13.6.06

LIPTON


O chá teve sua origem na China por volta de 2.737 a.C. Na Europa dos séculos 16 e 17, virou uma bebida de luxo, adorada por reis e toda a aristocracia. E apenas no início do século vinte, cerca de cinco milênios depois, passou a ser consumido gelado. Depois da água e do leite, é a bebida não alcoólica mais apreciada em todo o mundo. E a popularização do produto não se deve apenas aos elegantes ingleses e seu tradicional chá das cinco, que se transformou em uma das mais sólidas instituições sociais do ocidente, mas a marca LIPTON, criada por um escocês. Hoje em dia a marca vende produtos para quem se preocupa em cuidar da saúde e do corpo sem deixar de curtir a vida ou abrir mão do sabor. 

A história 
Tudo começou quando o escocês Thomas Johnstone Lipton, filho de pais irlandeses, deixou sua terra natal com apenas 15 anos em 1865 para ir trabalhar em plantações de tabaco e arroz no estado da americano da Virginia, e depois em mercearias na cidade de Nova York. Após trabalhar em vários ramos, ele retornou, já com algum dinheiro no bolso (US$ 500), para a cidade de Glasgow na Escócia, em plena primavera de 1869 para trabalhar na pequena mercearia de seus pais, onde implantou novas técnicas de vendas que aprendeu na América. Dois anos depois, com apenas 21 anos de idade, abriu sua própria mercearia no centro da cidade adotando a insígnia THOS. LIPTON. Não demorou muito para que seu novo negócio prosperasse, vendendo produtos de qualidade com preços baixos, aliados a serviços diferenciados, como por exemplo, caminhões de entregas pintados nas cores da loja, além de constantes promoções e publicidade. Aos 26 anos, em 1876, ele já era dono de 20 mercearias espalhadas pela Escócia.


Porém, foi somente em 1888, proprietário de mais de 300 estabelecimentos comerciais, que Thomas Lipton começou timidamente a ingressar no mercado de chás, abrindo a primeira loja de degustação da bebida, cujo objetivo era democratizar o consumo de chá, até então acessível apenas às elites. Pouco depois, em 1890, após uma de suas viagens ao Ceilão (atual Sri Lanka), ilha famosa pela plantação de chá e onde ele havia adquirido terras para plantação, rapidamente, tratou de democratizar a bebida no Reino Unido, importando um carregamento e lançando o produto com o slogan “From the tea garden to the tea pot” (em tradução livre “Das plantações para o bule”). Inicialmente a marca foi batizada de LIPTON’S TEA.


Ele apresentou-o pelas ruas apregoando que, tinha ali o “melhor chá que o dinheiro podia comprar”, vendendo-o pela metade do preço dos seus concorrentes. Nesta época o chá era vendido de acordo com sua qualidade: 1ª Qualidade (pacote amarelo e vermelho), 2ª Qualidade (pacote verde) e 3ª Qualidade (pacote vermelho). Devido à altíssima qualidade o seu chá ficou conhecido como LIPTON YELLOW LABEL. Ele passou a distribuir chá até mesmo para a concorrência, que rapidamente esgotava seus estoques, e dessa forma sua marca cobriu todo território britânico. Em 1893, ele retornou aos Estados Unidos para abrir quatro lojas na cidade de Chicago e fundar a The Thomas J. Lipton Company em Hoboken, estado americano de Nova Jersey. Foi neste mesmo ano que a marca LIPTON foi registrada oficialmente, aparecendo nas embalagens dos produtos a assinatura “Thomas J. Lipton, Tea Planter, Ceylon” seguida da frase “Non genuine without this signature” (Não genuíno sem está assinatura) que atestava a procedência e qualidade dos chás.


Dois anos depois, a marca LIPTON se tornou fornecedora oficial de chás para a corte da Rainha Victoria, título ostentado nas latas dos produtos. Depois inaugurou lojas na Suécia, Dinamarca, Alemanha e em 1905 no Japão. Somente em 1909, a LIPTON começou a produzir e empacotar seus chás diretamente em Nova York. No ano seguinte, Thomas Lipton se tornou o primeiro a vender chá em caixas, uma grande inovação para a época. Já em 1920, a empresa vendia seus chás em pequenas embalagens, de 25g e 50g, que tinha gravado o tradicional “L” hexagonal. Cinco anos depois a LIPTON foi vendida para os poderosos grupos Van Den Bergh e Meadow Diary. Sir Thomas Lipton morreu no dia 2 de outubro de 1931, e a maior parte de sua fortuna foi destina a sua cidade natal, Glasgow, para a construção de hospitais e ajudar pessoas carentes. Somente três anos após sua morte, sua fotografia começou a aparecer nas embalagens amarela e vermelha dos chás LIPTON. No retrato Sir Thomas Lipton aparecia com farda e chapéu de marinheiro, nem uma clara alusão ao seu gosto por velejar. Foi essa paixão que o fez participar por cinco vezes da regata mais famosa do mundo, a “America’s Cup”, entre os anos de 1899 e 1930.


Na década de 1950 a marca LIPTON foi responsável por inúmeras inovações no segmento, como por exemplo, o lançamento dos chás nos tradicionais saquinhos para melhor preservação de seu aroma, em 1952; e do chá instantâneo, em 1958. Nos anos seguintes a marca LIPTON concentrou seus esforços para conquistar o mundo, sendo exportada para inúmeros países. Tanto sucesso chamou a atenção da Unilever, que adquiriu a totalidade da LIPTON em 1972, já que desde 1938 a empresa era proprietária da marca em alguns mercados mundiais, como Canadá e Europa. Com o poder de distribuição e inovação da empresa anglo-holandesa, a marca LIPTON se tornou um enorme sucesso no mundo inteiro, introduzindo nos anos seguintes novos produtos, como o ICE TEA, um chá gelado e pronto para o consumo, acondicionado em lata, e posteriormente em garrafas. No Brasil, o produto chegou em 1988, inicialmente no sabor limão e, desde então, tem sido uma marca de sucesso, especialmente após 1995, quando foi introduzida a versão pronta para beber. A marca se tornou ainda mais popular depois que, em 1991, a empresa firmou uma joint-venture com a poderosa PepsiCo. para distribuir seus chá gelados prontos para beber nos Estados Unidos e logo depois em outras regiões do mundo. As vendas, desse momento em diante, explodiram, e LIPTON se tornou uma marca global poderosa.


No final da década, a LIPTON iniciou um inovador modelo de desenvolvimento sustentável para suas plantações em Kericho no Quênia. Com o aproveitamento de recursos humanos e naturais, a empresa consegue uma redução significativa na utilização de pesticidas, apoia as estruturas de saúde e educação das populações, implanta soluções baseadas em energias renováveis, estimula a biodiversidade e mantém a fertilidade da terra. No novo milênio os produtos da marca LIPTON atingiram uma marca histórica: são comercializados em mais de 150 países, proporcionando a milhões de pessoas uma sensação de frescor, físico e mental. Mais recentemente no Brasil, o chá gelado número um do mundo, agitou o verão com a campanha “Dá Um Refresh”, que reforça o novo momento da marca e convida os consumidores a fazer uma pausa e se refrescar curtindo as coisas boas da vida, incluindo é claro os deliciosos chás LIPTON.


A linha do tempo 
1954 
Lançamento do LIPTON ICED TEA, primeiro mistura de chás para ser consumida gelada. 
1972 
Lançamento do LIPTON ICED TEA, chá fresco vendido dentro de uma lata pronto para ser consumido. 
1982 
O chá original passou a ser oficialmente chamado de LIPTON YELLOW LABEL, em virtude de suas tradicionais embalagens amarelas. 
1983 
Lançamento dos primeiros chás sem cafeína. 
1984 
Lançamento do LIPTONIC, chá pronto para beber aromatizado no sabor limão verde. 
1988 
Lançamento LIPTON ICE TEA no sabor limão, disponível em embalagem de 1 litro e 20cl. 
1991 
Lançamento do LIPTON ICE TEA no sabor pêssego
1993 
Lançamento em pó dos dois sabores já existentes de LIPTON ICE TEA: limão e pêssego. O novo produto, que estava disponível em saquinhos de 80 gramas, possibilitava uma forma de preparo extremamente conveniente, bastando para isso adicionar água. 
1995 
Lançamento do LIPTON ICE TEA em dois novos sabores: maçã e frutas tropicais. 
1997 
Lançamento das garrafas de vidro retornáveis e não retornáveis. 
2001 
Lançamento do LIPTON ICE TEA LIGHT, a versão do tradicional chá com calorias reduzidas. Em alguns mercados a linha adotou o nome de LIPTON ICE TEA ZERO
2004 
Lançamento do LIPTON PYRAMID, um linha de chás que possuía os tradicionais saquinhos em uma forma revolucionária: de pirâmide. O novo formato permitia a inclusão de pedaços maiores das folhas de chás e frutas, o que proporcionava um sabor mais intenso durante a preparação do chá. Hoje em dia a linha está disponível em nove deliciosos sabores. 
2005 
Lançamento do LIPTON TO GO STICKS, pequenos e convenientes saches compridos de chás em pó para serem misturados com água. 
2007 
Lançamento do LIPTON PURELEAF, chás (preto, branco e verde) pronto para beber vendidos em garrafas com sabores de frutas e adoçados naturalmente. 
Lançamento do LIPTON LÍNEA, uma linha de chás verde com menos de uma caloria, marcando o ingresso da marca no segmento de chás funcionais. 
2009 
Lançamento do LIPTON SPARKLING GREEN TEA, primeiro chá gelado gaseificado da marca. O novo produto mistura chá verde, frutas e água gaseificada, transformando a bebida em uma espécie de refrigerante. 
2010 
Lançamento do LIPTON GREEN TEA SUPERFRUITS, uma linha de chás naturais com sabores únicos de frutas como açaí, romã, red goji e mangostão. 
2011 
Lançamento no mercado brasileiro do LIPTON MATE, um verdadeiro chá mate sem conservantes e sem corantes artificiais, cuja assinatura era “Redescubra o puro sabor do mate”
2012 
Lançamento do LIPTON T FUSIONS, uma nova linha pronta para beber com 95% de chá verde e três variedades de sabores: pêssego e pera, framboesa e romã e mel. 
Lançamento de uma edição sazonal do LIPTON ICE TEA com sabores de famosos drinques tropicais: Daiquiri (chá, morango e pitaya), Mojito (chá verde, limão e menta), Pina Colada (chá, abacaxi e coco) e Bloody Mandy (chá, laranja vermelha e mandarim). 
2013 
Lançamento no mercado brasileiro do LIPTON ICE TEA CONCENTRADO, cujas embalagens contêm 0,5 litros e permitem obter 4,5 litros de chá gelado, bastando adicionar água fresca. 
Lançamento do LIPTON K-CUP, criando assim uma nova e prática maneira de consumir chá em máquinas automáticas da marca Keuring através de cápsulas. A linha foi concebida também para preparar a bebida gelada.


Chás para todos os gostos 
LIPTON traz a combinação perfeita das folhas do chá com o refrescante sabor das frutas, além de ajudar a manter a saúde em dia e estimular o corpo e a mente de uma forma gostosa. A marca comercializa uma grande e variada linha de chás ao redor do mundo: 
LIPTON YELLOW LABEL: o mais tradicional da marca, originário de uma receita elaborada com uma mistura de chás, colhidos a mão, provenientes de diversos países e que, quando reunidos, garantem um sabor agradável. 
LIPTON FLAVORED BLACK TEA: linha de chá preto nos sabores de frutas como laranja, limão com mel, blackberry, amora, além de baunilha e menta. 
LIPTON ICE TEA ou LIPTON ICED TEA (em alguns países): linha de chás, prontos para serem consumidos gelados, composta por sabores como pêssego, limão, manga, chá branco, chá verde (com menta e mel), entre outros. A linha é comercializada em mais de 120 países através de uma joint-venture com a PepsiCo., e os produtos são vendidos em garrafas ou latas. 
LIPTON ICED TEA TO GO: linha de chá instantâneo para ser misturado com água gelada nos sabores chá verde, limão, pêssego, limão com mel, mandarim e manga, cereja, maçã com cranberry, entre outras combinações. 
LIPTON HERBAL INFUSIONS: linha de chás nos sabores camomila, erva cidreira, tília, maçã com canela, hortelã, entre outros. 
LIPTON GREEN: linha cítrica de chás sem calorias, sem conservantes e fonte natural de antioxidantes, que combatem os radicais livres. A linha oferece chás em vários sabores, como por exemplo, tradicional (verde), descafeinado, com menta, com mel, com limão, com ginseng e cítrico. 
LIPTON PureLeaf: linha de chás, preto, verde e branco, prontos para beber vendidos em garrafas, utilizando açúcar, mel e frutas naturais como tangerina, limão, pêssego e laranja. 
LIPTON LÍNEA: linha de chás verde com menos de uma caloria, que segundo a empresa, ajuda a emagrecer ou manter o peso.


Lipton e os Muppets 
No início de 2014 a marca lançou sua primeira campanha global que abrange toda sua linha de produtos, dos chás quentes aos gelados. A nova campanha estreou durante a cerimônia do Oscar, transmitido pela rede ABC, dia 2 de março. O filme, estrelado pelos simpáticos Muppets, apresentou o novo slogan da marca “Be More Tea”, algo como “curta a vida mais tranquilo” ou “não se estresse”. E foi justamente Kermit (conhecido no Brasil como Caco) o escolhido para ser o porta-voz do novo conceito da marca, incentivar os consumidores a encarar as situações do dia a dia de forma mais leve e relaxada.


O divertido filme da campanha, com todos os personagens dos Muppets, pode ser conferido abaixo.

   

A evolução visual 
O tradicional logotipo da LIPTON sofreu algumas mudanças ao longo dos anos, mas sempre manteve como elemento central a popular “etiqueta vermelha”. A mudança mais perceptível, além da modernização, foi a inserção de um círculo amarelo como plano de fundo. Isto ocorreu em 2002.


Em 2014, como parte do novo posicionamento global da marca, LIPTON apresentou uma nova identidade visual. Apesar de manter as mesmas estruturas, o novo logotipo adotou uma nova tipografia de letra e mudou o posicionamento de sua tradicional etiqueta vermelha.


A identidade visual da linha LIPTON ICE TEA também sofreu modificações ao longo dos tempos para acompanhar a marca mãe.


Os slogans 
Be More Tea. (2014) 
Drink Positive. (2013) 
The sign of good taste. (2010) 
Turn over a new leaf. (2009) 
Tea can do that. (2006) 
Good Things Grow. 
Lipton’s gets into more hot water than anything. 
100% Natural and 100% Real Tea. 
Real Tea Leaves & Antioxidants. (LIPTON ICE TEA) 
Dá Um Refresh. (Brasil) 
Beba melhor, viva melhor. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Escócia 
● Fundação: 1890 
● Fundador: Thomas Lipton 
● Sede mundial: Londres, Inglaterra e Roterdã, Holanda 
● Proprietário da marca: Unilever N.V. 
● Capital aberto: Não 
● Chairman: Michael Treschow 
● CEO: Paul Polman 
● Faturamento: €3 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: + 150 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Bebidas não alcoólicas 
● Principais produtos: Chás e derivados 
● Concorrentes diretos: Nestea, Snapple, Honest Tea, Tetley, Tazo, Twinings e Matte Leão 
● Ícones: Os saquinhos amarelos de seus chás 
● Slogan: Be More Tea. 
● Website: www.lipton.com.br 

A marca no mundo 
Atualmente a LIPTON, pioneira no mercado de bebidas saudáveis e líder mundial em chás (tanto nas versões em folha quanto pronto para beber), comercializa seus produtos em mais de 150 países nos cinco continentes, detendo mais de 15% do mercado mundial e faturando anualmente €3 bilhões. São mais de 1.650 xícaras de chá LIPTON consumidas a cada segundo. A marca possui forte presença nos mercados americanos, francês, japonês, australiano e sueco. No Brasil, LIPTON oferece um portfólio completo, com vários tipos e sabores de chás: Ice Tea Limão e Pêssego, Chá Verde e Mate. E o melhor: toda linha LIPTON é livre de conservantes e de corantes artificiais, preservando, assim, o sabor autêntico do chá. Seus famosos chás são provenientes de plantações localizadas em países como Índia, Sri Lanka, China e Quênia (onde a empresa possui plantações próprias). Graças à qualidade de seus chás e à experiência de seus profissionais no estudo dos processos produtivos e benefícios do chá, tornou-se a marca mais conhecida de chás no mundo. 

Você sabia? 
Em 1909, a marca LIPTON organizou e patrocinou na cidade de Turim na Itália, o campeonato mundial de futebol profissional (antecessor da Copa do Mundo) disputado por 4 equipes, que tinha o nome de Sir Thomas Lipton Trophy
A expressão Tea teria sido cunhada pelos portugueses para interpretar a pronúncia (“teá”) do nome que os chineses davam à planta utilizada nas infusões. E teria sido adotada pelos ingleses quando a princesa Catarina de Bragança, de Portugal, a levou para a Inglaterra, em 1662, quando se casou com o rei Carlos II. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (BusinessWeek, Isto é Dinheiro, Época Negócios e Exame), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 18/4/2015

Um comentário:

Anônimo disse...

boa tarde...
morei 5 anos no japao e fiquei espantado com os costumes o consumo
de chás gostaria de saber se estes chás sao iguais os que tomei no japao
se for gostaria de saber como faço p/obter uma franquia.
adoraria abrir uma casa de chás em minha cidade ,sou de ribeirao preto,
disponho de capital,agradeço desde já pela atençaoquedne