3.8.07

NESPRESSO


A NESPRESSO não inventou o café. Tão pouco a forma como bebê-lo. Apenas introduziu uma nova forma de fazê-lo, mudando a maneira como milhões de pessoas ao redor do mundo começam o dia e terminam suas refeições à noite. Com cafés da mais alta qualidade e máquinas modernas que mais parecem um objeto de decoração, a marca suíça oferece o “espresso perfeito” xícara após xícara. A NESPRESSO não vende apenas café, mas sim um estilo de vida baseado em uma experiência única de degustação de uma bebida premium que têm cativado os mais exigentes apreciadores de café no mundo todo. 

A história 
Tudo começou em meados de 1970 quando o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Nestlé, através de um grupo de técnicos e engenheiros, desenvolveu uma revolucionária máquina de café espresso que utilizava cápsulas de café moído em porções específicas, que protegiam mais de 900 aromas. A nova máquina foi desenvolvida após o grupo receber uma missão inusitada: criar um sistema que fosse capaz de fazer um café espresso com a mesma qualidade daquele preparado pelos melhores baristas italianos. Era uma máquina elétrica na qual se depositava uma cápsula de alumínio hermeticamente fechada contendo cinco gramas de um pó feito a partir de uma mistura (blend) de cafés selecionados. Em 1976, uma primeira patente do processo foi registrada pelo centro de desenvolvimento do grupo Nestlé. Eric Favre, um engenheiro da empresa, foi o responsável por criar e apresentar o sistema para o mercado empresarial, na Suíça, inicialmente sem sucesso significativo.


Mas foi somente em 1986 que foi fundada Suíça a empresa NESPRESSO, e em parceria com o fabricante Turmix, deu início à venda do revolucionário sistema de preparação de café espresso para escritórios espalhados na Suíça, Itália e Japão. Inicialmente estavam disponíveis dois modelos de máquinas (C100 e C1100), que foram projetadas para se parecerem com as máquinas de café espresso que as pessoas estavam acostumadas a ver e desfrutar em cafés e restaurantes, e quatro variedades de cafés em cápsula (Capriccio, Cosi, Decaffeinato e Bolero). Três anos mais tarde as máquinas começaram a serem vendidas para o consumidor final na Suíça e, pouco depois, em 1991, na França e nos Estados Unidos. O objetivo principal era permitir que qualquer pessoa preparasse em casa uma perfeita xícara de café espresso, como se tivesse sido extraída por um barista extremamente qualificado. O sucesso foi tamanho que em 1996 o sistema já estava presente em 3.500 pontos de venda e possuía 180 mil usuários, ou membros do Clube, como eram chamados todos os consumidores que compravam a máquina. A empresa começou então uma forte expansão internacional lançando o sistema no Reino Unido, Malásia, Cingapura e Taiwan.


Em 1998 ampliou seu raio de atuação ao introduzir, em parceria com a Alessi, uma máquina de café espresso com design moderno. Pouco depois, em 2000, a NESPRESSO voltou a modernizar o design de suas máquinas de café e aumentou as opções, que passou a incluir modelos coloridos. Além disso, as máquinas começaram a levar a marca NESPRESSO, e não de seus fabricantes, como acontecia antes. O lançamento em 2001 da Nespresso Concept Machine, uma máquina com impressionante design ergonômico e de utilização extremamente simples, conduziu a marca a um recorde de vendas nos mercados que atuava. No final deste ano lançou a sua primeira variedade de café em edição limitada: Blue Batak, um café com grãos de Sumatra. Desde então, anualmente os consumidores podem descobrir e saborear novos cafés em edição limitada, oriundos de locais pouco habituais no mundo. Nessa mesma época iniciou à construção de um novo centro de produção de cápsulas de café em Orbe, na Suíça. O novo centro expandiu a capacidade de produção de cápsulas em 400% para atender a alta demanda e antecipar o aumento das necessidades e pedidos online, que durante o ano cresceu 94%. Em 2003, na Convenção de Sintercafé, na Costa Rica, anunciou o lançamento do seu Programa de Qualidade Sustentável AAA, criado para promover a produção e fornecimento de café de alta qualidade de uma forma sustentável. Pouco depois, em 2004, a linha de cafés Lungo (longo) foi lançada, elevando para 12 as opções disponíveis no mercado.


Em 2005 as vendas da revolucionária máquina de café Nespresso Essenza ajudaram a firmar a posição da marca como líder europeia no segmento, com 700 mil unidades comercializadas. Atualmente existem mais de 60 modelos diferentes de máquinas à venda no mercado, como a revolucionária CitiZ inspirada nos arranha-céus de grandes metrópoles mundiais, num estilo retro contemporâneo. Essas máquinas são projetadas para revelar sabores e aromas. A tecnologia de ponta se une à grande facilidade de uso, e o design já foi reconhecido em várias importantes premiações internacionais. Em 2006 a marca suíça contratou o ator George Clooney para protagonizar um comercial de 50 segundos, intitulado “A Boutique”, para ser exibido nos cinemas e redes de televisão em toda a Europa. Nesse mesmo ano trouxe ao Brasil, país reconhecido pela excelência de seus grãos, o conceito de luxo no produto final, ao inaugurar uma Butique Bar nos Jardins, bairro nobre da cidade de São Paulo. A marca, pioneira ao fornecer cafés de excelente qualidade que podiam ser degustados no conforto do lar ou fora de casa, em locais como restaurantes, hotéis e cafés de luxo, inaugurou em 2007, como símbolo de sua expansão global, uma enorme loja âncora (flagship store) em plena Champs-Élysées, avenida mais chique de Paris, com direito a uma festa repleta de estrelas internacionais como Sharon Stone. Em 2010 a marca comemorou a inauguração de sua loja de número 200 na cidade de Xangai; e no ano seguinte abriu sua primeira loja dentro de um aeroporto, em Orly na cidade de Paris.


Nos anos seguintes a marca começou a expandir seu estilo para outras categorias de produtos ao lançar no mercado uma linha de chocolates especiais para acompanhar os cafés espressos mais charmosos do mundo. Os recheios da nova linha de chocolate da NESPRESSO eram de dar água na boca: Vanille Rose (baunilha com rosas), Fruit de Badiane (anis), Vinaigre de Framboise (vinagre de framboesa) e o Caramel Beurre Sale (mix de caramelo, sal e manteiga), entre outros. Outra novidade foi a linha “La Route des Cafés”, com cinco velas aromatizadas com misturas de seus cafés: Terre d’Arabica (remete ao calor do Iêmen), Grain d’Emeraude (uma referência a riqueza do café verde do Quênia), Fleur de Moka (aroma floral misturado a uma pitada de limão e com um toque de cacau), Bois de Maragogype (inspirado no cheiro da madeira da Nicarágua) e Café Flambe (inspirado nas especiarias misturadas com rum encontradas em Nova Orleans), todos desenvolvidos pela expert Olivia Giacobetti, que buscou inspiração nas fragrâncias mediterrâneas.


Em 2013 a empresa mais uma vez inovou ao introduzir o NESPRESSO CUBE, um novo conceito de venda automática. Lançado inicialmente na Espanha, França e Portugal, consiste em uma enorme máquina automática em formato de cubo com capacidade para armazenar 25.000 cápsulas. Com uma velocidade de resposta incrível, prepara qualquer pedido, até 10 variedades diferentes, em apenas 20 segundos. Com isso, os membros do Nespresso Club podiam comprar as cápsulas de sua preferência com maior rapidez e praticidade. Ainda este ano a NESPRESSO lançou três cafés especiais: CARAMELITO (aroma do caramelo), VANILIO (nota aromática da baunilha) e CIOCATINNO (notas de chocolate escuro e amargo). No ano seguinte inovou ao lançar no mercado americano a máquina Vertuoline, capaz de fazer cafés mais longos (com doses de 230 mililitros), bem ao paladar local. Essa máquina, que utiliza cápsulas maiores, ajudou a aumentar as vendas nos Estados Unidos, simplesmente porque é capaz de produzir canecas grandes de café. Esse sistema de extração, que revolucionou mais uma vez a forma como os consumidores preparam e degustam seu café, utiliza a tecnologia patenteada Centrifusion™, uma palavra que combina centrífuga e infusão, indicando que a cápsula gira dentro da máquina e a água é injetada e “infundida” com o café moído dentro dela. Uma das mais recentes novidades da marca é a máquina Lattissima One, que ao toque de um botão produz bebidas cremosas com leite. Além disso, a marca aproveitou a tendência de novas experiências e variedades da bebida e apresentou ao consumidor novas origens de café, como grãos oriundos do Zimbábue, Sudão do Sul, Peru e até Cuba.


Quando foi criada a máquina da NESPRESSO era protegida por 1.700 patentes, mas desde 2013 elas vêm sendo gradualmente derrubadas na justiça em vários países, abrindo caminho para cápsulas genéricas, compatíveis com a máquina da marca suíça. Com isso, a NESPRESSO tem enfrentado uma forte concorrência de cápsulas compatíveis produzidas por rivais como a JDE (Jacobs Douwe Egberts) e a Starbucks (da qual a divisão de cápsulas foi adquirida pela Nestlé recentemente). Mas nem por isso a marca deixou de ser protagonista neste segmento e continua crescendo dois dígitos por ano.


Os cafés 
Os vários tipos de cafés da linha NESPRESSO são chamados Grands Crus, denominação que vem do segmento de vinho e indica um produto premium de qualidade. No total são 25 cápsulas (5.5 gramas) diferentes, com contorno reluzente e uma paleta de cores distinta para cada tipo, tudo para que milhões de consumidores possam saborear os Grands Crus em sua plenitude. A linha permanente contém 9 Espressos de várias origens e diversificados em personalidade para serem degustados em xícaras pequenas (40 ml ou 25 ml); 5 Pure Origins, cafés de caráter puro, com profundas raízes em suas terras de origem para serem saboreados em xícaras pequenas; 4 Lungos, oferecendo uma ampla gama de perfis de sabores e intensidades, especialmente desenvolvidos para serem degustados em xícaras grandes (110 ml); 4 Decaffeinato, cafés sem cafeína; e 6 Barista Creations, cafés aromatizados que aguçam o paladar.


No Brasil os tipos de cafés da linha permanente da NESPRESSO são: 
COSI - cápsula marrom - (1986): café suave e levemente torrado. 
CAPRICCIO - cápsula verde-escura - (1986): café complexo e diferenciado. Primeiro a ser servido em xícara de 40 mililitros, isto é, na maneira tradicional do espresso brasileiro. 
VOLLUTO - cápsula cobre-claro - (1986): café adocicado e leve. Lançado com o nome de Bolero foi o primeiro Grand Cru 100% AAA Sustainable Quality™. Possui também a versão descafeinada. 
ROMA - cápsula cinza-escura - (1991): café encorpado e balanceado com notas amadeiradas e de cereais com toques de acidez. 
FIRENZE ARPEGGIO - cápsula roxa - (1993): café de torra curta em alta temperatura, que resulta em notas de cacau para criar uma obra-prima de sabor aveludado e textura cremosa. Foi lançado com o nome de Toscana. Possui também a versão descafeinada. 
GENOVA LIVANTO - cápsula cobre-escuro - (1995): café redondo e balanceado com maravilhosa complexidade equilibrada e notas de cereais e caramelo. 
RISTRETTO ITALIANO - cápsula preta - (1997): café poderoso e contrastante com notas frutadas elegantes e um toque de acidez. É o típico espresso italiano. Possui também a versão descafeinada. 
VIVALTO LUNGO - cápsula azul-clara - (2004): café que combina uma suave nota de torrado com um sutil toque floral. Possui também a versão descafeinada. 
FORTISSIO LUNGO - cápsula verde-clara - (2009): café estruturado e encorpado. 
INDIA - cápsula cinza-esverdeada - (2009): café complexo e picante, casamento ideal do puro-sangue Arábica com um toque de Robusta do sul da Índia. 
COLOMBIA - cápsula salmão - (2009): café com uma mistura de grãos Arábica de colheita tardia, o que resulta em notas mais frutadas. 
LINIZIO LUNGO - cápsula laranja - (2013): café suave e harmonizado, extraído em um volume maior de água (110 ml). 
PALERMO KAZAAR - cápsula azul-marinho - (2013): café de torra intensa com notas amadeiradas e picantes, além de uma crema escura e espessa. 
ETHIOPIA - cápsula cobre-clara - (2014): café com uma mistura de grãos Arábica de secagem natural. 
ENVIVO LUNGO - cápsula marrom terra - (2016): café potente e caramelizado para ser degustado em xícaras maiores (110 ml). 
INDONESIA - cápsula azul-clara - (2018): café encorpado e amadeirado, totalmente exótico. 
NICARAGUA - cápsula cobre clara - (2018): café produzido pelo processo “black honey”, é cuidadosamente cultivado no sol por semanas para absorver os açúcares naturais do seu fruto. 
NAPOLI - cápsula vermelha com detalhes - (2020): café excepcionalmente torrado e cremoso com notas de cacau amargo. 
VENEZIA - cápsula dourada com detalhes - (2020): café denso e harmonioso com notas doces de cereal e caramelo e um leve toque de amargor.


A NESPRESSO oferece ainda a linha BARISTA CREATIONS, com cápsulas criadas para uma variedade de receitas com café: COCOA TRUFFLE (aroma de trufa de chocolate amargo), CARAMEL CRÈME BRÛLÉE (aroma de caramelo de Crème Brûlée), VANILA ÉCLAIR (aroma de éclair de baunilha), CORTO (para receitas intensas com leite), SCURO (para receitas equilibradas com leite) e CHIARO (para receitas doces e cremosas com leite).


Além da linha permanente são lançadas edições limitadas várias vezes ao ano, com diferentes histórias, regiões e sabores. Como o Cafezinho do Brasil (composto por grãos de Arábica do Cerrado Mineiro, Espírito Santo e Bourbon de Carmo de Minas e Poços de Caldas), o On Ice (para ser consumido com cubos de gelo) e o Long Black (um café com notas florais e frutadas, criado especialmente para ser combinado com água com gás e gelo para uma receita refrescante no verão). A marca já chegou a lançar edições limitadas inspiradas em tradicionais sobremesas austríacas (Linzer Torte, Sachertorte e Apfeltrusdel) que davam notas de sabor às variações dos cafés.


As sofisticadas lojas 
De Paris à Nova York, de Roma até Sidney, a NESPRESSO une pessoas que compartilham o gosto por cafés de elevada qualidade através das suas butiques de luxo, que se transformaram em pontos de encontro sofisticados, integrados hoje ao lifestyle de várias cidades. A primeira loja conceito da marca foi inaugurada em 2000 na cidade de Paris. A NESPRESSO possui mais de 800 lojas espalhadas pelas principais cidades cosmopolitas do mundo. Todas as unidades são uma espécie de “destino do café”. Locais onde os consumidores possam verdadeiramente relaxar, confraternizar e aproveitar o simples prazer de beber um café perfeito, permitindo uma emocionante viagem através do mundo NESPRESSO. Os funcionários, na verdade peritos em cafés, estão habilitados a aconselhar sobre todas as variedades do café Premium Grand Crus, bem como sobre todas as máquinas e acessórios funcionais e com design distinto da marca suíça. Com um novo conceito, introduzido recentemente, cada unidade tem sistema intuitivo e tecnológico para oferecer momentos únicos aos Coffee Lovers, por meio de uma exclusiva jornada de descoberta, que inclui até aulas gratuitas sobre cafés. O maior envolvimento com os clientes e o incentivo à aprendizagem sobre o mundo dos cafés são os principais pilares desse novo conceito de loja.


O lounge “Tasting Area” proporciona um amplo espaço para degustar e conhecer todos os elementos vitais, que juntos compõem a experiência de café perfeito proporcionada pela marca. Além de provar coquetéis feitos com café, é possível aprender o passo a passo de cada bebida. Nas butiques os consumidores podem ainda conhecer a origem dos grãos utilizados nas cápsulas e saber algumas curiosidades sobre a produção dos itens da marca. Também é possível saber mais sobre o programa de coleta de cápsulas utilizadas, iniciativa que faz parte de um dos pilares de sustentabilidade da marca, o The Positive Cup, um programa global lançado em 2014 com metas estabelecidas de melhoria em questões sociais e sustentáveis, como o suporte aos agricultores e a reciclagem do alumínio. Nas butiques é possível encontrar ainda acessórios exclusivos como xícaras em porcelana, açucareiros, coqueteleiras, bandejas em couro e madeira, talheres e copos especiais, maletas para transporte das máquinas, porta cápsulas, sachês de açúcar, o Aeroccino+ (equipamento especialmente desenvolvido para fazer espuma de leite e compor bebidas com café), entre outros itens como chocolates e biscoitos para acompanhar os cafés.


O exclusivo clube 
Para viver a experiência suprema em café são necessários os melhores Grand Crus, máquinas de alta tecnologia capazes de extrair todos os aromas, e, algo mais: o NESPRESSO & YOU (antigo Nespresso Club). Este programa de fidelidade, criado em 1989 e que atualmente conta com mais de 10 milhões de membros no mundo inteiro, reúne quem compartilha a mesma paixão por um café excepcional. O programa oferece inúmeras vantagens como realizar pedidos de forma simples e rápida pela internet; serviço de entrega dos Grands Crus (pacotes de cápsulas); frete grátis; degustações de cafés; acesso antecipado a novidades da marca; programa de reciclagem das cápsulas; serviço de assistência técnica para as máquinas; atendimento e aconselhamento por especialistas totalmente personalizados; além de produtos especiais e exclusivos. O programa oferece três níveis de lealdade: Connoisseur, Expert e Ambassador. Os perfis variam de acordo com o tempo de lealdade à marca ou consumo anual de cápsulas.


A academia 
A ACADEMIA NESPRESSO é um programa inovador especialmente concebido para revendedores. Esta formação, gerida por profissionais, permite desenvolver aptidões comerciais através da consolidação de amplos conhecimentos sobre o conceito NESPRESSO, melhorando assim as técnicas de vendas. Os participantes têm a sua disposição inúmeras ferramentas, entre as mais importantes três manuais: EXPERIÊNCIA, EXCELÊNCIA e COMPETÊNCIA. A ideia é oferecer uma experiência de marca imersiva para os membros do Nespresso & You, funcionários, agências e parceiros comerciais. Atualmente, os serviços e programas da ACADEMIA NESPRESSO estão disponíveis em mais de 45 países ao redor do mundo, formando e capacitando milhares de pessoas todos os anos.


Além de uma xícara 
O coração da NESPRESSO é o seu centro de produção - o local onde os grãos de café são transformados nas cápsulas de espresso hermeticamente seladas. Após a sua inauguração em 2003, a empresa ampliou o centro mundial de produção em Orbe, na Suíça, para assegurar o aumento da procura do seu café perfeito. Hoje em dia a fábrica tem capacidade para produzir mais de 5 bilhões de cápsulas de café anualmente. Especialistas em sentidos e mestres na arte de servir café colaboram com os especialistas da empresa em grãos de café, numa base diária, para criar os Grand Crus da mais alta qualidade. Para isso, precisam considerar variáveis tão díspares como notas de sabor, perfis de aromas e creme. É dispensada uma grande atenção nas fases de secagem, torrefação e arrefecimento, para garantir que os grãos atinjam um sutil travo amargo. A moagem dos grãos determina a velocidade com que a água vai atravessar o café: quanto mais fina a moagem, mais encorpado e amargo será o sabor resultante. E isto é conseguido quando o jato de 40 mililitros de água, a uma temperatura entre 83ºc e 89ºc e com uma pressão de 19 bars, penetra na cápsula de alumínio. Existe ainda um segundo centro, localizado na cidade suíça de Avenches, onde técnicas avançadas para tostar grãos de café reduzem em 16% a 20% a energia necessária em comparação com técnicas anteriores. Um terceiro centro foi inaugurado em 2015 na cidade de Romont, também na Suíça.


A seleção da matéria-prima é minuciosa. Através do programa AAA Sustainable Quality™, a NESPRESSO, em parceria com a Rainforest Alliance, vem mantendo uma relação de aproximação com os pequenos produtores, inclusive do Brasil (que responde por aproximadamente 50% do grão arábica usado como base nos blends da marca). Atualmente 90% de seus cafés são originários de 100.000 fazendeiros de 12 países que fazem parte do programa. A NESPRESSO tem ao redor do mundo 450 agrônomos que visitam e ajudam os fazendeiros para tornar a produção mais sustentável. A espécie Arábica corresponde a mais de 80% da composição das misturas de cafés, completada pelo grão Robusta. Nas três fábricas, todas localizadas na Suíça, os cafés são torrados e mesclados com a tecnologia e o conhecimento científico peculiares do Grupo Nestlé, moídos e então acondicionados em cápsulas coloridas de alumínio reciclável. Uma curiosidade: na fábrica, em Avenches, na Suíça, por exemplo, o café passa por 32 testes de qualidade antes de chegar ao consumidor final. Isso significa que somente de 1% a 2% de todo o café produzido no mundo consegue passar pelos seletivos critérios da NESPRESSO.


O marketing 
A comunicação da NESPRESSO utiliza uma vigorosa estrutura de marketing que tem como garoto-propaganda (ou embaixador como a marca gosta de chamar) desde 2006 o ator e diretor americano George Clooney, além de contar com a força econômica e o prestígio de sua controladora. Pela constante participação em campanhas publicitárias, o ator hollywoodiano praticamente sedimentou a marca como referência em seu segmento, tornando icônico o slogan “Nespresso. What Else?”.


A NESPRESSO também aposta em elementos com grande apelo junto aos consumidores de alto padrão aquisitivo. Um deles é o conceito de sustentabilidade. As fazendas que cultivam os grãos de café são submetidas a um rigoroso processo de seleção, que analisa desde o manejo da terra até as relações trabalhistas. E baseado nisso, em 2018, George Clooney estrelou a nova campanha global da marca. No papel de um cavaleiro, ele recebe uma recompensa por salvar o reino. A missão do protagonista é partir em direção ao seu maior desejo, um café excepcional, nas ruas movimentadas de Nova York. A aventura foi inspirada na busca da NESPRESSO pela excelência no fornecimento de experiências com café sustentável e de alta qualidade. Na analogia, Clooney representa a empresa enquanto o reino é refletido pelos personagens que compõem a cadeia do café, como produtores e agrônomos. Co-estrelado pela atriz Natalie Dormer, amante declarada da bebida, o filme Batizado de “The Quest” (“A Busca” em português) foi a maior campanha global da marca até hoje. Clique aqui para assistir ao filme.


A evolução visual 
O logotipo da NESPRESSO mudou um pouco ao longo de sua história. Primeiro perdeu a palavra Nestlé. Segundo ganhou um símbolo: o tradicional N (estilizado) de NESPRESSO dentro de um quadrado. Depois ocorreu o encurtamento na “perna” inferior da letra N e a adoção da cor marrom. E por último o logotipo se tornou totalmente preto e uma nova tipografia (com menor espaçamento entre as letras) foi adotada.


Os slogans 
The best café. Yours. (2012, Estados Unidos) 
Nespresso. What else? (2006) 
Coffee, body and soul. (2006) 
The soul of the coffee. (2006) 
They know each other out. (2004) 
A marvelous coffee experience. (2003) 
Café com corpo e alma. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Suíça 
● Fundação: 1986 
● Fundador: Nestlé 
● Sede mundial: Lausanne, Suíça 
● Proprietário da marca: Nestlé Nespresso S.A. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Nestlé S.A.
● CEO: Guillaume Le Cunff 
● Faturamento: 5 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 800 
● Presença global: 80 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Maiores mercados: Europa e Estados Unidos 
● Funcionários: 13.500 
● Segmento: Cafés 
● Principais produtos: Cafés em cápsulas, máquinas e acessórios 
● Concorrentes diretos: L’Or, Carte Noire, Ethical Bean Coffee, Lavazza, Illy, Krups, Tassimo, Keuring, Delta Q, Saeco e Senseo 
● Ícones: O design de suas máquinas 
● Slogan: Nespresso. What else? 
● Website: www.nespresso.com.br 

A marca no mundo 
A NESPRESSO, uma das unidades de maior crescimento do Grupo Nestlé, está presente em mais de 80 países ao redor do mundo. Sediada em Lausanne, na Suíça, a empresa emprega mais de 13.500 funcionários, possui mais de 800 exclusivas lojas (no Brasil são 27 unidades em 12 cidades), além de estar presente em mais de 17.000 pontos de venda selecionados. Os números atuais provam a força da marca no mundo: são consumidas mais de 12 mil xícaras de café NESPRESSO por minuto, 400 mil consumidores acessam seu site todos os dias e mais de 10 milhões de pessoas são membros do Nespresso & You. A empresa é dividida em duas áreas comerciais: In-Home (NESPRESSO HOME), responsável por 85% das vendas e direcionada aos clientes domésticos; e Out-of-Home (NESPRESSO BUSINESS COFFEE SOLUTIONS), que compreende 15% das vendas e oferece soluções em cinco canais principais como restaurantes, hotéis e cafeterias; fornecedores para eventos; luxuosos estabelecimentos comerciais e de atendimento a clientes; prestadores de serviços de viagem de primeira classe e escritórios. Desde 1986 a marca já vendeu mais de 50 bilhões de cápsulas e 20 milhões de máquinas. 

Você sabia? 
A NESPRESSO vende uma série de máquinas diferentes. As máquinas são fabricadas por empresas conhecidas como Krups, Magimix, Miele, De’Longhi e principalmente pela Eugster/Frismag, uma empresa suíça fabricante de eletrodomésticos. 
A NESPRESSO começou a implantar seus próprios sistemas de coletas de cápsulas para reciclagem na Suíça em 1991. Atualmente o programa de coleta de cápsulas, batizado de Ecolaboration™, que foi ampliado globalmente em 2009, existe em vários países, incluindo o Brasil, garantindo assim o adequado destino para cada resíduo, o alumínio (volta ao ciclo do metal) e a borra de café (que vira adubo). 
A primeira patente da NESPRESSO, US 4136202 A, cápsula para preparação de bebidas, foi publicada em 23 de janeiro de 1979, e em seu resumo indicava se tratar de uma cápsula contendo uma substância para a confecção de uma bebida utilizando um aparelho, sendo a referida cápsula composta essencialmente de um corpo selado que tem a forma geral de um cone com um rebordo na sua base e de uma membrana de fecho na base, a dita membrana sendo fornecida com uma linha de enfraquecimento que delimita uma abertura. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, Época Negócios, Exame e Isto é Dinheiro), jornais (Meio Mensagem, Valor Eonômico e Estadão), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel, Interbrand e Mundo do Marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 12/5/2020

8 comentários:

Anônimo disse...

Desde dezembro de 2006 já temos Nespresso no Brasil, no bairro do Jardins, em São Paulo. Em dezembro de 2007, foi inaugurada mais uma boutique, no Rio de janeiro, em Ipanema, e em maio deste ano foi inaugurada mais uma boutique no Shopping Cidade Jardim.

Anônimo disse...

Com certeza custa mais caro, mas realmente é o melhor....´Cássia

Anônimo disse...

É normal que algumas pessoas que não conhecem o produto e principalmente seu processo, venham questionar o preço final do mesmo. Porém, não basta apenas criticar. Estude, pergunte, busque informação. A Nespresso possui, inclusive, um programa junto a mais de 1000 produtores brasileiros de café, onde auxilia o produtor a produzir seu café com mais qualidade baixo todos os critérios de sustentabilidade...daí, vem o preparo, exportação, industrialização, passando pelo marketing, pela idéia e patente das máquinas, controle absoluto da qualidade, escolha dos melhores cafés do munso, plantas industriais, etc, etc, etc..... em resumo, uma sugestão: entre no site da Nespresso e busque mais informação antes de qualquer crítica sobre valores..... ah, e falando em valores... uma cápsula do melhor café do mundo (Nespresso) custa ao redor de R$ 2,00, se você comparar com o preço cobrado em vários restaurantes e bares pelo Brasil, você verá que é muito mais barato com uma qualidade infinitamente superior (média de R$ 2,50 por expresso nos restaurantes). Grande abraço e..... descubra o mundo Nespresso. (Osmar)

MCA disse...

Olá, gostei bastante do material da Nespresso e das fontes utilizadas. Pretendo incluí-lo como material de discussão em sala de aula [com os devidos créditos], mas gostaria de saber mais sobre o autor deste blog [nao vi nada no próprio blog] É possível?
Grata.

Anônimo disse...

Comprei mas ainda não recebi, mas pelo que experimentei do café no BH shoping, foi na verdade o estopim para a compra, espero que eu acerte no sabor que penso tomar, ainda não sei escolher pela cor, mas vou acertar com o tempo.

Gildazio Cavalcanti Rodrigues disse...

Gostaria de saber em que ano a Nespresso começou a comercializar suas máquinas na Paraíba e se tem alguma previsão de quando será estalada uma boutique. Pelo menos se tem previsão para o Nordeste?

Raquel disse...

Informação muito util!

Lucimarbarreto2009@hotmail disse...

Pode ser um pouco mais caro ,mas a qualidade o sabor delicioso vale muito apena eu tenho e não me arrependo da escolha se for comparar com o preço de um expresso na rua,simplesmente não tem comparação.