31.5.06

SUBWAY


Quando se fala em restaurante de alimentação rápida, pode-se imaginar que ofereça sanduíches e batatas fritas gordurosas, inimigos número 1 de uma alimentação equilibrada e saudável. Mas não, se o restaurante em questão for a americana SUBWAY. A rede vende, sim, sanduíches, porém mais leves e sempre recheados com salada, queijo e uma carne magra, como atum e peru ou até frutos do mar. Os recheios e molhos são escolhidos, na hora, pelo cliente, assim como o tipo do pão, seis versões disponíveis em dois tamanhos: 15 cm e 30 cm. Podem ser frios ou quentes. E o melhor de tudo: são deliciosos e saudáveis. A SUBWAY é uma opção ideal para quem procura uma refeição rápida e ao mesmo tempo saudável. 

A história 
Em 28 de agosto de 1965, o aspirante a estudante de medicina Fred DeLuca, então com apenas 17 anos, e o amigo e cientista Dr. Peter Buck, inauguraram seu primeiro restaurante que vendia sanduíches naturais feitos em baguetes compridas, na pequena cidade de Bridgeport, estado americano de Connecticut. A ideia de abrir um restaurante nesse molde havia surgido durante um churrasco de inauguração da nova casa do Dr. Buck, que emprestou US$ 1.000 ao jovem Fred para iniciar seu negócio e com os lucros pagar a tão sonhada faculdade de medicina. O restaurante, que originalmente se chamava Pete’s Super Submarines, vendeu em seu primeiro dia 312 sanduíches, que custavam entre 49 e 69 centavos de dólar. O restaurante rapidamente se tornou um enorme sucesso e a razão principal era um delicioso sanduíche que media 15 centímetros de comprimento chamado Submarine (comprido como um submarino), um clássico presente no cardápio da rede até os dias de hoje. Curiosamente esse primeiro sanduíche incluía tomate, cebola e pimentão verde, mas não alface. No início Fred DeLuca dirigia seu Volkswagen Beetle cerca de 100 milhas para comprar pessoalmente nas fazendas as verduras e vegetais frescos.


O negócio deu tão certo que em menos de um ano a segunda loja foi aberta e DeLuca resolveu abandonar o sonho de ser médico. No ano seguinte ambos fundaram a Doctor’s Associates Inc., empresa que iria administrar os restaurantes da rede. Apesar do sucesso, somente em 1968, na inauguração do quinto restaurante da rede o nome SUBWAY foi utilizado pela primeira vez, inspirado no formato de seus sanduíches. Mas a troca de nome também foi por outra curiosa razão: as propagandas no rádio quando anunciavam o nome “Pete’s Submarines”, soava como “Pizzas Marines”, causando confusão nos ouvintes. Até 1974 a rede possuía 16 unidades em funcionamento. Foi neste ano que a primeira franquia da rede foi inaugurada na cidade de Wallingford localizada no estado de Connecticut.


Nos anos seguintes a rede viveu um forte período de expansão com a inauguração do primeiro restaurante fora do estado de Connecticut, em Massachusetts, no ano de 1975; o primeiro restaurante no estado da Flórida, localizado na ensolarada cidade de Fort Lauderdale, em 1976; em 1981, a abertura do restaurante de número 200 na cidade de Renton, estado de Washington; a inauguração do primeiro restaurante internacional no Bahrain, no Oriente Médio, em dezembro de 1984; além de expandir-se para Porto Rico, em 1985; inaugurações dos primeiros restaurantes no Canadá; e a inauguração do restaurante de número 1.000 na cidade de Anderson, estado de Indiana, em 1987. Além disso, nesse período o SUBWAY ampliou seu cardápio oferecendo mais opções aos seus consumidores.


Em 1989, a rede já estava presente em todos os estados americanos com 3.000 restaurantes em funcionamento. A década seguinte foi marcada por alguns acontecimentos históricos, como por exemplo, em 1990 quando a primeira unidade foi aberta no México; em 1991 quando foram inaugurados os primeiros SUBWAY em um campus universitários, dentro de um parque temático e em Aruba; em 1993 com a inauguração do primeiro ponto de venda dentro de uma loja de conveniência; e em 1995 quando a rede comemorou o trigésimo aniversário atingindo a impressionante marca de 11.000 restaurantes em funcionamento pelo mundo, com unidades inauguradas em novos mercados como China, Irlanda, Egito, Espanha e El Salvador. Em 1997 a SUBWAY lançou a campanha “7 under 6“ que consistia em 7 sanduíches com 6 gramas ou menos de gordura, demonstrando a preocupação da rede em oferecer uma alimentação equilibrada e mais saudável. Somente em 1999, pela primeira vez na história da rede, uma campanha publicitária para televisão foi exibida nacionalmente em todos os dias da semana. Nos anos seguintes a rede se espalhou pelo mundo, inaugurando centenas de novos restaurantes em vários países, ultrapassando o McDonald’s em número de restaurantes nos Estados Unidos em 2002.


A rede desembarcou no Brasil, em 1993, mas erros estratégicos fizeram com que a SUBWAY quase deixasse o país, em 2000, quando sobraram apenas duas lojas. Isto ocorreu pela falta de conhecimento do mercado em relação à marca, custos muito altos de operação e instalar suas lojas em bairros nobres. Depois de uma reestruturação nos negócios, a rede voltou a apostar no mercado brasileiro em 2003, que hoje se tornou prioritário para a empresa, com quase 2 mil lojas em funcionamento. Atualmente a SUBWAY usa o slogan “Eat Fresh” (em tradução livre “Comam Fresco”), e faz questão que seus sanduíches sejam preparados com pães e ingredientes frescos e de alta qualidade, que são combinados em frente ao cliente pelos funcionários da rede, conhecidos como Subway Sandwich Artists.


Durante décadas, a fórmula adotada pela rede deu certo, permitindo que aproximadamente duas mil novas lojas sejam inauguradas por ano ao redor do mundo, em um investimento superior a US$ 400 milhões. O resultado desse sucesso fez com que a SUBWAY se tornasse a maior rede de alimentação rápida em números de lojas, superando o poderoso McDonald’s. Outra investida da empresa foi aumentar sua presença dentro de estabelecimentos como postos de gasolina, universidades, hipermercados e até hotéis. Hoje, mais de 180 unidades estão instaladas nesses tipos de locações no Brasil. A estratégia, além de se aproveitar do fluxo de pessoas já existente, acaba gerando uma vantagem competitiva para a rede. Ao contrário do que acontece com seus principais concorrentes, uma loja da SUBWAY pode ser montada em um espaço de apenas 30m². Esse modelo de negócio, na verdade, é uma tendência global da empresa. Nos Estados Unidos, também existem unidades da rede dentro de parques temáticos, zoológicos, bases militares, arenas esportivas, hospitais e até em uma igreja Batista (cuja loja foi inaugurada em 2004 na cidade de Buffalo, estado de Nova York). Além disso, a empresa continua mantendo um dos pilares e diferenciais da rede no mundo: a customização do sanduíche, que permite que o cliente escolha um produto de acordo com os seus desejos e preferências.


Poucos dias depois de comemorar os 50 anos da inauguração de sua primeira loja, a empresa divulgou, no início de setembro de 2015, que Fred DeLuca (foto abaixo), cofundador e principal executivo da rede, faleceu aos 67 anos em decorrência de uma leucemia diagnosticada em 2013. Durante décadas, DeLuca foi responsável pelo operacional da empresa, tomando decisões corporativas e viajando pelos Estados Unidos para provar a comida, avaliar o serviço que oferecia e lidar diretamente com os donos das franquias e clientes. E sua morte aconteceu em um momento delicado com forte queda nas vendas no mercado americano, resultado de dois erros fundamentais: esquecer da concorrência e focar apenas no crescimento de restaurantes. Alguns anos atrás, a rede reinventou a ideia do fast-food, com uma variedade de vegetais e opções com baixas quantidades de calorias. Mas parou por aí. Outros competidores, melhores, entraram no mercado. E a SUBWAY acusou o golpe.


A linha do tempo 
1975 
Introdução do clássico sanduíche BMT (Brooklyn-Manhattan Transit) em homenagem ao sistema de transporte de metro da cidade de Nova York. Esse enorme sanduíche é composto por pepperoni, salame, presunto, alface, tomate, cebola, pimentão verde, azeitonas, picles, queijo e vinagre. Mais tarde, após uma campanha publicitária, o termo passou a significar “Biggest, Meatiest, Tastiest” (“Maior, Com Mais Carne, Com mais Sabor”). É o sanduíche mais vendido pela rede no mundo. 
1976 
Introdução do ALASKAN KING CRAB SUB, um sanduíche feito com os famosos caranguejos do Alasca. 
Inauguração do centro de treinamento de funcionários. 
1977 
Introdução do SNAK SANDWICH, que mais tarde viria a chamar-se 6-inch Sandwich
1980 
Introdução das saladas no cardápio da rede. 
1983 
Introdução de pães frescos no cardápio da rede. 
1985 
Introdução de carnes (steak), queijos (cheeses) e pães de trigo (wheat bread) em seu cardápio. 
1986 
Introdução do cardápio de café da manhã. 
1988 
Lançamento do COLD CUT COMBO, sanduíche composto por peito de peru, presunto, salame, queijo e alguns vegetais. 
1991 
Introdução do KIDS PAK, um kit infantil que continha um sanduíche, um refrigerante, uma sobremesa e um brinde surpresa. 
1995 
Introdução do cookie de chocolate com nozes no cardápio da rede. 
1998 
Introdução no cardápio da rede dos famosos wraps, originado de uma adaptação do burrito, tradicional guloseima mexicana. 
2000 
Introdução no cardápio de pães e molhos especiais. 
2001 
Introdução de pepinos como item de seu cardápio. 
2003 
O kit infantil KID PAK é totalmente reformulado tornando-se mais saudável. O refrigerante foi substituído por suco e a sobremesa por frutas ricas em vitaminas C. 
2005 
Lançamento da “8 under 6“, uma linha composta por 8 sanduíches com 6 gramas ou menos de gordura. 
Lançamento da linha de sanduíches tostados em seu cardápio. 
2006 
Introdução de pizzas individuais em seu cardápio no mercado americano. 
Inauguração do primeiro restaurante da rede com cardápio Kosher, cujos alimentos são preparados de acordo com as normas dietéticas da lei judaica. A unidade estava localizada em um subúrbio da cidade de Cleveland em Ohio. 
2007 
Introdução do cardápio SUBWAY FRESH FIT, composto por sanduíches com baixo índice de gordura saturada e livres de colesterol e gorduras trans. 
2008 
Lançamento da $5 Dollar Footlong™, famosa promoção onde qualquer sanduíche regular de 30 cm (Footlong) tem o preço de US$ 5. 
2009 
A rede passou a oferecer cafés da marca Seattle’s Best Coffee. 
2011 
Introdução de pães e outros produtos sem glúten, em algumas unidades localizadas no Texas. Também reduziu a quantidade de sal nos ingredientes em aproximadamente 15%. 
Lançamento do BRAVOCADO, um sanduíche com peito de peru, bacon e creme de abacate.


Variações regionais 
Os cardápios da rede podem variar, dependendo de regiões e países, devido, principalmente a imposições e restrições religiosas ou culturais. Um exemplo são as lojas kosher, que oferecem alimentos segundo as leis judaicas. Essas lojas apresentam ligeiras modificações no cardápio, tais como a ausência de produtos à base de carne de porco ou a utilização de queijos à base de soja. Já na Índia, onde a rede inaugurou seu primeiro restaurante em 2001, a SUBWAY não serve carne de vaca e porco ou qualquer produto derivado dos mesmos. Em contrapartida, oferece uma ampla gama de produtos vegetarianos. Mais recentemente, a rede inaugurou na Índia seu primeiro restaurante totalmente vegetariano, localizado dentro de um campus universitário. A maioria das lojas da rede instaladas em países muçulmanos dispõe de um cardápio halal (alimento é permitido para consumo quando obtido de acordo com os preceitos e as normas ditadas pelo Alcorão e pela Jurisprudência Islâmica). Mais recentemente a rede tem procurado inovar, oferecendo opções como homus e molho sriracha cremoso (feito a partir de uma pimenta tailandesa) em seu cardápio nos Estados Unidos.


Apesar dessas variações, alguns produtos fazem parte dos cardápios internacionais da rede, como por exemplo, os sanduíches B.M.T. (pepperoni, salame, presunto, vegetais e condimentos), Roasted Chicken (com frango levemente temperado e grelhado, além de vegetais selecionados), Chicken Teriyaki (mistura saborosa de molho japonês com tiras de frango), Subway Club (combinação de peito de peru, presunto e rosbife), Tuna (atum e maionese light, com verduras e vegetais frescos), Steak & Cheese (rosbife e queijo), Subway Melt (peito de peru fatiado, presunto, bacon, queijo derretido, vegetais e condimentos saborosos) e Meatball Marinara (almôndegas cobertas com molho marinara). Isto significa que os consumidores poderão encontrar a mesma qualidade dos ingredientes independente da nação em que estejam viajando ou vivendo. Poderá saborear um delicioso sanduíche de peito de peru, com uma variedade de vegetais e condimentos de sua escolha, servido no pão assado, tanto em um restaurante na Jamaica como em uma unidade localizada na Nova Zelândia. Segunda a própria rede existem 6 milhões de maneiras de montar um sanduíche em suas lojas.


Uma dieta de sucesso e problemas 
A história aconteceu em 1998, um ano após a SUBWAY lançar uma campanha para promover uma linha de sanduíches com menos de 6 gramas de gordura. Jared Fogle, um gorducho universitário da cidade de Indianápolis, que pesava 192 quilos e tinha 152 centímetros de cintura, resolveu fazer o teste. Desestimulado até pelo pai, um médico clínico, o rapaz embarcou em uma dieta de sanduíche de peru de 15 centímetros e refrigerante dietético no almoço e sanduíche vegetariano de 30 centímetros no jantar, sempre da SUBWAY, seguida de pequenas caminhadas. Nada de queijo, maionese ou óleos. Resultado: enquanto ele perdeu 111 quilos, as vendas da rede aumentaram aproximadamente 18% em dois anos, mais que o dobro da média do setor, graças a uma campanha publicitária que explorou o fato pelo país inteiro. O sucesso da dieta transformou Fogle em garoto-propaganda da SUBWAY, estrelando vários comerciais a partir do ano 2000.


Mas seu mais importante garoto-propaganda também se tornou um enorme problema, causando uma crise de imagem da marca no mercado americano sem precedentes. Isto porque, Jared Fogle, foi detido em meados de 2015 por agentes federais e estaduais por um suposto envolvimento em casos de pornografia infantil. A polícia invadiu a casa de Fogle, na cidade de Zionsville, no estado de Indiana, em busca de provas. A SUBWAY tentou agir rápido e suspendeu completamente suas relações com o empresário.


A evolução visual 
O logotipo da SUBWAY sofreu algumas alterações ao longo de sua história, adquirindo uma imagem mais moderna. A última delas ocorreu em 2002, quando o logotipo usado desde 1968 (com as tradicionais setas nas letras S e Y) adquiriu uma imagem mais limpa e vibrante visualmente.


Os slogans 
Choose Well. (2004) 
Eat Fresh. (2000) 
The Way A Sandwich Should Be. (1996) 
Right Before Your Eyes. (1995) 
What a Sandwich. (1994) 
The Place Where Fresh is the Taste. (1990) 
My Way. (1985) 
Think fresh. Eat fresh. (2008, Canadá) 
Gostoso e Saudável. (Brasil) 
Manda bem. Manda Subway. (Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Fundação: 28 de agosto de 1965 
● Fundador: Fred DeLuca e Dr. Peter Buck 
● Sede mundial: Milford, Connecticut, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: Doctor’s Associates Inc. 
● Capital aberto: Não 
● Presidente: Suzanne Greco 
● Faturamento: US$ 18 bilhões (estimado) 
● Lucro: Não divulgado 
● Lojas: 44.280 
● Presença global: 110 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Maiores mercados: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Brasil 
● Funcionários: 500.000 (incluindo franqueados) 
● Segmento: Alimentação rápida 
● Principais produtos: Sanduíches e saladas 
● Concorrentes diretos: Quiznos Sub, Blimpie, Firehouse Subs, Arby’s, Chipotle, McDonald’s, Burger King, KFC e Wendy’s 
● Ícones: O sanduíche em forma de submarino 
● Slogan: Eat Freash. 
● Website: www.subway.com.br 

A marca no mundo 
A SUBWAY está presente em 110 países ao redor do mundo, com mais de 44.280 restaurantes em funcionamento. Atualmente existem aproximadamente 950 restaurantes da rede dentro das lojas Walmart e 200 localizados em bases militares americanas espalhadas pelo mundo. No Brasil, quarto maior mercado mundial da marca, a rede possui mais de 1.945 restaurantes (localizadas em mais de 110 cidades). A cada 60 segundos, somente nos Estados Unidos, a rede vende 2.800 sanduíches e saladas, atendendo diariamente aproximadamente seis milhões de clientes. Ao final de um ano são mais de 2.1 bilhões de sanduíches vendidos. Somente na cidade de Nova York estão localizados mais de 340 restaurantes SUBWAY. 

Você sabia? 
Foi em 1980 que a rede introduziu, em uma loja em Ithaca, estado de Nova York, o famoso mural com o mapa de transporte da cidade de Nova York como item de decoração. Desde então esses mapas passaram a fazer parte da decoração de muitas lojas da rede. 
A SUBWAY é a pioneira em comida saudável no segmento de alimentação rápida, pois oferece sanduíches e saladas com baixo teor calórico, uma tendência mundial no ramo da alimentação. Em uma pesquisa de opinião realizada nos Estados Unidos pelo instituto Technomics, a SUBWAY foi citada como a rede preferida no quesito “alimentação saudável” entre 39 outras empresas do segmento. E mais, em 2012, a SUBWAY foi apontada em uma pesquisa como a marca mais admirada nos Estados Unidos. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, BusinessWeek, Exame e Isto é Dinheiro), jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers). 

Última atualização em 22/9/2015

4 comentários:

NATURALEZA 30 disse...

E TODOS SÃO EXTREMAMENTES DELICIOSOS, NUTRITIVOS E SAUDÁVEIS ... ADOREI EXPERIMENTAR E ACABOU VIRANDO UMA MANIA ...

Anônimo disse...

Pooooooooo mandou bem no historico da parada!! salvou vidas! me formei por sua causa hahaha bjomeliga

monique disse...

aaadororo a subway sou visiada
graças a ela em um mês eu emagreci 5kg.
hoje eu posso fala vale apena apostar no sanduiches subway!
As meninas de sete lagoas me etenderam super bem,eu so tenho a agradecer.bjus

Anônimo disse...

Gente vou fazer um trabalho com esse texto