15.8.06

DISCOVER CARD


Um pequeno sol alaranjado em um cartão de crédito representa para milhões de americanos, não somente uma forma de pagamento, mas uma grife de serviços financeiros. O DISCOVER CARD foi responsável por oferecer vantagens, inovações e benefícios que mudaram o conceito de cartões de créditos nos Estados Unidos.

A história
A história da marca de cartão de crédito DISCOVER CARD, uma das mais conhecidas do mercado americano, surgiu de uma forma bem singular quando, em 1981, a tradicional rede de loja de departamento Sears, Roebuck and Co., na época a maior varejista do país, comprou as empresas Dean Witter Reynolds Organization e Coldwell, Banker & Company, em uma tentativa de vender serviços financeiros aos seus consumidores, assim como dar mais uma opção de pagamentos aos frequentadores de suas lojas. O cartão de crédito DISCOVER CARD foi lançado no mercado em teste no ano de 1985 pela divisão de serviços financeiros da empresa batizada de Sears Financial Network, camandada por Comandado por Ray Kennedy; e no ano seguinte já estava disponível nacionalmente.


Pouco depois, surgiu um pequeno símbolo no DISCOVER CARD, que representava a Sears Tower, icônico edifício onde eram localizados os escritórios centrais da rede de departamento na cidade de Chicago. No ano seguinte a marca revolucionou o segmento de cartão de crédito no mercado americano, quando durante o intervalo do Super Bowl (final do futebol americano profissional que tem o segundo mais caro do mundo para anunciar) o comercial “Dawn of Discover” apresentou um pôr do sol com a frase “Very few things cost you nothing to get and pay you back every day. But now the Discover card does”.


Rapidamente o cartão de crédito ganhou uma base sólida de consumidores em todo Estados Unidos devido a grande popularidade da Sears. Além disso, o DISCOVER CARD não cobrava anuidade, incomum para a época, e possuía limites bem mais alto que seus tradicionais concorrentes. O grande problema foi que a Sears passou a não aceitar nenhum outro cartão de crédito em suas lojas e seus concorrentes a não aceitar o DISCOVER CARD, restringindo assim o crescimento do cartão. Apesar dessas enormes dificuldades, em 1989, o DISCOVER assinou acordo com seu milionésimo estabelecimento.


No começo da década de 90 a Sears começou a ter dificuldades com seus negócios de financiamento e cartões de créditos, e acabou vendendo sua divisão de serviços financeiros à empresa Dean Witter em 1993, que pouco depois, em 1997, se fundiria com o banco Stanley Morgan. Pouco depois, em 1995, o nome da empresa foi mudado para NOVUS (“novo” em latim), para não confundir com seu principal produto, o DISCOVER CARD. Nesta década, a marca ficou conhecida popularmente pela longa e duradoura campanha publicitária que tinha como slogan “It pays to Discover”. Com a chegada do novo milênio, o banco Greenwood Trust, emissor dos cartões DISCOVER, passou a se chamar DISCOVER BANK, em uma tentativa de criar, não somente uma marca de cartões de créditos, mas uma grife de serviços financeiros. Em 2003, os cartões DISCOVER passaram a serem aceitos no México.


Depois de uma longa batalha judicial, onde a DISCOVER acusava, tanto a Visa como a MasterCard, de práticas desleais, em 2004 uma sentença favorável à empresa colocou os cartões DISCOVER em igualdade de mercado diante de seus principais concorrentes. Com isso, os cartões de créditos da marca passaram a serem emitidos também por outros bancos, como por exemplo, o GE Consumer Finance e o HSBC. Em fevereiro de 2006 a DISCOVER lançou no mercado americano o cartão de débito, depois de adquirir, no ano anterior, a empresa de sistema eletrônico de pagamentos Pulse. Além disso, seus cartões passaram a serem aceitos em vários países da América Central. No final deste ano, um acordo na China possibilitou que a marca DISCOVER fosse aceita em redes de caixas automáticos e estabelecimentos do país. Desde então o DISCOVER CARD passou a ser o cartão americano mais aceito na China, batendo seus tradicionais competidores Visa, MasterCard e American Express. Acordo similar também foi fechado no Japão, fazendo com que a marca crescesse internacionalmente.


Até o ano de 2007 o cartão era administrado pelo Discover Bank, uma subsidiária do banco Morgan Stanley, que a partir desse ano se tornou uma empresa independente, tendo capital aberto na Bolsa de Valores. Em abril de 2008, a Discover Financial Services, adquiriu a divisão internacional da rede de cartões DINERS CLUB do Citibank por US$ 168 milhões, se tornando assim uma das maiores administradoras do segmento. A empresa adquiriu somente a rede de cartões DINERS CLUB, e não a licença para emiti-los, fazendo com que o DISCOVER no futuro passasse ser aceito em 185 países ao redor do mundo. Recentemente, em dezembro de 2009, um acordo com a Redecard possibilitou a aceitação dos cartões DISCOVER no Brasil. Uma das vantagens da operação é possibilitar aos estrangeiros, que intensificarão sua presença no Brasil com a Copa do Mundo e as Olimpíadas, pagar despesas no país utilizando cartão de crédito da DISCOVER. Atualmente, enquanto os cartões DISCOVER continuam não sendo aceitos na Europa, a marca tem forte crescimento no México, Canadá, Costa Rica, Belize, Micronésia Francesa e muitos países caribenhos.


A linha do tempo
1995
Lançamento de sua página na Internet.
1998
Lançamento do DISCOVER PLATINUM (conhecido atualmente como DISCOVER MORE CARD), um cartão de crédito Premium que oferece inúmeras vantagens e benefícios aos associados como bônus, isenção de anuidade, limite de crédito estendido e outros serviços complementares.
2002
Lançamento do DISCOVER 2GO, primeiro cartão de crédito em formato de chaveiro com tarja magnética que revolucionou o mercado.
2003
Lançamento do DISCOVER GASOLINE CARD (cartão gasolina), que em 2007 passou a se chamar DISCOVER OPEN ROAD. Esse cartão dá ao associado 5% do valor de suas compras em abastecimento e para despesas de manutenção de automóveis.
Lançamento do THE MILES CARD by DISCOVER CARD (desde 2007, conhecido como MILES by DISCOVER), um cartão que revertia em bônus as despesas feitas em um raio de até 2.500 milhas (exceto de avião) em hotéis, locadoras de veículos, pacotes de viagens e lojas de lembranças.
Lançamento do DISCOVER GIFT CARD, um cartão de presente pré-pago.
2006
Lançamento do DISCOVER BUSINESS, conhecido como cartão de crédito corporativo.
Lançamento do cartão de débito.
2007
Lançamento do DISCOVER MOTIVA CARD, um cartão de crédito que dava bônus em dinheiro para os usuários que soubesse utilizá-lo de forma responsável.
2008
Lançamento do cartão de crédito em PVC biodegradável.


A evolução visual
O logotipo do DISCOVER CARD mudou bastante desde seu lançamento no mercado. Há poucos anos atrás, o tradicional e popular logotipo da marca, que incluía, desde 1995, o símbolo da NOVUS, um centro de processamento de transações financeiras da DISCOVER, foi substituído por um logotipo mais moderno e dinâmico, cujo símbolo central era um sol alaranjado. Os cartões de crédito também acompanharam o desenvolvimento da marca ao longo dos anos, adquirindo um design mais sóbrio e moderno.


Os slogans
Brighter. (2008)
For the slightly smarter consumer.
It pays to Discover. (anos 90)


Dados corporativos
● Origem: Estados Unidos
● Lançamento: 1985
● Fundador: Sears, Roebuck and Co.
● Sede mundial: Riverwoods, Illinois
● Proprietário da marca: Discover Financial Services
● Capital aberto: Sim (2007)
● Chairman & CEO: David Nelms
● Presidente: Roger C. Hochschild
● Faturamento: US$ 6 bilhões (2011)
● Lucro: US$ 2.2 bilhões (2011)
● Valor de mercado: US$ 17.8 bilhões (maio/2012)
● Associados: 60 milhões
● Presença global: 75 países
● Presença no Brasil: Sim (futuramente)
● Funcionários: 11.650
● Segmento: Financeiro
● Principais produtos: Cartões de crédito e débito
● Principais produtos: Visa, MasterCard, Diners Club e American Express
● Ícones: O sol do logotipo
● Slogan: Brighter.
● Website: www.discovercard.com

A marca no mundo
Atualmente o DISCOVER CARD, terceira marca mais popular de cartões de créditos do mercado americano, possui mais de 60 milhões de associados, com cerca de 4 milhões de estabelecimentos cadastrados e uma enorme rede caixas automáticos, sendo aceito nos Estados Unidos, Canadá, América Central, México, Caribe, China, Japão e Índia. A DISCOVER é a quarta maior emissora de cartões de crédito do mundo e processou mais de US$ 110 bilhões em transações no ano de 2011. Além dos cartões, a DISCOVER também oferece serviços de empréstimos pessoais e estudantil.

Você sabia?
A primeira compra com um cartão de crédito DISCOVER aconteceu no dia 17 de setembro de 1985, no valor de US$ 26.77.
Até 2007, a marca DISCOVER aparecia com destaque acima da tradicional bola de ano novo na Times Square, o que gerou ainda mais reconhecimento.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 14/5/2012

Nenhum comentário: