27.12.10

MICHAEL KORS


Você já ouviu falar na marca MICHAEL KORS? Se a resposta for negativa não se preocupe. Afinal você não irá demorar muito para conhecê-la. A marca americana, comandada pelo estilista de mesmo nome, combina casualidade e sofisticação para compor o estilo esportivo luxuoso, mas acessível, que anda fazendo a cabeça, os pés e as mãos de milhares de americanas, celebridades e mais recentemente das brasileiras habituais à uma passadinha em Nova York ou antenadas em moda. 

A história 
Karl Anderson, Jr., mais conhecido como Michael Kors e filho de uma ex-modelo, nasceu no dia 9 de agosto de 1959, em Long Island, subúrbio da cidade de Nova York. O talento do estilista para atrair holofotes se manifestou logo na infância, quando o então ator mirim vivia entre constantes viagens rumo ao centro da cidade para participar de testes de comerciais. Depois, estudou design de moda na Fashion Institute of Technology, badalada e conceituada instituição nova-iorquina e, com apenas 19 anos, já criava coleções para a histórica butique Lothar’s, ponto de encontro de fashionistas na Manhattan dos anos de 1970. Não demorou muito para atrair a atenção das revistas de moda e, daí para o lançamento de sua marca própria, em 1981 e com a ajuda de seu sócio John Orchulli, foi uma consequência rápida.


A primeira coleção de roupas femininas MICHAEL KORS, que traduzia a mistura entre a sofisticação e a sensibilidade modernista, foi parar direto nas luxuosas araras e prateleiras das lojas de departamento mais conceituadas da cidade, como por exemplo, Bloomingdale’s, Bergdorf Goodman, Lord & Taylor, Neiman Marcus e Saks Fifth Avenue. O estilo de MK, como ele ficaria conhecido, foi influenciado, principalmente, pelo estilista Roy Halston, ícone da moda americana nos anos de 1960 e 1970, que chegou a vestir ícones como Liza Minelli e Elizabeth Taylor, além da bela Jacqueline Kennedy. Sua combinação de luxo e sofisticação com a simplicidade de uma camiseta deu novo sentido ao termo “sportswear” e era dedicada a mulheres de qualquer idade e qualquer nacionalidade, que fossem ligadas em moda, mas longe de consideradas “fashion victims” (termo criado para descrever pessoas que compram qualquer peça que apareça nas páginas de revistas especializadas, sem nenhum discernimento).


Seu segredo era mesclar peças simples e esportivas com detalhes luxuosos e muito brilho, especialmente combinando camisetas básicas com pérolas e saias clássicas até os joelhos, jeans com estolas de pele ou mesmo vestidos de jérsei com pesadas jaquetas de esqui. O sucesso nos primeiros anos foi enorme. Em 1983 recebeu seu primeiro prêmio por originalidade na moda americana, o DuPont American Original Award, e desde então, o “mais velho jovem estilista de Nova Iorque”, como ele mesmo costuma se intitular, já foi nomeado para um sem número de premiações de talento e reconhecimento. Já em 1984 suas coleções estrearam nas passarelas. E no final desta década, a marca expandiu sua linha de produtos com o lançamento de sua primeira coleção de calçados femininos. No início da década seguinte, como forma de conquistar outro público alvo, a marca lançou a KORS LIGHT, uma linha de roupas mais acessíveis que a original. Outro evento importante ocorrido nesta época foi a primeira campanha da marca protagonizada por Christy Turlington e fotografada por Steven Meisel. Kors foi nomeado diretor criativo da maison francesa Celine em 1997, na qual permaneceu por seis anos, e foi apontado como o principal responsável por reinventar e trazer a marca de volta aos holofotes do mundo da moda.


Com coleções disponíveis nas maiores lojas de departamentos nos Estados Unidos, sua primeira loja própria foi inaugurada somente em 2000, no número 974 da Madison Avenue, em pleno coração de Nova York. Nos anos seguintes, a marca ganhou mais quatro endereços exclusivos: na Rodeo Drive, reduto do luxo mais famoso em Los Angeles, na costa oeste americana; em Manhasset, próximo a Long Island; em Tóquio, no Japão; e em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Ainda neste período, ampliou sua linha de atuação ao lançar acessórios femininos como bolsas, sapatos e óculos de sol; as primeiras fragrâncias; uma completa linha de relógios, que se tornou um verdadeiro sucesso de vendas; além de sua coleção de roupas masculinas. A partir de 2004, o estilista criou duas novas linhas: MICHAEL Michael Kors, introduzida simultaneamente em aproximadamente 350 pontos de venda espalhados pelos Estados Unidos, que incluía também acessórios de couro e alfaiataria masculina; e a KORS, composta por versões fiéis em tecidos alternativos e, portanto, de menor valor, das peças mais luxuosas de sua própria coleção, como casacos com aplicações de pele e vestidos elaborados. E foi justamente a partir deste momento quando Kors começou a aparecer como jurado do popular programa de TV Project Runway, que a marca realmente decolou. Um ano antes, ele se associou a John Idol, antigo executivo da Ralph Lauren, para expandir a marca para as massas, criando assim um “luxo populista”.


Desde então, os negócios da marca MICHAEL KORS vêm se expandindo mundialmente em uma velocidade vertiginosa. O resultado: além de lançar oficialmente sua aclamada coleção de relógios no Brasil em 2008, a marca inaugurou em 2010 sua maior loja âncora em plena cidade de Paris, na chique e sofisticada Rue St. Honoré. O estilista Michael Kors, que invariavelmente veste camiseta preta com blazer da mesma cor, detém atualmente 2% das ações da empresa. O restante, que já pertenceu ao conglomerado de luxo LVMH, foi comprado em 2003 pela Sportswear Holdings, empresa comandada pelos investidores Silas Chou e Lawrence Stroll, que após a abertura de capital na Bolsa de Valores, em 2011, ganharam muitos sócios investidores. E o sucesso da marca foi tanto nos anos seguintes, que hoje em dia é difícil caminhar pelas ruas de uma grande cidade como Nova York ou andar pelo metrô sem avistar inúmeras bolsas ou os grandes e chamativos relógios da marca, que une o glamour europeu com a praticidade americana. E não por acaso, Michael Kors Michael entrou para a restrita lista dos bilionários do mundo da moda.


A linha do tempo 
1985 
Lançamento de uma linha de roupas de cashmere. 
1989 
Lançamento da primeira coleção de calçados da marca. 
1992 
Lançamento de algumas poucas peças para o público masculino. 
2000 
Lançamento do perfume feminino MICHAEL KORS, que se tornou um fenômeno de vendas. 
2001 
Lançamento do primeiro perfume masculino da marca. 
Lançamento de uma linha de acessórios femininos, composta por bolsas, além da primeira linha de óculos de sol. 
2002 
Lançamento de sua primeira coleção completa voltada para o público masculino. 
Inauguração de lojas em Londres e Tóquio. 
2003 
Lançamento do perfume feminino MICHAEL SHEER
2004 
Lançamento da linha MICHAEL MICHAEL KORS, que incluía moda praia e acessórios, como malas e pequenos artigos de couro, cintos e calçados, além de óculos e relógios, tanto para homem como para mulher. 
Lançamento da linha KORS, composta por peças mais acessíveis em termos de preço. 
Lançamento da primeira coleção de relógios da marca. 
2005 
Lançamento do perfume ISLAND MICHAEL KORS
Lançamento da linha praia e da linha infantil. 
2006 
Inauguração da primeira loja especializada em acessórios da marca. Atualmente existem mais de 60 unidades da MICHAEL KORS especializadas em acessórios. 
2009 
Lançamento da linha de perfume VERY HOLLYWOOD MICHAEL KORS. Além disso, em colaboração com a Estée Lauder, foi lançada uma coleção de maquiagens para complementar o novo perfume. Em sua primeira experiência com cosméticos, o estilista deu preferência a tons marcantes, mas cheios de transparências. A coleção era composta por 19 itens distribuídos em duas famílias de cores: Bel Air Beige e Pink Rodeo. Cada uma contava com duas cores de batom FPS 15, dois tons de lip gloss, um blush, um duo de sombra, um lápis de olho e um esmalte. 
2010 
Inauguração de uma loja âncora na cidade de Munique na Alemanha. 
2012 
Inauguração da primeira loja na cidade de Madri. 
2013 
Lançamento de uma trilogia de perfumes (Sporty Citrus, Sexy Amber e Glam Jasmine). As três novas fragrâncias são parte de uma nova coleção de beleza que inclui uma linha de maquiagem, cosméticos para corpo e outra linha para o sol.


O queridinho das celebridades 
Fora de seu ateliê, Michael Kors sempre viveu às voltas com organizações de eventos de caridade e compromissos sociais ao lado das pessoas que prestigiam seu trabalho e, portanto, sempre foi figura constante na mídia internacional. A lista de fãs e clientes célebres do estilista é longa e inclui beldades como Jennifer Lopez, Angelina Jolie, Cameron Diaz, Sharon Stone, Madonna, Gwyneth Paltrow, Sandra Bullock, Barbara Streisand e Liv Tyler. Em 1999, a atriz René Russo, outra cliente devota de Michael Kors, desfilou um figurino exclusivo do estilista em “Thomas Crown - a arte do crime”, refilmagem de um clássico homônimo de 1968 dirigido por John McTiernan. Já em 2009, o estilista queridinho dos ricos e famosos, ganhou mais uma admiradora de peso: a primeira-dama Michelle Obama, que escolheu um modelo do estilista (um charmoso tubinho preto) para sua primeira foto oficial ao lado do marido presidente, e continua usando roupas e criações de Michael Kors em seu cotidiano. Apesar dessa constelação de clientes famosas, a maior parte das criações do estilista está ao alcance de muito mais mulheres do que se imagina. Isso porque seus preços em nada lembram aos de outras grifes internacionais de luxo, que ficam sempre na casa dos milhares de dólares.


A identidade visual 
O logotipo da marca pode ser aplicado de várias formas (como mostra a imagem abaixo), incluindo as tradicionais iniciais MK (dentro de um círculo), que invariavelmente aparecem em muitos produtos, especialmente em suas bolsas.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1981 
● Fundador: Michael Kors 
● Sede mundial: New York City, New York, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Michael Kors Holdings Limited 
● Capital aberto: Sim (2011) 
● Chairman & CEO: John Idol 
● Diretor criativo: Michael Kors 
● Faturamento: US$ 3.31 bilhões (2013/2014) 
● Lucro: US$ 661.5 milhões (2013/2014) 
● Valor de mercado: US$ 12.7 bilhões (abril/2015) 
● Lojas: 500 
● Presença global: 60 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 9.100 
● Segmento: Moda 
● Principais produtos: Roupas, acessórios, bolsas, perfumes e relógios 
● Concorrentes diretos: Kate Spade, Coach, Tory Burch, Donna Karan e Calvin Klein 
● Ícones: As bolsas e os relógios 
● Website: www.michaelkors.com 

A marca no mundo 
Atualmente os produtos da marca, que englobam desde roupas, bolsas, sapatos até acessórios, perfumes, relógios e óculos, são comercializados em mais de 3.700 pontos de venda de lojas de departamento e multimarcas do mundo e através de aproximadamente 500 lojas próprias, entre as quais algumas delas no formato de outlet. Boa parte de suas lojas próprias está localizada nos Estados Unidos, tendo também unidades no Canadá, Inglaterra, Alemanha, Itália, Coréia do Sul, Emirados Árabes Unidos, França, Japão, entre outros. No Brasil são 4 lojas da marca, cuja primeira unidade foi inaugurada em 2013 na cidade do Rio de Janeiro. 

Você sabia? 
Uma curiosidade sobre Michael Kors, também conhecido por seu cargo de jurado do reality show Project Runway até 2012, é o fato do estilista não saber costurar. Ele apenas concebe e desenha suas criações. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 14/4/2015

3 comentários:

Helena Verhagen disse...

Gostei muito deste post. Me interesso mais sobre as brands de moda porque sou da área e nem sempre conhecemos essas histórias. Mas voces tem o Michael Kors e nao tem o Marc Jacobs que é muuuito mais legal e importante que o Kors, rs rs rs! Só uma sugestão. Vcs tão de parabéns! Adorei!

Rossana disse...

Oi, gostaria de saber se vc sabe se encontro relógios michael kors em montevidéu?! Obrigada e parabéns pela qualidade do blog!

jhonson miller disse...

All of our Relogio Michael Kors are 100% authentic and are always brand new. And our first goal - complete customer satisfaction - is accomplished by providing the largest selection of products at the lowest possible prices. it is a leading brand.