26.6.09

CASA SUÍÇA


Bolos que parecem feitos na hora, como se fossem uma obra-prima que qualquer vovó prepara com carinho para seus netinhos, com receitas suíças a base de nozes, avelãs, amêndoas e chocolate. Os ingredientes são de primeiríssima qualidade, resultando em bolos macios, com textura e sabor incomparáveis. Os deliciosos bolos da CASA SUÍÇA são sinônimos de sabor e qualidade no mercado brasileiro. 

A história 
Tudo começou em meados dos anos de 1960 quando o suíço Emile Otto Eichenberger chegou ao Brasil, trazendo na bagagem sua experiência na melhor confeitaria do mundo e o sonho de produzir aqui as receitas maravilhosas de sua terra natal. Trabalhou por décadas criando produtos para grandes e renomadas empresas do ramo alimentício até transformar seu sonho em realidade. Ele fundou em 1996 na cidade de Itapevi, região da Grande São Paulo, a CASA SUÍÇA, que oferecia ao mercado brasileiro suas primeiras receitas de bolos. Uma confeitaria artesanal produzindo em escala industrial era a filosofia de trabalho da empresa recém-fundada. Como sonhava Chef Emile, a empresa cresceu e deu frutos.


O sabor, o requinte e o recheio dos primeiros bolos lançados agradaram ao paladar dos brasileiros. Esses diferenciais, somados às receitas exclusivas, à nobreza e qualidade dos ingredientes adquiridos de conceituados fornecedores, conquistaram rapidamente a preferência de milhares de consumidores. Os tradicionais bolos suíços de nozes, limão, frutas cristalizadas, coco e chocolate faziam um sucesso tremendo nas mesas brasileiras em qualquer ocasião.


Nos anos seguintes a marca ampliou sua linha de produtos com bolos especiais para o final de ano, como por exemplo, o Bolo Suíço Ronde (redondo e nos sabores nozes e chocolate com nozes), o tradicional Bolo de Nozes em latas comemorativas e o Bolo Suíço Frutas (frutas cristalizadas e uvas passas), acompanhado de um sachê de açúcar de confeiteiro para ser utilizado como cobertura; a linha Bolo Suíço Gold (introduzida em 2003) nas versões Nozes (nozes da Califórnia, dando um sabor único e crocante à massa), Avelãs (avelãs selecionadas, torradas e moídas), Amaretto (amêndoas com um “suave toque” de licor aroma Amaretto) e Tirolês (avelãs torradas e moídas combinadas com o melhor chocolate, que se transforma em uma massa úmida, delicada e macia como a dos melhores bolos dos Alpes Suíços).


Em 2006, a CASA SUÍÇA comemorou o seu décimo aniversário, conjuntamente com a inauguração oficial de sua nova unidade industrial localizada no município de Jandira, no Estado de São Paulo. Construída em um terreno de aproximadamente 30.000 m², a nova CASA SUÍÇA ainda possuía uma típica “casinha suíça” em sua fachada. A moderna fábrica, totalmente automatizada, tinha seus principais equipamentos importados da Europa e da América do Norte, além de máquinas produzidas no Brasil. O investimento em uma nova unidade industrial visava elevar a venda no mercado local e iniciar exportações, elevando a capacidade de produção para 80 mil bolos por dia, o dobro do que a empresa processava anteriormente. No ano seguinte a tradicional marca investiu aproximadamente R$ 3 milhões para ingressar em um novo segmento de mercado com o lançamento de uma linha de panetones, que oferecia apresentações do produto em 80 gramas (minipanetones), 500 gramas, 750 gramas e um quilo - estes dois últimos também em lata, nos sabores frutas cristalizadas e gotas de chocolate. A empresa também deu especial atenção ao segmento infantil com a introdução dos bolinhos Ursinho Disney, únicos do mercado com massa, recheio e cobertura de chocolate em forma de ursinhos, que também ofereciam vários passatempos e personagens para a criançada colecionar e se divertir.


Nos últimos anos, após o grande sucesso da introdução dos primeiros panetones a base de fermentação natural, a marca lançou a mais nova linha de bolos de Páscoa, chamados Chocoattones, introduzidos em três sabores (recheio de mousse de chocolate e cobertura de chocolate, frutas cristalizadas e uvas passas com cobertura de castanha de caju e açúcar, e gotas de chocolate ao leite com cobertura de castanha de caju e açúcar) e três tamanhos (100g, 500g e 600g). Outra novidade lançada pela CASA SUÍÇA foi o Panetone La Veneziana, uma receita inédita no Brasil, onde ingredientes Premium como damascos, ameixas e uvas passas foram combinados. Além disso, mais recentemente a marca lançou novas linhas de bolos, Integral (feito com farinha integral e fibra de soja) e Zero (sem açúcar e com 25% menos calorias que os bolos normais); deliciosos cookies e ovos de Páscoa.


Em 2012 a marca, como forma de teste, resolveu ingressar no segmento de varejo ao inaugurar um charmoso café no bairro de Pinheiros, em São Paulo. O conceito era bem diferente da loja de fábrica, no bairro do Tatuapé, que vendia apenas os bolos embalados. No café os clientes podiam provar deliciosos quitutes em mesinhas redondas vermelhas, decoradas com a cruz branca da bandeira suíça. Todos os dias, dois sabores de bolos ficavam expostos na vitrine. Com o sucesso do café, em pouco tempo novas unidades foram abertas, incluindo um novo formato: loja especial, que apresenta um ambiente charmoso que remete a Suíça onde o cliente tem a oportunidade de conferir linhas especiais de produtos em embalagens para presente e ainda pode consumir salgados, doces, sorvetes e bebidas variadas. Além disso, os produtos de maior sucesso da marca estão à venda em porções individuais. Hoje em dia a CASA SUÍÇA está entre as cinco maiores empresas do setor de bolos prontos do país e investe constantemente para crescer ainda mais.


A qualidade no processo de fabricação 
O processo de fabricação dos deliciosos bolos da CASA SUÍÇA se inicia com a pesagem de ingredientes para cada tipo de bolo. Os ingredientes de primeira qualidade são colocados em uma batedeira, programada para obter uma massa homogênea. A massa então é colocada em uma máquina chamada dosadora, cuja função é inserir dentro da forma de bolo a quantidade de massa adequada para cada tipo de bolo. Após o recebimento da massa as formas, através de uma esteira, vão diretamente para o forno. Os bolos são assados a uma temperatura média de 160 graus, sendo que o tempo varia de acordo com cada tipo. Após sair do forno, o bolo é desenformado automaticamente e segue para o resfriador, onde permanecem até adquirir a temperatura adequada para serem embalados. Após o resfriamento, os bolos que possuem recheio passam pela recheadora, que injeta a quantidade de recheio programada. Logo em seguida, os bolos são embalados em papel laminado. As variedades de bolos que são acondicionados em caixinhas, seguem para a encartuchadeira, que abre e cola as caixinhas automaticamente. Os bolos são acondicionados em caixas de expedição, e estão prontos para serem distribuídos. Os produtos da CASA SUÍÇA são transportados até a Wickbold, que faz a distribuição em todos os pontos de venda. A empresa não trabalha com estoque. Os bolos só são produzidos depois do recebimento do pedido para que cheguem ao varejo o mais fresco possível - e mais parecido com o produto feito em casa.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Fundação: 1996 
● Fundador: Emile Otto Eichenberger 
● Sede mundial: Itapevi, São Paulo, Brasil 
● Proprietário da marca: Casa Suíça Indústria Alimentícia Ltda. 
● Capital aberto: Não 
● Diretor: Thomas Otto Hueller 
● Faturamento: R$ 120 milhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 6 
● Presença global: Não (presente somente no Brasil) 
● Funcionários: 400 
● Segmento: Panificação 
● Principais produtos: Bolos, cookies e panetones 
● Concorrentes diretos: Bauducco, Pullman, Nutrella, Panco e Seven Boys 
● Ícones: O bolo suíço 
● Website: www.casasuica.com.br 

A marca no Brasil 
A CASA SUÍÇA é coligada à Wickbold, fabricante de pães especiais há mais de sete décadas, que distribui seus produtos nos melhores supermercados, padarias, mercearias dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo. A linha de produtos da marca, que oferece aproximadamente 30 tipos de bolos, está presente em aproximadamente 100 mil pontos-de-venda em todo o país. A marca ainda possui uma pequena rede de 6 lojas, entre lojas de fábrica e lojas especiais. A empresa produz mais de 650 toneladas de bolos por mês. Para o período de Natal tem encomendas extras de mais 500 toneladas. 

Você sabia? 
A CASA SUÍÇA também fabrica a linha doce da tradicional marca de pães WICKBOLD. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Exame, Época Negócios e Isto é Dinheiro), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 15/5/2014

2 comentários:

Anônimo disse...

Vai ser comprada pela Nestlé , o que vai ajudar a desenvolver muito mais a marca

Anônimo disse...

A afirmação acima não é verídica.