18.7.06

EPSON

Quase todos já tiveram, em algum momento, uma decepção com o rápido desvanecimento ou a perda da cor de suas fotografias tradicionais. Porém, poucas pessoas compreendem a natureza da perda da cor e as opções que permitem maximizar a permanência obtida atualmente. As pessoas desejam que suas fotos durem por muitas gerações. A EPSON procura continuamente desenvolver produtos revolucionários que possam transformar os desejos dos consumidores em realidade, além de estabelecer sinergias entre imagens fixas e em movimento.

A história
A história da empresa japonesa teve início na cidade de Nagano no dia 18 de maio de 1942 com a fundação da Daiwa Kogyo Ltd. por Hisao Yamazaki, que inicialmente fabricava componentes e peças para relógios. A empresa foi fruto do investimento da família Hattori, fundadores do tradicional Grupo Seiko. Em 1959, esta empresa se fundiu com a Daini Seikosha Company para formar a Suwa Seikosha. Dois anos depois teve início as operações da Shinshu Seiki, cujo nome mudou para Epson Corporation em 1982. O destino da empresa começaria a mudar em 1964, quando durante as Olimpíadas de Tóquio, a fabricante de relógios Seiko, da qual era subsidiária, ficou responsável pela cronometragem das provas, e era necessário imprimir os resultados.


Era o início da entrada da empresa na área de impressão com a criação da impressora elétrica, a primeira impressora matricial de uma gigantesca linha de que viria nos anos seguintes. Foi neste momento que surgiu o nome EPSON, quando a empresa introduziu a EP-101 (impressora elétrica), primeira mini-impressora do mercado. Esse produto foi criado com as tecnologias ultrafinas e de alta precisão desenvolvidas pela EPSON para sua produção de relógios, e revolucionou o mercado, tornando-se um produto amplamente reconhecido e abrindo novos segmentos de atuação para a empresa. As iniciais “EP” (Eletric Print) formaram a base do nome da empresa, à qual se juntou a palavra “son” (filho), na esperança de que uma série de produtos de sucesso seria criada dali para frente. E assim nasceu a marca EPSON, que seria oficialmente utilizada no mês de junho de 1975, para sua nova geração de impressoras. Foi neste mesmo ano que a empresa começou suas operações nos Estados Unidos, inaugurando a primeira subsidiária de vendas no exterior.


Pouco depois, em 1978, foi introduzida no mercado a impressora matricial. Em 1985 ocorreu a fusão da Suwa Seikosha com a Epson Corporation, formando a empresa Seiko Epson Corporation. No começo da próxima década, em 1982, a empresa lançou um produto revolucionário: EPSON HX-20, primeiro computador com dimensões de um notebook (que significa caderno, em inglês). O novo produto tinha aproximadamente as dimensões de uma folha A4 (30 cm x 21 cm) e pesava em torno de 1.6 kg. Tinha 16 kB de RAM, um monitor LCD de 120 x 32 pixels (menor do que os visores dos telefones celulares atuais), uma pequena impressora e um drive de fitas mini-cassete. O revolucionário HX-20 marcou a entrada das empresas japonesas no mercado de notebooks. Outros produtos revolucionários surgiriam nos anos seguintes como a primeira televisão portátil com tela de LCD, em 1983; a primeira impressora comercial a jato de tinta em 1984; e o primeiro projetor compacto de cristal colorido em 1989.


Em 1994, ocorreu um dos principais lançamentos da história da empresa, quando a impressora colorida a jato de tinta MJ-700V2C (que daria início a linha de produtos com o nome STYLUS) foi introduzida em vários mercados ao redor do mundo, alcançando sucesso instantâneo. Dois anos depois, a série STYLUS ganharia uma impressora especialmente desenvolvida para a impressão de fotografias. Em 1998 a EPSON introduziu no mercado a primeira impressora a laser colorida. A capacidade de inovação tecnológica sempre foi uma marca de distinção da EPSON, que ao longo do último século estabeleceu importantes marcos no domínio da inovação tecnológica, o que, aliado ao desenvolvimento da empresa fizeram, com que a marca desempenhasse um papel preponderante no setor.


No início do novo milênio, apresentou um verdadeiro arsenal, com qual pretendia conquistar usuários, principalmente os domésticos. As estrelas eram, naturalmente, as impressoras jato de tinta com alta qualidade fotográfica. A novidade eram os modelos que utilizavam seis cartuchos de tinta (preto, cyan, magenta, amarelo, cyan claro e magenta claro). As impressoras tradicionais usavam apenas quatro cartuchos, ou três, no caso de modelos mais baratos. Com esses dois cartuchos adicionais era possível obter maior variedade de cores, melhores contrastes e cor de pele mais reais. Eram quatro modelos nessa linha, integrantes da família STYLUS PHOTO, todos com resolução de 2.880 x 720 pontos por polegada.


Outra novidade, introduzida em 2002, foi a EPSON STYLUS C63, primeira impressora a oferecer cartuchos individuais, com tintas DURABrite (resistentes à água e luz). Em 2004 a EPSON introduziu no mercado uma impressora compacta de fácil manuseio, que poderia ser instalada e transportada para qualquer lugar.


Recentemente a EPSON introduziu no mercado produtos revolucionários como a impressora EPSON STYLUS Pro 3800, resultado de anos de desenvolvimento de produtos que satisfazem a necessidade dos mais exigentes profissionais da cor. Ainda que se acreditasse que a qualidade de impressão havia chegado ao seu limite máximo, a EPSON surpreendeu com este novo modelo que voltava a elevar o patamar de qualidade a um nível sem precedentes. Hoje em dia, com as imagens fixas e em movimento como principal meta de seus negócios, a visão corporativa de médio e longo prazo da EPSON faz com que a empresa se comprometa com a oferta de produtos e serviços que tenham capacidade de reproduzir imagens sobre papel, tela e vidro, ajudando assim as pessoas a criar estilos de vida mais vibrantes por meio de uma comunicação mais rica no trabalho, em casa e em outros locais.


Os slogans
Exceed Your Vision. (2005)
Color Your Life. (2002)

You’ve Got To See It In Epson Color.
Imagens sem limites.
(Brasil)
A diferença entre ver e sentir uma imagem. (Portugal)


Dados corporativos
● Origem:
Japão
● Fundação:
18 de maio de 1942
● Fundador:
Hisao Yamazaki
● Sede mundial: Nagano, Japão
● Proprietário da marca:
Seiko Epson Corporation
● Capital aberto: Sim (2003)
● Chairman: Seiji Hanaoka
● Presidente: Minoru Usui
● Faturamento: US$ 12.66 bilhões (2010)
● Lucro: US$ 133.2 milhões (2011)
● Valor de mercado: US$ 2.2 bilhões (setembro/2011)
● Fábricas: 37
● Presença global:
120 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 74.600
● Segmento:
Eletrônicos
● Principais produtos:
Impressoras, scanners e projetores
● Principais concorrentes: HP, Lexmark, Brother e Xerox
● Ícones: A linha de impressoras Stylus
● Slogan:
Exceed Your Vision.
● Website:
www.epson.com

A marca no mundo
A EPSON emprega aproximadamente 75.000 funcionários e possuí 37 fábricas e centros de desenvolvimento ao redor do mundo. Seus produtos são comercializados em mais de 120 países. A EPSON é uma das maiores fabricantes mundiais de impressoras inkjet, matriciais e impressoras laser, multifuncionais, scanners, computadores pessoais, projetores para home theaters e multimídia, equipamentos de automação industrial e comercial, laptops, componentes para LCDs e outros componentes eletrônicos. Aproximadamente 32% de suas vendas são realizadas no Japão, 25.5% na Europa, 22.3% na Ásia e Oceania e 20.4 nas Américas. A EPSON está no Brasil desde 1984, e após a abertura do mercado brasileiro em 1992 passou a vender impressoras importadas. Em 1997 inaugurou sua unidade fabril em Barueri para a produção local de impressoras. Atualmente comercializa produtos importados e fabricados localmente.

Você sabia?
Um dos grandes sucessos da marca é a linha de impressoras STYLUS, que há muito tempo vem trazendo novidades para o mercado de impressão.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 20/9/2011

Um comentário:

Faber Gamer disse...

ótimas impressoras alta qualidade de impressão já usei muito quando era designer gráfico! pena que no brasil a dispesa de cartuchos é muito caro!