15.8.06

RADO


Resistentes. Inovadores. Os relógios da marca RADO são uma exceção no universo dos ponteiros suíços. Enquanto a relojoaria suíça se caracteriza por relógios imponentes, dotados de complexos movimentos automáticos, os relógios RADO são exatamente o oposto: sem complicações, extremamente básicos nas funcionalidades, simples nos movimentos e extremamente resistentes. Mas, ao mesmo tempo, são também donos de um design único e poderoso. Por isso, a filosofia da marca (“Se podemos imaginá-lo, podemos fazê-lo”) continua plenamente vigente hoje em dia. 

A história 
A história começou no ano de 1917 quando os irmãos Schlup - Fritz, Ernst e Werner - fundaram na pequena cidade suíça de Lengnau a Schlup & Co., empresa especializada na criação de movimentos e de componentes para outros fabricantes de relógios. Até 1948, os três irmãos tinham sua produção instalada na casa de seus pais. Somente a partir deste ano eles construíram um complexo de três andares para a produção de componentes dos relógios. Por aproximadamente quatro décadas a empresa fabricou somente mecanismos de relógios que eram vendidos para outras empresas do setor no país. Foi somente em 1957 que a empresa resolveu lançar sua primeira linha de relógios com a marca RADO (batizada de Golden Horse), apostando em uma área onde a concorrência tinha historicamente negligenciado: o aspecto do design. Esse modelo incorporou um símbolo inconfundível que, desde então, todos os modelos automáticos da marca compartilham: o emblema da âncora móvel. A partir deste momento a RADO iria se estabelecer como uma das mais conceituadas e sofisticadas marcas de relógios frente a seus concorrentes, fabricando relógios com design avançado e moderno, além da utilização de materiais dotados de alta tecnologia.


A coleção Green Horse surgiu em 1958 e mostrou um dos primeiros modelos da marca que apresentava sua resistência à água como vantagem competitiva. No final desta década, a RADO tornou-se uma marca de alcance internacional e estava presente em mais de 61 países. O sucesso e reconhecimento mundial da marca suíça aconteceria no ano de 1962 quando se lançou na vanguarda com a introdução do relógio Original DiaStar 1, caracterizado pelo formato oval de seus modelos, sendo o primeiro relógio do mundo à prova de riscos, que serviria de inspiração para milhares de outros modelos das tradicionais fabricantes suíças. Era a criação de um relógio revolucionário, que sobreviveria ao uso graças a sua excepcional durabilidade e resistência. O DiaStar 1 foi a resposta à demanda dos consumidores por conforto, robustez e um design exclusivo. Este relógio, um exemplo claro da abordagem inovadora da RADO para design e materiais, serviu para introduzir o cristal de metal duro e a safira na indústria de relógios em um momento em que o uso destes tipos de materiais não era habitual. Esse modelo se tornou um verdadeiro clássico, não somente da marca, mas também da indústria relojoeira.


Em 1967 foi apresentado o Rado Planning, um relógio que era uma verdadeira ferramenta multiuso. Isto porque, incluía um calendário perpétuo em uma esfera independente, localizado abaixo da caixa. O mostrador possuía um indicador de dia e data que complementava as funções convencionais do relógio e permitia ter todas as informações necessárias. Seu visual futurista era completado por um mostrador independente com um calendário perpétuo com um painel giratório. A empresa continuou introduzindo constantes inovações no design e uso de materiais nos anos de 1970. O primeiro DiaStar dourado fez sua aparição em 1972, enquanto 1976 foi marcado pelo lançamento do minimalista Rado Dia 67, cuja caixa tinha um design inovador coberto por um cristal de safira metálico de uma peça única.


Em 1981, a marca lançou o Anatom, primeiro relógio com uma forma ergonômica curvada que envolvia o pulso com “perfeição anatômica”. O design da esfera desse modelo foi condensado para ser minimalista: os marcadores de doze horas foram substituídos por quatro pequenos diamantes e a escala dos minutos foi completamente eliminada. Pouco depois, no ano de 1983, a RADO passou a fazer parte do SMH Group, que depois viria a se chamar The Swatch Group, maior conglomerado relojoeiro do mundo e proprietário de marcas como Omega, Longines, Swatch e Tissot. Já no ano de 1986, lançou no mercado o Rado Integral, um relógio que possuía vidro à prova de riscos coberto por cristais de safira e pulseira feita de cerâmica de alta tecnologia. A marca era mais uma vez pioneira ao utilizar na fabricação de seus relógios cerâmicas de alta tecnologia. Nesta década, a RADO não somente utilizava safira na composição de seus relógios, mas também cerâmicas de alta tecnologia e durabilidade, além de tungstênio e carboneto de titânio.


A partir da década de 1990, a marca começou a expandir sua linha de produtos com o lançamento de várias coleções de relógios, como por exemplo, a RADO CERAMICA, um relógio que possuía a caixa e a pulseira feitos completamente com cerâmica de alta tecnologia extremamente resistente à riscos. Já o Rado Sintra, apresentado ao público em 1993, foi o primeiro relógio da marca fabricada com cermet, um material compósito de titânio e cerâmica metálica. Este material inovador ampliou a paleta de cores da marca sem sacrificar o design minimalista. No ano de 1996 a RADO novamente fez história na indústria de relógios ao introduzir o modelo Diastar Concept 1, primeiro relógio do mundo confeccionado de diamante policristalinizado, material que possuía a mesma dureza do diamante.


Com a chegada do novo milênio as inovações não pararam, como por exemplo com o revolucionário Esenza, seu primeiro relógio projetado sem coroa. Ou em 2002 quando apresentou o V10K, um relógio feito de diamante de alta tecnologia cuja dureza de 10.000 na escala Vickers é comparada somente ao diamante natural. Com o mais resistente relógio do mundo a RADO realizou sua visão e filosofia. Para terminar a década com estilo, a marca homenageou sua tradição de design com o lançamento em 2009 da coleção R5.5, uma obra-prima minimalista do famoso designer britânico Jasper Morrison. Depois a marca suíça lançou no mercado o Rado Integral Chronograph Jubilé, um relógio feminino com edição exclusiva que possuía a preciosidade de 24 diamantes. O modelo, apresentado em três cores – bordô, azul e branca – possuía mostrador ladeado por diamantes e os números 4, 8 e 12 de prata. Sua caixa retangular, revestida por cristal de safira, trazia uma mistura de elegância e expressividade.


Em 2011, uma obra-prima de cerâmica ultra-plana nasceu: True Thinline, com sua incrível espessura de 5 mm. Em 2012, o Rado HyperChrome, um relógio esportivo e elegante, pegou carona na tecnologia utilizada no True Thinline, embora neste caso o “núcleo” de aço inoxidável usado anteriormente fosse substituído por uma caixa slim com design monobloco. A RADO atingiu o topo no campo da tecnologia com o Esenza Touch (2013), uma “maravilha sem coroa” que pode ser ajustada com o simples movimento de um dedo; e o HyperChrome Dual Timer (2014), um relógio inteligente com uma função de toque para alterar o fuso horário. Em 2015, a marca introduziu o castanho chocolate cerâmico de alta tecnologia, uma adição elegante à paleta de cores deste material.


Ao abordar relógios de uma forma tão inovadora, a marca teve que repensar muitos dos já existentes métodos de fabricação. Foram anos de pesquisa para criar os processos que, ainda hoje, caracterizam o estilo RADO: vidro de lado a lado, metalização e cristal de safira curvado. Atualmente a marca suíça oferece mais de 10 coleções, sendo o traço comum à maioria delas o uso da cor preta que, aliada à cerâmica, fornece um brilho cativante e belo. A maioria dos modelos se baseia em movimentos de quartzo, mas existem também opções automáticas, como o Rado Original, que tem um design mais tradicional. De aspecto esportivo, vem equipado com cronógrafo e pulseira em aço. Os relógios da marca suíça, de acordo com o modelo, possuem preços que variam de US$ 1.000 a US$ 28.000. Pautada pela forma como revolucionou a relojoaria suíça com o lançamento de autênticas obras de arte caracterizadas pela exclusividade do seu design, a RADO oferece relógios com uma fiabilidade e qualidade de materiais ímpar.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. O atual logotipo da marca foi adotado em 2003.


Os slogans 
Unlimited Spirit. 
Shaping the future. 
Time changes everything. Except a Rado. 
Rado. A different world. 
Quality watch for everyone. (1957)


Dados corporativos 
● Origem: Suíça 
● Fundação: 1917 (empresa) e 1957 (marca) 
● Fundador: Fritz, Ernst e Werner Schlup 
● Sede mundial: Lengnau, Suíça 
● Proprietário da marca: Rado Watches Co. Ltd. 
● Capital aberto: Não (subsidiária da The Swatch Group Ltd.) 
● CEO: Matthias Breschan 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 110 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 470 
● Segmento: Relojoaria 
● Principais produtos: Relógios 
● Concorrentes diretos: Movado, Invicta, Festina, Mido, Certina, Bulova e Tissot 
● Ícones: Os materiais utilizados na fabricação de seus relógios 
● Slogan: Unlimited Spirit. 
● Website: www.rado.com 

A marca no mundo 
Atualmente os relógios da marca RADO, que pertencem ao The Swatch Group, são comercializados em mais de 8.000 mil pontos de venda em 110 países do mundo, contando com 400 centros oficiais de serviços. A produção anual da marca supera 500.000 relógios. 

Você sabia? 
Durante toda sua história a marca RADO já conquistou mais de 25 prêmios de design, se tornando uma excelência na fabricação e criação de relógios. 
Os embaixadores globais da marca são a atriz chinesa Tang Wei, o astro de Bollywood Hrithik Roshan, a modelo Lisa Ray e a tenista Agnieszka Radwanska. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Exame), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 14/3/2018

Um comentário:

Pedro Jacintho Cavalheiro disse...

O nome RADO significa "roda" na Língua Internacional Esperanto.

Assim como a "MOVADO", a também suíssa RADO adotou um nome nessa língua.

Autorizo o autor do BLOG a incluir essa informação no texto sobre a RADO sem citar meu nome, se preferir.

Atenciosamente,
Pedro Jacintho Cavalheiro