14.2.11

NANDO'S

Imagine uma rede de restaurantes casuais que surgiu na África do Sul, que tem como símbolo principal o tradicional galo de Barcelos e serve pratos portugueses com influência africana. Nada de bacalhoada ou batata assada. A principal estrela do cardápio é um frango grelhado com molho pra lá de apimentado. Assim é a NANDO’S, uma das redes de alimentação que mais crescem no mundo.
-
A história
A história começou com Fernando Duarte, um português natural da cidade do Porto que chegou à África do Sul com apenas quatro anos. O pai, proprietário de uma empresa de construção civil, enviou-o para Moçambique para aprender a falar português. Ele regressou a Joanesburgo com 16 anos e, em 1985, foi admitido em uma empresa de eletrônica chamada Teltron. Decorridos dois anos a empresa foi vendida, e Fernando, que optou em permanecer na África do Sul, se associou a Robert Brozin, filho do proprietário da Teltron, para comprar um restaurante chamado Chickenland, em Rosentteville, um subúrbio reduto da comunidade portuguesa de Joanesburgo. A especialidade do restaurante era o frango assado na brasa, extremamente popular entre os imigrantes de Moçambique e Angola.
-
-
No mês de setembro de 1987, o restaurante adotou um novo nome, NANDO’S CHICKENLAND, uma clara alusão ao apelido de um de seus fundadores, Fernando; e ganhou nova decoração, inspirada na vibrante atmosfera de populares estabelecimentos casuais existentes em Angola, Moçambique e Portugal. O tradicional galo de Barcelos se tornou símbolo do restaurante. O “novo” restaurante casual rapidamente se tornou popular pelo frango grelhado com peri-peri (à base de pimenta, comum no sul da África), que os angolanos chamam de “gindungo”. Os clientes podiam escolher a intensidade da pimenta nos molhos.
-
-
Nos anos seguintes a rede, que abriu novos restaurantes pelo país e se tornou popular, se posicionou como alternativa saudável contra as tradicionais redes de alimentação rápida ganhando rápida participação no mercado sul-africano. Ao contrário do que acontecia na maioria dos estabelecimentos concorrentes, os frangos eram grelhados em fogão a gás, e o que pareceu inicialmente uma desvantagem, não ser assado no carvão, permitiu a uniformização dos restaurantes e um crescimento rápido.
-
-
A década de 90 foi marcada pela forte expansão internacional da rede, com a inauguração de restaurantes na Austrália (1990), Inglaterra (1992), Zimbábue (1993), Canadá (1994), Namíbia (1995) e Malásia (1998). Com a expansão da rede, o cardápio também ganhou novas opções como saladas, entradas tipicamente portuguesas, hambúrgueres, wraps e novos sabores do molho peri-peri (manga com limão ou limão com ervas), que devido ao enorme sucesso passaram a serem comercializados em garrafas, tanto nos restaurantes da rede como em alguns supermercados. Além disso, recentemente a marca lançou uma linha de batatas frita com várias opções de molho peri-peri, especialmente criada para ser comercializada em supermercados. Finalmente, em julho de 2008, a rede ingressou no enorme e voraz mercado americano com a inauguração de um restaurante na capital Washington.
-
-
Na África do Sul, os empregados da rede, chamados carinhosamente de “Nandocas”, sabem de cor e salteado a história dos dois principais símbolos da marca: o galo de Barcelos e o escudo da bandeira portuguesa, que estão presente nos letreiros dos restaurantes, que proclamam: “The home of legendary Portuguese peri-peri chicken”. A marca se tornou conhecida através de suas campanhas publicitárias polêmicas e bem humoradas, como uma que utilizou a expressão “Portugasmo”, ou seja, orgasmo comendo frango grelhado à portuguesa com o afrodisíaco peri-peri.
-
-
As aves consumidas na rede NANDO’S são criadas durante 41 dias até atingirem o peso ideal, aproximadamente 800 gramas. Depois são abatidas e ficam 24 horas em uma marinada, cuja fórmula é mantida em total segredo. São consumidas anualmente mais de 12 toneladas dessa marinada, produzida em uma fábrica que a empresa construiu em Durban, associada à multinacional americana McCormick.
-
-
A evolução visual
A identidade visual da marca NANDO’S passou por algumas alterações ao longo dos tempos.
-
-
Dados corporativos
● Origem: África do Sul
● Fundação: 1987
● Fundador: Fernando Duarte e Robert Brozin
● Sede mundial: Joanesburgo, África do Sul
● Proprietário da marca:
Nando’s Group Holdings Ltd.
● Capital aberto: Não
● CEO: Robert Brozin
● Faturamento: US$ 1.2 bilhões (estimado)
● Lucro: Não divulgado
● Lojas: + 750
● Presença global:
30 países
● Presença no Brasil:
Não
● Funcionários: 13.000
● Segmento:
Restaurantes casuais
● Principais produtos:
Frango grelhado, saladas e bebidas
● Ícones:
O “galo de Barcelos” e o frango Peri-Peri
● Slogan: “The home of legendary Portuguese peri-peri chicken”.
● Website: www.nandos.com
-
A marca no mundo
Atualmente, a rede de restaurantes casuais possui mais de 750 estabelecimentos, próprios e franqueados, espalhados por 30 países do mundo como Austrália, Inglaterra (onde existem mais de 200 unidades), Paquistão, Índia, Estados Unidos, Arábia Saudita e Líbia. Somente na África do Sul, aproximadamente 40 milhões de pessoas comem nos restaurantes da rede todos os anos. Nas nações árabes, como Paquistão, Omã e Qatar, chegam a ser servidas 30 mil refeições diárias e o número não chega a diminuir nem na época do Ramadã. No Canadá a rede promove há vários anos um festival chamado “cerveja e galinha africana”, com 200 diferentes tipos de cervejas, realizado nos dias 9 e 10 de junho.
-
Você sabia?
Apesar da origem portuguesa, a rede NANDO’S fracassou ao tentar ingressar no mercado português, onde abriu dois restaurantes, que fecharam em poucos anos. A principal razão apontada para o fracasso é que o frango peri-peri é extremamente popular no país, sendo encontrado em qualquer restaurante da esquina.
-
-
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Time), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Interbrand), Wikipedia (informações devidamente checadas) e sites financeiros (Google Finance, Yahoo Finance e Hoovers).
-
Última atualização em 14/2/2011

4 comentários:

Anônimo disse...

Olá, gostaria de saber o porque da nao existencia do Nando's na America Latina, mais especificamente no Brasil. Obrigada se puderem responder.

Anônimo disse...

quem gosta de comer no Nando's é o Niall Horan da one dorection ele adora o Nando's deve ser muito bom lá em :)

Anônimo disse...

Respondendo à pergunta da Anonima diria que se trata de uma questao cultural. Nasci em Moçambique, vivo no Brasil desde 1987 e cheguei a fazer o famoso prato da galinha à cafreal (frango com tempero de piri-piri) mas sem empolgaçao entre meus convidados. O brasileiro prefere o seu churrasco, com a picanha, maminha, etc. e nao gosta de colocar pimenta malagueta (piri-piri) nas carnes. Hoje so' como esse prato quando vou a Portugal rever familiares.

Elaine Wenz Saisse disse...

Não sei até onde é cultural do Brasil como um todo. Acho que depende muito das pessoas e do estado. Aqui no Rio, o pessoal não se empolga muito com pimenta, tanto que as redes mexicanas acabam parecendo não ter tempero, mas em alguns outros estados, o pessoal é bem chegado na pimenta. Eu estou do outro lado da média carioca e amo uma pimenta! Comi no Nando´s em uma viagem recente e adorei! Acho que na Bahia e em São Paulo a moda poderia pegar.