15.8.06

BETTY CROCKER


A marca BETTY CROCKER representa paras a donas de casa americanas muito mais que uma linha de produtos práticos e convenientes. Representa tradição e companheirismo, tornando o hábito de cozinhar mais fácil e saboroso. O tradicional desenho da personagem e seus famosos livros de receita estão sempre presentes nas cozinhas americanas, sempre prontos para serem usados para preparar verdadeiras delícias. Há mais de 90 anos a marca, um verdadeiro símbolo culinário da América, garante um sabor surpreendente e resultado excepcional em cada preparo de sobremesas fantásticas. 

A história 
A história da marca BETTY CROCKER, um ícone da cultura americana, começou em 1921 quando o nome fictício foi desenvolvido e lançado no mercado pela produtora de farinha Washburn Crosby Company como um canal de comunicação com os consumidores para responder as dúvidas ou sugestões sobre os produtos da empresa. Surgiu como uma assinatura para personalizar esta comunicação, criando um vínculo emocional entre os consumidores e a empresa alimentícia. Os executivos da empresa escolheram os nomes Betty, por ser bastante familiar nos Estados Unidos, e Crocker, em homenagem ao executivo aposentado da Washburn William Crocker. Rapidamente o nome BETTY CROCKER passou a ser utilizado como assinatura para representar a empresa e seus projetos, incluindo uma rede de escolas de culinárias desenvolvida para testar e demonstrar produtos e receitas.


Em 1924, BETTY CROCKER ganhou voz ao estrear no programa de rádio chamado Betty Crocker Cooking School of the Air. A dublagem era feita por Marjoire Child Husted e o programa ensinava receitas práticas e deliciosas às donas de casa. No ano de 1928 a Washburn Crosby Company se fundiu com outras quatro empresas para formar a General Mills. No ano seguinte os cupons BETTY CROCKER foram introduzidos no mercado dentro dos pacotes de farinha da empresa e davam aos consumidores descontos na compra dos produtos e utensílios para cozinha da marca Oneida Flatware. A popularidade do nome BETTY CROCKER começou a crescer entra as donas de casa em 1933 quando a empresa publicou seu primeiro livro de receitas, chamado Betty Crocker’s 101 Delicious Bisquick Creations.


Pouco depois, em 1936, devido a enorme popularidade, a marca BETTY CROCKER ganhou personificação com a criação de um rosto para a personagem. O desenho de uma senhora trajando um vestido vermelho, um suéter branco e colar, criado pelo artista Neysa McMein, fez surgir um dos personagens publicitários mais populares e conhecidos da história americana. No ano seguinte esse retrato apareceu na embalagem do produto Softasilk Cake Flour (uma espécie de mistura de bolo instantânea) pela primeira vez. Neste mesmo ano, os cupons passaram a serem impressos do lado de fora das embalagens dos produtos da empresa. Em 1945, a personagem tinha se tornado tão popular que a revista Fortune a elegeu como a segunda personalidade feminina mais popular dos Estados Unidos, somente atrás de Eleanor Roosevelt. Aproveitando esta alta popularidade, a empresa lançou, em 1947, o primeiro produto com a marca BETTY CROCKER: uma mistura instantânea para bolo. A partir deste momento o tradicional logotipo, representado por uma colher vermelha, e a assinatura da personagem, começaram a serem impressos nas embalagens de novos produtos.


Pouco depois, em 1949, a personagem ganhou vida quando a atriz Adelaide Hawley Cumming passou a representá-la em carne e osso, fazendo aparições em programas de televisão e comerciais da marca. Em 1950 a empresa lançou o primeiro livro de receitas coloridos e ilustrado com fotografias, chamado Betty Crocker Picture Cook Book, que rapidamente se tornou uma presença constante nas cozinhas americanas com sua capa vermelha, o que lhe rendeu o apelido de “The Big Red”. Atualmente em sua décima primeira edição e 1.500 receitas o livro se tornou um dos mais vendidos do mundo. Outra inovação ocorreu em 1957, quando foi introduzido no mercado o disco contendo as tradicionais receitas de BETTY CROCKER, criando assim mais uma opção para as consumidoras americanas acessaram as delícias sugeridas e ensinadas pela personagem.


Nos anos seguintes, BETTY CROCKER acabou se transformando em uma marca forte e respeitada, sendo amplamente utilizada para endossar misturas para bolos e biscoitos, comidas semi-prontas, hambúrguer, sobremesas, doces, coberturas, entre outros produtos. Em 1980 a empresa começou a publicar uma revista com receitas que era vendida em supermercados. Nesta década, a marca BETTY CROCKER lançou no mercado, em 1983, um dos produtos que se tornaria um enorme sucesso: os petiscos de frutas BETTY CROCKER FRUIT ROLL-UPS. Considerada uma das mais fortes e respeitadas marcas de alimentos do mercado americano, nos últimos anos ingressou em novas categorias de produtos, como por exemplo, com o lançamento de uma linha semi-pronta de massas e arroz e até acompanhamentos como pedacinhos de bacon para serem colocados na salada.


Após a empresa General Mills adquirir a Yoki no Brasil, em 2014 a multinacional americana lançou a linha de misturas para bolos e sobremesas BETTY CROCKER no mercado nacional. Inicialmente a linha oferece oito opções de misturas para bolos (nos sabores laranja, baunilha e chocolate) e sobremesas exclusivas, como brownie, petit gateau e cookies. De acordo com a empresa, todas as opções são preparadas com fórmula e tecnologia exclusivas, com ingredientes selecionados de alta qualidade e performance, e foram desenvolvidas para oferecer sabor, maciez, textura e rendimento.


A evolução visual 
O tradicional logotipo da marca representado por uma colher vermelha (RED SPOON) também passou por pequenas modificações no decorrer dos anos.


Depois de passar por uma alteração em 2003, mais recentemente a identidade visual da marca foi modernizada, com a tradicional colher ganhando uma nova textura.


A tipografia da letra da marca também passou por evoluções ao longo dos anos, adquirindo um visual mais moderno e impactante.


Já a imagem da personagem BETTY CROCKER sofreu oito modificações desde 1936, sendo a última delas em 1996, quando a personagem completou 75 anos de vida. Porém, em todas elas, a personagem se manteve trajando a tradicional roupa que a tornou popular durante anos, refletindo a evolução da mulher americana na sociedade. A atual imagem da personagem foi feita pelo artista John Stuart Ingle.


Os slogans 
Expertise from our kitchens and yours. (2009) 
Make every day homemade. 
You and Betty Crocker can bake someone happy. (1980) 
The best things begin with Betty Crocker. (1976) 
Ready when you are, and when you aren’t. (1975)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1921 
● Criador: Washburn Crosby Company 
● Sede mundial: Golden Valley, Minnesota, Estados Unidos 
● Proprietário da marca: General Mills, Inc. 
● Capital aberto: Não 
● CEO: Ken Powell 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Presença global: 10 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Segmento: Alimentos 
● Principais produtos: Mistura para bolos e biscoitos, coberturas e pratos semi-prontos 
● Concorrentes diretos: Duncan Hines, Pillsbury, Arrowhead Mills, Fleischmann e Dona Benta (Brasil) 
● Ícones: A personagem Betty Crocker e a colher vermelha de seu logotipo 
● Slogan: Expertise from our kitchens and yours. 
● Website: www.bettycrocker.com 

A marca no mundo 
Atualmente a vasta linha de produtos da marca BETTY CROCKER é comercializada em todo território americano, sendo vendida também em outros países como Canadá e México e, mais recentemente, no Brasil. Somente no mercado americano a marca oferece mais de 25 tipos diferentes de mistura de bolos. 

Você sabia? 
Na cidade de Golden Valley (estado de Minnesota), sede mundial da General Mills, existe uma rua batizada com o nome de Betty Crocker Drive


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), jornais (Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 9/12/2014

2 comentários:

Uyara disse...

Bem bacana o post! Acabei de ler um artigo no NYT falando sobre receitas meio absurdas e carnavelscas demais contidas no livro de receitas da Betty Crocker de 1971, e como isso refletia a guerra fria e a época pós-atomica vivida pelos EUA. Não conhecia sobre a marca e sua importância na cultura americana, interessante conhecer mais sobre. obrigada!

Rodrigo Souza disse...

Obrigado pelas informações.Muito bom e saber que essa empresa é muito poderosa pois está presente em 10 países e não tem capital aberto(ações
na bolsa de valores)