação inevitável: vender a empresa. A Oxford foi para as mãos da alemã Hoechst em 1971. Apesar disso, Domingos não parou, continuou com seu sonho e, depois de muita pesquisa, fundou em 1974 a Luksnova, empresa de solventes, thinners e retardadores, que por fabricar produtos de alta performance foi a pioneira em seu segmento a ser certificada com o ISO 9002. Infelizmente, Potomati faleceu em 1979.


Wilma, esposa de Potomati, em um gesto de coragem e confiança, resolveu seguir com os negócios, assumindo a presidência da empresa e, a filha Maria Cristina, a direção operacional. Assim foi fundada em 1981 a DOVAC para a produção de resinas. Em 1989 a empresa resolveu ingressar em um novo mercado com o lançamento da marca LUKSCOLOR no segmento de tintas decorativas, estreando com o esmalte sintético. Três anos depois, de forma pioneira passou a estampar em todas as suas embalagens o selo “Sempre Produtos de Primeira Qualidade”, como expressão da sua filosofia de fabricar exclusivamente produtos de alto desempenho. Em 1999 foi lançado o LUKSCOLOR SYSTEM, um moderno e completo sistema tintométrico, que trazia também coleções de tendências de cores. Além disso, a empresa introduziu no mercado materiais diferenciados para facilitar a escolha de cores: display de cores com cabine de luz para escolher a cor sob a iluminação correta; o primeiro leque de cores do mercado com sugestão de combinação; e coleções de tendências de cores.


Em 2000 introduziu no mercado brasileiro um novo conceito em efeitos especiais de pintura: o LUKSGLAZE, que possibilita a criação de diversos efeitos decorativos metalizados, perolizados e iridescentes. No ano seguinte, preocupada com o conforto e bem-estar do aplicador e do consumidor final, protagonizou um dos maiores lançamentos da história do mercado brasileiro de tintas decorativas: TINTAS COM SUAVE PERFUME, que transformaram o ato da pintura agradável em todos os sentidos e romperam um paradigma desse segmento. Além disso, antecipando-se a qualquer outro movimento do mercado, assumiu em todas as suas embalagens a categoria PREMIUM, o que mais tarde se mostraria uma visão de vanguarda. Em 2003, motivada pela busca incessante de produtos inovadores e de alto desempenho, que atendam as necessidades de um consumidor moderno, muito mais informado, extremamente exigente e que sabe comparar, lançou mais um produto inédito no mercado brasileiro: LUKSCLEAN, o único Acrílico Ultra Lavável do mercado, em acabamento fosco.


O ano de 2005 foi marcado pelo lançamento de um produto inédito no mercado brasileiro: a Textura REMOV FÁCIL. Com tecnologia inovadora, essa textura pode ser removida com grande facilidade, usando apenas vapor e espátula. O produto veio atender a demanda daqueles que antes achavam complexa a remoção das texturas convencionais. Ainda este ano, a marca resolveu investir em propaganda lançando uma campanha protagonizada pela apresentadora Hebe Camargo, cujo slogan era “Faça como a Hebe, vista a sua casa com Lukscolor”. Pouco depois, em 2007, alinhada com o consumidor moderno na busca pela preservação do meio ambiente, introduziu a mais completa linha de produtos (preparação e acabamento) à base d’água do mercado, com suave perfume. Em 2008 a LUKSCOLOR lançou uma completa linha de tintas, verniz e lubrificante spray, contemplando produtos de acabamento e preparação para diversas superfícies como madeira, metal, alvenaria, papel, isopor, entre outros, para uso artístico, decorativo ou profissional. No ano seguinte lançou mais um produto inédito no mercado: POUPA TEMPO - Selador e Condicionador Acrílico, reduzindo assim o tempo de espera para cura do reboco novo, de 28 para 7 dias.


Outra novidade da marca estreou no mercado em 2011: Luksbox, uma embalagem plástica, com régua de medidas, que pode ser reutilizada como ferramenta prática de trabalho, facilitando a diluição das tintas. Em 2012, além de introduzir a tinta anti-bactéria, que elimina 99% das bactérias da parede, lançou no mercado mais um produto inédito: TOP 10 ACRÍLICO ULTRA PREMIUM PLUS - imbatível poder de pintura - um produto revolucionário, desenvolvido com nanotecnologia, que soluciona ao mesmo tempo várias situações de pintura. Apresenta altíssimo desempenho em pintura, jamais oferecido, que embeleza e protege a casa por dentro e por fora. A empresa também laçou a LUKSCOLOR MAGNETIC, uma tinta que pode ser aplicada em paredes internas para fixação de imãs e objetos decorativos.


Como parte do programa de crescimento sustentável, a LUKSCOLOR contempla em suas pesquisas tecnológicas o foco em produtos que protegem as pessoas e o planeta. A empresa oferece uma ampla linha de produtos, que facilita a vida dos consumidores e são identificados, desde 2008, pelo selo LUKSCOLOR GREEN, que expressa as seguintes características: não utilizam solventes orgânicos; Baixo VOC, que atende os limites de emissão, segundo normas de referência da certificação Leadership in Energy and Environmental Design® (LEED); suave perfume, que substitui o cheiro característico de tinta, trazendo conforto e bem-estar do início ao fim da pintura; e são isentos de metais pesados.


O espaço das cores
Imagine um espaço reunindo tudo sobre tintas imobiliárias com ambientes desenvolvidos para apresentar o que há de mais inovador em cores e acabamentos, contando ainda com laboratórios de cores, biblioteca, centro de treinamento e uma equipe especializada para oferecer a melhor orientação sobre uso e aplicações de produtos. Esse é o ESPAÇO LUKSCOLOR, inaugurado em 2001 no bairro de Moema, zona sul da capital paulista, como o maior e mais completo centro de referência em tintas no Brasil. Um espaço criado especialmente para buscar informações, cursos, orientações e esclarecer dúvidas sobre produtos e cores. Um espaço que revendedores, arquitetos, decoradores, engenheiros, consumidores e todos os profissionais que trabalham com tintas sempre sonharam.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por uma única alteração em sua história. Aconteceu em 2011, quando a marca apresentou um novo logotipo: as tradicionais flores, imagem principal de sua identidade visual, foram redesenhadas e ganharam versão em 3D, que expressa toda a tecnologia, inovação e expertise envolvidas nas tintas da marca. Com isso, as flores transformaram-se em uma autêntica pintura inspirada na arte de Paul Jackson Pollock, referência no movimento do expressionismo abstrato. O logotipo também adotou uma nova tipografia de letra.


Além disso, criou um novo conceito de embalagens, que proporcionam ao consumidor a facilidade de escolher a tinta certa para suas necessidades. As embalagens da LUKSCOLOR sempre foram referência no mercado de tintas, desde seu lançamento. Foram pioneiras em apresentar imagens, as primeiras a utilizar pictogramas para facilitar a compreensão dos usuários e também na introdução de fotografias.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1989 
● Criador: Wilma Potomati 
● Sede mundial: São Bernardo do Campo, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Dovac Indústria e Comércio Ltda. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Maria Angélica Potomati 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Funcionários: 1.200 
● Segmento: Decoração 
● Principais produtos: Tintas, esmaltes e vernizes 
● Concorrentes diretos: Suvinil, Coral, Tintas Renner e Sherwin Williams 
● Ícones: As flores do logotipo 
● Slogan: A tinta da pintura inteligente. 
● Website: www.lukscolor.com.br 

A marca no Brasil 
Atualmente a LUKSCOLOR, uma das três principais marcas no mercado nacional de tintas imobiliárias, comercializa sua completa linha de tintas, vernizes, texturas, efeitos especiais, primers e resinas nos principais centros consumidores do Brasil. A marca oferece também uma completa linha de produtos base água, desde a preparação da superfície até o acabamento, com suave perfume, que proporciona conforto e bem-estar durante e após a aplicação. A fábrica da LUKSCOLOR, que é de propriedade da Dovac, está instalada em uma área de mais de 200.000 m² em São Bernardo do Campo, região do ABC paulista, e possui logística bem estruturada, permitindo assim agilidade, rapidez e eficiência na entrega de toda a linha de produtos. 

Você sabia? 
Com o intuito de manter o consumidor informado e atualizado sobre o uso das cores nos ambientes, desde 2002 a LUKSCOLOR é a primeira e única empresa brasileira a fazer parte do Color Marketing Group, organização internacional que dita tendências de cores, em nível mundial, para todos os segmentos do design. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame, Época Negócios e EmbalagemMarca), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 13/8/2015

3.8.15

QUILMES


A QUILMES é um verdadeiro símbolo para os argentinos, assim como os alfajores, o doce de leite e o churrasco. A cerveja mais consumida do mercado argentino conseguiu com sua alta qualidade e sabor agradável conquistar, não somente nossos hermanos, como também milhões de consumidores que gostam de uma boa cerveja em outros países. 

A história 
Tudo começou com o imigrante alemão Otto Peter Friedrich Bemberg, nascido na cidade de Colônia, que chegou em solo argentino no ano de 1852. Depois de se casar com a filha de proeminentes fazendeiros locais e criar uma empresa especializada na importação de produtos têxteis e na exportação de cereais locais para o mercado europeu, no dia 27 de setembro de 1888, com a ajuda de seu filho Otto Sebastián, formado como mestre cervejeiro na Universidade Técnica de Munique, ele fundou a Cervecería Argentina e construiu uma fábrica em Quilmes, um subúrbio localizado ao sul da cidade de Buenos Aires. Na época, essa instalação era a maior e mais avançada do país. Mas foi somente em 31 de outubro de 1890 que os primeiros litros de cerveja saíram da fábrica, surgindo assim a marca QUILMES, cujo nome foi inspirado em uma antiga tribo indígena que habitava a região e dá nome a cidade.


Mas a QUILMES não estava sozinha, já que durante muitos anos sofreu a concorrência direta das já inexistentes marcas Palermo e Bieckert. Otto morreu em Paris no ano de 1895 e seu filho, Otto Sebastián, assumiu o comando da empresa. No início da década de 1920 a QUILMES se tornou a cerveja mais popular e consumida da cidade de Buenos Aires. Com o sucesso da QUILMES e devido à sua expansão, a cervejaria trouxe para a cidade grandes avanços. E já em 1925, a empresa possuía filiais instaladas em Buenos Aires, Santa Fé, Entre Rios e Córdoba. Nos anos de 1930, a fábrica da QUILMES era considerada uma verdadeira cidade industrial que se preocupava não apenas com o seu desenvolvimento, mas com o bem estar dos funcionários e da população local.


Após alguns embates com o governo argentino, a partir da década de 1960, a QUILMES adotou um novo posicionamento se voltando para um público jovem, renovando assim sua marca com a ajuda da televisão e da publicidade. Em 1988 a marca introduziu no mercado argentino o conceito de cerveja light (com menos calorias), que estreou com o slogan “Quilmes el sabor del encuentro”, um dos clássicos da publicidade do país. Em 1992, a cervejaria inaugurou uma nova e moderna fábrica em Buenos Aires e se tornou a maior produtora de cerveja na Argentina. Pouco depois, em 1994, a empresa inaugurou a Maltería Tres Arroyos, produzindo assim o próprio malte. E foi durante esta década que a marca argentina iniciou sua expansão internacional com a QUILMES CRISTAL e o slogan “Argentina’s Favorite Beer”. No Brasil, a cerveja desembarcou em 2002 através de uma parceria estratégica com a AmBev, que acabaria comprando o controle da cervejaria argentina e consequentemente da marca QUILMES em 2006.


A rigorosa metodologia possibilitou que, desde 2006, a marca pudesse lançar outras variedades de cervejas, como por exemplo, a vermelha, a escura e até uma versão sem álcool (batizada de QUILMES LIEBER). Em 2011, mais uma inovação com o lançamento da QUILMES BAJO CERO, desenvolvida utilizando um novo processo de filtração a frio, que resulta em uma cerveja extremamente suave, refrescante, leve e com sabor menos intenso. Pouco depois introduziu no mercado a QUILMES NIGHT 6.9, cerveja com graduação alcoólica maior que a tradicional e com rótulo que brilha no escuro, direcionada para um público jovem que frequenta festas e baladas; além da QUILMES 1890, uma cerveja que combina variedades especiais de malte, que resultam em uma típica Bavarian Pilsener Lager. Nos últimos anos, a QUILMES inovou também em suas embalagens que ganharam novo design, rótulos metálicos e o sensor de temperatura. Essas inovações culminaram também com o lançamento da nova garrafa retornável de um litro e muitas embalagens de edições especiais.


Hoje em dia a marca oferece uma completa linha de cervejas que agradam a todos os paladares, incluindo também as versões BOCK (forte e persistente, feita com uma seleção de maltes de cevada que lhe dão sua cor atraentemente escura) e STOUT (de coloração negra e com uma deliciosa espuma cremosa), além é claro do tradicional chope. Já a QUILMES CRISTAL carro-chefe da marca, é uma cerveja equilibrada e refrescante, produzida com alto padrão de qualidade, o que lhe confere um aroma suave de cereais, com malte e lúpulo em equilíbrio. Como uma boa e legítima pilsen, tende a ser mais leve na cor e tem a drinkability como marca registrada.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas modificações ao longo dos anos, mas sempre manteve suas características originais, como por exemplo, a arquitetura da tipografia de letra, que teve leves alterações.


Os slogans 
Quilmes el sabor del encuentro. (1988) 
Argentina’s favorite beer. (internacional) 
Quilmes, o sabor do encontro. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Argentina 
● Lançamento: 1890 
● Criador: Otto Bemberg 
● Sede mundial: Quilmes, Buenos Aires, Argentina 
● Proprietário da marca: Cervecería y Maltaría Quilmes S.A.I.C.A. y G 
● Capital aberto: Não (subsidiária da AB InBev N.V.) 
● Presidente: Carlos Jose Miguens 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 25 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 5.000 
● Segmento: Bebidas alcoólicas 
● Principais produtos: Cervejas 
● Concorrentes diretos: Isenbeck, Imperial, Patagonia, Norteña, Patricia, BrahmaBudweiser e Heineken 
● Ícones: As cores branca e azul 
● Slogan: Quilmes el sabor del encuentro. 
● Website: www.quilmes.com.ar 

A marca no mundo 
Atualmente a QUILMES, cerveja líder do mercado argentino com aproximadamente 75% de participação, é comercializada em mais de 25 países ao redor do mundo, com forte presença em alguns mercados sul-americanos, além de Estados Unidos, Japão e Alemanha. 

Você sabia? 
Além de ser a cerveja símbolo do país, QUILMES é patrocinadora de todos os eventos mais populares e simbólicos da Argentina, incluindo futebol, festivais de rock e grandes festas. Desde 2003 a marca patrocina o QUILMES ROCK, maior festival de música da Argentina que reúne artistas locais e grandes nomes internacionais. A marca também é uma das principais patrocinadoras da seleção argentina de futebol, outro grande orgulho do país. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (BusinessWeek, Isto é Dinheiro e Exame), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 3/8/2015

21.7.15

ARTEX


A ARTEX, uma das mais tradicionais marcas do segmento de cama, mesa e banho do mercado brasileiro, tem como principal missão deixar cada ambiente da casa aconchegante e sofisticada através de produtos de alta qualidade. Valorizando as estampas, as cores e a variedade, a marca oferece muito mais que uma simples roupa de cama ou uma toalha de mesa, mas produtos que realmente decorem a casa com estilo e sofisticação. 

A história 
Tudo começou com o empresário Theophilo Bernardo Zadrozny, um filho de pais alemães que tinha o objetivo de ingressar no mercado têxtil. Como não tinha grandes experiências nesse setor, ele propôs uma sociedade ao austríaco Otto Huber, um hábil tecelão que trabalhava na Empresa Industrial Garcia. No dia 23 de maio de 1936 os dois fundaram na cidade catarinense de Blumenau a Fábrica de Artefatos Têxteis Artex S/A. Também participaram dos preparativos para a montagem da nova empresa, Max Rudolf Wuensch e Albert Hiemisch. A nova empresa iniciou suas operações com apenas 18 funcionários e 10 teares importados da Alemanha, produzindo inicialmente toalhas de mesa em tecido liso adamascado. Em seu primeiro ano de vida, a empresa vendia seus produtos exclusivamente para atacadistas. Mas devido aos esforços pessoais de Theophilo, no segundo ano a ARTEX passou a vender seus produtos diretamente para clientes varejistas nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.


Em 1949 a ARTEX comprou a Fiação Badenfurt com o objetivo de alcançar a independência quanto á obtenção de fios de algodão, matéria-prima essencial para seus produtos finais. A empresa deu seus primeiros passos rumo ao mercado externo a partir de 1957, quando nomeou representantes em Hamburgo, na Alemanha, e no ano seguinte em Nova York. O ano de 1974 foi extremamente importante para a ARTEX. Isto porque ocorreu a incorporação da centenária Empresa Industrial Garcia. Esta aquisição possibilitou que a ARTEX ampliasse consideravelmente sua linha de produtos, passando a produzir, além de artigos de banho, itens de cama e mesa, e tecidos lisos. Apesar dessa diversificação de produtos, nos anos seguintes a ARTEX ficaria conhecida mesmo entre os consumidores brasileiros por suas felpudas toalhas de banho.


Após anos de brigas entre os herdeiros da família Zadrosny, que quase levaram a empresa à bancarrota, em setembro de 1993 a ARTEX foi adquirida pelo Banco Garantia, do empresário Jorge Paulo Lemann. Em outubro de 1994, a ARTEX comprou as divisões de lar da Santista, no Brasil, e da Grafa, na Argentina, duas empresas então controladas pelo grupo Bunge. Com isso, juntou o que havia de mais forte em toalhas com o que havia de mais forte em lençóis. Mesmo sob a administração do competente Banco Garantia, a ARTEX aumentou suas dívidas, perdeu participação de mercado para grandes concorrentes, assistiu ao sucateou de seu parque industrial, aumentou seu quadro de funcionários e tomou decisões erradas em sua estratégia. Com isso os prejuízos só aumentaram. Isso culminou, em 1998, com a venda da ARTEX para a Coteminas, empresa fundada em 1967 pelo empresário e ex-vice-presidente do Brasil José Alencar. Durante a década seguinte, a Coteminas não poupou investimentos em novas tecnologias e modernização de seu parque fabril, assim como em pesquisa em tendências de moda, tornando a ARTEX, uma das mais sólidas e conhecidas marcas no mercado de cama, mesa e banho.


Em 2011 a marca ARTEX resolveu ingressar no segmento de varejo e inaugurou sua primeira loja própria. Até então, os produtos ARTEX eram comercializados exclusivamente em canais multimarcas. Nos anos seguintes, através do sistema de franquias, foram inauguradas unidades em importantes cidades do país. A proposta da marca em suas lojas é o Home Life Style, inspirar, orientar e satisfazer todos aqueles que procuram pelo melhor em cama, mesa, banho e decoração. Cada loja ARTEX possui um ambiente colorido e aconchegante que visa proporcionar uma agradável experiência de compra para seus consumidores A exposição dos produtos e móveis, além de organizar tudo de forma que facilite a visualização e acesso, oferece mais praticidade e prazer para quem compra.


Com a inauguração das lojas próprias a ARTEX também aumentou sua linha de produtos: Cama (englobam jogos completos, lençóis, fronhas avulsas, edredons, mantas decorativas, travesseiros, almofadas e capas de almofada), Banho (composta por toalhas de rosto e banho, além de roupões que oferecem conforto, maciez, toque suave e excelente absorção com peças com gramaturas que variam entre 420 a 660 gramas de algodão por metro quadrado), Mesa (toalhas, jogos americanos e acessórios), Decoração (acessórios para decoração de todos os ambientes da casa como porta-retratos, velas, bandejas, caixas e almofadas) e Aromas (oferece aromatizadores de ambiente, água de passar, sabonetes líquido e sachês perfumados que ajudam a criar uma atmosfera de conforto e de renovação em qualquer ambiente). Atualmente a ARTEX lança coleções exclusivas a cada estação. Tudo com estampas originais e cores únicas atualizadas com as mais atuais tendências da moda.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por uma grande remodelação em sua história. Originalmente identificado por um cavalo-marinho montado por uma moça de maiô (que evoluiu ao longo dos tempos), há alguns anos atrás o logotipo ganhou um visual moderno e sofisticado, adotando a cor ocre e uma tipografia de letra refinada.


Os slogans 
Eu quero, eu posso. (lojas) 
Viver com arte. 
Arte em cama, mesa e banho. 
Toalhas feitas com arte. 
Enxugam melhor, duram mais.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: 23 de maio de 1936 
● Fundador: Theophilo Bernardo Zadrozny e Otto Huber 
● Sede mundial: Montes Claros, Minas Gerais, Brasil 
● Proprietário da marca: Coteminas S.A. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Josué Gomes da Silva 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 65 
● Presença global: 10 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Têxtil 
● Principais produtos: Toalhas de banho, lençóis, edredons e toalhas de mesa 
● Concorrentes diretos: Teka, Buddemeyer, Karsten, Appel, Zelo e Casa Almeida 
● Ícones: As toalhas felpudas 
● Slogan: Eu quero, eu posso. 
● Website: www.artex.com.br 

A marca no mundo 
Atualmente a ARTEX vende produtos de cama, mesa, banho e decoração através de 65 lojas próprias posicionadas estrategicamente nas principais capitais do país e em mais de 8.000 pontos espalhados pelo Brasil. A marca também exporta seus produtos para aproximadamente 10 países ao redor do mundo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Exame, Isto é Dinheiro e Época Negócios), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 21/7/2015