8.6.06

SAN PELLEGRINO


A princesa Sarah Fergusson, os astros Elton John e Madonna, a atriz Elizabeth Taylor, os atores Marlon Brando e Robert de Niro e o ex-líder soviético Mikhail Gorbatchov, compõem, ou compuseram, a estrelada galeria de admiradores da marca de água mineral SAN PELLEGRINO, presente nas mesas mais sofisticadas do planeta com suas famosas borbulhas, um complemento indispensável para os melhores vinhos e iguarias. Reverenciada como o champanhe das águas minerais e conhecida em todo o mundo como símbolo de vida italiano, SAN PELLEGRINO é muito mais que uma simples garrafa verde cheia de água. Representa um estado de espírito e de sofisticação, reconhecida por sua íntima relação com a gastronomia.

A história
Como todo bom ícone que se preze, existem muitas versões sobre a origem da SAN PELLEGRINO. A mais divulgada menciona sua associação com um dos grandes gênios da humanidade, Leonardo da Vinci, que no século XVI, enquanto subia o rio Adda em busca de inspiração para criar um de seus mais famosos quadros – as “Virgens das Rochas” – o gênio renascentista impressionou-se com uma descoberta: uma fonte de onde brotava uma água cristalina, enriquecida com 14 minerais, situada no vilarejo de Val Brembana, próximo a cidade de Milão, na Itália. O que Da Vinci não sabia é que até chegar àquele local, o fabuloso líquido percorria um sinuoso caminho de 20 quilômetros entre as rochas dos Alpes. Depois dessa viagem a água repousava mansamente em um reservatório a 600 metros de profundidade. Lá ela se mantinha a uma temperatura suave, entre 25 °C e 26 °C.


Três séculos mais tarde, em 1848, Ester Palazzolo construiu um parque termal ao redor dessa fonte natural nos Alpes Italianos, próximo a cidade de Milão. O parque termal atraía muitos visitantes em busca das propriedades terapêuticas da água e do clima local. Reis, rainhas e milionários recorriam à região em busca de tratamento para males do sistema respiratório e renal. Os nobres frequentadores do parque termal trataram de espalhar pelo mundo a fama daquelas águas, que por ser rica em magnésio, cálcio e potássio, converteu-se em um santo remédio para os músculos e nervos, ossos e dentes, e equilíbrio eletrolítico entre o sangue e outros fluidos corporais.


O fato é que em termos de registros oficiais a SAN PELLEGRINO, uma águan mineral gaseificada naturalmente, passa a existir a partir de 1899, quando começou a ser engarrafada, depois da construção de uma fábrica de engarrafamento no parque termal. O nome Pellegrino significa “Pilgrim” (peregrino ou viajante). No primeiro ano foram vendidas mais de 35.000 garrafas da água mineral, das quais 5.500 foram embarcadas em navios. A grande jornada internacional da água SAN PELLEGRINO contou também com uma enorme ajuda dos imigrantes italianos que levavam a água para poderem se lembrar de sua terra natal, como se fosse um pedaço da Itália. Através dos navios que frequentavam as costas brasileiras, a água chegou ao Brasil em 1907. A propósito, muito da mística da SAN PELLEGRINO é atribuída ao fato de ser a água oficial dos transatlânticos italianos, que durante décadas singraram os oceanos, fazendo com que milionários do mundo inteiro convivessem em momentos de extrema descontração e felicidade, com uma icônica garrafa verde, grande, estrelada, com rótulo denso de informações, e onde se lia S.PELLEGRINO.


A empresa apresentou grande crescimento entre os anos de 1925 e 1957, quando ao comando de Ezio Granelli, teve sua fábrica modernizada, lançou novos produtos, adquiriu a ACQUA PANNA (outra marca de água italiana extremamente tradicional) e passou a patrocinar equipes esportivas e grandes eventos de culinária, solidificando a sua já estreita relação com consumidores de paladar exigente e líderes de opinião. Entre os novos produtos estava a ARANCIATA S.PELLEGRINO, água com gás, suco de laranja e açúcar, lançada no mercado em 1932. No final da década de 1940 a marca lançou outras águas com sabores de fruta, ampliando assim seu portfólio de produtos. Em 1970 a empresa passou a se chamar S.PELLEGRINO S.p.A., e, em 1998 foi adquirida pela poderosa Nestlé.


O sucesso da SAN PELLEGRINO no maior mercado consumidor do mundo, Estados Unidos, é relativamente recente. Quando chegou naquele país, através dos filmes de Hollywood, a liderança do mercado pertencia à francesa PERRIER. No entanto, pela postura atabalhoada e incompetente dos engarrafadores da PERRIER, no suposto episódio de contaminação da água, que os obrigou, para conter a crise, a confessar que vinham mentindo durante décadas quando afirmavam ser aquela água “naturalmente gaseificada”, e ainda recolher numa operação inimaginável milhões de garrafinhas da água francesa no mundo inteiro, a SAN PELLEGRINO encontrou a oportunidade que faltava para consagrar-se definitivamente, e assumir a liderança do mercado.


Em 2010 a marca S.PELLEGRINO fechou uma parceria de quatro anos com o lendário Festival Internacional de Cannes, que acontece em maio na França, para ser a água oficial do badalado evento. Esse acordo era uma grande oportunidade de enfatizar a grande afinidade existente entre a criatividade na gastronomia e a arte cinematográfica. A marca, que também é parceira do Festival de Veneza, tem sido parte da sétima arte desde 1959, quando a S.PELLEGRINO estreou suas aparições nas telas do cinema no clássico La Dolce Vita, de Federico Fellini.


Atualmente a S.PELLEGRINO oferece suas tradicionais águas com gás em garrafas de vidro e PET, além de uma extensa linha de águas com sabores de frutas (laranja, limão, romã, madarino e tangerina), comercializadas também em latas, introduzidas na década de 1970. A marca também utiliza um de seus maiores símbolos, a garrafa de vidro verde, como importante ferramenta de marketing. Isto porque, em ocasiões especiais, grandes eventos, parcerias com grandes grifes de luxo (como por exemplo, Bulgari e Missoni) ou até mesmo para homenagear personalidades italianas (como Luciano Pavarotti) são lançadas edições especiais e limitadas com rótulos diferenciados.


O ícone de vidro
Sofisticada e elegante, tradicional, mas moderna. Para muitas pessoas a icônica garrafa de vidro verde da S.PELLEGRINO é familiar, mas o que muitos não sabem são os segredos que ela carrega. A forma da garrafa, batizada de “Vicky”, os quatro rótulos e o vidro verde, juntamente com a inconfundível estrela vermelha, são importantes símbolos de conexão da marca com sua história e valores.


A evolução visual
A identidade visual da marca passou por mudanças radicais no decorrer dos anos. Apesar de manter a tradicional estrela vermelha, o logotipo ganhou uma nova tipografia de letra e o nome da marca foi abreviado para S.PELLEGRINO.


Os slogans
Live in Italian.
Aqcua Internazionale.
Tasty of a splash of Italy. (águas com sabores)


Dados corporativos
● Origem: Itália
● Lançamento: 1899
● Criador: Ester Palazzolo
● Sede mundial: Milão, Itália
● Proprietário da marca: Nestlé S.A.
● Capital aberto: Não
● Chairman: Peter Brabeck-Letmathe
● CEO: John Harris (Nestlé Waters)
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Presença global: 120 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 500
● Segmento: Bebidas não alcoólicas
● Principais produtos: Águas minerais com gás e águas com sabores 
● Concorrentes diretos: Perrier, Badoit, Acqua Panna, Voss e Evian
● Ícones: A garrafa verde e a estrela vermelha
● Slogan: Live in Italian.
● Website: www.sanpellegrino.com

A marca no mundo
Atualmente a tradicional e chique água mineral italiana está presente em mais de 120 países ao redor do mundo. São consumidas mais de 1.5 milhões de garrafas da água diariamente no mundo inteiro. Ao longo de um ano, incluindo as águas com sabores, a S.PELLEGRINO vende anualmente mais de 1 bilhão de garrafas. Sua fonte está localizada na cidade de San Pellegrino Terme, na região da Lombardia, norte da Itália, nos Alpes Italianos.

Você sabia?
No ano de 1912, um lote de caixas com garrafas da famosa água italiana foi embarcado no Titanic.
A marca é patrocinadora do prestigiado San Pellegrino World’s 50 Best Restaurants, que elege os 50 melhores restaurantes do mundo.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro e Época Negócios), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Última atualização em 19/5/2013

2 comentários:

raquel menezes disse...

Eu trabalho no restaurante italiano GRAND CAFFÉ no HOTEL GRAND HYATTT SÃO PAULO e é um enorme prazre oferecer aos meus clientes um produto de qualidade como as águas SAN PELEGRINO um enorme abraço.

Cledson Silva disse...

Trabalho no andiamo restaurante italiano pois esta marca faz parte da nossa história a mais de vinte anos