18.7.06

BUICK

A BUICK sempre ofereceu automóveis luxuosos e confortáveis bem ao gosto do ávido consumidor americano, mas sem a imagem elitizada e os preços salgados de um Cadillac. A fórmula deu muito certo, tanto é que a BUICK é a montadora mais antiga em atividade no mercado americano, e, embora essa divisão da GM tenha sido durante muitos anos estigmatizada como marca de “carros de pai” ou “caretas”, seu modelos atuais são arrojados e modernos.
-
A história
O escocês David Dumbar Buick era um próspero fabricante de chuveiros, banheiras, torneiras e apetrechos de banho da cidade de Flint, estado do Michigan, no fim do século 19. Como tinha uma paixão por automóveis, seu filho, Tom, o convenceu a usar a oficina para fazer um carro diferente, a seu gosto. A geringonça ficou pronta em 1901 e recebeu elogios. Foi o que bastou para que David decidisse mudar de ramo e criar, juntamente com Thomas D. Buick e Emil D. Moessner, a BUICK MOTOR COMPANY no dia 19 de maio de 1903 na cidade de Detroit, para produzir motores estacionários e marítimos, e aumentar a produção de suas banheiras e chuveiros. O senhor Buick investiu na empresa tudo o que tinha e ainda assumiu dívidas que se somaram ao dinheiro de amigos investidores. A idéia era ingressar na indústria automobilística, viabilizando o protótipo que criara com um motor dianteiro de dois cilindros. Como não pagou as contas, e principalmente as dívidas, ele acabou perdendo o controle da empresa para James Whiting, que contratou William C. Durant para comandar seu novo negócio, transferindo-o para a cidade de Flint.
-
-
Ainda neste ano, foi anunciado o lançamento do primeiro automóvel BUICK de série. No ano seguinte foram construídos 37 carros do modelo chamado “Model B”. Cinco anos depois da sua fundação, como aconteceu com outros construtores norte-americanos na época, a BUICK passou a fazer parte do universo do grupo General Motors, fundado neste mesmo ano por William Durant. Nessa época, a marca já era a mais popular e a que mais vendia automóveis nos Estados Unidos, com um total de 8.820 veículos comercializados. Em 1911, a BUICK introduziu o primeiro automóvel de carroceria fechada, quatro anos à frente da rival Ford. Durante a Primeira Guerra Mundial, a montadora destinou sua produção para a fabricação de ambulâncias, aviões e tanques para o exército norte-americano.
-
-
Com o término do conflito, na década de 20, a marca começou uma forte campanha de internacionalização, montando o primeiro BUICK no Canadá, abrindo um escritório de vendas na China, entre outras ações. Na década seguinte a BUICK lançou inúmeros modelos de sucesso como o Special, o Century (um sedã de tamanho grande) e o Roadmaster (modelos de maior luxo e potência), entre outros. No ano de 1937, utilizou pela primeira vez seu tradicional logotipo na grade do radiador de seus veículos. Durante a Segunda Guerra Mundial, novamente a BUICK, converteu todas as suas fábricas para a produção de equipamentos militares. O pós-guerra foi um dos períodos mais clássicos na história da marca, com grandes inovações tecnológicas e também no quesito design.
-
-
A marca crescia rapidamente nesta época, passando de 550 mil carros construídos em 1950 para 745 mil em 1955. Nesta época a BUICK foi pioneira em muitas inovações como transmissão Dynaflow (introduzida primeiramente em 1948 no modelo Roadmaster), entre outras novidades. A BUICK começou sua estreita relação com o golfe em 1958, patrocinando torneios profissionais, aumentando ainda mais a sofisticação, posicionamento e o conceito da marca. O final desta década foi marcado pela introdução de três modelos de enorme sucesso da marca: LeSabre, Electra e Invicta.
-
-
No ano de 1962 a marca introduziu no mercado americano o modelo Buick Special, primeiro automóvel V6 a ser produzido em massa. Além de todo o rebuliço político, social e cultural que vivia os Estados Unidos, a década de 60 também é lembrada como o tempo dos motores super potentes nos carros americanos. Era uma época de gasolina barata, consumidores sedentos por desempenho e seguradoras que ainda não os penalizavam por essa predileção. Essa mania contagiante acabou atingindo até a tradicionalmente pacata BUICK, que lançou o Wildcat em 1962, modelo que resgatava o nome usado em três belos carros-conceitos conversíveis apresentados pela marca na década de 50. O Wildcat era um amplo cupê com linhas sóbrias, levemente esportivas, e motor V8 de 6,6 litros com potência bruta de 325 cv.
-
-
Depois de anos de grandes oscilações nas vendas, a BUICK começou a bater recordes em 1983 e 1984, com mais de 1 milhão de automóveis vendidos. A década de 90 foi marcada por altos e baixos, mas no geral a BUICK perdeu espaço para as diversas marcas concorrentes, especialmente européias e asiáticas. A partir do novo milênio a BUICK começou a reformular toda sua linha de veículos com a substituição do Regal pelo o Lacrosse (conhecido como o Buick Allure no Canadá); o LeSabre e o Park Avenue pelo Lucerna, em 2006; e seus veículos utilitários esportivos, Rendezvous e Rainier, pela moderna Enclave em 2008.
-
-
A linha do tempo
1940

Lançamento do BUICK Estate, uma perua (station wagon) de porte grande produzida até 1990.
1959
Lançamento do BUICK LeSabre, um dos modelos mais vendidos na história da marca.
Lançamento do BUICK Electra, um veículo luxuoso de porte grande.
Lançamento do BUICK Invicta, um sedá de grande porte que no decorrer dos anos ganharia a versão conversível e station wagon (perua).
1963
Lançamento do BUICK Riviera, um cupê de porte grande luxuoso que foi gabricado até 1999, vendendo mais de 1.1 milhões de unidades.
1973
Lançamento do potente BUICK Regal, um sedã de médio porte que fez grande sucesso até 2004. A montadora já anunciou o retorno do modelo, completamento reestilizado como um esportivo de porte médio para 2010 somente no mercado americano.
1988
Lançamento do BUICK Reatta, um modelo esportivo oferecido nas versões cupê e conversível.
1991
Lançamento do elegante BUICK Park Avenue, um enorme sedã de luxo com quatro portas.
2005
Lançamento da mini-van BUICK Terraza, que foi produzida apenas durante dois anos.
2002
Lançamento do utilitário esportivo de médio/grande porte BUICK Rendezvous.
2004
Lançamento do utilitário esportivo de médio porte BUICK Rainier.
Lançamento do BUICK LaCrosse, um sedã de porte médio com design extremamente arrojado e moderno.
2006
Lançamento do BUICK Lucerne, um sedã de quatro portas com design moderno e cheio de luxo e elegância.
2008
Lançamento do crossover BUICK Enclave, que possuía o mesmo nível de conforto e sofisticação que sempre esteve presente em outros modelos da marcaque. O novo automóvel substituiu os modelos da linha Rendezvous e Rainier.
-
-
A evolução visual
O logotipo da tradicional BUICK sofreu inúmeras alterações ao longo dos anos. O primeiro deles, que data de 1904, possui o símbolo da terra com a frase “Know All Over The World”. No ano seguinte, foi substituído por um novo logotipo redondo que continha a palavra BUICK e a frase “The Car of Quality” dentro. Outras duas modificações foram feitas até 1913, quando o logotipo era representado apenas pelo nome da marca. O famoso logotipo, conhecido como Tri-Shield (três emblemas que representavam os três modelos produzidos na época: LeSabre, Invicta e Electra), foi criado e introduzido no ano de 1959, e ao longo das décadas seria reconhecido como sinônimo de automóveis da mais alta qualidade. Na década de 70 a marca também utilizou um logotipo alternativo que continha um falcão, batizado de “Happy”. A última grande mudança ocorreu em 1990, quando o logotipo foi apenas modernizado.
-
-
Os slogans
The new class of world class. (2009)
The Spirit of American Style.
Buick. It's All Good.
We’re not a just Car Company anymore.
The new symbol for quality in America.
(anos 80)
When Better Automobiles Are Built, Buick Will Build Them. (1911)
-
-
Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Fundação:
19 de maio de 1903
● Fundador:
David Dunbar Buick, Thomas D. Buick e Emil D. Moessner
● Sede mundial: Detroit, Michigan
● Proprietário da marca:
General Motors Company
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● CEO & Presidente:
Frederick Henderson
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro:
Não divulgado
● Vendas anuais: 435.394 unidades (2008)
● Presença global:
8 países
● Presença no Brasil:
Não
● Funcionários: 284.000 (GM)
● Segmento: Automobilístico
● Principais produtos: Automóveis de luxo
● Slogan:
The new class of world class.
● Website:
www.buick.com
-
A marca no mundo
Com mais de 38 milhões de veículos produzidos desde sua fundação, a BUICK, mais antiga montadora em atividade no mundo, oferece atualmente uma gama pequena, mas sofisticada e luxuosa de automóveis que vai desde o clássico Lucerne, o moderno e arrojado Lacrosse até o utilitário esportivo Enclave. Seus automóveis são comercializados nos Estados Unidos, Canadá, México, China, Taiwan, Qatar, Kuwait e Israel.
-
Você sabia?
A BUICK faz parte da história do automóvel por ter sido a marca pioneira na utilização do câmbio automático.
-
-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
-
Última atualização em 20/11/2009

Nenhum comentário: