23.5.06

HBO


Não é TV, é HBO. Uma das mais aclamadas “grifes” da comunicação mundial, redefiniu o modo como a televisão é transmitida, não somente por inovações na área técnica, como principalmente na produção, especialmente de séries que arrebanharam milhões e milhões de fiéis seguidores, ou melhor, telespectadores, pelo mundo afora. 

A história 
Tudo começou em 1965 quando Charles Dolan, pioneiro na construção de um sistema a cabo para transmissão de televisão nos Estados Unidos, ganhou a licitação para a construção de um sistema na baixa Manhattan em Nova York. O novo sistema, chamado Sterling Manhattan Cable (algo como “O Autêntico Cabo de Manhattan”), era instalado no subterrâneo e utilizava pequenas antenas de ondas-curtas para transmitir os sinais, já que em muitas ocasiões eles eram bloqueados pelos enormes arranha-céus da cidade. No início da década de 1970, procurando por novas fontes de rendimentos, o senhor Dolan resolveu criar um canal onde mediante um pagamento mensal seria possível assistir filmes na íntegra e sem comerciais, bem como coberturas de grandes eventos esportivos. Ele apresentou seu novo projeto para a empresa Time Life Inc., que adorou a ideia e lançou o canal HBO, uma abreviação de Home Box Office (em português algo como “BILHETERIA DE CINEMA EM CASA”), em 1972 na cidade de Nova York, sendo a primeira rede de televisão a cabo, exclusiva para assinantes, que exibia filmes no sistema pay-perview (“pague para ver”). O novo canal estreou no dia 8 de novembro com a transmissão de seu primeiro programa, um jogo da liga americana profissional de hóquei no gelo entre as equipes do New York Rangers e Vancouver Canucks, realizado no Madison Square Garden, e transmitido para 365 assinantes da cidade de Wilkes-Barre, estado da Pensilvânia. Depois do jogo foi transmitido o primeiro filme pela HBO: “Sometimes a Great Notion”, estrelando Paul Newman e Henry Fonda.


Apesar da novidade, a empresa foi rapidamente perdendo dinheiro porque tinha uma pequena base de assinantes, algo em torno de 20.000 clientes em Manhattan. Foi então que a Time Life, que já possuía 20% das ações, comprou os 80% restantes, alterando o nome da empresa para Manhattan Cable Television, e consequentemente ganhou o controle sob a HBO em março de 1973. Pouco depois, no dia 30 de setembro de 1975, a HBO se tornou a primeira rede de televisão a transmitir via satélite, ao exibir uma luta de boxe entre Muhammad Ali e Joe Frazier, realizada na cidade de Manila, nas Filipinas. Depois do sucesso, inclusive técnico, deste tipo de transmissão, a HBO resolveu adotar a transmissão via satélite para todos os seus programas. Ainda nesta década a HBO expandiu-se para outros estados americanos; passou a ter 24 horas de programação a partir de 28 de dezembro de 1981 (antes, eram nove horas de programação diária, das 15 às 24 horas); com a criação da divisão HBO FILMS produziu seu primeiro filme original, The Terry Fox Story (conta a história de um corredor canadense que teve uma perna amputada e cruzou o país arrecadando fundos para a pesquisa da cura do câncer), em 1983, que também se tornou o primeiro especialmente produzido para televisão por assinatura; estreou a primeira exibição de uma atração infantil, a série Fraggle Rock; e inovou mais uma vez, em 1986, quando se tornou a primeira rede de televisão a codificar seu sinal contra exibição não autorizada.


Em 1989 a HBO resolveu “atacar” a concorrência com uma popular campanha publicitária que tinha como slogan “Nobody Brings It Home Like HBO” (algo como “Ninguém abastece o lar como a HBO”). Em 1990, como parte de seu plano de expansão, a emissora criou a HBO Independent Productions para produzir séries de televisão. A primeira série produzida foi “ROC”, que foi ao ar pela Fox Network. Mas foi em 1997, com a estreia de OZ, sua primeira série dramática de uma hora de duração, que a HBO deu início a uma tendência que virou comum entre os canais Premium. Este ano será lembrado como a data em que a HBO recebeu mais indicações para o Emmy® – um total de 90 indicações – mais que outra rede de televisão aberta. Com orgulho, a HBO é a rede mais indicada para os prêmios Emmy® e Peabody na história da televisão. Depois vieram outras séries originais premiadas que conquistaram milhões de fãs pelo mundo afora e trouxeram muito dinheiro para a empresa. No dia 6 de março de 1999, a HBO também foi uma das primeiras redes de televisão por assinatura a transmitir uma versão de seu canal em alta-definição (HD). Nos anos seguintes a HBO ampliou sua linha de produtos com o lançamento de vários canais segmentados, que atendiam as necessidades de determinados tipos de telespectadores. Além disso, o canal foi introduzido em muitos países ao redor do mundo. Continuando sua rica história em inovação, no mês de janeiro de 2011, a HBO se tornou o primeiro canal premium a oferecer programação de filmes em 3D.


Atualmente a HBO, tem sua programação dedicada a filmes, séries originais e de grande sucesso, além de documentários, especiais musicais, shows de comédia e transmissões esportivas (através do HBO SPORTS com lutas de boxe). Com uma programação incomparável e que valoriza suas produções originais, a HBO conquistou a liderança no mercado americano com ousadia, qualidade imbatível e histórias contadas de um jeito único que só o canal que inventou a TV por assinatura no mundo tem coragem de levar até o telespectador.


A linha do tempo 
1980 
Lançamento no dia 1 de agosto do canal pago de filmes CINEMAX, que tinha como principal objetivo complementar a programação da HBO e concorrer com o The Movie Channel, um canal de filmes popular no mercado americano na época. 
1988 
Lançamento do HBO en Español, um canal transmitido em língua espanhola. 
1991 
Lançamento do HBO 2, segundo canal da emissora original, conhecido como HBO PLUS entre 1998 e 2001, que possui uma programação mais voltada para filmes e séries. Hoje em dia o canal oferece mais opções de programação com shows, boxe, maratonas de séries e filmes. Em alguns países esse canal exibe programação dublada. 
Lançamento do HBO SIGNATURE, um canal voltado para o público feminino, conhecido até 1998 como HBO 3. 
1995 
Lançamento de sua página na internet, trazendo todas as informações de sua programação. 
1996 
Lançamento do HBO FAMILY, um canal voltado para toda a família com uma programação diversificada, composta por filmes, séries e desenhos para todas as idades. 
1999 
Lançamento no dia 6 de maio do HBO COMEDY, um canal que transmite filmes e séries de comédia e muita diversão. 
Lançamento do HBO ZONE, um canal alternativo de filmes e programação original da HBO voltado para um público entre 18 a 35 anos. Também transmite programação orientada a adultos durante as noites. 
2000 
Lançamento do HBO LATINO, um canal voltado para o público latino com programação em espanhol. Foi o sucessor do canal HBO en Español. 
2001 
Lançamento do HBO on Demand, um sistema de vídeo sob demanda que oferecia filmes, séries e espetáculos musicais anteriormente vistos no canal. 
2005 
Lançamento, através de um acordo assinado com a operadora Cingular Wireless, do HBO MOBILE, um canal para distribuir conteúdo (guia dos seriados, wallpaper e ringtones, entre outros) de seus programas através do celular. 
2008 
Lançamento do HBO on Broadband, um canal que disponibilizava mais de 400 horas de filmes e séries originais via computador. 
2010 
Lançamento do HBO GO, um serviço onde os assinantes dos canais podem assistir filmes e seriados via internet. Era uma solução para quem desejasse assistir ao conteúdo do canal em outros horários, rever os programas ou mesmo fazer o streaming sem precisar de uma televisão. 
2015 
Lançamento no dia 7 de abril do HBO NOW, um serviço de streaming que permite o acesso aos filmes e seriados dos canais HBO sem uma assinatura de TV paga. Para atrair mais assinantes, a HBO está ampliando seu catálogo, com parcerias com empresas como a Universal, Fox e a Warner, além de investir pesado em conteúdo original, como também faz a concorrente Netflix.


Grandes sucessos 
A HBO conquistou uma grande reputação por oferecer uma programação original de alta qualidade, especialmente na produção de premiadas, polêmicas e divertidas séries como: 
OZ (1997-2003), série que mostra várias histórias vividas e presenciadas pelos personagens da prisão de segurança máxima Oswald Maximum, e conhecida pelo apelido de “Oz”. 
Sex and the City (1998-2004), série de enorme sucesso que se passava na cidade de Nova York contando as relações íntimas de quatro amigas. 
The Sopranos (1999-2007), série que narra a vida de Tony Soprano, um ítalo-americano de Nova Jersey que procura a ajuda de uma psicóloga para conseguir lidar com a sua vida familiar e com os negócios da Máfia a que pertence. 
Six Feet Under (2001-2005), série aclamada pela crítica, mostra os dramas convencionais de uma família, lidando com assuntos como infidelidade, homossexualidade, religião e morte, já que a história se passa em torno da funerária Fisher & Diaz. 
Band of Brothers (2001-2001), conta a história da Easy Company, integrante da 101ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos, na Segunda Guerra Mundial. 
The Wire (2002-2008), um drama policial que mostra o cotidiano de um grupo de policiais combatendo o crime na cidade Baltimore. A série mostra, ainda, todo o universo dos traficantes e usuários de drogas, vivendo em meio a violência e contradições dos guetos norte-americanos. 
Carnivále (2003-2005), série dramática mostrando um fugitivo da justiça que abandona sua fazenda para juntar-se a uma companhia circense. 
Deadwood (2004-2006), série que acompanha os primeiros anos da cidade de Deadwood, no oeste americano em 1870, desde sua fundação como um acampamento de garimpeiros no território de Dakota. 
Rome (2005-2007), primorosa série produzida em parceria com a britânica BBC que conta a história de Roma. 
True Blood (2008-2014), uma aclamada série que mostra uma nova era de evolução científica, onde os vampiros conseguiram deixar de serem monstros lendários para se tornarem cidadãos comuns. Essa mudança, que aconteceu do dia para a noite, deve-se a cientistas japoneses, que inventaram um sangue sintético, fazendo com que os humanos deixassem de ser o seu prato principal. 
Game of Thrones (2011-presente), série criada como a adaptação dos livros escritos por George R.R. Martin, reunidos na série As Crônicas de Gelo e Fogo (A Song of Ice and Fire), composta por sete volumes. Desde que estreou na televisão, tornou-se a maior série da HBO, conquistando fãs em todo o mundo, fascinados por suas histórias de intrigas, luta pelo poder, pelo amor, pela honra e pela fortuna, anseios que permeiam a vida os habitantes dos fictícios Sete Reinos de Westeros, em um tempo inspirado na Idade Média e permeado de elementos sobrenaturais.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por significativas remodelações ao longo dos anos. O logotipo original da marca foi utilizado até 1975, quando passou por uma radical remodelação, incluindo a mudança de nome para HBO. O tradicional logotipo da marca com um círculo dentro da letra O foi criado em 1975. Desde então sofreu pequenas mudanças em seu design, como em 1980, quando as letras B e O foram unidas. Em relação à cor, o azul-claro (utilizado ainda em alguns países) foi substituído pelo preto.


Os slogans 
Different and First. (1975) 
The Great Entertainment Alternative. (1976) 
Don’t Miss HBO. (1978) 
HBO People Don’t Miss Out. (1979) 
Start with Us on HBO. (1982) 
There’s No Place Like HBO. (1984) 
Nobody Brings it Home Like HBO. (1985) 
Watch Us Here on HBO. (1988) 
Let’s All Get Together. (1989) 
Simply The Best. (1989) 
We’re HBO. (1991) 
Just You Wait. (1993) 
We’re Out of Town Today. (1993) 
Something Special’s On. (1995) 
It’s Not TV. It’s HBO. (1996) 
It’s More Than You Imagined. It’s HBO. (2009) 
It’s HBO. (2011) 
So Original. (2014) 
It’s What Connects Us. (2017)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 8 de novembro de 1972 
● Criador: Charles Dolan 
● Sede mundial: New York City, New York, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Home Box Office Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da Time Warner Inc.) 
● Chairman & CEO: Richard Plepler 
● Faturamento: US$ 5.89 bilhões (2016) 
● Lucro: US$ 1.91 bilhões (2016) 
● Assinantes: 134 milhões 
● Presença global: 60 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 4.000 
● Segmento: Comunicação 
● Principais produtos: Canais de televisão a cabo e via internet 
● Concorrentes diretos: TCM, TNT, AXN, AMC, The Movie Channel, Showtime, Starz, FXM e Netflix 
● Slogan: It’s What Connects Us. 
● Website: www.hbogo.com.br 

A marca no mundo 
Hoje em dia a HBO, que faturou mais de US$ 5.8 bilhões em 2016, possui mais de 134 milhões de assinantes no mundo, sendo 49 milhões somente nos Estados Unidos. A programação dos canais da HBO é transmitida para mais de 60 países em todo o mundo. Já os filmes e séries originais da HBO são vendidos em 150 países. Mais de 1.000 filmes diferentes são exibidos pelos canais HBO todos os anos. 

Você sabia? 
A HBO já ganhou 22 Emmy® Awards, mais que qualquer outro canal de televisão. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 12/8/2017

3 comentários:

Julieta Souza disse...

Eu adorei assistir as várias séries de HBO na plataforma de vídeo. Eles são incríveis e têm muito sucesso. Eu também adoro assistir HBO filmes. Eu vi que entre os próximos filmes a ser lançado é Esquadrão Suicida. Este gênero nunca foi um dos meus preferidos, pórem devo reconhecer que Esquadrão Suicida foi um bom filme o ano passado já que apesar das críticas negativas acho que foi uma historia de super-herói muito criativa que usou elementos clássicos dos quadrinhos. Muito bom.

Maria Lucia Trejo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Irasema Saravia disse...

Eu amo HBO! Acho que a Programação HBO é muito boa! A página apresenta muitas séries e filmes, incluindo "Esquadrão Suicida". É um filme muito divertido, ideal para se divertir e descansar do louco ritmo da semana. :) Recomendo! ❤️