23.8.10

ALPINO


ALPINO é um bombom clássico com o mais puro sabor dos Alpes Suíços. Faz parte da vida de quem tem entre 30 e 40 anos e consome o chocolate desde criança. O sabor inconfundível, o tradicional formato e o ritual de degustar os pequenos bombons com deliciosas ranhuras, transformaram ALPINO em um verdadeiro ícone do segmento no Brasil. O sucesso construído em mais de cinco décadas se estendeu a outros produtos que carregam não somente a tradição da marca, mas também seu sabor mágico. 

A história 
A história de uma das marcas mais tradicionais da empresa suíça no Brasil começou em 1959 quando o bombom ALPINO estreou no mercado com a chancela da marca Nestlé. Isto somente se tornou possível porque a empresa suíça comprou em 1957 a Chocolate Gardano, empresa fundada em 1921 no bairro paulistano do Brás e que fabricava o Chocolate em Pó Solúvel (que seria registrado pela Nestlé com o nome Chocolate dos Dois Frades, em 1975), as balas Mentex e bombons de chocolate chamados ALPINOS. O pequeno bombom do mais puro chocolate Nestlé com um toque especial de sabor típico dos Alpes Suíços, daí a origem do nome, vinha dentro de uma forminha de papel metal dourado, tinha um gosto diferente de qualquer outro chocolate e uma personalidade muito peculiar. Só mesmo a gianduia (pasta de chocolate com avelã) tinha um gosto tão diferenciado. Na década de 1980, o bombom ALPINO já era um enorme sucesso entre os consumidores brasileiros. Esse sucesso era resultado de vários fatores: a característica essencial do produto era a pureza e simplicidade de seu chocolate, sem adições; seu sabor marcante era identificado como um tipo de chocolate específico, ao lado das versões ao leite, branco e amargo; e o fato de ser vendido como bombom.


Após a chegada do novo milênio, a tradicional marca reconhecida por seus inconfundíveis bombons, foi estendida a outras categorias de produtos com o lançamento de sorvetes em potes (sorvete de chocolate deliciosamente cremoso com pedaços do único e inconfundível chocolate ALPINO), picolés (casquinha sabor chocolate com dois recheios deliciosos, sorvete cremoso sabor ALPINO e um centro com sabor do tradicional chocolate), ovos e bolos de Páscoa, e até tradicionais panetones.


Além disso, ALPINO ganhou novas opções de embalagens, como caixas de presente (contendo 20 bombons), bags (uma combinação perfeita do clássico bombom ALPINO e uma embalagem diferenciada com 15 unidades, ideal para presente), multipack (com três bombons do clássico chocolate) e até uma embalagem em formato de latinha com quatro bombons (dois bombons do clássico ALPINO, um bombom ALPINO DARK e um bombom ALPINO MILKY); formatos como tabletes, incluindo uma sequência com três bombons unidos e a versão familiar (barra tamanho família do mais puro chocolate Nestlé com aquele típico sabor dos Alpes Suíços) e até mesmo uma versão Diet em tablete de 30 gramas, com 0% de adição de açúcar em sua composição, voltada para os apreciadores do chocolate ALPINO que necessitam de uma ingestão controlada de açúcar, mantendo o mesmo sabor da versão original. Nos últimos anos, o tradicional bombom ganhou duas novas versões: ALPINO MILKY (derrete mais fácil na boca) e ALPINO DARK (para paladares mais sofisticados).


Mais recentemente, em 2010, a Nestlé se envolveu em uma enorme polêmica ao lançar no mercado ALPINO FAST, uma bebida láctea com sabor do tradicional chocolate, pronta para beber em uma garrafa com tampa de rosca. O grande problema é que o produto não utilizava ALPINO em sua formulação. Era apenas feito com ingredientes que lhe conferiam “sabor similar” ao do tradicional chocolate. Isto porque, não foi possível criar uma bebida que fosse exatamente uma versão derretida do ALPINO, em razão dos produtos terem processos de fabricação diferentes. Apesar da inscrição, em letras pequenas, “Este produto não contém Alpino”, muitos consumidores acreditaram se tratar de um produto que continha o chocolate ALPINO derretido, gerando enorme controvérsia.


Em 2013, a Nestlé resolveu iniciar a internacionalização da marca ALPINO com sua introdução no mercado indiano. Só que o tradicional bombom foi introduzido com um posicionamento diferente, para brigar com duas fortes marcas italianas: apesar de manter a típica embalagem dourada, a forma do bombom se assemelha ao Ferrero Rocher, incluindo recheio cremoso de mousse de chocolate recoberto com chocolate crocante. Além disso, cada bombom vem com uma mensagem de amor, semelhante ao conceito da italiana Baci. A marca estreou no mercado indiano com o slogan Nestlé ALPINO, To Love is to Share”.


A linha do tempo 
2005 
Lançamento da edição especial SUFLAIR ALPINO, um tablete que combinava o melhor dos dois famosos chocolates: a textura aerada com o gostinho inconfundível dos Alpes Suíços. 
Lançamento do ALPINO em tablete grande. 
2006 
Lançamento do ovo de Páscoa ALPINO com sorvete Nestlé, produto que combinava uma casca do tradicional chocolate recheada de sorvete de chocolate ALPINO. 
2007 
Lançamento do tradicional bombom em tabletes de 35 gramas. 
Lançamento do ALPINO DIET
Lançamento do ovo ALPINO TRIPLA CAMADA, que continha três camadas de chocolate ao leite e creme Alpino acoplado em caixa dourada e recheado com mini ovos ALPINO. 
Lançamento do PICOLÉ ALPINO, uma deliciosa casquinha sabor chocolate que surpreende a boca com dois recheios divinos: sorvete cremoso sabor ALPINO e um centro com sabor de chocolate ALPINO. 
2008 
Lançamento da caixa de bombons com 12 unidades. 
Lançamento do PANETTONE ALPINO, com gotas e recheio do exclusivo chocolate, fabricado com ingredientes selecionados. 
Lançamento do SORVETE ALPINO em potes de 1 litro para consumo em casa. 
2009 
Lançamento do Bolo de Páscoa ALPINO, com gotas e recheio do exclusivo chocolate. Livre de gordura trans, essa versão tem massa suave e levemente umedecida, cobertura de açúcar com farinha de castanha de caju e cacau. 
2010 
Lançamento do ALPINO FAST, uma bebida láctea com o gosto do chocolate. 
Lançamento do bombom ALPINO MILKY, sabor mais acentuado de leite e textura cremosa. A versão tablete também estreou no mercado. 
Lançamento do bombom ALPINO DARK, feito com 60% de cacau, rico em polifenóis e com ação antioxidante. A versão tablete também estreou no mercado. 
Lançamento da embalagem com três bombons no sabor tradicional de ALPINO. 
Lançamento da caixa de ALPINO, em embalagem com 20 unidades do tradicional bombom. 
Lançamento do NESCAFÉ CAPPUCCINO ALPINO, que traz para os apaixonados pelo sabor dos Alpes uma novidade: mini bombons ALPINO para acompanhar cada dose de cappuccino. 
2011 
Lançamento do primeiro achocolatado em pó desenvolvido para o público adulto, com o sabor único e inconfundível do chocolate ALPINO. 
Os bombons ALPINO DARK e ALPINO MILK ganham a versão ovo de Páscoa. 
2012 
Lançamento de bombons ALPINO em embalagens de acrílico transparente e bandejas douradas, em dois tamanhos: caixa de 280g para 16 bombons tradicionais, e caixa de 312g com 24 bombons em três versões (Tradicional, Milky e Dark). 
2013 
Lançamento do Ovo de Páscoa ALPINO de Colher, com recheio cremoso para ser comido com colher. 
Lançamentos de ALPINO GATEAU, o panetone que vira sobremesa. A ideia é que o produto seja aquecido em microondas para que o recheio derreta como em um petit gateau, e então possa ganhar a companhia de acompanhamentos como sorvete e caldas. 
2014 
Lançamento do sorvete MEGA ALPINO, que combina o sabor de MEGA® com um toque do mais puro chocolate dos Alpes Suíços. 
2015 
Lançamento do sorvete ALPINO em potes de 455 ml. 
Lançamento do ALPINO NEVADO, barra mesclada com o sabor inconfundível do chocolate ALPINO e um leve toque de sabor de chocolate branco.


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por uma grande remodelação em 2009. Como estudos apontaram que havia uma relação de carinho do público com a marca antiga, o logotipo passou por uma evolução, sem mudanças radicais em seu desenho. A fita vermelha da embalagem antiga foi substituída por um filete, representando a silhueta de uma fita de presente. O nome passou a ser grafado sobre um fundo dourado, que possuía uma estampa listrada bem fina, em alusão à textura com ranhuras do bombom. Já o desenho dos Alpes foi diminuído, com o objetivo de diferenciar a marca de outras logomarcas representadas por morros.


Já em relação à embalagem, em 2009, o bombom ALPINO, um dos principais produtos da Nestlé no Brasil, passou por um reposicionamento de mercado para se consolidar na categoria de chocolates premium. Todas as embalagens da linha ganharam novo layout, mais moderno e elegante, com menos elementos gráficos e total predominância da cor dourada, resultando em maior sofisticação e aproximação com o universo de produtos para presente.


Dados corporativos 
● Origem: Brasil 
● Lançamento: 1959 
● Criador: Nestlé Brasil 
● Sede mundial: Vevey, Suíça 
● Proprietário da marca: Nestlé S.A. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Juan Carlos Marroquín Cuesta (Brasil) 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 2 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Confeitos 
● Principais produtos: Bombons, chocolate em barras e sorvetes 
● Concorrentes diretos: Milka, Cadbury, Hershey’s Kisses, Kinder, Baci, Ferrero Rocher e Sonho de Valsa 
● Ícones: A cor dourada e o bombom com ranhuras 
● Slogan: Alpino é chocolate do começo ao fim. 

A marca no mundo 
O ALPINO, mais conhecido pelos icônicos bombons, está presente em todo território brasileiro oferecendo também barras de chocolate, sorvetes, picolés, ovos de Páscoa (encontrados em três versões: 375g, 500g e 700g) e até mesmo panetones, que compõem uma linha de 12 produtos da marca. A marca foi recentemente lançada na Índia. 

Você sabia? 
O bombom ALPINO é o mais procurado pelos consumidores ao abrir a caixa de bombons Especialidades Nestlé


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Veja, Isto é Dinheiro, Exame, EmbalagemMarca e Época Negócios), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 13/8/2016

4 comentários:

Teddy disse...

Fico looouca com um chocolatezinho, ainda mais se for Alpino!
Amei o blog e adoraria se desse uma passada no meu tambem:
http://enteddyada.blogspot.com
Beijoos

Wallinson Ramos disse...

É o chocolate mais duro, mas um dos mais gostosos. Desde pequeno, eu comparo o formato do bombom como sendo o formato de uma "mesa" com uma toalha por cima, mas pareço louco.
Outro chocolate bom era o "Diplomata", que tinha um formato e sabor inconfundíveis, mas saiu de linha infelizmente

Aquallee disse...

Antigamente, (digo até meados de 1995), existia uma variação chamada Alpino branco. Saiu de linha e é dificílimo até mesmo achar uma imagem na internet desse bombom que diferenciava sua embalagem do alpino ao leite pela cor prateada ao invés de dourada. Vcs conseguiriam encontrar material sobre ele?

Anônimo disse...

Também não consigo encontrar... se consegui achar por gentileza pode me enviar?