24.5.06

ANIMAL PLANET


O ANIMAL PLANET é um canal intenso, que revela as emoções cruas e viscerais da vida selvagem, levando os telespectadores a encararem os animais como personagens em vez de meras criaturas. É um canal onde os animais são os governantes, inserindo o telespectador no centro das ações com imagens surpreendentes, registrando a interação entre diferentes espécies em diversos ambientes. 

A história 
Tudo teve início quando o grupo Discovery Communications, proprietário do canal Discovery Channel, começou a investir muito em um projeto para introduzir no mercado um novo canal que tratasse e mostrasse exclusivamente a vida animal, com programas e documentários interessantes e cativantes. Em associação com o respeitado canal inglês BBC Worldwide, no dia 1 de outubro de 1996, foi lançado no mercado americano e inglês o canal a cabo ANIMAL PLANET (“Planeta Animal” em português), único dedicado exclusivamente ao relacionamento dos homens com os animais e a vida na natureza. O canal estava baseado na grande fascinação que o mundo animal desperta nos seres humanos, mostrando em uma mistura de programas incluindo documentários, filmes originais, séries de aventuras, entre outros, a relação entre animais, seres humanos e natureza, aprofundando o nosso conhecimento pelos seres com quem compartilhamos o planeta.


Não demorou muito para o canal se tornar um dos líderes de audiência em sua categoria. Os fascinantes programas, de alguns dos mais reconhecidos produtores do mundo, como a própria BBC, Yorkshire Television, ABC Internacional e Discovery Channel, incluíam documentários clássicos, de história natural, dramas e histórias da vida real, assim como clássicas séries animais, que marcaram época na televisão mundial. O enorme sucesso do canal nos Estados Unidos e na Inglaterra, fez com que o ANIMAL PLANET fosse lançado, no ano seguinte, no dia 6 de outubro, na América Latina. Ainda em 1997, no mês de maio, ocorreu a estreia de um dos programas mais populares do canal: The Crocodile Hunter (O Caçador de Crocodilos), estrelado pelo famoso conservacionista Steve Irwin e sua mulher Terri. Steve morreu em 2006, aos 44 anos, mergulhando com um cinegrafista na barreira de corais da costa australiana quando teve o peito perfurado pelo ferrão de uma arraia de 100 quilos.


O canal foi lançado oficialmente no Brasil em 2000, totalmente em português. Pouco depois, ainda neste mesmo ano, foi lançado no Japão e em 2001 no Canadá. Em 2002 o canal lançou uma série de extremo sucesso: The Most Extreme (Planeta Extremo, em português), que exibe um ranking dos dez animais mais extremos, de acordo com diferentes categorias, como os mais venenosos, os mais velozes, etc. No dia 1 de setembro de 2007 o canal introduziu o ANIMAL PLANET HD, cuja programação é totalmente transmitida em alta definição, criando assim uma experiência ainda mais rica em detalhes para os telespectadores. No início de 2008, o canal adotou um novo posicionamento, introduzindo muitas novidades em sua grade de programação, que incluíam desde os documentários pelos quais o ANIMAL PLANET é internacionalmente reconhecido, como os documentários/novelas e documentários dramáticos, que registram cenas impressionantes da vida selvagem unidas à moderna tecnologia de imagens em CGI (computação gráfica).


Com doses extras de ação, emoção e humor, o canal trouxe “relatos” dos animais e seus instintos em ação, além de mostrar pessoas que se dedicam à preservação da vida natural. Entre as principais atrações da programação destaque para O Encantador de Cães (série que percorre os lares com cães problemáticos, mostrando as notáveis transições que ocorrem sob a orientação de Cesar Millan, especialista que atua na reeducação dos “pais” dos bichinhos de estimação); O Clã do Orangotango (série em treze episódios que acompanha as batalhas de um grupo de jovens orangotangos órfãos, encaminhados para um centro de resgate e reabilitação); Pandamônio (documentário que mostra o Centro Wolong para Pesquisas e Conservação dos Ursos Pandas Gigantes, lar de 119 indivíduos e maior instalação no mundo para pesquisas e preservação da espécie, que fica na província chinesa de Sichuan); Paraíso dos Chimpanzés (retrata o desenrolar do drama da transição dos chimpanzés de uma vida em cativeiro para a liberdade na natureza em um santuário no coração da África do Sul); e River Monsters (onde Jeremy Wade, um biólogo, pescador e escritor, que viaja pelo mundo desvendando os mitos e mistérios sobre os animais de água doce, conhecendo o folclore local e os contos angustiantes de quem já esteve frente a frente com um desses monstros).


Outra novidade foi a estreia de uma faixa de programação criada especialmente para um público entre 8 e 12 anos na América Latina, composta por programas como “As Aventuras de Bindi”, que tem como apresentadora Bindi Irwin, filha do ambientalista australiano Steve Irwin, o “Caçador de Crocodilos”. Mais recentemente, em 2010, a britânica BBC vendeu sua participação de 50% nos canais ANIMAL PLANET e Liv para a própria Discovery Communications por US$ 156 milhões. Neste mesmo ano ocorreu a estreia da série Pit Boss, que acompanha o trabalho de um grupo de anões liderados por Luigi Francis Shorty Rossi em uma produtora que busca colocação profissional para atores que, assim como eles, têm nanismo e, em paralelo, conduz um serviço de resgate de cães da raça Pit Bull, abandonados ou submetidos a maus-tratos pelos donos. No ano seguinte o canal promoveu a estreia de Perigo na Aldeia (onde o treinador de animais canadense Dave Salmoni, que já apresentou outras séries no ANIMAL PLANET, como por exemplo, Na Cova dos Leões e Selva de Feras, investiga as chances de ser morto por elefantes, hipopótamos e tigres) e Tanked (em que mostra a rotina de uma das maiores empresas de construção de aquários do mundo, montando aquários incríveis, ousados e criativos).


A evolução visual 
A identidade visual da marca passou por alterações radicais ao longo dos anos. O logotipo original, que continha um elefante aparentemente brincando com um globo terrestre (símbolo de muitos dos canais da Discovery), foi atualizado pela primeira vez em 2006. Até que no dia 3 de fevereiro de 2008 o canal ANIMAL PLANET apresentou ao mundo sua nova identidade visual. O novo visual (criado pela Dunning Eley Jones, agência baseada em Londres), que incluía um logotipo mais dinâmico e versátil (podia ser aplicado em diversas combinações de cores, como por exemplo, em diversas tonalidades de verde ou apenas em preto com o M em verde), além de um pacote gráfico totalmente reformulado, foi introduzido com a nova programação do canal. A nova identidade visual foi adotada em toda a América Latina, Europa, Oriente Médio, África e Ásia-Pacífico, para celebrar os 11 anos de transmissões internacionais do canal e dar destaque ao seu conteúdo exclusivo e diversificado. Essa reformulação foi o primeiro passo de um processo de rebranding da marca ANIMAL PLANET, cujo objetivo era perder a imagem de canal educativo para focar no entretenimento.


A identidade visual da versão HD do canal também acompanhou as mudanças da marca mãe.


Os slogans 
Surprisingly Human. (2010) 
Same planet. Different world. (2008) 
Living breathing entertainment. (2004) 
All Animals. All the time. (1997) 
Surpreendentemente humano. (atual, Brasil) 
Isso Pega! (antigo, Brasil)


Dados corporativos 
● Origem: Estados Unidos 
● Lançamento: 1 de outubro de 1996 
● Criador: Discovery Communications e BBC Worldwide 
● Sede mundial: Silver Spring, Maryland 
● Proprietário da marca: Discovery Communications Inc. 
● Capital aberto: Não (subsidiária) 
● Chairman: John Hendricks 
● Presidente: Marjorie Kaplan 
● Faturamento: Não divulgado 
● Lucro: Não divulgado 
● Assinantes: 375 milhões 
● Presença global: + 75 países 
● Presença no Brasil: Sim 
● Funcionários: 1.000 
● Segmento: Comunicação 
● Principais produtos: Documentários, séries e programas baseados na vida animal 
● Concorrentes diretos: Nat Geo Wild e History 
● Ícones: Os documentários sobre a vida selvagem 
● Slogan: Surprisingly Human. 
● Website: www.animalplanet.com 

A marca no mundo 
Atualmente o ANIMAL PLANET, um dos canais à cabo que mais cresce no mercado e única marca global de entretenimento dedicada ao mundo animal, conta com 100 milhões de assinantes nos Estados Unidos e outros 275 milhões espalhados por mais de 75 países ao redor do mundo. No Brasil, o canal chega a mais de 4.5 milhões de lares, totalizando mais de 22 milhões de domicílios nos mais de 30 países latino-americanos. O canal também licencia a marca para jogos de computadores, brinquedos e produtos para animais de estimação. 


As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Fortune, Forbes, Newsweek, BusinessWeek e Isto é Dinheiro), Jornais (Valor Econômico e Meio Mensagem), sites especializados em Marketing e Branding (BrandChannel e Mundo Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas). 

Última atualização em 18/2/2014

Nenhum comentário: