21.5.18

STANLEY


Desde 1843, a STANLEY define o padrão de excelência e qualidade em ferramentas. Poucas marcas no mundo têm uma história mais forte ou inovadora em oferecer as ferramentas certas que ajudam profissionais e amadores de todo o mundo a construir, reformar e proteger milhões de imóveis. Desde um pai de família que instala um ventilador de teto até o empreiteiro profissional que constrói novas residências, é seguro apostar que a STANLEY tem a ferramenta certa para o trabalho. 

A história 
As origens da empresa remontam ao ano de 1843 quando Frederick Trent Stanley, um comerciante de 41 anos de idade, juntamente com seu irmão mais novo, William Stanley, fundou a Stanley’s Bolt Manufactory na pequena cidade de New Britain, estado americano do Connecticut. Inicialmente a modesta oficina fabricava parafusos, dobradiças e outras ferramentas em ferro forjado. Com qualidade superior e inovações constantes, os produtos da marca começaram a ganhar reputação na região. Em 1854 a empresa começou a fabricar réguas de precisão. Pouco depois, em 1857, mesmo ano em que lançou no mercado medidores de precisão, seu primo Henry Stanley fundou a Stanley Rule e Level Company, uma empresa para produzir aparelhos de medição e ferramentas manuais, também sediada na cidade de New Britain. Ambas as empresas cresceram em paralelo ao longo das décadas seguintes, acumulando uma vasta gama de produtos e uma impressionante experiência no setor, como por exemplo, em 1863, quando a STANLEY adicionou o martelo a sua linha de produtos; ou em 1870 com o lançamento das primeiras chaves de fenda.


Em 1902, a empresa que já se chamava Stanley Works começou a exportar seus produtos. A empresa ampliou sua capacidade produtiva nos anos seguintes com a inauguração de novas fábricas em Niles (1909), estado de Ohio e estrategicamente localizada no cinturão de aço do nordeste americano, e no Canadá em 1914. Ainda em 1914 lançou o grampeador de alta pressão, ideal para o uso em tapeçarias, estofados, molduras, entre outras atividades. Em 1920, as duas empresas se uniram para formar oficialmente a STANLEY WORKS para produzir ferramentas manuais. Isto permitiu que a empresa aumentasse sua força de trabalho em aproximadamente 1.200 trabalhadores e suas vendas líquidas em US$ 6 milhões. A empresa continuou a crescer e a expandir-se nos anos seguintes com um lendário compromisso de qualidade e serviço, como por exemplo, em 1926, quando a STANLEY já estava produzindo ferramentas na Alemanha. Em 1931, de forma inovadora, a empresa apresentou a Stanley Magic Eye, primeiro operador automático de portas giratórias do mundo, ingressando assim em uma nova categoria de mercado. Ainda neste ano, lançou sua primeira fita métrica de aço. Uma série de outros produtos também foram introduzidos durante o período, mais notavelmente uma linha de ferramentas elétricas, que foram produzidas sob uma nova divisão estabelecida em 1929.


Pouco depois, em 1936, a marca lançou no mercado o estilete. Em 1937 a STANLEY ingressou no mercado do Reino Unido através da aquisição de outra empresa. Apesar dessas inovações, esta década foi marcada por um período de grandes dificuldades e prejuízos em virtude da Grande Depressão econômica que assolou os Estados Unidos e atingiu duramente o setor de construção e, portanto, as indústrias de ferramentas e ferragens. Com o advento da Segunda Guerra Mundial, a empresa, por necessidade, foi forçada a se readequar, transformando-se em fabricante de equipamentos militares. O baby boom do pós-guerra foi importante para a STANLEY, pois impulsionou a indústria de construção nos Estados Unidos e, portanto, a demanda por ferramentas. Além disso, a empresa também se beneficiou com o chamado “Do It Yourself” (Faça Você Mesmo) no segmento de reformas domésticas. Em 1961, a STANLEY lançou no mercado sua primeira furadeira portátil sem fio. Ainda nesta década a empresa continuou sua expansão internacional ingressando no mercado australiano (1963). Foi também em 1963 que a marca lançou a inovadora fita métrica PowerLock, com caixa e bloqueio da fita, permitindo uma medição mais precisa e segura.
 

Pouco depois, em 1966, a empresa abriu seu capital na Bolsa de Valores e, com o dinheiro levantado, expandiu-se ainda mais internacionalmente. Neste período a STANLEY adquiriu outras empresas, como por exemplo, a Berry Industries (fabricante de portas automáticas de garagem, em 1965) e a Ackley Manufacturing Company (ferramentas hidráulicas, em 1971). A expansão e inovação também atingiram a linha de produtos, como por exemplo, em 1975 com o lançamento de sua primeira porta automática de entrada deslizante. Além disso, a STANLEY lançou kits e malas de ferramentas completas. Em 1980, a marca ganhou enorme exposição ao projetar e instalar portas de plataforma para o Aeroporto Internacional de Orlando, na Flórida. Além disso, ao trabalhar mais de perto com atacadistas e varejistas, aumentou sua participação de mercado e, talvez o mais importante, ampliou consideravelmente o investimento em publicidade televisiva. Com isso o slogan “Stanley ajuda você a fazer as coisas direito” (Stanley helps you do things right) tornou-se familiar em diferentes línguas ao redor do mundo. Esta década também foi marcada pela expansão da marca para o continente asiático.


Em 1999 a marca lançou no mercado a linha FatMax®, composta inicialmente por fitas métricas e martelos anti-vibração, extremamente resistentes e mais ergonômicos. Já em 2008, a marca relançou suas tradicionais plainas manuais. Pouco depois, em 2011, introduziu as lâminas de carbono extremamente resistentes para serem utilizadas em estiletes. Em março de 2010, ocorreu a fusão entre a STANLEY e a Black & Decker, fundada em 1910 por S. Duncan Black e Alonzo G. Decker e que seis anos mais tarde mudou o segmento com a primeira patente de uma ferramenta elétrica portátil. A nova empresa fornecia ferramentas e soluções nas quais as indústrias, profissionais e os consumidores confiam para serem bem sucedidos quando realmente importa. Com isso, foi formada a maior fabricante do mundo de ferramentas e sistemas de segurança. Por mais de 170 anos, a STANLEY está constantemente comprometida em fornecer aos amadores e profissionais produtos inteligentes, resistentes, pioneiros e à altura do trabalho a ser realizado.


Cada ferramenta STANLEY é criada para ajudá-lo a trabalhar melhor, de forma inteligente e mais rápida. As equipes de desenvolvimento de produtos trabalham lado a lado todos os dias com verdadeiros profissionais, para verem como trabalham e identificarem as formas de ajudar a melhorar o seu desempenho. Significa que todas as ferramentas chegam ao mercado com algo especial: conhecimento. Desde a fita que ajuda nas medições exatas até o martelo que prega com força e exatidão, a STANLEY cria ferramentas que ajudam milhões de pessoas a darem o melhor de si. Além disso, a marca oferece serviços através das divisões STANLEY SECURITY (sistemas de segurança comercial abrangentes, incluindo alarmes de detecção, controles de acesso, vigilância por vídeo, detecção de incêndio e monitoramento 24 horas por dia), STANLEY ENGINEERED FASTENING (soluções de ponta para indústrias), STANLEY INFRASTRUCTURE (maior fabricante de ferramentas hidráulicas portáteis do mundo) e STANLEY HEALTHCARE (líder em soluções de segurança para idosos e crianças nos mercados de assistência médica, hospitais e casas de repouso com sistemas de rastreamento, monitoramento de temperatura e umidade, entre outros).


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por algumas remodelações ao longo dos anos. Na década de 1950 o logotipo assumiu definitivamente as cores amarela e preta. Em 2013 o atual logotipo da marca foi adotado e, apesar de manter as tradicionais cores, ganhou uma nova tipografia de letra (mais espaçada) e um pequeno detalhe na letra N.


Os slogans 
Performance in Action. (2013) 
Make Something Great. 
Stanley helps you do things right. (década de 1970)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 1843 
● Fundador: Frederick Trent Stanley 
● Sede mundial: New Britain, Connecticut, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Stanley Black & Decker Inc. 
● Capital aberto: Não 
● CEO & Presidente: James Loree 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 100 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 57.700 (Stanley Black & Decker Inc.) 
● Segmento: Ferramentas 
● Principais produtos: Martelos, chaves de fenda, alicates, soquetes e furadeiras elétricas 
● Concorrentes diretos: Würth, Makita, Bosch, Hitachi, Bahco, Gedore, Irwin, Tomboy Tools e Snap-On 
● Ícones: A cor amarela 
● Slogan: Performance in Action. 

A marca no mundo 
Atualmente a STANLEY, que pertence à empresa Stanley Black & Decker Inc., proprietária de marcas como Black & Decker, Dewalt e Craftsman, comercializa sua vasta linha de ferramentas (martelos, alicates, furadeiras elétricas, serras de mão, formões, entre outros itens) em mais de 100 países ao redor do mundo. A marca STANLEY oferece mais de 50.000 produtos diferentes para o público em geral, profissionais e setor industrial. 

Você sabia? 
As ferramentas STANLEY são fabricadas sob rigorosos padrões de qualidade internacionais, respaldadas por uma garantia de 2 anos contra defeitos de fabricação e funcionamento. 
A STANLEY está ativamente envolvida em diversas parcerias, como por exemplo, com o FC Barcelona (onde é uma das patrocinadoras oficiais), com a equipe da Nascar Joe Gibbs Racing através do piloto Daniel Suárez, ou com a MotoGP, campeonato de motociclismo mais importante do mundo. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 21/5/2018

Nenhum comentário: