15.8.06

JELL-O


Poucos produtos no mundo fazem tanto sucesso que acabam se transformando em sinônimo de uma categoria. A marca americana JELL-O é um grande exemplo disso. Nos Estados Unidos e Canadá, ela se tornou sinônimo de gelatina, e faz parte, há mais de um século, da infância de milhões de crianças por diversas gerações. 

A história 
A marca JELL-O foi introduzida no mercado americano em 1897 quando o carpinteiro da região de LeRoy em Nova York, Pearle Bixby Wait, desenvolveu uma gelatina granulada com sabor de frutas, uma versão modificada da gelatina inventada no ano de 1845 por Peter Cooper. Sua esposa, May Davis Wait, colocou o nome do produto de JELL-O, que era vendida inicialmente em 4 sabores: Strawberry (morango), Raspberry (framboesa), Orange (laranja) e Lemon (limão). Pouco depois, em 1899, o negócio que decepcionava nas vendas foi vendido por apenas US$ 450 para Orator Francis Woodward, vizinho do casal. No começo do século a marca já era anunciada em pequenos jornais domésticos destinados ao público feminino, especialmente as donas de casa, com o slogan “America’s Most Famous Dessert” (em português “A sobremesa americana mais famosa”).


Até 1904 a marca JELL-O fez pouco sucesso. Foi quando, em uma estratégia inovadora para a época, a empresa decidiu colocar nas ruas representantes que distribuíam pequenos livros de receitas (Jell-O Recipe Book), cujo ingrediente principal era a gelatina. Tornou-se assim a primeira marca do mundo a lançar livros de receitas promocionais e pioneira em uma estratégia de marketing inédita até então. Ainda neste mesmo ano, utilizando outra grande estratégia de marketing, a personagem JELL-O GIRL fez sua primeira aparição como porta-voz do produto. A menina era representada por Elizabeth King, filha de Franklin King, artista de uma agência de publicidade, e aparecia com seu vestido, rodeada não por brinquedos, mas sim por caixinhas da gelatina JELL-O acompanhada do slogan “You can’t be a kid without it” (algo como “Você não pode ser criança sem isso”). Com essas ações a marca começou a se tornar extremamente popular entre as donas de casa e crianças, que queriam experimentar a deliciosa sobremesa, agora disponível em mais dois novos sabores (chocolate e cereja). No ano seguinte a gelatina foi introduzida no mercado canadense. Em 1907 o sabor pêssego se juntou a linha de sabores. No ano de 1918, o sabor café foi lançado no mercado por tempo limitado. No início da década de 1920, a empresa deu início ao lançamento de novidades, como a D-Zerta, primeira gelatina do mercado que utilizava adoçante, ao invés de açúcar, introduzida em 1923, ano em que a empresa passou a se chamar oficialmente JELL-O COMPANY.


Pouco depois, no dia 31 de dezembro de 1925, ocorreu a fusão das empresas JELL-O e Postum Cereal Company, que formaram um núcleo que viria a dar origem à empresa General Foods Company pouco tempo depois. Em 1930 foi introduzida a gelatina com sabor de lima para ser utilizada em tradicionais e populares pratos da época, como por exemplo, saladas, sobremesas, entradas e deliciosos aperitivos. No ano de 1934 a sobremesa a base de chocolate, uma espécie de pudim de leite, foi introduzida com o nome de Walter’s Baker Dessert, que viria a se chamar JELL-O CHOCOLATE PUDDING em 1936. A popularidade da marca aumentou ainda mais no período da Segunda Guerra Mundial devido à praticidade no preparo de suas gelatinas. No ano de 1948 a empresa lançou no mercado a JELL-O TAPIOCA PUDDING, uma espécie de pudim de tapioca, disponível em três deliciosos sabores (baunilha, chocolate e laranja com coco). Dois anos depois o sabor de maçã estreou no mercado, seguido por uva, black cherry e black raspberry.


Em 1953 foi introduzido no mercado o JELL-O INSTANT PUDDING (pudim instantâneo). Na década de 1960 mais de 20 sabores foram lançados, aumentando assim as opções que o consumidor tinha a sua disposição. Em 1963 foi introduzido no mercado a JELL-O NO BAKE DESSERT, um bolo de preparo rápido (15 minutos em média) que não precisava ser assado. No final da década, em 1969, a marca lançou mais um produto inovador: JELL-O 1,2,3, uma gelatina de três camadas diferentes, com a superior cremosa. No ano de 1973, o comediante Bill Cosby, se tornou porta-voz oficial da marca, e durante os próximos 30 anos seria responsável por transformar JELL-O em um dos produtos mais populares e consumidos entre as famílias americanas. Em 1979 a marca resolveu testar um novo produto no mercado que faria enorme sucesso: JELL-O PUDDING POPS, mistura para pudins para ser colocada no freezer e consumida como um delicioso sorvete. Na década de 1980, como a preocupação com a saúde era cada vez maior, a marca introduziu, em 1984, a SUGAR FREE JELL-O GELATIN, uma gelatina que não continha nada de açúcar, sendo adoçada com NutraSweet. Em 1985 a General Foods, empresa proprietária da marca JELL-O, passou a fazer parte da divisão de alimentos da Philip Morris, que pouco depois daria origem a Kraft Foods.


Nos anos seguintes novos sabores da gelatina continuaram a serem introduzidos: melancia, blueberry, cranberry, margarita, entre muitos outros. A década de 1990 foi marcada por grandes inovações e novidades na linha de produtos da marca: JELL-O JIGGLERS, pequenas balinhas de gelatina, introduzidas 1990; gelatinas sem açúcar, disponível em copinhos, prontas para o consumo (1991); pudins para micro-ondas; e pudins sem gordura. Outra grande novidade da década foi a inauguração, em 1996, do JELL-O® MUSEUM, localizado em LeRoy, Nova York (local de nascimento da marca), onde o visitante tem acesso a materiais que contam a história da tradicional marca de gelatina que virou sinônimo de uma categoria. Em 2016, a marca lançou no mercado a linha de gelatinas JELL-O SIMPLY GOOD, sem sabores artificiais, corantes ou conservantes, aromatizadas com suco de frutas e coloridas com extratos de vegetais e especiarias. Atualmente existem mais de 30 sabores da gelatina JELL-O disponíveis no mercado, entre os quais abricó, cereja, uva, maçã, maçã verde, chá verde, melancia, pêssego, menta, melão, limão, kiwi, laranja, abacaxi, morango e mistura de frutas.


A evolução visual 
Ao longo dos anos o logotipo da JELL-O sofreu pequenas alterações, mas sempre mantendo sua principal característica, a cor vermelha. Essas mudanças ocorreram na tipografia da letra e na inclinação da escrita. O atual logotipo, adotado em 2003, apresentava a letra O com um design estilizado de um redemoinho.


Os slogans 
Fun Things Up. (2013) 
Every diet needs a little wiggle room. (2006) 
Because it’s Magic. (2003) 
Jell-O always breaks the mold. (1997) 
It’s alive! J-E-L-L-OOOOOOO! (1995) 
Tempting desserts you can make in practically no time. (1984) 
Don’t forget - you have to remember to make it. (década de 1980) 
There’s always room for Jell-O. (1964) 
It sits as lightly on a heavy meal as it does on your conscience. (1963) 
You can’t be a kid without it. (1904) 
America’s Most Famous Dessert. (1902)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1897 
● Criador: Pearle B. Wait 
● Sede mundial: Chicago, Illinois, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: The Kraft Heinz Company 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Bernardo Hees 
● Faturamento: US$ 1 bilhão (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 10 países 
● Presença no Brasil: Não 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Canadá, México e Porto Rico 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Gelatinas, pudins e bolos em pó 
● Concorrentes diretos: Royal, Dr. Oetker, Jolly Rancher e Knox 
● Slogan: Fun Things Up. 
● Website: www.jello.com/products 

A marca no mundo 
Atualmente a marca JELL-O, comercializada em aproximadamente 10 países ao redor do mundo, é encontrada em mais de 110 produtos como gelatinas, pudins e bolos, vendendo aproximadamente 420 milhões de pacotinhos de gelatina todos os anos somente nos Estados Unidos. A marca, reconhecida por aproximadamente 95% dos norte-americanos e que fatura anualmente mais de US$ 1 bilhão, é uma das mais importantes do portfólio de produtos da The Kraft Heinz Company, especialmente na América do Norte. 

Você sabia? 
Em uma pesquisa recente feita nos Estados Unidos, o sabor preferido e mais popular da marca é o de cereja. 
Os habitantes de Salt Lake City consomem mais gelatina no sabor lima do que em qualquer outra cidade americana. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 21/6/2017

2 comentários:

Anônimo disse...

A gelatina Jell-O foi fabricada no Brasil, nos anos 70, pela Kibon.

best of net disse...

Pena que nao tem mais aqui. ...