19.1.10

BODUM


Dificilmente quem procura utensílios de cozinha e para casa, que sejam originais, com design único e de alta qualidade, não irá se deparar com a marca BODUM, reconhecida pela inovação e design diferenciado. A marca dinamarquesa, verdadeiro ícone mundial de produtos para café e chá, é presença obrigatória em qualquer cozinha descolada do mundo.

A história
Tudo começou em 1944 quando Peter Bodum fundou a empresa na cidade de Copenhagen, capital da Dinamarca. Os tempos eram difíceis no final da Segunda Guerra Mundial; o comércio era quase inexistente e as pessoas estavam desempregadas e sem dinheiro. Assim mesmo, ele chegou a vender no atacado uma variedade muito pequena de itens e utensílios domésticos de vários fabricantes dinamarqueses. Com o término do conflito os negócios melhoraram um pouco, e a empresa passou a vender alguns utensílios de cozinha produzidos no país, além de obter uma licença de importação para produtos de cozinha e de mesa feitos em vidro e fabricados no leste europeu.


Reconhecendo desde cedo a enorme importância do design industrial, na década seguinte, Peter Bodum começou a desenvolver seus próprios produtos. Em 1958, o primeiro produto BODUM foi lançado no mercado: a cafeteira SANTOS (agora conhecida como PEBO), baseada em um sistema de preparação de café à vácuo. Rapidamente a cafeteira se tornou uma sensação, não somente na Dinamarca, mas em outros países da Europa. Até os dias de hoje, a BODUM continua a produzir o design original da cafeteira PEBO. A empresa se desenvolveu de uma forma sólida durante os anos 60, mas infelizmente, em 1967, com apenas 57 anos de idade, Peter Bodum faleceu.


A sua mulher geriu a empresa até 1974, ano em que convidou seu filho Joergen, de apenas 26 anos, a juntar-se a ela na gestão da BODUM. Ele rapidamente convidou Carsten Joergensen, naquela época um renomado e talentoso professor na Escola de Arte Dinamarquesa em Copenhagen, para assumir o cargo do design geral da empresa, sendo responsável não somente pelo design de produtos, como também pela imagem da marca, exposições, lojas, edifícios, catálogos e publicidade. Os dois homens começaram então a cumprir de várias maneiras diferentes o ideal da marca BODUM, “o bom design não tem que ser caro” (“good design doesn’t have to be expensive”), resultando no desenvolvimento de produtos com prioridade para a funcionalidade, a qualidade e a acessibilidade dos preços. Neste mesmo ano, foi apresentada ao mercado a BISTRO, primeira cafeteira de prensa francesa da marca (onde em um recipiente de vidro se colocava o pó do café e água quente e em seguida se introduzia um filtro que era pressionado por um êmbolo que separava o pó do café já pronto para o consumo) e que representou também a primeira incorporação da nova linguagem de design da BODUM: simplicidade aliada à beleza e materiais de qualidade para a vida cotidiana. Esta cafeteira foi eleita a máquina de café mais ecológica pelos meios de comunicação internacionais, tendo sido igualmente agraciada com os importantes prêmios de design internacionais.


Já em 1975, a marca havia começado a expandir bastante sua gama de produtos e materiais utilizados em sua confecção. Em 1979, Joergen decidiu transferir a empresa da Dinamarca para a Suíça, com o objetivo de tirar proveito de uma localização mais central no continente europeu. Em 1980 foi fundada sua unidade própria de design, batizada de PI-Design. Nesta época, não somente materiais como o plástico e o aço inoxidável, mas também madeira, eram utilizados em abundância para a fabricação dos produtos da marca. O segmento de utensílios para café e chá permaneceu a base da marca, mas rapidamente a empresa começou a produzir produtos para toda a cozinha, depois para a sala e, por fim, para a casa toda. Quaisquer que fossem os produtos desenvolvidos (saladeiras de madeira, garrafas térmicas ou mesmo um conjunto de pá e vassoura), a BODUM mantinha-se fiel ao seu ideal: o design de qualidade tem de ser acessível a todos.


Pouco depois, em 1986, a inauguração da primeira loja BODUM em Londres marcou uma nova etapa na história da empresa. A loja foi concebida não apenas para expor de forma perfeita a grande variedade dos produtos da marca, mas para divulgar e posicionar a presença cada vez maior da BODUM como uma marca internacional. Uma década depois a BODUM já possuía lojas em nove países. Em 1991, a BODUM adquiriu duas empresas: Martin S.A., produtor original da primeira cafeteira de êmbolo Melior, e a fábrica de madeiras Nissen. A empresa absorveu boa parte dos funcionários originais da Nissen e dessa forma pode ter acesso aos seus muitos anos de experiência e aos segredos para transformar simples produtos de madeira em peças de grande beleza. Atualmente a BODUM trabalha com madeiras originárias de plantações controladas, nas quais cada árvore é replantada.


Nesse mesmo ano, a chaleira “ASSAM” foi desenvolvida especialmente para o British Tea Council e, basicamente, reinventou a preparação do chá. A marca tinha aprendido bastante com o sistema de prensa francesa e aplicou os mesmos princípios ao chá: um processo de preparação em um filtro grande, que podia ser facilmente interrompido. Em 1992, a marca ingressou no segmento dos produtos domésticos elétricos com o lançamento da chaleira IBIS, apenas a primeira de uma extensa linha de produtos elétricos e altamente sofisticados de cozinha. Nos anos seguintes, espremedores, moedores de café, e em 2003, a Granos, uma máquina de café espresso seriam adicionados a sua linha de produtos. Outra grande inovação foi o lançamento, em 2004, da linha Pavina, composta por copos de vidro soprados artesanalmente de alta resistência (com borosilicato) e com parede dupla, que impede a troca de calor entre a bebida e o ambiente externo. Isso conserva as bebidas geladas ou quentes por muito mais tempo.


Um dos mais recentes catálogos da marca tem produtos absolutamente fantásticos como a torradeira Bistro, cujo design mistura estilos retrô e moderno com perfeição. Ela descongela, tosta ou aquece os pães sempre na medida certa e sua grade de aquecimento mantém croissants, bagels e outros pães, quentinhos sem tostar. Além disso, a marca lançou em 2010 uma pequena linha para churrasco, composta pela churrasqueira portátil FYRKAT (que pode ser utilizada na sala, cozinha ou na varanda, e usada com a tampa fechada, para assados estilo “ao bafo”), grill elétrico e outros acessórios, como pegadores e grafos de carne, saleiro uma linha especial de facas. Atualmente, a BODUM oferece aos seus clientes um pouco de tudo, desde os mais recentes artigos para a preparação de café e chá a artigos de mesa, cozinha, conservação e acondicionamento de alimentos até uma pequena linha de eletrodomésticos.


Os slogans
Make taste, not waste.
Give Up Bad Coffee For Good.
Design should not be expensive.


Dados corporativos
● Origem: Dinamarca
● Fundação: 1944
● Fundador: Peter Bodum
● Sede mundial: Lucerna, Suíça
● Proprietário da marca: Bodum AG
● Capital aberto: Não
● CEO: Joergen Bodum
● Faturamento: Não divulgado
● Lucro: Não divulgado
● Lojas: 30
● Presença global: 55 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários: 600
● Segmento: Utensílios domésticos
● Principais produtos: Xícaras, copos, cafeteiras, jarras e torradeiras
● Concorrentes diretos: La Cafetière e Hario
● Ícones: O design de seus produtos
● Slogan: Make taste, not waste.
● Website: www.bodum.com

A marca no mundo
Os modernos e únicos utensílios para casa e cozinha da marca BODUM são hoje comercializados em mais de 55 países ao redor do mundo. Além disso, a empresa possui uma pequena rede com mais de 30 lojas próprias em cidades como Paris, Copenhague, Zurique, Lucerna, Tóquio, Nova York, Sydney, Okinawa e Auckland. A colaboração com arquitetos e designers industriais e gráficos é uma tradição que a BODUM tem expandido ao longo dos anos, desenvolvendo o seu próprio departamento de design. Com uma equipe interna de designers, engenheiros, designers gráficos e arquitetos, a empresa desenvolve de forma única no mercado o próprio design, concepção e publicidade de seus produtos.

Você sabia?
Seguiram-se muitas outras variações de cafeteiras de êmbolo. Desde 1974, a BODUM já produziu mais de 100 milhões de cafeteiras de êmbolo. Além disso, a marca já produziu mais de 35 milhões de bules de café.


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Época Negócios, BusinessWeek e Time), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).

Última atualização em 5/11/2012

6 comentários:

Renata disse...

Achei muito interessante o seu artigo sobre a Bodum. Adoro a marca e gostaria de saber quem é o representante no Brasil? Vc. sabe dar esse informação? Obrigada Renata

Priscila disse...

também estou interessadíssima na torradeira; há representante no Brasil?
atc, priscila

Francis disse...

Pesquisando na Internet descobri que a loja Doural que fica em SP vende os produtos da Bodum.
Francs

Anônimo disse...

vende na spicy

Cesar Porto disse...

O cafezinho fica muito mais gostoso quando é bebido naquele copinho Bodum.
Aqui em Miami, só dá para beber café se for num daqueles.
Meu amigo tem vários deles e agora estou querendo comprar, para retribuir, quando ele for a Brasil.

Anônimo disse...

Oi Gostei das informações da Bodum amo a marca e gostaria de saber, quem vende Bodum no Brasil? fico no aguardo, muito obrigada :)
Michele Ferrari
chele.ferrari@hotmail.com