17.7.06

BREITLING


Marcante no mundo da moda e altamente preciso: estes são alguns dos adjetivos que se usam para descrever um relógio BREITLING. De fato, a marca é tão respeitada que seus cronógrafos de precisão adornam os braços de pilotos das forças aéreas de diversos países como, por exemplo, Inglaterra, Itália e Suíça, além de exploradores e aventureiros ao redor do mundo. Mais de um século após a sua fundação é uma das mais conhecidas e respeitadas marcas de relógios de luxo do mundo. 

A história 
A saga começou em 1884, na cidade montanhosa suíça de St-Imier, quando o jovem Léon Breitling, filho de alemães e então com apenas 24 anos de idade, abriu uma pequena oficina especializada na fabricação de cronógrafos e medidores de alta precisão para uso esportivo, científico e industrial. Como a estratégia de produzir relógios com alta qualidade técnica, aos poucos foi dando certo, em 1892, o jovem relojoeiro realocou a pequena oficina para a vila de La Chaux-de-Fonds, centro da indústria de relógios suíços na época, e começou a se especializar na produção de cronógrafos. A nova fábrica empregava aproximadamente 60 pessoas, além de relojoeiros que trabalhavam em suas próprias casas. Nesta época a empresa adotou um novo nome: G. Léon Breitling S.A. Montbrillant Watch Manufactory. No dia 11 de agosto de 1914, aos 54 anos, Léon faleceu, e seu filho Gaston assumiu o comando da empresa e iniciou a produção de relógios de pulso, ao conceber o primeiro cronógrafo com ponteiros centrais e contador de 30 minutos. Este é também o primeiro instrumento criado pela empresa que se destinava a equipar os pilotos do exército em guerra. Em 1923 foi a vez da marca criar o primeiro cronógrafo com botões independentes, diferente dos anteriores, que utilizavam a coroa como botão. Isto significa separar as funções “início/paragem” da função “reinício”. Esta inovação patenteada permitiu, a partir de então, adicionar vários tempos sucessivos, sem ser necessário reiniciar o cronógrafo – quer se trate de cronometrar uma competição esportiva ou um tempo de voo.


Quando Gaston Breitling morreu subitamente no dia 30 de julho de 1927, não havia nenhum herdeiro apropriado na família que pudesse assumir a empresa. Com isso, os gerentes tomaram frente dos negócios pelos anos seguintes, período delicado que compreendeu a quebra da Bolsa de Valores de 1929 e a subsequente Grande Depressão Americana. Como todas as outras empresas do segmento, a BREITLING lutou arduamente para manter-se em atividade durante este período delicado. Por sorte, seus executivos foram capazes de conseguir encomendas suficientes até que Willy Breitling, filho de Gaston, pudesse assumir a empresa, em 1932. Ele possuía conhecimentos técnicos e comerciais do negócio e começou a dirigir a empresa de acordo com sua visão sobre o futuro. Pouco depois, em 1934, a BREITLING introduziu uma importante inovação: um segundo botão de reinício que permitia a medição de vários períodos curtos sucessivos, tecnologia que é utilizada até hoje nas configurações dos equipamentos contemporâneos e adotada pela concorrência.


Dois anos mais tarde, em 1936, a BREITLING tornou-se fornecedora oficial da Royal Air Force, a conhecida e respeitada força aérea britânica, garantindo assim ainda mais prestígio para a marca. A partir dessa data tem início uma longa cooperação com a aeronáutica e a aviação internacional. Na época, a produção de cronógrafos era, em grande parte, incrementada pelo mercado militar que procurava relógios de pulso extremamente confiáveis e com funções de cronógrafos. A BREITLING fabricou um dos primeiros cronógrafos produzidos em série, o “Premier”. Em 1946 a marca oferecia em seu catálogo aproximadamente 250 relógios de diversos usos. O foco era os cronógrafos, mas liderando a linha estava Duograph, com função de frações de segundos para a leitura de tempo intermediário. Relógios clássicos, de três ponteiros, também estavam disponíveis. Todas as peças continham movimento da Ébauches, pois a BREITLING ainda não fabricava seus próprios mecanismos. Ainda nesta década a empresa aumentou seu leque de clientes profissionais e passou a fornecer seus produtos a Forças Armadas Americanas. Com a BREITLING rapidamente se tornando a principal escolha de pilotos mundo afora, não foi surpresa quando a Associação de Pilotos e Donos de Aviões nomeou uma de suas recém-lançadas versões como seu relógio oficial. O modelo ganhou ainda mais fama quando foi lançado no mercado de varejo com o nome de NAVITIMER em 1952. Objeto de culto para pilotos e amantes da aeronáutica, este modelo tem sido fabricado continuamente há mais de 60 anos, tornando-se assim o mais antigo cronógrafo mecânico ainda em produção no mundo.


Ainda nos anos de 1950, a BREITLING já fornecia os indicadores de bordo às principais companhias aéreas internacionais e fabricantes como Boeing e Lockheed. Foram seus relógios e cronógrafos que garantiram maior segurança aos pilotos com informações precisas e práticas, como condições de altitude, profundidade e direção. A marca ganhou ainda mais credibilidade em 1962, quando o astronauta Scott Carpenter utilizou em seu pulso um relógio BREITLING COSMONAUTE CHRONOGRAPH durante o voo espacial a bordo da cápsula Aurora 7, o primeiro projeto espacial tripulado norte-americano. Era o primeiro cronógrafo de pulso a viajar no espaço, resistindo à todas as intempéries e retornando à terra com louvor. A partir desse momento, a BREITLING se tornou referência absoluta entre pilotos, astronautas, engenheiros e matemáticos.


O ano de 1969 foi extremamente rico em avanços tecnológicos. Deu-se um dos mais representativos avanços da indústria relojoaria suíça: a invenção do cronógrafo com movimento automático. Este grande passo foi dado pela BREITLING em parceria com a Buren e Heuer-Leonidas. Como muitas das empresas relojoeiras suíças, a BREITLING foi duramente atingida pela revolução do quartzo e, em 1979, o antigo piloto e engenheiro eletrônico Ernest Schneider assumiu o cargo de CEO, tendo como principal objetivo tentar criar uma estratégia de recuperação da imagem dos relógios mecânicos frente à ameaça do quartzo que se instalara naquele período. Inteligentemente conduziu uma campanha publicitária criada para influenciar o desejo das pessoas por relógios de tamanho grande, isto é, tamanhos bem acima da média, e com isso neutralizar um pouco os relógios de quartzo (geralmente pequenos e finos). A campanha foi um enorme sucesso, causando um renovado interesse no uso de relógios mecânicos. Juntamente com François Thibaud construiu uma nova fábrica, localizada em Grenchen, com o objetivo de conhecer as necessidades da indústria que pretendiam conquistar ainda mais: a aeronáutica.



Durante a década de 1980 a marca realizou dois projetos que foram à concretização das ideias de Schneider: os relógios CHRONOMAT (1984), que em sua segunda geração marcou o renascimento dos cronômetros automáticos; e o AEROSPACE (1985). Ambos com um grande sucesso comercial nos principais mercados do mundo. O primeiro foi construído em cooperação com a força aérea italiana, e rapidamente se tornou um “best-seller” da marca. O segundo foi concebido em titânio e introduziu multifunções em um cronógrafo eletrônico. No final desta década, o relógio de pulso BREITLING, com sua grande caixa e seu aro peculiar, era um símbolo reconhecível de status ao redor do mundo e largamente copiado por outras empresas, colocando o “Breitling look” ainda mais em evidência. Em 2001, na sua incessante procura pela melhor qualidade, a BREITLING deu um novo passo decisivo em termos de precisão e desempenho dos seus cronômetros. Este passo decisivo tem um nome: o SuperQuartz™, que permite movimentos dez vezes mais rápidos e precisos que o quartzo normal.


Esta preocupação pela exclusividade, qualidade e desempenho permitiu em 2002 a criação da Breitling Chronométrie, uma unidade ultramoderna e especializada na fabricação de cronógrafos com movimentos mecânicos, localizada em La Chaux-de-Fonds. Em 2009, a marca suíça desenvolveu seu primeiro “motor” de cronógrafo projetado e construído inteiramente por ela. Ao longo de mais de 125 anos e cinco gerações, a BREITLING associou seu nome intimamente ao desenvolvimento da aviação, esportes, tecnologia, ciências e indústria – áreas que exigem instrumentos de medida confiáveis e precisos. Com o B01, a empresa iniciou um novo capítulo em uma história repleta de grandes momentos no ar, na terra e sob o mar. A marca desenvolveu, desde então, uma gama de movimentos manufaturados dotados de funções úteis e inovadoras – tais como os Calibres B04 com um segundo fuso horário e o B05 com hora universal, que se distinguem pelo seu conforto de manuseio revolucionário.


Não foi por acaso que a marca suíça se tornou a fornecedora oficial da aviação. Especialista em relógios técnicos, a BREITLING desempenhou um papel crucial no desenvolvimento do cronógrafo de pulso e figura entre os líderes deste segmento. A empresa partilhou todos os maiores momentos da conquista dos céus, graças aos seus instrumentos fiáveis, robustos e eficientes. Uma das únicas casas relojoeiras do mundo a equipar todos os seus modelos com movimentos, cronômetros oficialmente certificados pelo COSC, o melhor em termos de precisão, a BREITLING é igualmente uma das raras marcas a possuir os seus próprios movimentos de cronógrafos mecânicos, integralmente concebidos e fabricados em seus ateliers. Esta empresa familiar é, por outro lado, uma das últimas marcas relojoeiras suíças independentes.



A linha do tempo 
1914

Lançamento do relógio VITESSE, um grande sucesso entre as forças policiais, pois poderia ser utilizado para pegar motoristas que excediam o limite de velocidade. 
1941

● Lançamento do famoso relógio CHRONOMAT, primeiro cronógrafo equipado com uma régua de cálculo circular deslizante em seu aro. Desde funções como taquímetro e telêmetro à multiplicação, divisão e regra de três simples eram resolvidas de maneira surpreendentemente rápida. Essa foi a primeira geração do aclamado modelo, que ganharia uma segunda geração em 1984. 
1952
Lançamento do NAVITIMER, um cronógrafo inovador especificamente desenvolvido para a aviação. Pela primeira vez um relógio dispunha de um “computador de aviação” capaz de efetuar todos os cálculos necessários à preparação de planos de voo e de converter milhas em quilômetros e vice-versa. O nome tem origem na combinação de duas palavras: Navegação e Temporizador (algo como “timer” em inglês). Esta primeira versão tornou-se o relógio oficial da associação de pilotos de todo o mundo, conhecida como AOPA (Aeronaves Proprietários e Pilotos Association). Esse modelo se tornou o maior ícone da marca, objeto de desejo por parte de todos os entusiastas da aviação. 
1957
Lançamento do SUPEROCEAN, cronógrafo especialmente desenvolvido para mergulhadores profissionais e militares. O novo produto tinha robustez e funcionalidade de um relógio talhado para águas profundas (resistente até 200 metros de profundidade). 
1973

● Lançamento do BREITLING NAVITIMER GMT, primeiro cronógrafo com dois sistemas de horas (12 e 24 horas). 
1985

● Lançamento do AEROSPACE, inovador cronógrafo eletrônico multifuncional feito em titânico. 
1986 
Lançamento de um relógio para mergulho, com uma válvula de hélio e o poder de alcançar 1.000 metros de profundidade. 
1987
Lançamento do WORLD, modelo de relógio com indicador de horário nas quatro zonas do mundo. 
1988

● Lançamento do J-CLASS, modelo especificamente desenvolvido para a prática do batismo. 
1995
● Lançamento do BREITLING EMERGENCY, um instrumento-relógio multifuncional que trabalhava na frequência de emergência da aviação (121,5 MHz), contendo um minúsculo transmissor com uma antena capaz de enviar um sinal de rádio que ajudaria equipes de resgate a acharem sobreviventes de um acidente de avião ou um naufrágio. Segundo reza a história, dois pilotos britânicos, Steve Brooks e Hugh Quentin-Smith, foram resgatados graças aos seus relógios EMERGENCY depois que seu helicóptero desapareceu na Antártica. Atualmente, não é preciso ser um piloto para adquirir este modelo, mas o comprador terá que assinar um termo de responsabilidade para não acionar o dispositivo de emergência em uma situação que não é urgente. 
1998

● Lançamento do B1, o mais versátil cronógrafo multifuncional já desenvolvido em cooperação com profissionais da aviação, muito em virtude do micro-processador embutido. 
2002
Associação com a tradicional marca britânica de automóveis Bentley, desde a concepção de relógios aos interiores e instrumentos do painel dos sofisticados carros. 
2009

● A marca coroa seus 125 anos de paixão pelos cronógrafos com a introdução do CALIBRE 01, seu próprio movimento de cronógrafo automático. Com isso, a marca suíça revolucionou a tradicional montagem de movimentos. 
2010
Lançamento do BLACKBIRD BLACKSTEEL, um relógio luxuoso de alta precisão e feito em aço com acabamento preto fosco. Com edição limitada a duas mil peças no mundo todo, o relógio custava aproximadamente US$ 7 mil (o preço final dependia do tipo de pulseira escolhida). 
2011

Lançamento do CHRONOSPACE AUTOMATIC, um novo cronógrafo para pilotos que une exemplarmente a forma e a função. Graças ao canelado pronunciado, destinado a permitir a utilização com luvas, o aro rotativo bidirecional assegura um manuseio simples e preciso da régua de cálculo circular, permitindo efetuar todas as operações ligadas à navegação aérea. Um trunfo em matéria de ergonomia e de funcionalidade. 
2016 
Lançamento do CHRONOMAT 44 BLACKSTEEL, um cronógrafo cujo design faz referência aos painéis dos aviões. A caixa robusta de 44 mm é feita em aço com liga de carbono, o que garante maior resistência ao relógio. Já o mostrador conta com três contadores quadrados e indicadores luminescentes que facilitam a visualização das horas, dos minutos e dos segundos em voos e em outras atividades que exigem agilidade, como o mergulho. 
Lançamento do NAVITIMER 1884, cujo nome faz referência ao ano de fundação da empresa (número que também representa a quantidade de exemplares disponíveis). A nova versão do cronógrafo vem com caixa de prata de 46 mm com fundo preto e opções de pulseiras (metal, couro, couro de crocodilo e borracha com design inspirado nos pneus das aeronaves). O relógio vem com um conjunto de complicações inspiradas no universo dos pilotos, incluindo cronômetro, calendário e régua de aviação.


Parceira da aeronáutica 
Os pioneiros da aviação necessitavam de instrumentos fiáveis e eficientes e, portanto, adotaram muito rapidamente os cronógrafos de bolso e, posteriormente, os cronógrafos de pulso BREITLING. Era apenas o início de uma parceria que faria a marca suíça respeitada no mundo inteiro. No início dos anos de 1930, apoiando-se na sua enorme reputação de precisão e robustez, a marca introduziu, em sua linha de produtos, uma especialidade que lhe conferiria um êxito mundial: os cronógrafos de bordo destinados aos cockpits dos aviões. Estes instrumentos indispensáveis à pilotagem, com toda a segurança, alcançaram um grande êxito, junto à diversas forças armadas mundiais. Ao longo dos anos de 1950 e 1960, a BREITLING foi uma das principais responsáveis pelo desenvolvimento da aviação comercial, equipando os aviões a hélice e, em seguida, os jatos de inúmeros fabricantes e companhias aéreas com os seus cronógrafos de bordo. Foi assim que a marca se tornou “fornecedor oficial da aviação mundial”.


Atualmente, a BREITLING perpetua este vínculo autêntico e privilegiado com a aeronáutica, colaborando com a elite mundial dos pilotos. A empresa faz voar, sob a sua bandeira, várias formações, incluindo a fabulosa Breitling Jet Team, maior equipe profissional civil que voa em jatos. Esta formação única no seu gênero proporciona em cada uma das suas apresentações um surpreendente espetáculo de acrobacias ousadas. Uma dança cuidadosamente regulada, onde os aviões voam a menos de 3 metros uns dos outros, a aproximadamente 700 km/h e com acelerações que alcançam os 8G. A Breitling Jet Team é composta por sete L-39C Albatros, jatos de treino militar, rápidos e potentes. Os pilotos são todos profissionais muito experientes, vindos, na maior parte, da aviação de caças francesa, ou até mesmo da Patrouille de France. A marca também associou-se aos maiores encontros aéreos do planeta, tais como as célebres corridas aéreas de Reno (Nevada/Estados Unidos) ou a Red Bull Air Race, na qual participa com a sua própria equipe que voa com as cores da marca. Além disso, as acrobatas do Breitling Wingwalkers executam a sua dança sincronizada, em pleno céu e em pleno voo, penduradas na asa superior de um avião. Um espetáculo de tirar o fôlego. Por toda essa história, a marca já estrelou em suas campanhas celebridades como o ator John Travolta (que tem como principal paixão a aviação), Leonardo DiCaprio, Ami James, Tom Cruise, David Beckham e mais recentemente o astronauta Scott Kelly.


A história da aeronáutica está repleta de datas importantes, como por exemplo, a decolagem do avião dos irmãos Wright, em 1903. Ela é igualmente feita de aeronaves míticas que marcaram as memórias e a imaginação. O Lockheed Super Constellation é um exemplo disso. Lançada em 1943, este quadrimotor de hélices revolucionou o transporte civil nos anos de 1950, impondo-se como o “Rei do Atlântico”, e continua a ser um dos mais belos símbolos da conquista dos céus. O Breitling Super Constellation “Star of Switzerland” é um dos dois últimos Super Connies ainda em estado de voo no mundo e o único na Europa. Construído em 1955, ele foi restaurado, nos anos de 1990, por um grupo de entusiastas, e participa regularmente em diversos encontros aéreos. Ao apoiar a conservação deste aparelho lendário, a marca do B alado afirma o seu empenho em preservar o patrimônio da aeronáutica mundial. Uma bela aventura à qual a sua história está intimamente ligada.


Uma parceria luxuosa 
Entre 2001 e 2003, a marca foi patrocinadora oficial da Equipe Bentley na tradicional prova 24 Horas de Le Mans. Para celebrar a vitória da montadora na prova de 2003, a marca suíça criou um exclusivo um relógio de edição limitada – o Breitling Bentley 24 Le Mans. Era o início de uma bem sucedida parceria. Outra exclusividade desta parceria ocorreu em 2002 quando a montadora britânica lançou o Bentley GT. Coube a BREITLING dar seu toque pessoal a esta joia do luxo e desempenho, participando no design da instrumentação técnica e assinando o relógio de bordo. Foi a primeira vez que a montadora britânica confiava esta tarefa a uma relojoaria. Esta parceria de sucesso perdura até os dias de hoje com uma linha exclusiva de relógios batizada de Breitling for Bentley. A sofisticação britânica aliada a excelência suíça, assim pode ser definida esta coleção que apresenta 15 modelos sofisticados e exclusivos. Um dos mais recentes lançamentos dessa linha é o Bentley B06 S, um cronógrafo compacto inspirado nas tradicionais grades do radiador dos automóveis da montadora.



A primeira pista de pouso exclusiva 
A BREITLING escolheu Nova York para o local de inauguração de sua primeira flagship store no mundo no início de 2011. Localizada em Manhattan, perto da sofisticada Quinta Avenida, a loja de três andares e 400m², mistura em sua decoração o mundo da aviação e a pop-art de raízes nova-iorquina. Tudo para apresentar todas as linhas da marca suíça, além de edições super limitadas de seus cobiçados cronógrafos. O local também serve como uma avançada assistência técnica e pós-venda. O Brasil ganhou sua primeira BREITLING BOUTIQUE em 2013, inaugurada em um dos shopping centers mais sofisticados da capital paulista: o Cidade Jardim. Na unidade brasileira as caixas de som tocam uma seleção aproximadamente 800 músicas que carregam consigo o espírito da marca, com intérpretes do cenário alternativo eletrônico, em uma composição de áudios de sons de jatos e jingles da marca. Para ajudar ainda mais, um ambiente aromatizado com uma fragrância exclusiva. Hoje em dia a marca tem 44 lojas próprias ao redor do mundo.


A produção 
Diz-se que um BREITLING não é produzido, é concebido. Os relógios da marca suíça não são simples cronômetros de precisão. São instrumentos ideais para dar informações vitais em condições de altitude, profundidade, direcionamento, entre outros aspectos. Cada detalhe de construção e escolha de caixa foi desenvolvido e testado para responder em situações adversas, afinal, nos quesitos robustez e funcionalidade, a marca suíça tem incrível perfeição. As caixas de um BREITLING são desenhadas e fabricadas de maneira a oferecer proteção em caso de choque, mesmo o mais violentos. Das coroas e pistões, às partes mais expostas dos cronógrafos, tudo é artesanal. Todos os modelos são equipados com vidro de safira anti-risco e as pulseiras com elos soldados. A produção dos relógios BREITLING passa por um rígido controle de qualidade. Cada relógio possui aproximadamente 600 peças e demora até quatro semanas para ser montado, passando por aproximadamente mil controles e testes durante sua fabricação. Apenas para efeito de comparação, um modelo convencional tem 80 itens. Tudo é feito à mão com matéria-prima de altíssimo nível.


A BREITLING é uma das raríssimas marcas relojoeiras do mundo a submeter todos os seus movimentos (mecânicos e de quartzo) aos impiedosos testes do COSC (Contrôle Officiel Suísse des Chronomètres ou algo como Controle Oficial Suíço dos Cronômetros), a mais alta referência, em matéria de precisão e fiabilidade, e a única baseada em uma norma internacional. Isto significa que foram testados e avaliados durante 12 dias. As quatro principais coleções da marca – Windrider, Professional, Aeromarine e Navitimer – disponibilizam uma vasta gama de modelos que são o expoente máximo da funcionalidade e do rigor. Estes “instrumentos para profissionais”, como define o famoso slogan da marca, podem custar entre €1.000 e €14.000, sem contar as edições limitadas e especiais. Afinal, tamanha sofisticação tem preço.


A evolução visual 
O tradicional logotipo da marca, composto por um par de asas e uma âncora, revela em sua exatidão quem são alguns dos mais fiéis seguidores da BREITLING: os pilotos. Esse logotipo passou por pequenas alterações ao longo dos anos.



Dados corporativos 
● Origem: Suíça 
● Fundação: 1884 
● Fundador: Léon Breitling 
● Sede mundial: Grenchen, Suíça 
● Proprietário da marca: Breitling S.A. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Jean-Paul Girardin 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 44 
● Presença global: 100 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 500 
● Segmento: Relojoaria 
● Principais produtos: Relógios e cronômetros 
● Concorrentes diretos: Tag Heuer, IWC, Omega, Hublot, Rolex e Panerai 
● Ícones: A sua ligação íntima com a aviação. 
● Slogan: Instruments for professionals. 
● Website: www.breitling.com/pt/

A marca no mundo 
Os luxuosos e tradicionais relógios da marca BREITLING são vendidos nas mais sofisticadas joalherias localizadas em mais de 100 países ao redor do mundo, além de uma pequena rede de lojas próprias (batizadas de BREITLING BOUTIQUE) composta por 44 unidades e localizadas em cidades como São Paulo, Nova York, Dubai, Las Vegas, Miami, Orlando, Madri, Londres, Tóquio e Paris. 

Você sabia? 
O famoso slogan da marca “Instruments for professionals” (em português algo como “Instrumentos para profissionais”) foi cunhado em 1992. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek, GQ, Isto é Dinheiro e Exame), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 23/9/2016

4 comentários:

Xerxes disse...

criacaoehospedagemdesites.com.br
bhinternet.com.br
piscinasplanalto.com.br
computadoresbh.com.br
fortalpiscinas.com.br
helloradecoracoes.com.br
natalispersianas.com.br
xermad.com.br
pni.com.br
aondeimoveis.com.br
nozoom.com.br
aondeveiculos.com.br
fixomed.com.br
dudupiscinas.com.br
amudebem.com.br
mlou.com.br
asouzaesouza.com.br

simara disse...

Olá amantes desses relógios maravilhosos!!! Gostaria que alguem desse instruções de como usar a régua de cálculo circular do Breitling for Bentley Motors.
Ficarei agradecido!!!
Abraço!!

David Santos disse...

Olá vcs da Breitling estão de parabéns,, eu faço juús as melhores marcas , mas a breitling superou todas elas...sou fâ de carteirinhas dessa marca.. fiko por aqui um forte abraços a todos como eu que tem uma joia da Breitling. sds David santos Brasil.

fenix disse...

Pessoal, comprei um Breitling que no fundo dele diz que é modelo comemorativo ( aniversário de 50 anos )má acho que fui enganado pelo o vendedor. alguém tem idéia de como saber se o modelo em questão tem algo que possa identifica-lo ? porque é igual a unica coisa que tá me intrigando é o fato dele ser quartz.