16.10.12

NADIR FIGUEIREDO


Provavelmente o nome NADIR FIGUEIREDO possa não soar tão familiar. Mas essa centenária empresa, que literalmente redigiu parte da história do país, se transformou na principal fabricante de utensílios de vidro compondo assim a mesa de várias gerações de consumidores brasileiros. E tem mais, seu principal produto é um verdadeiro ícone e presença constante em padarias, bares e botecos espalhados pelo Brasil. Afinal, quem nunca tomou um café quentinho ou bebeu uma cerveja bem gelada em um autêntico Copo Americano.

A história
Tudo começou exatamente no dia 30 de agosto de 1912 quando o jovem Nadir Dias de Figueiredo fundou uma modesta oficina de conserto e venda de máquinas de escrever e equipamentos elétricos no Largo da Liberdade, em São Paulo. No ano seguinte, já com seu irmão, Morvan, como sócio, a empresa então com seis operários passou a produzir artigos de iluminação e aparelhos elétricos. Na época, a energia elétrica começava a substituir a iluminação a gás e, em 1919, a empresa diversificou suas atividades, passando a produzir postes para iluminação pública e artigos de iluminação para a rede ferroviária. Em 1932, com a Revolução Constitucionalista, a NADIR FIGUEIREDO suspendeu suas atividades normais e passou a produzir munições para as Forças Armadas. No fim do conflito, a empresa ganhou mais um integrante em sua composição societária: Francisco Gregório Spino. Foi então que a empresa resolveu ingressar para o segmento de produtos de vidro, com a compra de um fabricante de globos que estava falido.


O período da Segunda Guerra Mundial trouxe também a escassez de combustíveis e os modernos fornos de fundição da empresa precisaram ser substituídos por fornos a lenha. Com o fim do conflito, em 1945, Nadir Dias de Figueiredo trouxe do exterior a mais avançada tecnologia de produção de vidro, até então inédita no Brasil. A nova fábrica, com uma linha de produção totalmente automatizada, passou então a produzir utensílios domésticos de vidro, como xícaras e pratos, entre outros itens. Em 1947, desenvolveu e começou a fabricar seu produto de maior sucesso, o Copo Americano, que se tornaria um verdadeiro ícone das padarias e bares espalhados pelo país.


Na década de 1950, a empresa deu demonstração de sua inovação ao introduzir o conceito de copo como embalagem, inicialmente para geleias, que mais tarde faria enorme sucesso com requeijões. Em 1958 a empresa adquiriu uma nova fábrica, no Rio de Janeiro, passando a produzir, além de artigos de vidro de uso doméstico, blocos e venezianas do mesmo material. Na década de 60 a NADIR FIGUEIREDO começou a inovar com artigos sofisticados de vidro, como taças e jogos de jantares. No início dos anos 70 a empresa passou a produzir peças em vidro para forno e mesa, resistentes a choque térmico. Pouco depois, em 1972, ampliou sua linha de produção instalando duas máquinas automáticas do tipo LS, passando a fabricar garrafas e potes. Já na década de 80 as exportações da empresa atendiam a 70 países, número que nos anos 90 chegou a mais de 120, nos cinco continentes.


Em 2002 conquistou o “Prêmio Enaex – Empresa Destaque do Comércio Exterior”, vindo a participar das mais importantes feiras internacionais do setor, tais como as de Frankfurt e de Chicago. Neste período foi lançada a linha de mesa em vidro colorido “Amber”. Esta década também foi marcada por grandes inovações: linha de refratários Sempre! (que trouxe mais praticidade a mesa, facilitando a limpeza e com muito mais resistência) e Nadir Cristal (cujo design clean e composição não prejudicam o meio ambiente). Em 2011, a empresa adquiriu a divisão de utilidades domésticas (UD) do grupo francês Saint-Gobain Vidros. Com isso, marcas tradicionais do mercado brasileiro como Marinex, Duralex e Santa Marina, além de uma linha de cerâmica e porcelana que compõem mais de 100 itens diferentes, se juntaram ao portfólio da NADIR FIGUEIREDO.


Hoje em dia a NADIR FIGUEIREDO tem a preocupação constante em aliar qualidade, criatividade, inovação e tecnologia de ponta em toda sua linha de produtos. E o resultado disso não poderia ser diferente: tanto no dia a dia quanto nas ocasiões especiais seus produtos estão presentes nas vidas, e mesas, de milhões de pessoas. Os utensílios de vidro possuem uma estética cuidadosamente trabalhada pelos designers da empresa. Outro item também importante, é a qualidade do material utilizado, além de conservar com muita eficiência os alimentos, ainda proporcionam praticidade e durabilidade.


O ícone dos bares e botecos
Produzido com exclusividade pela NADIR FIGUEIREDO desde 1947, o COPO AMERICANO é o mais vendido no Brasil (com mais de 100 milhões de unidades por ano) e conquistou a preferência de padarias, bares e restaurantes de todo o país, devido ao excelente custo x benefício. O tradicional copo teve origem quando o empresário Nadir Dias de Figueiredo teve a ideia de produzir no Brasil copos de vidro, ainda nos anos 1940. Ele se inspirou para desenhar o modelo em copos que naquela época eram somente produzidos nos Estados Unidos, e por isso o chamou de COPO AMERICANO. Contudo o modelo foi completamente projetado e adaptado para os hábitos e necessidades brasileiros: 9 cm de altura, 6.5 cm de diâmetro e capacidade para 190 ml. Nos anos 90 este ícone foi eleito o melhor copo para se tomar cerveja do Brasil. O copo se tornou parte integrante do dia a dia dos brasileiros que passou a ser utilizado como padrão de medida para receitas, bolos, soro caseiro e até medida de sabão em pó.


A evolução da produção do COPO AMERICANO no decorrer dos tempos reflete o desenvolvimento da empresa ao longo desses 100 anos de vida. Em 1947, a empresa produzia 2 copos por minuto; em 1965 esse número saltou para 60 copos por minuto, e assim, sucessivamente, até atingir a atual marca de 480 copos por minuto. Vendido a aproximadamente R$ 1 real em supermercados, atacadistas e distribuidores, o copo já se tornou item indispensável para servir um bom “pingado”, uma dose de cachaça ou uma cerveja bem gelada. No mercado de atacadistas é conhecido simplesmente por “copo” ou “2010”, que é o seu código de referência interna na NADIR FIGUEIREDO.


O desenho do copo já lhe rendeu inúmeros prêmios de design e reconhecimento internacional: é considerado um dos ícones do design brasileiro pelo MoMA, de Nova York, onde fez parte de uma mostra em 2009, chegando a ser vendido por US$ 3. Hoje em dia, o copo de formato simpático que caiu nas graças do povo, independente da classe social, é oferecido nas mais variadas cores e tamanhos: dose (45 ml, ideal para cachaças), multiuso (190 ml, ideal para cerveja e café), long drink 300 ml (ideal para caipirinhas e batidas), long drink 450 ml (ideal para sucos e refrigerantes) e rocks (300 ml, ideal para destilados). Recentemente a empresa comemorou a produção de 6 bilhões de copos do modelo denominado COPO AMERICANO. Para comemorar essa marca, a empresa chegou a lançar uma edição limitada do tradicional copo e uma série especial com selo comemorativo.


Dados corporativos
● Origem: Brasil
● Fundação: 30 de agosto de 1912
● Fundador: Nadir Dias de Figueiredo
● Sede mundial: São Paulo, Brasil
● Proprietário da marca: Nadir Figueiredo S.A.
● Capital aberto: Sim
● Presidente: Morvan Figueiredo de Paula e Silva
● Faturamento: R$ 372.9 milhões (2011)
● Lucro: R$ 23.4 milhões (2011)
● Valor de mercado: R$ 190 milhões (outubro/2012)
● Presença global: 120 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 1.600
● Segmento: Utensílios domésticos
● Principais produtos: Copos, jarras, vasos e formas de vidro
● Concorrentes diretos: Wheaton, Pyrex e marcas chinesas
● Ícones: O copo Americano
● Slogan: Copo Americano. No fundo você sabe que é Nadir.
● Website: www.nadir.com.br

A marca no mundo
A NADIR FIGUEIREDO, líder em utensílios domésticos em vidro no Brasil, que exporta 10% de sua produção para aproximadamente 120 países, possui um amplo portfólio composto por mais de 3.000 itens, entre copos, taças, formas de vidro, aparelhos de jantar, jarras, vasos, pratos, xícaras, potes, garrafas e cinzeiros. A empresa também está envolvida na produção de recipientes de vidros na indústria de bebidas e processamento de alimentos. Anualmente a empresa produz mais de 162 mil toneladas de vidro.

Você sabia?
Nadir Dias de Figueiredo foi um dos idealizadores da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e um dos líderes industriais do Brasil dos anos 1950 até a sua morte, em 1983.
A empresa utiliza no fundo de seus produtos gravações com as iniciais NF Brazil, Nadir NF ou NF.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 16/10/2012

Nenhum comentário: