31.1.12

MONSTER ENERGY DRINK


Ele se tornou um estilo de vida da nova geração embalado por uma lata preta com a marca de uma garra em cores fosforescentes. Como seu nome diz em inglês, ele é um verdadeiro monstro repleto de taurina, cafeína e energia. Foi assim que o MONSTER ENERGRY DRINK ousou desafiar o poderoso Red Bull, não somente no mercado americano como também em muitos outros países mundo afora. E para os mais céticos, a marca americana tem conseguido causar desconforto na líder mundial nessa categoria ao oferecer diversos sabores e muitas inovações em termos de embalagens. Por isso, surpreenda-se com a lata do energético mais animal do planeta. 

A história 
Tudo começou em meados dos anos de 1990 quando a Hansen Natural Corporation, empresa californiana fundada em 1935 por Hubert Hansen e que durante décadas se dedicou ao desenvolvimento de bebidas de alta qualidade feitas com ingredientes naturais, resolveu ingressar no então emergente segmento de energéticos nos Estados Unidos. A primeira tentativa ocorreu em 1997 e foi um verdadeiro fracasso. A empresa sabia que para concorrer com a austríaca Red Bull e tantas outras marcas que surgiam, era preciso desenvolver um produto diferenciado e inovador, que conquistasse uma nova geração de consumidores. Após anos de pesquisas e milhões de dólares investidos, no mês de abril de 2002 estreou no mercado americano o MONSTER ENERGY DRINK. O novo produto continha alguns diferenciais importantes em relação aos concorrentes: sua fórmula continha alta dose de taurina e açúcar. MONSTER ENERGY DRINK também foi o primeiro produto do segmento a utilizar a lata de 16 onças (473 ml), o dobro da quantidade da rival Red Bull, gerando assim um melhor custo benefício aos consumidores.


Outro grande diferencial do produto era sua embalagem, uma lata preta com design arrojado que continha a marca de uma garra verde fosforescente que formava uma letra “M” (clara alusão ao nome da marca), se destacando nas gôndolas dos pontos-de-venda. Além disso, ao contrário dos outros energéticos, MONSTER ENERGY DRINK foi posicionado no mercado como uma bebida diurna, feita para atender consumidores que trabalham, estudam e, portanto, necessitam de uma energia extra para o dia a dia, pois realizam múltiplas tarefas no decorrer do tempo. Este posicionamento foi adotado pela marca depois que pesquisas revelaram a tendência do uso de bebidas energéticas no período da manhã, por jovens ligados a tecnologia, vídeo games, internet, rapidez de informação e agilidade nas decisões. Com isso, ficou claro que MONSTER ENERGY DRINK era um produto dinâmico, não era prejudicial à saúde e totalmente direcionado a produtividade, não somente as baladas noturnas como seus concorrentes. A agressividade com que a marca estreou no mercado podia ser comprovada em seu slogan “Unleash the Beast” (algo como “desencadeie/liberte a besta”).


Pouco depois a empresa lançou no mercado a lata gigante de 24 onças (aproximadamente 700 ml). E para ganhar reconhecimento, investiu em ações ousadas como a amostragem em locais de alta concentração de público jovem, como por exemplo, shows, praias badaladas, festas e eventos esportivos radicais, além de patrocinar atletas como os pilotos Michael Schumacher e Nico Rosberg, o skatista Rob Dyrdek e o piloto de rali Ricky Carmichael. O resultado não poderia ser diferente. MONSTER ENERGY DRINK se tornou um sucesso praticamente instantâneo, ganhando participação de mercado rapidamente e faturando milhões de dólares. Após se consolidar no competitivo mercado americano, nos anos seguintes MONSTER ENERGY DRINK foi introduzido no Canadá, México, Austrália e alguns países da Europa, ganhando rápida aceitação por parte dos consumidores. Já no Brasil a marca desembarcou oficialmente em 2010.


Além disso, a marca surpreendeu o mercado com lançamentos de embalagens e produtos inovadores, como por exemplo, MONSTER LO-CARB (2003), energético com baixa caloria, identificado pela garra azul-celeste; pack com quatro latas (2004); MONSTER KHAOS, (2005), energético com 50% de suco de laranja, identificado pela garra laranja; MONSTER ASSAULT, energético à base de cafeína, refrigerante de cola, taurina, ginseng e guaraná, identificado pela garra vermelha; M-80 (2007), energético com 80% de suco de frutas tropicais e cítricas, identificado pela garra amarela; MIXXD (2008), energético com 30% de suco de frutas, identificado pela garra roxa; NITROUS MONSTER (2009), primeiro energético do mundo formulado com óxido nitroso, substância que deixa a bebida espumante, com aspecto de champanhe, e acondicionado em uma lata de alumínio capaz de ser tampada após a abertura; MONSTER ABSOLUTELY ZERO (2010), energético com zero caloria e açúcar, identificado pela garra preta; MONSTER M3 (2010), energético super concentrado vendido em garrafa de 145 ml; e MONSTER REHAB (2011), mistura de energético, chá e suco de limão. O sucesso da marca foi tanto que em janeiro de 2012 a empresa trocou seu nome para MONSTER BEVERAGE CORPORATION.


Já em 2013, revolucionou o mercado ao lançar o MONSTER MUSCLE, uma bebida energética enriquecida com proteína; além do MONSTER ENERGY SERO ULTRA, com sabor cítrico, zero açúcar e calorias. Com o enorme sucesso e potencial da marca, em meados de 2014 a The Coca-Cola Company comprou 16.7% da MONSTER BEVERAGE CORPORATION por aproximadamente US$ 2.15 bilhões, aumentando assim sua aposta no crescente segmento de bebidas energéticas. O acordo incluiu a transferência de bebidas energéticas da Coca-Cola, como NOS, Full Throttle, Burn e Mother and Play para a MONSTER, que continuou sendo uma empresa com capital aberto na Bolsa de Valores. Esse acordo resultou em um enorme aumento da capacidade de distribuição e o lançamento do MONSTER ENERGY DRINK em diversos países pelo mundo. As últimas novidades da marca atendem pelo nome de MONSTER JAVA (uma bebida à base de café e energético) e MONSTER HYDRO (energético sem gás com alta dose de água).


O marketing 
A marca MONSTER ENERGY DRINK sempre investiu sua verba de marketing em esportes e música, em detrimento aos meio tradicionais de publicidade. E o reconhecimento da marca se deu justamente por apoiar e patrocinar muitos eventos de esportes radicais como MMA, motociclismo, BMX, motocross, rodeio, mountain bike, skate, snowboard e automobilismo, além de esportes eletrônicos. A marca também já promoveu várias bandas de música ao redor do mundo, como Fetty Wap, Iggy Azalea, Savage, Anthrax, entre outras. Grande parte do marketing da marca também é mais ousado. Por exemplo, a marca promove a Monster Energy Girls (um grupo de mulheres com pouca roupa) em diversos eventos.


E nos últimos anos tem intensificado seus grandes patrocínios. Por exemplo, em 2010, para ganhar reconhecimento mundial, a marca se tornou patrocinadora oficial da equipe Mercedes-AMG Petronas Motorsport na F1 e atualmente têm como embaixadores os pilotos Valtteri Bottas e Lewis Hamilton (que recentemente desenvolveu e ganhou uma linha de energético com a marca MONSTER ENERGY DRINK). Já em 2015 o lutador de MMA Connor McGregor passou a ser um atleta endossado pela marca, exibindo o tradicional M verde em seus calções. Porém, em 2017 a MONSTER ENERGY DRINK realizou sua maior estratégia de marketing, especialmente para os Estados Unidos, quando se tornou a principal patrocinadora da NASCAR (categoria mais popular do automobilismo americano) rebatizando-a para a MONSTER ENERGY NASCAR CUP SERIES. A marca ainda patrocina o piloto (carro) Kurt Busch, um dos mais populares da NASCAR. E ainda serviu como patrocinadora oficial de bebidas energéticas de vários X Games, mais recentemente os jogos de verão de 2017 em Minneapolis e os jogos de inverno de 2017 em Aspen. Atualmente a marca também é a principal patrocinadora de outra importante categoria do automobilismo, o FIA World Rallycross Championship (campeonato mundial de rali). A marca patrocina ainda diversos atletas, celebridades e músicos. Exemplo disso é o motociclista italiano Valentino Rossi.


O logotipo místico 
O logotipo da marca MONSTER ENERGY DRINK é amplamente reconhecido no mundo. E nos tempos de uma comunicação ampla, também se criou teorias da conspiração. O design do logotipo foi criado pela McLean Design, uma empresa de branding sediada no estado da Califórnia. O “M” (em verde neon) é estilizado de forma a implicar que é formado pelas garras de um monstro rasgando a lata. Com a quantidade de pessoas e trabalhos dedicados ao design de logotipos, parecia muito improvável que ninguém tenha percebido as semelhanças do logotipo com o 666 (três ocorrências da letra Vav, o numeral hebraico para seis). E isto aconteceu. Além disso, o slogan da marca “Liberte a fera/besta”, contribuiu ainda mais para que muitos acreditassem fazer referência a “besta” no Livro das Revelações. Outros ainda afirmam que existe uma cruz na letra ‘O’ da palavra MONSTER, que se assemelha a um crucifixo, e que quando a lata é virada de cabeça para baixo, o símbolo fica invertido. Este crucifixo invertido é o mesmo utilizado para simbolizar o satanismo. Tudo isso faz parte da criatividade de mentes ociosas.


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: Abril de 2002 
● Criador: Hansen Natural Corporation 
● Sede mundial: Corona, Califórnia, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Monster Beverage Corporation 
● Capital aberto: Sim 
● CEO: Rodney Sacks 
● Presidente: Hilton Schlosberg 
● Faturamento: US$ 3.81 bilhões (2018) 
● Lucro: US$ 993 milhões (2018) 
● Valor de mercado: US$ 35 bilhões (julho/2019) 
● Presença global: 120 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 2.000 
● Segmento: Bebidas não alcoólicas 
● Principais produtos: Energéticos 
● Concorrentes diretos: Red Bull, AMP Energy, Rockstar, Fly Horse, 5-hour Energy, Hype, Carabao Energy Drink e TNT (Brasil) 
● Ícones: A garra de seu logotipo 
● Slogan: Unleash the beast. 
● Website: www.monsterenergy.com 

A marca no mundo 
O MONSTER ENERGY DRINK tem sua extensa linha de produtos comercializada em mais de 120 países ao redor do mundo, sempre constando entre as três principais marcas do mercado. Os energéticos da marca possuem forte e sólida presença nos Estados Unidos, Austrália, México, França, Holanda, Inglaterra e Bélgica. Aproximadamente 90% do faturamento da empresa em 2018, mais de US$ 3.8 bilhões, foi proveniente da venda do energético com a marca MONSTER, que possui mais de 30 diferentes produtos energéticos no mercado americano. 

Você sabia? 
A fórmula do MONSTER ENERGY DRINK, além dos ingredientes convencionais como cafeína, taurina e guaraná, é enriquecida com vitaminas B3, B6, B2 e B12, o que o torna uma bebida completa e nutritiva e atende as visões do produto, pois auxilia na capacidade de concentração e rapidez das reações. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek e Exame), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 28/7/2019

7 comentários:

Unknown disse...

Muito bom gostei mesmo!!!!

Isaias Rosa disse...

Muito bom super diferenciado não enjoa várias opções de sabores ....top

Warney Costa disse...

Depois que essa.marca entrou, parei de tomar red Bull...

RICARDO GOMES DE ABREU disse...

Agora também patrocina o MMA

Demilson junior disse...

Já tomei todos, uma delícia.

Jinoelia Couto disse...

Amei!pretendo experimentar todos sabores...

Unknown disse...

Eu tomo direto amo demais moster