20.6.06

KENWOOD

Extrair a máxima qualidade e pureza do som sempre foi a principal razão da KENWOOD produzir os melhores equipamentos de áudio e vídeo. A supremacia de seus produtos pode ser vista equipando automóveis luxuosos, casas modernas e ambientes que queiram um som e imagem perfeitos.
-
A história
Tudo começou no mês de dezembro de 1946 quando jovens empreendedores japoneses fundaram a empresa Kasuga Musen Denki Shokai Limited Company na cidade de Nagano, adotando o nome comercial de TRIO para seus equipamentos e componentes de rádio. Quase uma década mais tarde, em 1955, a empresa inaugurou sua primeira fábrica na cidade de Tóquio para a produção de equipamento de áudio, comunicação e instrumentos de medição, ingressando assim no mercado de massa. Pouco depois, em abril de 1957, o primeiro receptor FM comercialmente viável do mundo foi exportado para a empresa americana Radio Shack. Era apenas um tímido início de internacionalização da empresa.
-
-
Em 1960 a empresa passa a se chamar oficialmente TRIO, comercializando o primeiro receptor estéreo FM e primeiro amplificador totalmente transistorizado do Japão dois anos depois. Nesta época, a empresa já tinha aberto seu capital na Bolsa de Valores de Tóquio com o objetivo de captar dinheiro para crescer mundialmente e atender a alta demanda por seus produtos. No início da década de 60, em 1961, devido a importante necessidade de satisfazer a alta demanda por aparelhos de som com qualidade no mercado americano, três jovens californianos, Bill Kasuga, Yoichi Nakase e George Aratani, decidiram procurar uma empresa que fabricasse equipamentos de alta performance. Começaram então a importar aparelhos da marca TRIO, e, em 1963, estabeleceram uma filial da empresa japonesa na cidade de Los Angeles, iniciando a comercialização de produtos HI-FI com a marca KENWOOD. Em pouco tempo a marca se tornou extremamente conhecida no país inteiro, sinônimo de qualidade quando o assunto era som.
-
-
No restante da década, a empresa japonesa estabeleceu subsidiárias em países como França, Bélgica, Itália, Alemanha, Canadá, Austrália, Reino Unido e Hong Kong. A década de 70 foi marcada por grandes e importantes acontecimentos para a empresa: em março de 1978, ingressou no segmento comercial de equipamentos de rádio sem fios com o lançamento de seus primeiros produtos (terminais de rádio sem fios) nessa área; e no ano seguinte, inaugurou sua primeira fábrica no exterior, localizada em Singapura.
-
-
Finalmente, no mês de abril de 1980, a KENWOOD ingressou no segmento de rádios automotivos com o lançamento de seus primeiros produtos no mercado americano e japonês. No ano seguinte, a força do nome KENWOOD era tamanha, que a empresa resolveu adotá-lo mundialmente. Este ano também foi marcado pelo lançamento do primeiro amplificador de áudio/vídeo para Home Theater que revolucionou o mercado. Pouco depois, em 1982, diversificou sua linha de produtos com o lançamento de rádios portáteis FM. No ano seguinte a KENWOOD introduziu o conceito de equipamentos de dupla banda no mercado de rádio. Quando a era de áudio digital começava a emergir, a empresa lançou seus primeiros produtos com sistemas digitais nos Estados Unidos.
-
-
Quase no final desta década, a marca introduziu no mercado sua primeira linha de telefones sem fio. A década seguinte tem início com o desenvolvimento de sistemas de rádio para as corridas do campeonato mundial de F1, iniciando assim seu contrato como fornecedor oficial da equipe McLaren. Nos anos seguintes a KENWOOD lançou no mercado novos produtos como o primeiro sistema de navegação para automóveis (conhecido como GPS), introduzido em 1992; os telefones móveis digitais (1994); telefones móveis GSM (1996); além de ingressar, em 1998, no segmento dos periféricos para PC, apresentando ao mercado o CD-ROM 40x mais rápido da indústria.
-
-
Esta década também foi marca pelo ingresso no Brasil, em 1994, quando para atender as necessidades do mercado, a empresa estabeleceu uma subsidiária. Inicialmente a operação brasileira limitava-se a comercializar produtos importados, mas devido às demandas de mercado parcerias tornaram-se necessárias. No dia 1 de outubro de 2008, a empresa foi adquirida pela JVC, tradicional fabricante de produtos eletrônicos, criando assim a JVC KENWOOD Holdings, Inc.
-
-
Dados corporativos
● Origem: Japão
● Fundação:
1946
● Fundador: Bill Kasuga, Yoichi Nakase e George Aratani (marca KENWOOD)
● Sede mundial:
Tóquio, Japão
● Proprietário da marca:
JVC Kenwood Holdings, Inc.
● Capital aberto: Não (subsidiária)
● Chairman & CEO:
Haruo Kawahara
● Presidente:
Kazuhiro Aigami
● Faturamento: US$ 1.7 bilhões (estimado)
● Lucro:
Não divulgado
● Fábricas: 4
● Presença global: 120 países
● Presença no Brasil: Sim
● Funcionários:
4.800
● Segmento:
Eletrônicos
● Principais produtos:
Sons automotivos, sistemas de navegação por satélite e equipamentos de áudio
● Slogan:
Listen to the future.
● Website:
www.kenwood.com
-
A marca no mundo
Atualmente os produtos KENWOOD, especialmente som para automóveis, amplificadores, auto-falantes, DVD e CD players e sistemas de navegação por satélite, são distribuídos em mais de 120 países, contando com mais de 250 itens somente no mercado americano.
-
Você sabia?
Os modelos Lamborghini Murciélago saem de fábrica com equipamentos multimídia automotivos KENWOOD.
-
-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
-
Última atualização em 15/12/2009

Um comentário:

Felipe Silva disse...

é verdade que a cce ja teve paraceria com kenwood no s anos 1980